Type Here to Get Search Results !

Marcadores

Noites Sangrentas - Episódio 05

 

CAPÍTULO - 5 CHAD E DANIEL

 

 

Diario do Narrador Observador




Daniel, Bills, Spin e Chad entraram num portal que comunicava o mundo do primeiro ao mundo do segundo pela carta chave. Chegando ao mundo pastoril do vampiro Daniel Ulkel, eles caíram em locais diferentes graças a vontade de Daniel em querer se afastar dos outros 3. Sendo assim, o moço vampiro cai num lugar proximo da fazenda e os demais caem em um lugar proximo da entrada da Floresta Negra, que ainda estava presente por lá, mesmo com os ultimos acontecimentos. No grupo de Bills, Spin demonstrava preocupação sobre aquela outra dimensão onde eles se enfiaram.




Spin: Mestre Bills! , acordaaa onde estamos???




Bills: Ai ai... Spin... eu cai de costas em cima desse monte de areia... ui... acho que estamos no mundo daquele tal de Daniel!




Spin: Mestre... esse lugar é muito estranho... quase não se ver predios por aki... parece uma Mata!




Bills: Acho que aquele idiota vive em locais essencialmente pastoris. Por isso falava muito carregado de sotaque. Chad, você ta bem cara?




Chad: Sim... eu to bem Bills, eu me levantei primeiro que vocês.




Bills: Beleza, ja esta quase anoitecendo, e não vai adiantar nada nós sairmos por ae procurando aquele otario. Temos de achar algum lugar para ficar!




Chad: Verdade, não dar de nós  ficarmos aqui Billzão!




Spin: Mestre, ali naquela floresta escura tem uma casinha abandonada. Vamos ficar la dentro. Eu posso iluminar o lugar usando minha fluorescencia!




Bills: Huuuum... mais uma de suas incriveis habilidades meu servo, pois bem, então vamos logo. Vou pedir ao bosque para que nos arrume madeira velha para armamos uma fogueira do lado de fora da casa. 




Chad: Pra minha sorte, eu touxe biscoitos doces e 1 banana no bolso do meu calção antes da gente parar neste lugar horrendo.Vamos dividir entre nós e amanhã de manhã procuramos comida por aqui!





Chad: Certo brother!

 

Os 3 então resolvem adentrar no bosque negro e se estabeleceram naquela casa que claramente apareceu naquele bosque somente por vontade implicita de Bills. Ao que parece a floresta deu uma ajudinha para nossos forasteiros. Na fazenda, Daniel se reencontra com seu avô que preocupado dar um forte abraço em seu neto!




Vovô Miguel: Meu netinho que bom que você voltou, ja estavamos a 7 dias preocupados com o seu paradeiro. Nos embrenhamos dentro daquela floresta para correr atrás de você, eu e seus dois amigos, e quase viramos terra de cemiterio la dentro!




Daniel Ulkel:  Vovô, eu achei que tivesse deixado claro a meus amigos que eu não queria ver nenhum de vocês andando por lá. A Floresta tinha planos para minha evolução. Ela me guiou rumo ao caminho da magia da natureza e hoje sou uma especie de guardião da floresta perante ela. Olha só, ganhei uma adaga verde que vira uma espada. E um livro com encantamentos e cartas proveniente da magia daquele lugar. Agora alem de vampiro, eu tambem sou uma especie de Mago.




Vovô Miguel: Daniel, tome cuidado com as coisas que aquela floresta enfia na sua cabeça. Ela pode estar so manipulando você para fazer as vontades ocultas dela.




Daniel: Eu vou tomar cuidado sim, vô... eu tambem tenho minhas desconfianças daquele lugar. Mas no momento, me sinto no dever de cumprir esta missâo para com aquele bosque. Sinto que há uma causa maior por trás de tudo isto!




Vovô Miguel: Vem aqui na cozinha filho, preparei uma sopinha para nossa janta. Está do jeito que você gosta!




Daniel: Oba, to morrendo de fomeee... no lugar onde fui parar, as comidas eram estranhas e com gosto ruim. Comida boa é a que comemos em casa!




