Type Here to Get Search Results !

Marcadores

Amar Não É Pecado - Capítulo 34

 




Cena 01-(Casa de Rogério/Sala/Interno/Manhã)

Leila entra na sala.

Leila:Bom dia.

Iracy:Filha,ele tem uma boa notícia pra dar.

Leila se senta no sofá feliz.

Leila:Essa quero ouvir.

Rogério:Bem,eu fui escolhido para defender o Lincoln na questão do roubo de ontem.

Leila fica supresa e se levanta furiosa.

Leila(brava):O que?

Marília abraçou Rogério feliz.

Marília(feliz):Que ótima notícia.

Leila(furiosa):Como boa notícia?

Rogério:E por que você está estressada,amor?

Leila(furiosa):Depois que aquele vagabundo.

Marília interrompe ela.

Marília(revoltada):Vagabundo não?

Leila:A conversa não chegou em você,então não se intromete.

Rogério:Fiquei quieta um pouco,minha filha.

Leila(furiosa):Ele veio aqui com meu filho e me roubou.

Rogério:Você não pode confirmar se ele roubou.

Leila:Eu vi ele indo pro meu quarto pegando o anel e colocando naquela mochila.

Marília estranha.

Marília(desconfiada):Tem certeza?

Leila:Sim,aquele vagabundo roubou meu anel e ainda falar que não fez nada.

Marília:Eu não acho que foi ele.

Leila:É porque você e seu irmão são muitos inocentes,acham que todos são certos nesse mundo.

Marília:Eu prefiro ver o lado bom do ser humano.

Leila:Mas Lincoln não tem nada de bom pra ele.

Marília:O que você está querendo dizer com isso?

Leila:Que como meu filho um branco namora um negro insolente e moleque feio como namorado.

Rogério:Leila,cuidado que isso é racismo.

Leila ri.

Leila:Racismo é mimimi,tudo besteira de comunista para eles tomarem o poder do mundo.

Marília(impressionada):Eu cada dia fico impressionada com a mãe que eu tenho.

Marília pega a bolsa e sobe as escadas revoltada.

Rogério:Eu acho melhor você parar com esses seus comentários racistas.

Leila(revoltada):Quer dizer que dá opinião sobre os outros agora é ser racista?

Rogério sobe as escadas em silêncio e Leila olha ele subindo e ela se senta no sofá rindo.

Leila(rindo):Agora tenho que amar os negros para não ser mal falada por ai?

Leila continua rindo.

Corte para a

Cena 02-(Casa de Mirella/Sala/Interno/Manhã)Trilha Sonora:(Marina Elali-Eu Vou Seguir)




O trânsito na Avenida Paralela estava movimentado passando carros na frente do shopping Paralela e um trem do metrô passou entrando na estação Tamburugy.Mirella e Lia chegaram na sala prontas para trabalhar e elas olham Marcela chorando na sala.

Mirella:Marcela?

Lia:O que tá acontecendo?

As duas se sentaram do lado de Marcela.

Marcela(chorando):Ainda eu não tô acreditando que o cabelo dele está caindo.

Mirella:Calma que o próprio doutor explicou que acontece.

Lia:As quimoterapias tem efeitos colaterais que infelizmente pode acontecer.

Marcela(chorando):Ele estava chorando demais quando soube que ia ter que raspar a cabeça toda.

Lia:Que dia vai ser isso?

Marcela:O médico alertou para ser o quanto antes.

Lia:Então,falou com ele já?

Marcela:Já falei com ele e vai ser no dia 1° de janeiro.

Lia:Ele quer começar o ano dele com uma vida nova.

Marcela:Ele falou que essa data vai ser simbólica para ele.

Mirella:Percebi que Antônio mudou de comportamento após a doença pegar ele.

Marcela:Quando o médico falou que ele ia fazer isso ele começou a chorar demais comigo.

Flashback:(Hospital Geral do Estado/Quarto 10/Interno/Manhã)

Doutor César entra no quarto e vê os dois chorando.

Doutor César:O que tá acontecendo com ele?

Marcela(desesperada):Ele falou que estava com o cabelo caindo?

Antônio(chorando):O que tá acontecendo?

Doutor César:Infelizmente isso pode acontecer.

