Type Here to Get Search Results !

Marcadores

Amar Não É Pecado - Capitulo 22

 


 
 



Cena 01-(Casa de Rogério/Sala/Interno/Noite)


A campainha toca e Rogério abre a porta e Rogério vê seu filho.


Rogério(emocionado):Filho!


Fred:Oi,meu primo?


Iracy:Tudo bem,Fred?


Fred:Tudo,senhora.


Iracy ri.


Iracy:Que educado.


Leila desce as escadas gritando.


Leila(gritando):Amor,pode me ajudar com o notebook e.


Leila olha pra porta  e vê seu filho com Mariano e Fred na porta.


Samuel(debochado):Boa noite,Dona Leila.


Leila(supresa):O que é isso?


Marília:Pra que esse barraco todo?


Mariano:A senhora está bem?


Leila se irrita e sobe pro quarto.


Rogério:Eu não sei o que tá acontecendo com sua mãe?


Marília:Esquece ela,mas me diga como estão vocês?


Samuel:Estamos todos bem.


Rogério:Sabia que meu primo não ia ter deixar na mão.


Mariano:Ele é demais.


Fred:Que isso,não precisa agradecer.


Rogério:Falando nisso,filho me falaram que a formatura da faculdade será semana que vem?


Mariano:Ele estuda lá?


Todos riram.


Mariano(sério):Não achei graça,eu sou perguntei.


Fred:Ele é professor universitário.


Mariano se surpreende.


Mariano:Desculpa,professor.


Samuel:Não precisa disso.


Marília se levanta.


Marília:Querem um suco?


Samuel:Sim.


Mariano:Pode ser de manga?


Fred dá um tapa no ombro.


Fred:Seu folgado!


Todos riram muito.


Fred:Parece que você é carente de amor?


Corte para a


Cena 02-(Casa de Mirella/Sala/Interno/Noite)Trilha Sonora:(Marina Elali-Eu Vou Seguir)




O trânsito estava movimentado na Avenida Oceânica,tinha pessoas andando no calçadão e tinha carros,motos parados em um sinal e ele abre e eles atravessam no cruzamento. E Lia,Mirella e Marcela estavam na sala sentadas no sofá.


Lia:Essa casa está um silêncio.


Mirella:Você quer assistir televisão?


Lia:Amiga,a televisão é sua.


Mirella:Pode assistir sim,mas baixo por respeito a Marcela.


Marcela:Se preocupa não que estou bem.


Lia liga a televisão e fica assistindo e Marcela e Mirella se levantam e vão pra mesa e sentam nas cadeiras.


Mirella:Quer alguma coisa?


Marcela:Pode ser um pouco de pão com manteiga com café?


Mirella:Faço sim.


Mirella se levanta e vai pra cozinha.


Marcela:Me diz uma coisa,Mirella?


Mirella:Diga.


Marcela:Soube que você e o Antônio brigavam muito no trabalho.


Lia ri.


Lia:Olha,e porque seu filho implicava com o fato de não gosta que eu e ela conversamos sobre assuntos diversos.


Marcela:É mesmo?


Mirella:Nem fala,ele nos chamou de feministas e falou certas coisas que parece de um velho de 80 anos.


Marcela ri.


Marcela:Ele é assim,o pai dele era assim.Machista,com pensamentos conservadores.


Lia:Teve um dia lá no trabalho que ele caiu da escada quando ia pra despensa.Depois de recusar nossa ajuda pra pegar as batatas.


Mirella ri.


Mirella:Lembro disso.


Mirella chega na sala com o pão com manteiga e café no prato e da pra Marcela.


Mirella:Pronto,pode comer.


Marcela:Obrigada.


Mirella:Fiquei chocada ainda quando o médico falou da doença dele.


Marcela começa a ficar preocupada.


Marcela:Meninas,amanhã será o difícil dia que o Antônio vai saber da doença.


Marcela começa a chorar.


Lia:Calma,vai dar certo.


Mirella:Ele vai aguentar,e lembra que seu Celso está pagando o tratamento.


Marcela:Sempre serei grata por vocês cuidarem de meu filho.


As três se abraçam felizes.


Corte para a


Cena 03-(Casa de Mariângela/Sala/Interno/Noite)Trilha Sonora:(Ivete Sangalo-Sorte Grande)





O trânsito na avenida Paralela estava movimentado e a lua está cheia e e Mussurunga as ruas estavam tranquilas e um ônibus com letreiro Estação Mussurunga passa devagar na frente da casa de Mariângela. E todos estavam na sala tomando café na mesa que tinha uma sacola de pão,E um jarro com flores de plástico.


Mariângela:Estou preocupado com o Kaique.


Lincoln:Eu também.


Beto:Desde de que ele chegou do hospital ele está assim.