Então o rapaz logo se serviu com aquela sopa preparada com muito Amor pelo seu avô. Eles conversaram sobre as Aventuras do Daniel  naquele outro lugar que nada parecia com o mundo deles! Daniel falava sobre grandes cidades, carroças sem animais de tração, luzes sem lampiões, o barulho imenso daquele lugar. Enfim tudo que havia no outro mundo em detrimento da tranquilidade que eles viviam no mundo ruralizado deles. Ao terminar a ceia, Daniel avisa ao avô que irá dar uma volta para limpar sua mente. O avô preocupado lhe adverte.




Vovô Miguel: Filho, tome cuidado, evite ir ate aquela floresta por hoje. Quero muito que você fique aqui por perto. Me sinto na obrigação de proteger você daquela entidade estranha!




Daniel: Se preocupa não Vô... eu estarei aqui por perto caso algo ruim nos venha a acontecer. Saindo aqui, benção!




Daniel sai  para dar uma volta e o vô Miguel se retira para o seu quarto pedindo proteção espiritual para o neto. Na cabana abandonada, Bills evoca a carta bosque e 




solicita a carta que lhe arrume varios troncos de madeira para fazer uma fogueira. Depois disso, Bills organiza a fogueira e lembra que não tinha fosforo em seus bolsos.




Bills: Merda, não tenho fosforos para subir o fogo aqui. Vou ver se acho umas pedras pra gente subir um fogo com essa palha seca que botei dentro dda fogueira. Quem diria que meu treinamento de escoteiro, um dia funcionaria em um outro mundo kkkkkkkkkkkkk




Chad: Não vai ser preciso brother, eu trouxe meu isqueiro e os meus cigarros. Voltei a fumar depois de meses parado. Pega, acende logo essa joça de fogueira!




Bills: Chad... você voltou a fumar... fala serio maninho... desde quando? Olha que 




você é um cara gente fina e cigarro não combina com você.




Chad: Então maninho... a vontade bateu mais forte e você sabe ne... eu não resisto vendo outros amigos nossos fumando. O Luan por exemplo adorava fumar na minha frente so pra se aparecer. Aí cedi a tentação. Mas to fumando de pouquinhos. 




Bills: Pronto, acendi a fogueira aqui. O fogo ta pegando volume. Esse seu isqueiro é lindo. Tem o simbolo da Ferrari!




Chad: Sim ele é de prata, minha mãe me deu de presente... eu amo exibir ele pras pessoas kkkkkkkkk todo mundo fica boquiaberto com ele.




Bills: Chad... e por isso que tenho tanto carinho por você irmaozinho. Você sempre cuidando de mim na hora que mais preciso. Tenho um sentimento forte por você como o de um irmão.




Spin: Mestre! Tem algo pra comer ai... eu to numa fomeee...

 

Chad: Toma Spin,  divide os biscoitos ae com o Bills. Esse lanche eu ia servir pra galera la em casa de tarde. Mas ae terminamos por cair neste lugar horrivel, agora vamos tentar comer bem e amanhã procurar algo de comer e claro achar o tak de Daniel para recuperar sua sedução e irmos embora daqui.




Bills: Fechado!




Chad: Rapazes vou dar uma volta aqui rapidinho, vou ali fumar um pouco. Não demoro!




Bills: Mano que isso... fica aqui pertinho do seu melhor amigo, nao tenho problema nenhum em te ver fumando.




Chad: Não curto fumar perto dos meus amigos. Vai ser rapido Bills eu prometo!

Saindo aqui!




Bills: Chad... você e suas maluquices afff... Spin, vem aqui agora!




Spin: Sim Senhor! 




Bills: Escuta muñeco, quero que você siga o Chad. Descubra onde ele vai. Meu amigo ta meio estranho desde que entrou aqui nessa floresta. To preocupado com essa novidade do Chad voltar a fumar. Tenho certeza de que foi algo recente. Meu amigo a meses atras me garantiu que havia parado o vicio graças as minhas insistencias e agora essa. Sinto que estou perdendo aos poucos o controle que eu tinha sobre ele. Segue ele e fica de olho. Qualquer coisa volta aqui e me chama viu!




Spin: Sim meu Amo... seu desejo é uma ordem!




