Type Here to Get Search Results !

Marcadores

TESOURO DO RETORNO - CAPÍTULO 19:

 



CAPÍTULO 019

CONTINUAÇÃO DA CENA DO CAPÍTULO ANTERIOR...

CENA 1- RODOVIÁRIA. MANHÃ. INTERIOR. EMBARQUE.

Renan continua olhando para a entrada da cidade. Um passageiro passa e esbarra em suas malas.

CORTA:

CENA 2- RUA. EXTERIOR. MANHÃ.

Beijamin e Marilene se encaram fixamente.

Marilene- Como vai você Beijamin?

Beijamin- Vou muito bem e a senhora?

Marilene- Lá vou levando a vida! Fiquei sabendo que você teve que fazer uma cirurgia.

Beijamin- Sim e foi por causa do seu filho que eu quase morri...

Marilene- Olha aqui... Eu não vim aqui para brigar! Só queria conversar mesmo.

Beijamin- Mas, ele pode ter certeza que assim que ele voltar a cidade eu o denuncio.

Marilene- Pois eu não achei certo o que ele fez. Já não sei mais o que fazer com Renan. Então, faça com ele o que quiser.

Beijamin fica surpreso.

Beijamin (surpreso)- Sério?

Marilene- Sério! O meu filho nem liga para mim! Só gastava o dinheiro da minha aposentadoria e vivia as minhas custas!

Beijamin- Me surpreende ver a senhora falar assim dele!

Marilene- Eu cansei Beijamin... Cansei de ser chamada de otária pelas ruas. Cansei!

Beijamin- Que bom, que a senhora pense assim. Por que assim que o seu filho colocar os pés nessa cidade, ele estará ferrado.

CLOSE EM BEIJAMIN...

CLOSE EM MARILENE...

Beijamin saí, indo embora. Marilene se enfurece e saí.

CORTA:

CENA 3- CASA DE PETRUCHIO. MANHÃ. INTERIOR. SALA DE ESTAR.

Petruchio está perplexo com a pergunta de Henrique. Ele tenta se desvencilhar, mas Henrique é mais esperto que ele.

Petruchio- Como é que é?

Henrique- Acredito que o senhor prefeito não é surdo. Escutou muito bem o que perguntei.

Petruchio (ri)- É, que eu quero ter certeza de que eu escutei mesmo esse absurdo que saiu da sua boca.

Henrique- Pois foi isso mesmo, que o senhor escutou! Agora, me diga! O senhor teve um caso com a organizadora Maggie?

Petruchio (sarcástico)- O senhor é burro?

Henrique ri...

Henrique- Eu devia prender o senhor por desacato à autoridade, mas eu não vou fazer isso. Acho melhor eu volta outra hora, mais conveniente!

Henrique se levanta e saí, deixando Petruchio enfurecido. Ele joga as almofadas do sofá no chão, e joga o vaso na parede.

CORTA:

CENA 4- PENSÃO DE ISACC. MANHÃ. INTERIOR. RECEPÇÃO.

Beijamin entra na pensão, com uma cara não muito agradável. Gina se preocupa.

Gina- Tá, tudo bem?

Beijamin- Acabei de encontrar uma pessoa desagradável.

Gina- Se não for perguntar demais! Quem?

Beijamin- Dona Marilene!

Gina ri.

Beijamin- Que foi?

Gina- É, que dona Marilene é minha sogra!

Beijamin fica vermelho.

Beijamin- Aí, desculpe! Eu não sabia!

Gina- Não! Tá tudo bem. Vamos se dizer que a minha sogra não é uma das pessoas mais agradáveis desse mundo.

Isacc entra.

Isacc- Tá tudo bem?

Beijamin- Podemos conversar?

CORTA:

CENA 5- PENSÃO DE ISACC. MANHÃ. INTERIOR. QUARTO DE ISACC.

Isacc e Beijamin entram no quarto.

Isacc- Aconteceu alguma coisa?

Beijamin- Encontrei dona Marilene na rua.

Isacc- Aí, meu Deus! Imagino o clima... Deve ter sido horrível!

Beijamin- E foi! Mas, eu não dei muito trela para ela.

Isacc- Mas e aí? O que aconteceu?

Beijamin- Eu ainda estou em dúvida se devo ou não denunciar meu irmão!

Isacc- Você sabe a minha opinião.

Beijamin- Eu sei! Mas, mesmo assim... Eu fico com pena da dona Marilene e o Renan também é meu irmão. Mas, por outro lado, ele atirou em mim!