Lincoln:Ninguém ia gostar de descobrir que aquela pessoa que você convive tem uma doença terrível como é a Leucemia.


Beto:Achava que essa doença não exista mais.


Mariângela:Errado,ainda tem gente que morre pra a Leucemia.


Lincoln:Apesar que hoje temos métodos mais eficientes pra tratar a doença.Ainda não acharam como evitar.


Beto:Espero que ele melhore.


Edinalva se levanta do sofá.


Edinalva:Filha?


Mariângela:Oi,mainha.


Edinalva:Pode me levar amanhã no shopping?


Beto(curioso):Vai comprar alguma coisa lá?


Edinalva:Eu ia na verdade,ia dar uma volta pra sair de casa.


Mariângela ri.


Mariângela:Tudo bem,amanhã vamos no Hiper faz compras pro fim de semana.


Lincoln:Gente,esqueceram que estou próximo de me formar?


Edinalva:Verdade,quantos dias de aula você ainda tem?


Lincoln:Tenho só essas duas semanas.


Mariângela:Ela não será antes do Natal?


Lincoln:Sim,será dia 20 de dezembro.


Beto olha pro calendário na parede.


Beto:Hoje é dia 12.


Edinalva:Ele vai alugar o terno?


Mariângela:Lógico,não temos dinheiro pra comprar terno.


Edinalva:Só perguntei,precisa ser grossa com sua mãe não.


Edinalva vai pra cozinha.


Lincoln:Eu vou tomar meu banho.


Lincoln se levanta da mesa e pegar uma toalha na cadeira e vai pro banheiro.


Beto:Espero que o Kaique fique bem.


Mariângela:Eu também,se não vou te contar que conversar com ele pra conforta-lo.


Mariângela bebe o café no copo de requeijão.


Corte para a


Cena 04-(Casa de Rogério/Quarto de Rogério/Interno/Noite)


Ele entra no quarto de pijama e Leila estava deitada na cama com cara de brava.


Rogério:Oi,meu amor.


Leila:Oi.


Rogério deita na cama.


Leila:Amor,pra que falou com aquele pedaço de satanás?


Rogério bufu.


Rogério:Não começa a xingar nosso filho de graça!


Leila:Pra que chamou aqueles três pra conversar?


Rogério:O que tem?Posso mais não chamar visitas pra minha casa?


Leila:Sem antes me consultar?


Rogério:Agora entendo porque ele saiu de casa?


Leila:Expulsei mesmo aquela bicha!


Rogério se levanta da cama bravo.


Rogério(gritando):Só porque você é casada comigo que você pode interferir em meus pensamentos!


Leila:Aquele homem que te conheci sumiu!


Rogério ri.


Rogério(gritando):Aquele homem que está com você há 43 anos não mudou,foi você que mudou pra pior!


Leila:Além disso,não quero você indo na casa daquela desocupada da Rita?


Rogério:Tem nada demais,ela está com o marido no hospital em coma e até agora não sei de nada do estado de saúde.


Leila:Agora não sei se você é anso ou eu sou ciumenta.


Rogério:Para com esse ciúme doentio!


Leila ri.


Leila:Não quero perder você pra uma rapariga.


Rogério:O que você está dizendo?


Leila:Não quero que você caia no golpe dela pra ela rouba meu homem!


Rogério:Você acha que eu estou me apaixonando por ela?


Leila:Sim.


Rogério joga um livro no chão.


Rogério:Acho que vou repensar na nossa relação e pedi divórcio de você.


Leila fica chocada.


Leila:Divórcio?


Rogério:Sim,quero me separar de você.Eu não aguento mais fica com uma mulher descontrolada!


Leila vai atrás dele e ele sai e fecha a porta na cara dele.


Leila:Pera aí!


Leila ri.


Leila:Se você pensa que você vai ficar vivo pra ver seu filhos medíocres crescer?Você conhecerá Deus antes da hora,seu vagabundo.


A câmera foca na cara dela rindo maleficamente.


Corte para a




Cena 05-(Casa de Rita/Sala/Interno/Manhã)Trilha Sonora:(Astrud Gilberto,Tom Jobim,João Gilberto,Stan Getz-Concorvado)





Amanheceu em Salvador,o trânsito estava começando a ficar movimentado e tinha pessoas andando pelas ruas da cidade.Um ônibus com letreiro Itapuã Via Dorival Caymmi saia da estação Mussurunga.E na casa de Rita,ela estava na sala colocando o café na mesa e Júlio vem pra sala com cara de sono.


Rita:Bom dia,preguiçinha de mamãe.


Júlio(bocejando):Bom dia.


Júlio se senta na cadeira da mesa.


Rita:Estou fazendo ainda o café da manhã,mas está quase pronto.