Chad saiu da floresta e foi andando até um pé de caju proximo a fazenda de Daniel. Chegando nessa arvore ele arremesa alguns galhos e pega alguns cajus para comer. Para sua surpresa enquanto comia aquelas frutas, aparece um homem com uma especie de lampião na mão.




Chad: Quem é você? So estamos perdidos nesta região e queremos sair daqui.




Daniel: O amigo do Feiticeiro... então vocês vieram mesmo para cá!




Chad: Daniel... é você mesmo? Cara so me diga como sair deste lugar, tenho que sair daqui o quanto antes, todos devem estar preocupados comigo. E por favor me entregue a sedução do Bills que você engarrafou naquele feitiço. O Bills está se sentindo um lixo sem ela. Meu amigo usa esse atributo para se sustentar e ganhar a vida. Te peço isso na humildade.




Daniel: Você e seu amigo são dois tolos pir terem me seguido. Seu amigo Bills me fez muito mal enquanto estive no mundo de vocês,tu acha mesmo que eu vou dar essa sedução dele assim tão facil?




Chad: Daniel... eu sei que o Bills pode ser machista e frio as vezes. Mas eu conheço meu amigo. Isso que você tirou dele é como se fosse a segunda pele dele. Por favor, reconsidere as atitudes ruins do Bills. Eu so te peço isso, devolve a sedução dele. E nos prometemos que não te encontraremos de novo por aqui!




Daniel: Olha... preciso te falar algo... hum... esqueci seu nome...




Chad: Me chamo Chad!




Daniel: Certo Chad, eu não quero que nenhum de vocês se retirem daqui. Tudo que fiz ate aqui foi apenas para dar uma lição em seu amigo. Mas confesso que quando vi você perto dele e se submetendo a manipulação fria e oculta que ele age sobre você, me senti no dever de fazer algo. Então engarrafei mesmo toda aquela sedução dele sem nem pensar em nada. O Bills tem uma sedução hipnotizante muito poderosa. Ele consegue fazer qualquer um se apaixonar por ele. Eu consegui resistir a ela e consegui trancar neste frasco. Mas quanto a você Chad, desde que te vi naquela praia, eu senti algo estranho e verdadeiro no meu coração. Você me atrai de um jeito diferente.




Chad: Daniel... olha... voce percebeu ne... que eu tenho um amor platonico pelo meu melhor amigo, mas ele não me dar nem bola. No entanto seguirei amando o Bills em silencio mesmo que ele não queira nada comigo neste e em outros mundos!




Daniel: Me aguarda aqui, vou ali em casa correndo e trago umas comidas pra nós dois. Vamos montar um pequinique aqui embaixo desta arvore!




Daniel sai correndo para a sua fazenda em busca de mantimentos. Enquanto isso, Spin volta para a cabana da floresta escura e se depara com Bills observando as arvores daquele lugar. Ele chama pelo seu Mestre.




Spin: Mestre! Trouxe novas informações!

 

Bills: Spin, essa floresta é incrivel... imagina que tinha um sim lindo de caixinha de musica ressoando sobre ela. Apesar de escura, consigo sentir uma forte magia rondando ela. Esse lugar é muito misterioso mesmo. É um lugar magico Spin. Certeza que ela guarda seus segredos a 7 chaves!




Spin: Eu tambem senti mestre, tem uma energia misteriosa aqui. Talves este lugar seja um canal de comunicação entre os mundos. Aquele portal que o Daniel criou pode ter de a ver com esta floresta enigmatica.




Bills: Nunca vi um lugar tao estranho como este aqui. E ao mesmo tempo cativante. Sairei daqui com um pouquinho das boas energias naturais deste bosque. A proposito Spin, me conte o que você descobriu sobre o Chad... ele tá mesmo fumando ou foi apenas um blefe pra me deixar preocupado kkkkkkk esse meu amigo não toma jeito viu!




Spin: Senhor Bills, o senhor Chad foi andando para pegar um ar ate uma grande arvore. Chegando la foi surpreendido por aquele tal de Daniel.




Bills: Como assim Spin, aquele desgraçado apareceu la, ele tentou alguma coisa contra o meu amigo? Spin me leve ate este lugar agoraaa!




Spin: Senhor Bills, aquele homem parecia conversar pacificamente com o sr. Chad? Nâo deu de escutar muito, somente a parte em que seu amigo pede pro outro lá devolver a sua sedução.




