Type Here to Get Search Results !

Marcadores

PRAZER, SATISFAÇÃO - CAPÍTULO 4

  




Cena 1. Colégio Progredir. Pátio. Dia.

Felipe, Gabriel e Danilo sentados na arquibancada:

Felipe: Eu virgem? De onde tirou isso?

Danilo: Não interessa! (T) Você vai participar da aposta e provar pra gente que você é capaz de comer uma mulher?

Felipe pensa um pouco... Os dois o olham

Felipe: (baixo) Aposta tá aceita!

Danilo: Isso garoto! 

Gabriel: E vê se não demora hein.

Close em Felipe olhando para Anne.

Cena 2. Bordel. Gramado. Dia.

Uma van para ali e de lá descem as dez meninas e Kátia. Elas adentram o bordel.

Cena 3. Bordel. Antessala. Dia.

As meninas entram e Kelly as recebe.

Kelly: E vocês tão bem? Vou pedir pra Valéria fazer um suco de maracujá!

Taís vai até Kelly.

Taís: Kelly, eu tenho que te falar uma coisa!

Kelly: O que foi Taís?

Taís: O homem que marcou a orgia... Ele tá cobrando!

Kelly: Paciência ué! Vocês se acidentaram, o prazer e a satisfação podem esperar!

Taís: Ele ligou pra Kátia... A coitada nem tem coragem de tocar no assunto, tá apavorada.

Kelly: O quê mais que ele disse Tata?

Taís: Ele disse, que se a gente não for até lá em no máximo duas horas, ele manda explodir o bordel!

Kelly: (chocada) O quê?

Close.

Cena 4. Hospital. Salinha atrás do banheiro. Dia.

Juliana diante de Viviane, pensando em uma desculpa.

Viviane: Hein dona Juliana? O que tava fazendo trancada aqui?

Juliana finge uma dor de cabeça.

Juliana: (fingindo dor) Eu tô com uma dor de cabeça muito forte, sabe... Eu tinha que arrumar um lugar mais tranquilo, esse hospital é muito barulhento...

Viviane: Ah porquê não disse antes? Eu tenho um remédio aqui que é tiro e queda...

Ela tira uma cartela de comprimidos da bolsa.

Juliana: Ah não precisa Vivi...

Viviane: Claro que precisa, toma aqui. (Entrega o comprimido na mão dela)

Juliana: Vou pegar um copo d'água... Obrigada!

Juliana sai da sala.

Cena 5. Hospital. Corredor. Dia.

Juliana passa disfarçadamente perto de uma lixeira e joga o comprimido fora. Ela ri.

Cena 6. Bordel. Antessala. Dia.

Kelly revoltada diante das meninas.

Kelly: Quem ele pensa que é pra nos ameaçar assim? O dono do mundo é? Vocês se acidentaram, não podem! Eu não permito. Eu zelo pelo bem estar de vocês!

Taís: Ele é um homem influente! É delegado! É só ele estalar o dedo e a gente está ferrada!

Kelly: Então quer dizer, que se ele quiser botar fogo aqui, matar uma de nós, ele pode? E vai ficar impune?

Kátia vai até ela.

Kátia: Infelizmente Kelly. Você pode ser nova no ramo, mas devia saber que é assim que funciona!

Close em Kelly abismada.

Abertura:


Cena 7. Bordel. Antessala. Dia.

Continuação imediata:

Kelly: Isso é muito injusto! Não pode ser!

Taís: Além do mais Kelly, ele pode até te denunciar por cafetinagem...

Kelly começa a chorar de desgosto...

Kelly: Droga, droga, droga! (T) Meninas, vocês conseguem ir pra esse lugar?

Maioria das meninas: Sim...

Kelly: As que não conseguirem de verdade, venham comigo. (T) Kátia amiga, você consegue mais duas meninas?

Kátia: Claro! O que é impossível pra Kátia Valentina?

Kelly: Você é fera amiga!

Duas meninas vão com Kelly até a escada. O restante fica.

Kátia: Se arrumem, que a gente tem pouco tempo!