Marcela:Tem como evitar?

Doutor César:Infelizmente não e vai ter que cortar tudo.

Antônio começa a chorar de novo e sua mãe abraça ele.

Fim do Flashback.

Marcela:Não estou aguentando ver ele assim.

Ela começou a chorar e Lia e Marcela abraçaram ela.

Corte para a

Cena 03-(Casa de Wilson/Sala/Interno/Manhã)Trilha Sonora:(Ivete Sangalo-Somente Eu e Você)




O trânsito estava movimentado em Itapuã.Wilson estava na sala lendo o jornal e Sérgio chega na sala.

Sérgio:Pai?

Wilson para de lê o jornal.

Wilson:Oi,filho.

Sérgio:Você viu minha camisa?

Wilson:Qual?

Sérgio:Aquela colorida que minha avó me deu no natal?

Luciana vem com a camisa na mão.

Luciana:Filho,tá aqui a camisa.

Luciana entregou a camisa pra ele.

Sérgio:Obrigado.

Luciana:De nada,meu amor.

Wilson fica supreso.

Wilson(supreso):O que tá acontecendo com você,Luciana?

Sérgio:Também estou impressionado com seu comportamento.

Luciana:Pois é,vi que estava chato te recusar o tempo todo e percebi que estou errada demais em te humilhar.

Sérgio se emociona.

Sérgio:A senhora não é contra o namoro de eu com João?

Luciana:Não sou mais e espero que vocês dois sejam felizes.

Sérgio(emocionado):Me abraça?

Luciana:Desculpa meu filho por tudo.

Os dois se abraçam e Luciana começa a chorar emocionada.

Luciana(emocionada):Eu me arrependo em ter te expulsado.

Sérgio:Eu te perdoo,minha mãe.

Wilson:Que bom,mãe e filho se entendendo.

Luciana:Agora,vou comprar uns ingredientes para fazer um caruru pro almoço.

Wilson:Hummm,delícia.

Luciana:Quer ir comigo?

Sérgio:Sim.

Luciana:Então vamos?

Sérgio:Vamos.

Luciana pega a sacola de pano para colocar as compras.

Sérgio:Tchau meu pai.

Wilson:Tchau,meu filho.

Luciana e Sérgio saíram da casa.

Corte para a

Cena 04-(Delegacia de Itapuã/Sala de Visita/Interno/Manhã)

Lincoln estava sentado na cadeira aguardando chegar o advogado.

Lincoln:Que demora é essa pra ele vir?

Policial:Ele está chegando já,espere mais um momento.

Lincoln:Tudo bem.

Lincoln começou a assobiar.

Lincoln(cantando):E que tal outro lugar
Pra sua casa ou pra minha vida
Você escolhe
Tristeza vai se matar com uma dose de alegria
Com você completando o meu dia

Vem ser a minha semana
Meu fim de semana e o meu feriado
Meu remédio controlado
O meu disco arranhado
Naquela parte que diz eu te amo, te amo, te amo
Te amo, te amo, te amo, te amo, te amo

Vem ser a minha semana
Meu fim de semana e o meu feriado
Meu remédio controlado
O meu disco arranhado
Naquela parte que diz eu te amo, te amo, te amo
Te amo, te amo, te amo, te amo, te amo.

Policial interrompe.

Policial:Pode entrar que seu cliente está te esperando.

Lincoln se levanta e Rogério entra na sala vestido com um paletó social.

Rogério:Bom dia.

Lincoln fica supreso.

Lincoln(supreso):Rogério?

A câmera foca na cara de Lincoln supreso ao ver Rogério sendo seu advogado.

Corte para a



Cena 05-(Delegacia de Itapuã/Sala de Visita/Interno/Manhã)

Lincoln(surpreso):Não acredito nisso?

Rogério se senta na cadeira.

Rogério:Pode acreditar,eu vou te defender nesse caso.

Lincoln:E a sua mulher?

Rogério:Eu não vou deixar de fazer meu trabalho por causa dela.

Lincoln:Mas,como está indo a investigação?

Rogério:O delegado me informou que a testemunha já contou tudo pra ele e estão investigando.

Lincoln:Tudo bem,mas quando vou poder sair?