Bills: Merda... esse cara vai armar algo pro bobão do Chad, Spin me leva ate essa arvore. Tenho que proteger meu amigo e recuperar a minha sedução!




Spin: Sim senhor!




Com isso Spin leva Bills até o local onde seu amigo estava. Bills vai preocupado e receoso. Enquanto isso, Daniel se apressa em montar seu piquinique junto de Chad. Eles dois arrumam a toalha nem cima da terra fofa, depois acendem umas lamparinas e Daniel coloca algumas rosas negras e vermelhas ao redor deles. Entâo eles começan a comer pães, doces, sopas, sucos e algumas frutas que daniel havia colocado em seu cesto. A conversa segue enquanto os dois comiam. Passado uns 10 minutos. Bills chega ao local do pequinique e se esconde para não ser notado, ele pede que Spin tambem se esconda e fique em Silencio. Chad e Daniel continuam a conversar sobre os dois.




Daniel: Então Chad, acho que isso tudo é uma demonstração de tudo que sinto por você por agora. É um sentimento que brotou em mim sem eu me dar conta.




Chad: Daniel... você é um cara incrivel, mas eu não sei se vou conseguir superar todo esse sentimento que eu tenho pelo Bills. É muito forte sabe cara...




Daniel: Me dar uma chance Chad, eu juro que vou te fazer muito feliz. Deixa eu te guiar para o caminho do amor verdadeiro e puro, sem interesses ou segundas intenções. Eu posso te fazer feliz. Fica aqui comigo. Deixa o Bills junto daqueles outros amigos sem carater dele.




Chad: Eles tambem são meus amigos... olha Daniel... eu sou de outro mundo... nao posso simplesmente largar tudo pra vir morar com você aqui.




Daniel: você não vai largar tudo. Sempre que quiser, posso te levar ate la. Tenho cartas especias que podem invocar portais para o seu mundo!




Daniel pega a mão direita de Chad e a beija, em seguida coloca sua mão esquerda sobre a face do rapaz fazendo contornos sobre ela.




Daniel: Chad, deixa eu tomar de conta de você. Permita que eu multiplique este sentimento lindo dentro de mim para contigo. Eu faria tudo para ter você do meu lado. So me dê essa oportunidade. Eu juro que não vou te decepcionar! Esquece aquele carcamano do Bills. Ele só está te usando como um troféu para ele mesmo. Eu posso te dar tudo que ele jamais poderá te oferecer!




Chad: Daniel... temos de ir com calma... não vai ser facil eu me apaixonar por você. Eu ainda amo muito o Bills. So to sendo sincero contigo. Você e realmente incrivel como pessoa, mas o meu coração continua confuso com tudo isto. Esse pequinique é a prova cabal de um momento de construção de um Amor entre nós dois. Mas preciso superar esse sentimento pelo meu melhor amigo!




Daniel: Eu vou fazer você esquecer aquele canalha, e vai ser agora... desculpa Chad, é mais forte do que Eu!




Então Daniel puxa Chad para perto dele e rouba-lhe um beijo ardente em seus labios. Chad tenta resistir, porem acaba se entregando ao beijo caloroso de seu novo amigo. Os dois se beijam incansavelmente em meio a luz de lamparinas e ao aroma exalado daquelas rosas vermelhas e brancas bem vistosas a luz da lua. E de  longe, Bills observa toda a cena junto de Spin e furioso alerta o seu servo.




Bills: Maldição, como este maldito teve a coragem de tirar o Chad do meu dominio. Drogaaa isso não vai ficar assim. Não vou perder meu melhor amigo pra esse cara de pau!




Spin: Calma Mestre, não fica chateado... se eu soubesse não teria trazido Vossa Senhoria até aqui!




Bills: Você fez bem Spin, ao que parece, o Chad e realmente apaixonado por mim. Eu mesmo desconfiava um pouco, mas jamais imaginei que fosse tão verdade.




