Type Here to Get Search Results !

Marcadores

SAGRADA FAMÍLIA - CAPÍTULO 24

 

SAGRADA FAMÍLIA

“Capítulo 24”

 

Novela criada e escrita por

Wesley Franco

 

 

Personagens deste capítulo

ALEXANDRE

REGINALDO

GUTO

BEATRIZ

EDUARDO

GUILHERME

CLÁUDIO

 

Esta é uma obra de ficção e sem compromisso com a realidade.

 

CENA 1. CASTRO COSMÉTICOS. INT. SALA DE ALEXANDRE. DIA.

CONTINUAÇÃO IMEDIATA DA CENA FINAL DO CAPÍTULO ANTERIOR.

ALEXANDRE – Te substituir não vai ser tarefa fácil, a Nathalia tem uma missão pela frente.

CLÁUDIO – Ainda bem que essa missão é dela e não é minha.

ALEXANDRE – Mas você pode ajudar ela nessa tarefa, uma indicação sua seria levada em bastante consideração por ela. O meu filho Guto por exemplo, ele é um jovem executivo, tem feito um trabalho excepcional aqui na empresa, e eu acredito que ele é um bom nome para te substituir, se você pudesse sugerir o nome dele seria de grande valia na campanha pela sucessão.

CLÁUDIO – O Guto melhorou bastante, quando ele chegou aqui ele não queria nada disso, praticamente foi obrigado por você a entrar nesse mundo, fazia enormes trapalhadas, mas agora de fato ele tem se dedicado bastante no seu trabalho e tem feito sim um trabalho excepecional, porém eu já havia conversando com a Nathalia sobre um sucessor e eu acho que por toda a carreira construída aqui, a minha torcida para a minha sucessão é para o Murilo.

ALEXANDRE – O Murilo é um excelente profissional, mas eu acredito que o Guto tenha um maior potencial para essa função. No entanto eu respeito a sua decisão em apoiar o Murilo, ainda que não concorde.

CLÁUDIO – É natural que você prefira o Guto, é seu filho. (rir)

ALEXANDRE – E provável sucessor dessa empresa, já que a Nathalia não tem outros herdeiros, é bom que ele já se prepare para ocupar o lugar que lhe é devido.

CORTA PARA

CENA 2. APARTAMENTO DE EDUARDO. INT. QUARTO. DIA.

Eduardo desperta ao lado de Guilherme na cama, ele se mexe na cama até alcançar seu celular que está na bancada ao lado da cama, ele vê no celular várias ligações perdidas.

EDUARDO – (mexendo em Guilherme) Gui acorda, perdi a hora.

Guilherme se mexe e acaba acordando.

EDUARDO – Tem várias ligações perdidas da Beatriz, estou atrasado para reunião da diretoria.

Guilherme pega em seu celular e vê as ligações perdidas de Melissa.

GUILHERME – Tem várias ligações perdidas da Melissa também, a gente tinha combinado de sair hoje de manhã.

EDUARDO – É melhor você se arrumar logo e arranjar uma boa desculpa pelo sumiço.

GUILHERME – O que você vai dizer para Beatriz?

EDUARDO – A verdade.

GUILHERME – Vai contar ficou transando a noite toda comigo e acabou dormindo demais?

EDUARDO – (rir) Vou omitir a parte que fiquei transando demais a noite toda e só contar que acabei dormindo demais e perdi a hora.

GUILHERME – Vou contar a mesma coisa para Melissa.

EDUARDO – A gente se vê hoje à noite?

GUILHERME – Hoje não, vou ter que ficar com a Melissa.

EDUARDO – Amanhã?

GUILHERME – Amanhã!

EDUARDO – Eu te amo. (sorrir)

GUILHERME – Eu também te amo. (sorrir e beija Eduardo)

CORTA PARA

CENA 3. CASTRO COSMÉTICOS. INT. SALA DE ALEXANDRE. DIA.