Rogério:Como você é réu primário,já abri um pedido de  Habeas Corpus para responder em liberdade.

Lincoln:Espero que venha logo.

Rogério:Pode demorar até 48 horas para aprovarem ou reprovarem o pedido.

Lincoln:Quero logo ser solto.Porque minha mãe deve estar sofrendo demais sem me vê.

Rogério:Lamento mesmo pela aquela confusão no jantar.

Lincoln:Se preocupa não,que a culpa não foi sua e nem de sua filha.

Rogério:Eu sei disso e Samuel está desesperado demais.

Lincoln se levanta emocionado.

Lincoln(emocionado):Como ele está?

Rogério:Ele está muito triste demais.

Lincoln começa a chorar de cabeça baixa.

Rogério:Fred me ligou dizendo que ele estar querendo ver ninguém.

Lincoln continua chorando.

Lincoln(chorando):Não acredito que meu amor está sofrendo demais.

Rogério:Se sair ainda no dia 23,talvez você aproveite o natal e ano novo em casa.

Lincoln:Muito obrigado mesmo.

Rogério se levanta e Lincoln também.

Rogério:De nada,espero que achem quem roubou esse anel dela.

Lincoln:Obrigado mesmo,cara.

Rogério saiu da sala e o policial algemou Lincoln e saiu da sala com ele levando de volta pra cela dele.

Corte para a

Cena 06-(Casa de Fred/Quarto de Fred/Interno/Tarde)Trilha Sonora:(Amar Não é Pecado-Instrumental)



Samuel estava no quarto de Fred chorando demais olhando para um foto de Fred e Lincoln na sala de aula.

Samuel(chorando):Por que você fez isso comigo?

Corte rápido para a

(Casa de Fred/Quarto de Fred/Externo/Tarde)

Fred e Mariano estavam batendo na porta preocupados.

Fred:Samuel,por favor deixa a gente entra.

Samuel(chorando):Me deixe em paz.

Mariano:Calma,que vamos ter ajudar.

Samuel(triste):esquecem que eu existo.

Mariano:Como vamos entrar?

Fred:Tenho a chave extra.

Fred pega a chave debaixo do carpete e abre a porta.

Corte rápido para a

(Casa de Fred/Quarto de Fred/Interno/Tarde)

Fred e Mariano entram no quarto e se sentam na cama.

Mariano:Calma,Samuel.

Samuel(deseperado):Calma,como?Ele está preso naquele local horrível.

Fred:Seu pai é advogado dele.

Samuel para de chorar.

Samuel:Meu pai é advogado dele?

Fred:Sim,ele me ligou dizendo que abriu um pedido de Habeas Corpus para ele ser solto o quanto antes.

Samuel:Espero que ele seja solto logo.

Mariano:Me conta aí como você conheceu ele?

Samuel:Conheci ele na faculdade no primeiro dia de aula no começo desse ano.

Flashback:(Faculdade/Sala 220/Interno/Manhã)

O sinal tocou e todos estavam na sala assistindo a aula.

Samuel:Vamos começar pela chamada?

Felipe:O professor se preocupe que te conhecemos há um tempão.

Lincoln:Menos eu!

Samuel:Verdade,temos aluno novo na sala.Mas falando nisso cadê a lista de chamada?

Samuel se levanta e vira de costas e está um papel preso e todos começaram a rir.

Samuel:Ei,o que está acontecendo?Tem nada de engraçado pra rir aqui não é circo pra fazer palhaçada!

Felipe(rindo):Professor,o papel da chamada é de que cor?

Samuel:É azul.

Felipe:E o que é isso nas suas costas?

Samuel pega algum nas costas e todos continuam rindo.

Samuel:Ops.

Lincoln(rindo):Você é engraçado demais!

Felipe(rindo):Falei o que?

Samuel:Bem,continuando vou começar a lista de chamada,Felipe Almeida.

Felipe:Presente,professor.

Samuel:Ele está presente,Gisele Silva.

Gisele:Presente,professor.

Samuel:Ela está presente,Lincoln Chastinet.

Lincoln:Presente.

Samuel:Bem,temos um aluno novo e quando acabar a chamada quero que venha aqui na frente se apresentar aos seus colegas.

Lincoln:Ah,professor tinha que ser ai na frente mesmo.