Spin: Mestre, o senhor tem seus encantos... qualquer pessoa poderia se apaixonar pelo senhor. Lembra que lhe falei algumas vezes que as cartas melhoram bastante algumas caracteristicas fortes no seu guardião. E que no seu caso, seria seu dom de seduzir as pessoas de seu entorno junto da sua libido sexual. Foi exatamente isso que o maluco do Daniel roubou de você e engarrafou naquela porção. Sua energia do sexo!




Bills: Sei disso muñeco... e é por isso que vou ate lá naquele piquinique tentar recuperar minha sedução de volta!




Bills chega mais perto e observando seu amigo e seu rival se beijando fervorosamente, ele resolve interrompe-los!




Bills: Cof... cof... acho que vocês dois meio que se perderam por estes campos ne. Meu amigo Chad, achei que você tinha se esquecido de mim!




Chad: Bills!!! Como você chegou aqui irmãozinho!?




Bills: Foi muito fácil... deixei você se afastar de mim e pedi que Spin te vigiasse de longe. Você tava estranho, até voltou a fumar. Ah Chad... achei que a nossa amizade fosse mais forte que tudo!




Daniel: O que você quer ein Bills? Até quando você vai usar suas chantagens emocionais para manipular o Chad a seu bel prazer. Ele é um homem livre, e amava muito você. Ele me contou tudo! Cara como você joga sujo. Eu sei bem que você sempre percebeu as investidas do Chad. Mas seu ego em manipular pessoas sempre fala mais alto ne.




Bills: Hahaha olha cara, eu sempre respeitei meu melhor amigo. Ate confesso que desconfiei que ele tinha um sentimento por mim. No entanto meu carinho por ele continua intacto.




Spin : E isso aew Mestre!!!




Daniel: Você não ama ele, apenas usa esta amizade para conseguir obter vantagens. Posso ver isso estampado em seus olhos.




Chad: Parem de brigaaar os dois, não quero que nenhum de vcs briguem por mim. Bills, eu não queria que você soubesse desta forma mas eu te amei muito sem que você soubesse... as escondidas em meu mundinho interior... mas agora, vendo tudo o que o Daniel fez aqui por mim, me sinto um pouco confuso com os meus sentimentos. 




Bills: Chad... meu irmaozinho... você prometeu que nunca iria me abandonar. Não me deixa aqui sozinho, você sabe o quanto preciso de você, lembra da nossa promessa... desde criança prometemos jamais nos abandonar. Depois reafirmamos a promessa quando mudamos para nova jersey a 7 anos atras, so que dessa vez com o Luan junto de nós. Chad por favor, não me deixe só!




Chad: Bills... não faz isso comigo porra!




Daniel: Não vou deixar você continuar a chantagear o Chad. Agora ele é meu amigo tambem. Sua toxicicidade não vai  adiantar de nada, sua chantagem emocional se anulou Bills. Eu abri os olhos do Chad em relação ao teu egoísmo!




Bills: Seu merda... eu vou te dar uma lição agora e vou recuperar a minha sedução e o Chad. Vai se arrepender de ter cruzado meu caminho!




Então Bills libera a sua bengala magica e invoca a carta do vento para aprisionar Daniel em uma corrente de ar. No entanto algo dar errado.




Bills: Vai vento, aprisione esse tal de Daniel nas suas correntes de ar!

 

Daniel: Adaga transforme-se em espada!




Bills: O quê? Vai mesmo lutar comigo?




Daniel: Não! Vou paralisar você... carta gelo, paralise o meu adversario agora e o impeça de me atacar de forma covarde!




Bills: De onde ta saindo todo este gelo arggghhhhh... estou sendo congelado... merdaaaaaa!




Spin: Mestreeeee!




Então no momento em que o gelo começa a se espalhar por todo o seu corpo, Bills perde sua força e automaticamente fica passivo ao congelamento. No fim, Chad preocupado diz.




Chad: O que você fez com o Bills, ele ta congelado dentro de uma pedra de gelo. Ele vai morrer de frio se continuar nessas condições. Faz alguma coisa Daniel!




Daniel: Isso foi apenas um corretivo pra ele aprender a não jogar baixo comigo ou contigo. Não se preocupa, se ele for realmente forte, vai conseguir resistir a temperatura desse esquife de gelo.




Spin: Mestre não vou permitir que o senhor morra aqui, vou usar minhas labaredas de fogo para derreter esse gelo todo!