Guto, Alexandre e Reginaldo conversam.

ALEXANDRE – Eu tentei fazer com que o Cláudio indicasse o Guto para ser sucessor na diretoria, mas ele disse preferir o Murilo.

GUTO – Sempre o Murilo, é incrível como o filho do motorista consegue agradar tanta gente dentro dessa empresa.

REGINALDO – A competição está encerrada então, a indicação do Cláudio entrega de mão beijada o cargo na mão do Murilo, só se acontecer alguma coisa muito fora do previsto para evitar isso.

ALEXANDRE – E vai acontecer!

REGINALDO – Está tramando alguma coisa?

ALEXANDRE – Um escândalo que envolva diretamente o Guto e prejudique a sua imagem de tal forma que impeça que ele seja promovido dentro da empresa. Só precisamos pensar como.

GUTO – (sorrir) Eu até já sei o que podemos fazer, vamos invadir o celular do Murilo e enviar mensagens bem sexistas e abusadoras para uma das nossas modelos mais famosas, já tenho em mente quem será a escolhida, ela é digital influencer, certamente vai publicar as mensagens e fazer um grande escândalo.

ALEXANDRE – Perfeito! É de algo nessa proporção que nós precisamos, mas você sabe invadir o celular do Murilo?

GUTO – Eu não, mas eu conheço quem sabe mexer com isso.

ALEXANDRE – Precisamos ser rápidos, porque a decisão da Nathalia não deve demorar.

CORTA PARA

CENA 4. CASTRO COSMÉTICOS. INT. CORREDOR DA EMPRESA. DIA.

Eduardo sai do elevador e encontra com Beatriz no corredor.

BEATRIZ – Finalmente chegou meu amor, achei que não viria mais hoje.

EDUARDO – Acabei dormindo demais, eu tava muito cansado de ontem.

BEATRIZ – Percebi, te liguei várias vezes e você não me atendeu.

EDUARDO – A reunião já começou?

BEATRIZ – Para sua sorte a Nathalia ainda não iniciou a reunião com a diretoria, ela está concluindo uma vídeo conferência com um grupo italiano, mas acaba já.

EDUARDO – Vou aproveitar para ir na minha sala pegar uns portfólio.

CORTA PARA

CENA 5. CONCESSIONÁRIA. INT. DIA.

Melissa e Guilherme entram na concessionária e começam a olhar vários carros. Guilherme se apaixona por um em específico e entra nele para ver por dentro.

VENDEDOR – Olá, sejam bem-vindos. Esse é o Hyundai Tucson, gostou?

GUILHERME – Eu adorei! (sorrir)

MELISSA – Se você quiser, podemos levar ele. Hoje é você quem manda!

GUILHERME – Eu gostei muito desse.

MELISSA – Você merece sempre o melhor, eu também gostei dele. (entra no carro) Ele é bem espaçoso.

VENDEDOR – Esse carro é completo e muito bom para dirigir.

MELISSA – Nós vamos querer ele.

VENDEDOR – Vai ter algum tipo de financiamento?

MELISSA – Não, vai ser à vista, pode preparar os documentos. Consigo sair com ele quando?

VENDEDOR – Posso tentar agilizar para dentro de no máximo 2 dias.

MELISSA – Perfeito!

GUILHERME – Eu tô muito feliz, não sei nem como te agradecer.

MELISSA – Ah, sabe sim. (rir)

Guilherme pega Melissa suavemente pelo pescoço e a beija.

CORTA PARA

CENA 6. MANSÃO DA FAMÍLIA CASTRO. INT. SALA. DIA.

Adélia atende à porta e Bárbara entra na mansão.

ADÉLIA – (surpresa) Dona Bárbara, a senhora aqui. Não tem ninguém em casa, a dona Nathalia, o seu Alexandre e o Guto estão na fábrica e a dona Renata foi ao shopping.