Samuel:Sim!

Lincoln:Tenho vergonha.

Samuel:Calma que não vai ter nada e vamos te aceitar do jeito que você é.

Lincoln:Tudo bem.

Samuel:Bem,Continuando João Medeiros.

João:Presente.

Samuel:João Presente,agora Sérgio.

Sérgio:Yo estoy aqui,professor!

Todos riram

Samuel:A cada ano seu humor fica melhor.

Sérgio:Professor,posso perguntar uma coisa por senhor?

Samuel:Depende do assunto.

Sérgio:Sabe qual é a água que queima?

Samuel:Sei não,achei que a água fosse pra beber e tomar banho,mas qual é a que queima?.

Sérgio:A água viva.

Todos riram.

Samuel:Ok,agora que terminamos a chamada vamos continuar nossa aula perguntando para vocês o que é história,alguém sabe?

João levanta a mão.

João:Uma matéria que somos obrigado a aprender a vida toda.

Samuel:Além dessa resposta,alguém mais pode responder o que é história?

Gisele:Ah,não professor hoje não.

Samuel:Quem está dizendo hoje não?

Gisele:Ah,não professor,história hoje não .

Samuel:Pode me responder,por quê?

Gisele:Ah,professor pra gente rever aquela chatice de ver o que aconteceu com os romanos quando o império caiu ou de ver que Nero era um homossexual que perseguia os cristãos pra proteger de ser linchado por eles e vê o governo bostonaro e suas merdas na pandemia.

Todos riram muito e Samuel fica sem entender.

Samuel:Olha,parece que vamos ter muito trabalho do que pensei.

Lincoln:Ou se vai ter.

Fim do Flashback.

Samuel(rindo):Lembro dele com seu sorriso na faculdade.

Eles se levantaram.

Fred:Vamos tomar banho para esfriar a cabeça?

Mariano:Vamos!

Fred e Mariano sai do quarto deixando o Samuel sozinho olhando para a janela pensando em seu amor.

Corte para a

Cena 07-(Barra Diner/Interno/Tarde)Trilha Sonora:(Pablo Vittar-Ama Sofre Chora)

https://m.youtube.com/watch?v=HqcBpOz1Y_&feature=youtu.be

O trânsito estava movimentado na orla e a praia estava cheia de pessoas na areia tomando sol.E o restaurante tinha poucas pessoas e Lia e Kaique estavam sentados na escadas conversando.

Kaique:Me conta aí como está o Antônio?

Lia:Ele está desesperado demais com o fato do cabelo estar caindo.

Kaique:Ele já sabia que algum momento a quimioterapia tem seus efeitos colaterais.

Lia:Eu sei,mas a Marcela está desesperada demais.

Kaique:E ele decidiu o que?

Lia:Ele vai cortar o cabelo mesmo.

Kaique:Que corajoso.

Celso desce as escadas.

Celso:Não eram para vocês trabalhando?

Kaique se levanta.

Kaique:O restaurante está com pouca gente hoje.

Lia:Pois é,e daqui a pouco não vai fechar o restaurante?

Mirella saiu da cozinha e desligou a luz da cozinha.

Mirella:Mais um dia de trabalho concluído.

Celso:Que bom,pelo menos estamos fechando.

Mirella:Souberam que amanhã vai ter greve de ônibus?

Celso:Não sabia disso.

Lia:Aonde você viu?

Mirella:Agora aqui na Internet.

Celso:Como vamos abrir amanhã?

Lia:Amanhã já não é dia 22?

Celso:Sim.

Lia:Que tal começar amanhã o feriado de Natal do restaurante?

Celso:Pode ser e voltamos dia 26 e paramos dia 31.

Kaique:Pode ser que talvez Lincoln seja solto agora nessa semana.

Celso:Falando nele Kaique.Como ele foi preso?

Kaique:Eu e ele tínhamos indo jantar na casa de Rogério e ele foi preso em flagrante por ter "supostamente" roubado ela.

Mirella(supresa):Como ele é capaz disso?

Kaique:Foi ele não.

Lia:Você acha que fizeram um armação?

Kaique:Exato e tudo tenha a ver com a Leila.