Spin usa suas chamas ainda fracas para tentar libertar Bills. Depois de 5 minutos Bills cai no chão. Mesmo caído recobra a sua consciencia e agradece seu servo.




Bills: Ah Spin muito obrigado, pensei que eu  fosse morrer... te devo uma muñeco. Hahaha!




Chad: Bills amigão, você ta bem... acorda irmão!




Bills: Chadzinho, me abraça vai... preciso do seu calor!




Chad: Claro meu amigo...




Então os dois se abraçam, e Daniel logo diz:




Daniel: Chad... você não ver que ele so está te usando... não se deixe enganar. Eu so fiz isso pra te proteger desse maldito!




Chad: Chega Daniel... olha eu sei que o Bills pode ser meio frio as vezes, mas eu o conheço desde criança. Eu e ele prometemos cuidar um do outro. Ao conhecer Luan, adotamos ele tambem dentro deste pacto. O mesmo fora com Rodrigo tambem. O Bills tambem tem muitas qualidades. Não o julgue somente por seus defeitos.




Daniel: Desculpa Chad... não queria te ferir!




Chad: Bills ta se sentindo melhor amigo?




Bills: Seu calor está fazendo o frio ir embora maninho. Valeu!!!




Spin: Senhor Bills, estou aqui no seu pescoço aquecendo sua cabeça tambem. Não vamos deixar o senhor ficar em hipotermia.




Daniel: Bem... se vocês quiserem... por hoje posso deixar vocês 3 irem dormir na minha fazenda, tem 1 quarto de hospedes la. Ela é bem quentinha e seu amigo poderá ficar melhor estando lá. O que acham?!




Chad: Neste caso eu topo, vamos rapazes, vai ser otimo dormir la. Amanhã nos recompomos e vemos o que podemos decidir sobre os nossos interesses. Por hora, o importante é o Bills ficar bem acochegado e se recuperando logo dessa hipotermia.




Spin: Eu tambem topo, se tiver comida claro!


Daniel: Comida farta diga-se de passagem... vamos para lá e amanhã eu decido o que fazer com essa sedução engarrafada do Bills! Por hora, me vejo na obrigação de tentar reparar esse meu erro com vocês lhes ofertando ao menos um teto pra vocês passarem a noite.




Chad: Muito obrigado Amigo!!!

 

Os 4 seguem para a fazenda  de Daniel, Bills estava agasalhado com as toalhas do piquinique dava passos lentos e cuidadosos para não cair. Spin continuava em seu pescoço tentando aquecer seu Mestre com a sua energia termica e Chad serviu de apoio para ajudar seu melhor amigo a caminhar com segurança. Ao chegarem la, Daniel acomodou os 3 em um quarto de hospedes e esquentou una sopa para seu rival. Bills estava deitado na cama e sendo agasalhado por cobertores que Chad havia achado por la. Bills pediu que Chad dormisse com ele e Spin juntos para assim manter o calor entre eles e reduzir o frio. Chad aceitou e ficou por perto do amigo ate que ele melhorasse. 10 minutos depois, Daniel deixa um prato fundo com sopa quente para Bills e diz pra ele se recuperar logo para que ele pudesse ir embora do mundo dele com segurança, então Bills pergunta.




Bills: Daniel... sobre a minha energia sedutora... vai mesmo me devolver? Por favor rival... eu te imploro, deixa eu ter minha graça de volta!




Daniel: Amanhã depois do café, eu decidirei isto Bills. So quero que você melhore logo. Fiz uma burrada sem precedentes e magoei o Chad. Faço isso por Ele pois não quero ver ele mais triste. Descansa um pouco e amanhã conversaremos!




Bills: Tudo certo... e... obrigado pela hospitalidade.

 

Então Bills resolve tomar a sopa quente inteira e depois cai em sono profundo. Chad inconscientemente acaba se aproximando de Bills por tras e dorme de conchinha com seu melhor amigo. Spin dorme perto do abdome do seu Mestre, ja cansado por usar muito de sua energia espiritual sob forma de fogo. Aquela jornada naquele mundo pastoril ainda traria bastante surpresas para aqueles quatro sem os mesmos se darem conta. Era muito sentimento envolvido!


Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.