BÁRBARA – Eu não vim falar com nenhum deles, na verdade eu vim para conversar com a Helena, ela está?

ADÉLIA – (surpresa) Com a Helena?

BÁRBARA – Sim, com ela, é um assunto sobre o Murilo.

ADÉLIA – Ela está lá em cima, vou chamá-la.

BÁRBARA – Não precisa Adélia, conheço bem a casa, deixa que eu mesmo procuro ela. (sobe as escadas e vai até o segundo andar)

CORTA PARA

CENA 7. CASA DE MURILO. INT. SALA. DIA.

O carteiro entrega um envelope vindo de Salvador para Tarcísio, ele percebe que dentro do envelope há outra carta.

TARCÍSIO – (curioso) Um envelope mandado pela Mariana para a Helena, mas dentro do envelope parece ter outra carta, que estranho.

Tarcísio abre o envelope e encontra a carta escrita por Glória para Helena, ele resolve abrir a carta e lê todo seu conteúdo.

TARCÍSIO – “Eu nunca tive coragem de lhe contar a verdade, mas você tem o direito de saber que eu não sou a sua mãe. O seu pai te trouxe para mim quando você era um bebê e me deu você em meus braços para que eu cuidasse de você, e eu cuidei e te amei por todos esses anos, e seguirei te amando até o momento que eu fechar os olhos para sempre. Me perdoa por ter escondido este segredo por todos esses anos.”.

TARCÍSIO – A Glória enlouqueceu! A Helena não pode ler isso nunca.

Tarcísio vai até a cozinha, rasga a carta em pedaços e coloca dentro de um prato, ele pega um fósforo e joga dentro do prato, queimando toda a carta.

CORTA PARA

CENA 8. MANSÃO DA FAMÍLIA CASTRO. INT. CORREDOR. DIA.

Bárbara encontra com Helena saindo de um dos quartos com um carrinho de limpeza.

BÁRBARA – Helena!

HELENA – Pois não? Quem é a senhora?

BÁRBARA – Nós duas precisamos conversar, me chamo Bárbara e eu sou a noiva do Murilo.

HELENA – (surpresa) Noiva?

BÁRBARA – Antes dele terminar tudo comigo para cometer essa loucura de ficar com você, ele era meu noivo, ele terminou comigo me deixando grávida por causa de você.

HELENA – Grávida? Eu nem sabia que o Murilo estava noivo de alguém, ele nunca me contou e muito menos que a ex-noiva estava grávida.

BÁRBARA – Certamente ele não te contou muitas coisas! Você destruiu a minha vida, você apareceu do nada para destruir uma família que seria construída, por sua culpa o meu filho vai crescer com um pai ausente.

HELENA – Eu não tive culpa de nada, eu não sabia da sua existência.

BÁRBARA – Você acha isso legal? Destruir uma família! Estar grávida é muito difícil, e você só em trouxe problemas, veio de tão longe para me causar problemas, problemas para mim e para meu filho.

HELENA – Você não pode me culpar por uma coisa que eu não sabia.

BÁRBARA – Não só posso, como estou! Eu desejo que aconteça com você o mesmo sofrimento que você está me fazendo passar.

HELENA – Eu não te fiz nada, agora por favor me deixa em paz, eu estou no meu ambiente de trabalho.

Helena vai até as escadas e tenta descer, mas Bárbara a segura.

BÁRBARA – Eu não terminei, você espera eu terminar de falar.

HELENA – Eu não quero continuar essa conversa, preciso falar com o Murilo sobre isso.

BÁRBARA – Não é você que decide quando a conversa termina, eu é quem decido! Você estragou a minha vida, tudo que acontecer comigo e com o meu filho será sua culpa.

Bárbara desce as escadas, finge um tropeço e se joga nas escadas.

CONGELAMENTO FINAL EM BÁRBARA DESMAIADA NO CHÃO.

 



Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.