Celso:Eu soube que ela fez aquele barraco na formatura de seu irmão.

Mirella:Como você soube?

Lia:Eu contei para ele quando estava conversando.

Mirella:Bem,a conversa está boa,mas já são 5 horas da tarde.

Celso:Podem ir que eu e Lia fechamos o restaurante.

Mirella estranha.

Mirella:Tome a chave para você abrir.

Mirella entrega a chave reserva da casa dela para Lia.

Lia:Obrigada.

Kaique pega sua mochila no armário dos funcionários.

Mirella:Vamos.

Mirella pega sua bolsa que estava em cima do balcão.

Mirella:Tchau para vocês.

Lia:Tchau.

Mirella e Kaique saíram do restaurante.

Lia:Agora que eles foram embora,podemos conversar.

Celso fechou e trancou a porta da frente.

Celso:Pronto podemos conversar.

Lia:Pode falar.

Celso:Eu queria te fazer uma pergunta.

Começa a tocar a trilha sonora dos dois.




Lia:Tenha medo não.

Celso fica tímido.

Celso:Queria perguntar se você queria namorar comigo?

Lia fica supresa.

Lia(supresa):Namora?

Celso:Sim,toda noite não consigo dormir sem pensar em você.

Lia:Eu aceito.

Celso e Lia se levantaram felizes.

Celso:Queria poder te beijar.

Lia e Celso se aproximaram e começaram a se beijar apaixonadamente e eles foram para a dispensa.

Corte rápido para a

(Barra Diner/Dispensa/Interno/Tarde)

Eles entraram e Celso tirou sua camisa deixando no chão.

Lia:Tira tudo.

Celso tirou a calça ficando de cueca vermelha boxer e Lia ficou excitada demais.

Lia:Como você é lindo.

Os dois caíram no chão se beijando muito e a tela escurece.

Celso estava em cima de Lia fazendo amor.

Lia(sussurando):Continua mais.

Celso deu um beijo nela.

A câmera focou no armário com frutas caindo no chão.

Lia e Celso gemem alto e a tela escurece.

Corte para a

Cena 08-(Ponto de Ônibus/Externo/Noite)

Anoiteceu em Salvador e as ruas estavam movimentadas e tinha engarrafamento na Avenida ACM.E Estela estava no ponto de ônibus do lado de fora do shopping Paralela aguardando o ônibus.

Estela:Que demora pra vir esse ônibus.

O celular dela começa a tocar e ele abre a bolsa e pega o celular e atende.

Estela:Alô?

Camélia:Estela,cade você?

Estela:Estou esperando o ônibus pra voltar.

Camélia:Pra que?Tem metrô pra você ir.

Estela:O metrô fechou agora por causa de uma falha que deu em um trem que paralisou a linha 2 inteira.

Camélia:Que azar,minha irmã.

Estela:Pois é.

Camélia:O que você comprou?

Estela:É uma supresa para você.

Camélia fica ansiosa.

Camélia:Amo supresas.

Estela:Eu vou desligar logo antes que me assaltem aqui.

Camélia:Desculpa mesmo,estava preocupada com você.

Estela ri.

Estela:Problema nenhum.Tchau,minha irmã.

Camélia:Tchau.

Estela desligou o celular e se levanta do banco para vê os ônibus que estavam indo.

Estela:Espero que não demore.

Estela de repente começa a sentir uma falta de ar forte e um passageiro do lado percebe.

Passageiro 1:Você está bem?

Estela:Só senti uma pequena falta de ar.

Passageiro 1:Fiquei preocupado que agora está tendo uma novo surto de Covid 19 em Salvador.

Estela:Vixe,quantos casos novos?

Passageiro 1: 10 casos por enquanto,mas o isolamento não será necessário essa vez.Pois,a prefeitura fechou os bairros deixando todo em quarentena.

Estela:Espero que isso não se espalhe.

Estela de novo sente a falta de ar.

Estela:Estou bem não.

Estela desmaia e cai no chão deixando os passageiros que estavam no ponto deseperados.

Passageiro 2(deseperado):A mulher desmaiou!

Passageiro 3(deseperado):Chamem a ambulância pra ela.

A câmera foca na cara dela desacordada.

A tela congela e o pincel passa.

Corte para a


  

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.