Júlio:Oh,mainha.


Rita:Fala meu filho.


Júlio:Você acha que meu pai vai acordar algum dia?


Rita(espantada):Vira essa boca pra lá,claro que ele vai acordar.


Júlio começa a chorar.


Rita:Você sente falta dele?


Júlio abraça ela.


Júlio(chorando):Quando ele vai voltar?


Rita:Eu não sei,mas espero que seja logo.


Júlio:Não aguento mais ver ele sofre.


Rita começa a chorar.


Rita:Nem eu,estou rezando que ele melhore.


Júlio:Quem sabe ele volte pra nós como presente de natal?


Rita:Espero que sim.


Júlio:Hoje vamos pro hospital?


Rita:Sim,vamos daqui a pouco.


Júlio:Quero ver logo ele.


Eles continuaram comendo e conversando.


Corte para a


Cena 06-(Casa de Camélia/Sala/Interno/Manhã)Trilha Sonora:(Nana Caymmi-Solamente Una Vez)





O trânsito na Avenida Paralela estava movimentado.Carros,Ônibus e motos passando devagar pela via e um trem do metrô passava rápido chegando na estação. E Camélia chega na sala com Estela arrumando a mesa da sala pra tomar café.


Estela:Minha irmã?


Camélia:Oi.


Estela:O Felipe já acordou não?


Camélia:Pensei que ele tivesse acordado.


Estela:Ainda não acordou aquele dorminhoco. Enquanto isso,vou ligar pra ver o jornal na TV.


Camélia:Liga ai pra ver as notícias.


Estela liga a televisão e começa o jornal da manhã.


Jornalista:Bom dia,agora são 06h30 na capital dos baianos e agora começaremos com uma notícia boa  para os idosos de 78 anos ou mais.


Estela:Olha lá,está dizendo alguma coisa de sua idade.


Jornalista:A vacinação anual contra a Covid está disponível pra esse público a partir das 09h da manhã.


Estela:Não acredito que tem vacina todo ano?


Camélia:Lógico,esqueceu que esse vírus matou 900 mil de pessoa entre 2020 e 2022?


Estela:Achava que era uma gripezinha?


Camélia(irônica):Uma gripe que te deixar entubado na Uti e te leva a morte.


Felipe chega na sala.


Felipe:Bom dia.


Estela e Camélia:Bom dia.


Camélia:Bom dia,me diz uma coisa hoje você pode me levar pra me vacinar?


Felipe:Vacinar contra o que?


Camélia:O Covid 19.Lembra que estão dando a dose anual.


Felipe:Mas já?


Estela:Infelizmente sim.


Felipe estranha.


Felipe:Infelizmente,porque?


Estela:A doença já acabou há uns 2 anos,a pandemia terminou e o vírus deixou de matar.Pra que toma isso?


Camélia:Chega!


Felipe:Que horas começa?


Camélia:Diz que é 09 horas da manhã.


Estela:O drive-thru  mais próximo é o do FTC.


Felipe olha pro celular dele.


Felipe:Já são 06h40,vamos logo?


Camélia:Primeiro vamos tomar café e quando terminar vamos.


Felipe:Já fez o café?


Estela:Está na mesa.


Os três se sentaram e começaram a tomar café na mesa que tinha muitas comidas.


Corte para a

/Intervalo/


Cena 07-(Casa de Rogério/Sala/Interno/Manhã)Trilha Sonora:(Ivete Sangalo-Vejo O Sol e a Lua)




As ruas da Pituba ainda estavam movimentadas e tinha ônibus passando lotados indo pro centro da cidade.Na casa de Rogério,Leila desce as escadas indo pra sala tomar café.


Leila:Bom dia!


Ninguém responde.


Leila chega na mesa e se senta.


Iracy:Minha filha,o que aconteceu ontem entre vocês dois?


Leila:Nada demais!


Rogério:Eu quero me separar de sua filha.


Iracy se engasga.


Iracy(supresa):Por que?


Leila:Minha mãe,ele está assim porque expulsei o filhinho dele daqui.


Iracy:Mas,minha filha aquilo foi precipitado demais.


Leila se levanta da mesa.


Leila(irritada):Quer dizer que todos vocês são contra mim!


Iracy:Não é nada disso,pare de escândalo!


Leila(irritada):Mãe,eu ouvi da boca dele que ele quer separa de mim depois de 4 décadas casados!


Marília:Finalmente,alguém tomou uma boa atitude aqui!


Leila:Você cale a sua boca,garota!


Marília se levanta irritada.


Marília(gritando):Venha aqui calar!


Rogério(gritando):Olha,não começam vocês duas!


Iracy:Marília,por favor segure suas palavras,ela é sua mãe!