Isacc- Pois é! Ele é seu irmão. Mas, acima de tudo, ele te deve respeito. Respeito ao seu jeito, às suas escolhas, ao seu jeito de ser. E isso é uma coisa que ele não teve.

Beijamin- É! Você tem razão.

Isacc- E você sabe muito bem que você teve uma parada cardíaca e quase morreu por causa dele.

Beijamin- Tem razão! Eu vou denunciá-lo e vai ser agora mesmo!

CLOSE EM ISACC...

CLOSE EM BEIJAMIN...

CORTA:

CENA 6- CASA DE PETRUCHIO. MANHÃ. INTERIOR. ESCRITÓRIO.

Petruchio está sentado pensando no que o delegado Henrique lhe disse. Petruchio então decide se vingar.

Petruchio (olhando fixamente para sua arma que está na sua mão)- Eu vou acabar com eles!

Maria Luísa entra e se assusta ao ver a arma.

Maria Luísa (assustada)- O que você está fazendo com essa arma?

Petruchio- Pode se preparar que vai haver uma grande chacina nessa cidade!

CLOSE EM MARIA LUÍSA, ASSUSTADÍSSIMA...

CLOSE EM PETRUCHIO, NERVOSO...

CORTA:


CENA 7- IMAGENS DO ALTO DO CÉU. LÍMPIDO, AZUL.

CORTA:

CENA 8- IMAGENS DA RUA DA CIDADE.

Pessoas caminham pelas ruas.

CORTA:

CENA 9- PENSÃO DE ISACC. MANHÃ. INTERIOR. QUARTO DE BEIJAMIN.

Beijamin se arruma para sair. Ele veste sua melhor roupa e saí abrindo a porta do quarto e a batendo.

CORTA:

CENA 10- PENSÃO DE ISACC. MANHÃ. INTERIOR. RECEPÇÃO.

Beijamin desce as escadas.

Gina- Você vai sair?

Beijamin- Sim, avisa o Isacc para mim, vou ali e já volto!

Gina- E se ele perguntar aonde você foi? O que eu digo?

Beijamin- Ele sabe onde vou.

Beijamin manda um beijo para ela. Gina sorri.

CLOSE EM BEIJAMIN, QUE SAÍ...

CLOSE EM GINA...

Nesse momento, Gina sente um calafrio por todo o corpo.

Gina- O que será isso, meu Deus?

CORTA:

CENA 11- CASA DE PETRUCHIO. MANHÃ. INTERIOR. ESCRITÓRIO.

Petruchio pega o telefone e disca.

Petruchio- Pepita! Preciso falar com vocês três. É urgente! Vou passar o endereço para vocês me encontrarem. E por favor, vão os três!

Petruchio coloca o telefone no gancho. Petruchio pega a arma.

CORTA:

CENA 12- DELEGACIA. MANNHÃ. INTERIOR. SALA DO DELEGADO.

Henrique abre a porta e Beijamin entra.

Henrique- Bom dia!

Beijamin- Bom dia!

Henrique- Vejo que você está bem melhor.

Beijamin- Estou! Obrigado por se preocupar.

Henrique- Bem, mas o que deseja na minha humilde delegacia.

Beijamin- Eu vim denunciar uma pessoa!

CLOSE EM HENRIQUE, INTRIGADO...

CLOSE EM BEIJAMIN...

CORTA:

CENA 13- CASA DE RENAN. MANHÃ. INTERIOR. SALA DE ESTAR.

A campainha toca e dona Marilene abre. Ela se surpreende ao ver o filho.

Renan (gritando)- Surpresa! Voltei...

CLOSE EM MARILENE, CHOCADA...

CLOSE EM RENAN, FELIZ...

CORTA:

CENA 14- PRAIA. FORA DA CIDADE. MANHÃ. EXTERIOR.

Pepita, Jonas e Kaíque caminham pela praia.

Pepita- Tem certeza que é aqui?

Kaíque- Pelo o endereço sim!

Petruchio chega.

Jonas- Senhor Petruchio... Estamos curiosos para saber o que o senhor...

Petruchio o interrompe, sacando a arma...

Petruchio- Cale a boca. Por que agora, a vida de vocês estão por um fio!

CLOSE EM PEPITA, JONAS E KAÍIQUE, ASSUSTADÍSSIMOS...

CLOSE EM PETRUCHIO, COM A ARMA NA MÃO...

Congela com respingos de chuva no rosto de Petruchio...

CORTA:







Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.