As garotas já tiram as maquiagens de dentro das bolsas e vão ajudando umas as outras a se aprontarem. Kátia observa com orgulho...

Cena 8. Bordel. Banheiro. Dia.

Kelly sentada na banheira triste e pensativa...

Kelly: Que vida é essa meu Deus? Que gente é essa que eu estou me envolvendo? Essa vida não é pra mim, não é!

Ela passa a mão pelos cabelos e respira fundo.

Cena 9. Casa de Juliana. Dia.

Anne entra em casa de mochilas e percebe que não há ninguém.

Anne: Nossa, ninguém em casa... Ótimo. Vou fazer um macarrão com queijo enquanto vejo os capítulos atrasados de Evil List.

Anne vai até a cozinha, enche uma panela d'água e põe-a no fogão. Ela fica pensativa...

Anne: (pensativa) Ai e esse Felipe hein? Não senti uma energia boa dele... E ainda quer sair comigo... Vê lá?

Anne dá três batidas na madeira.

Cena 10. Casa de Felipe. Quarto dele. Dia.

Felipe deitado na cama...

Felipe: Eu não sou um virjão... Não sou! Eu vou conquistar a Anne e provar a eles. Ai Anne... Você vai ser minha!

Tensão.

Cena 11. Bordel. Frente. Dia.

As 8 meninas entram na van. Kátia entra na frente logo depois.

Kátia: (ao motorista) Amigo, passa no bordel da Nicole.

Motorista: E onde fica?

Kátia: Eu vou te indicar. Pode seguir reto...

A van segue a rua direto.

Cena 12. Bordel de NICOLE. Salão. Dia.

No salão, Kátia conversa com a cafetina Nicole:

Kátia: Nicole, eu preciso de duas meninas suas, pra agora!

Nicole: Vou olhar se a Pathy e a Megan tão disponíveis!

Kátia: Elas têm que ir comigo! É urgente, caso de vida ou morte.

Nicole: Calma! Eu vou lá dentro.

Kátia: Tá bem!

Na ansiedade de Kátia, corta para:

Cena 13. Colégio Progredir. Diretoria. Dia.

Stela se senta na cadeira e abre uma agenda...

Stela: Ah meu Deus, como eu ia me esquecendo... Tenho que ligar pra mãe da aluna Anne do 3°ano. O histórico dela ficou faltando...

Stela pega o telefone, disca uns números e põe o celular no ouvido.

Stela: Alô? Eu falo com a mãe da Anne Dumont?

Cena 14. Hospital. Refeitório. Dia.

Juliana almoçando numa mesa, já ao celular.

Juliana: (cel) Ah, o histórico da Anne! (T) Tá bom... Olha eu chego aí em meia hora! Aproveitar meu horário de almoço...

Cena 15. Colégio Progredir. Diretoria. Dia.

Stela desliga o telefone.

Stela: Essa voz... Ela não me é estranha! Hum... Deve ser só impressão!

Close.

Cena 16. Bordel de NICOLE. Salão. Dia.

Megan desce as escadas acompanhada de Nicole.

Megan: Infelizmente a Patrícia tá em outro programa...

Kátia: Eu precisava dela também...

Nicole: Mas só tem essa disponível...

Kátia: Tudo bem, eu dou um jeito! Pode vir comigo Megan, eu sou de confiança! (T) Nicole, fica tranquila que eu devolvo ela!

Megan: Ai ótimo!

Elas saem do bordel e entram na van.

Cena 17. Colégio Progredir. Diretoria. Dia.

Stela mexe no computador. Yara abre a porta.

Yara: Stela, a mãe da Anne do 3°ano está aqui!

Stela: Manda entrar!

Stela volta a mexer no computador.

Instantes e em câmera lenta Juliana entra pela porta. Stela olha e fica em estado de choque. Juliana arregala os olhos chocada.

Juliana: (trêmula) Vo-você?

Stela boquiaberta, sem reação.

Foco em Stela/ A imagem congela com um fundo esfumaçado.


Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.