Marília(Irritada):Que ótima mãe eu tenho.Preconceituosa,racista,homofóbica,falsa moralista,hipócrita deixa ver o que mais ela é?


Iracy:Não chame ela assim.


Leila pega o copo cheio de suco e joga na cara de Marília ensopando a camisa.


Iracy:Leila!


Marília:Com licença,vou sair daqui antes que vire um quarta guerra mundial!


Marília sobe as escadas correndo com a cara toda molhada de suco.


Rogério:Tá vendo o que você fez?


Leila:Agora a culpa é minha!


Rogério sobe as escadas indo pro quarto.


Iracy se aproxima dela e dá um tapa na cara de Leila.


Iracy:Você precisa se envergonhar de sua cara!


Iracy sai da sala indo para a varanda e Leila fica irritada.


Leila:Não acredito que isso tudo está acontecendo porque aquela bicha negra de Mussurunga quer namorar meu filho.


Leila começa a andar de um lado por outro.


Leila:O que eu vou fazer pra me vingar de todos?


Leila:Já sei,primeiro vou pra casa daquela piranha da Rita pra dar uma palavrinha com ela.


Leila sobe as escadas com elegância.


Leila:Todos vão me pagar,Eu juro!


Corte para a


Cena 08-(Casa de Mirella/Sala/Interno/Manhã) Trilha Sonora:(Marina Elali-Eu vou Seguir)





Marcela estava na sala olhando pra janela e pensando no seu filho.


Flashback Inédito:(Casa de Marcela/Sala/Interno/Manhã/2012)


Marcela:Filho?


Antônio:Pera aí!


Marcela:Anda logo pra você não chegar atrasado no aeroporto!


Antônio saiu do quarto dele todo arrumado pra viajar.


Antônio:Estou pronto.


Marcela segura na mão dele.


Marcela:Olha,meu filho agora começa mais uma fase importante na sua vida.


Antônio:Eu queira tanto que você fosse comigo pra Salvador.


Marcela:Eu também,mas não dá nesse momento.Quando tiver meu dinheiro compro uma casa pra morar na capital.


Antônio:Eu espero que você vá pra lá o quanto antes.


Marcela:Eu também,e quero chegar lá e conhece a praia que nunca conheci.


Antônio ri.


Antônio:A senhora vai adorar aquela praia linda.


A buzina do táxi toca.


Marcela:Vai logo que o táxi está te esperando.


Antônio pega as malas que estavam no sofá.


Antônio:Bom,chegou a hora. Tchau,mainha.


Marcela:Tchau,meu filho.


Antônio:Antes de ir,quero te dar um abraço.


Marcela:Pode me abraçar muito.


Os dois se abraçaram e Marcela estava emocionada quase chorando e Antônio tbm.


Marcela:Te amo,meu filho!


Antônio:Eu também.


Eles terminam de abraçar e Antônio abre a porta e pega as malas e se despede saindo pra fora da casa.


Antônio:Tchau,minha mãe.


Marcela também se despede dele.


Marcela:Tchau e boa sorte na capital e me mande mensagem.


Antônio:Tudo bem.


Antônio sai da casa e Marcela fica emocionada e se senta no sofá e ver a foto do filho pequeno e ela no fundo sorrindo e ela começa a chorar.


Fim do Flashback.


Lia:Marcela.


Marcela se assusta.


Marcela:Oi,Lia.


Lia:Eu sei que você está com muita saudades dele,mas vamos se arrumar que vamos lá contar pra ele sobre sua doença.


Marcela começa a chorar e Mirella vai pra sala.


Mirella:Bom dia!


Lia:Calma,Marcela você tem que ser corajosa.


Marcela:Eu sei.


Mirella:E ele não vai gostar de vê você chorando.


Marcela pega um pano e enxuga as lágrimas e se levanta.


Marcela:Vamos!


Marcela,Lia e Mirella pegaram suas  bolsas e sairam da casa.


Corte para a


Cena 09-(Casa de Gisele/Sala/Interno/Manhã)Trilha Sonora:(Filhos de Jorge-Sol Sal)




O trânsito ainda estava movimentado nas ruas do subúrbio ferroviário e na feira tinha pescadores chegando com cestas cheias de peixe pra vender. E na casa de Gisele,todos estavam na sala tomando café e Eduardo estava lendo o jornal no celular.


Eduardo:Amor.


Nana:Fala,amor que eu estou ouvindo.


Eduardo:Você viu que ontem mataram um cara aqui perto de casa?


Gisele:Credo!


Nana:Nem me diga,eu nem lembrava que você gostava de ler notícias.


Eduardo:Gente,não sabia que as televisores são de tela fina?


Nana:Nesses 23 anos,tudo mudou.


Eduardo:Esse aparelho é bonito demais.


Nana:E o melhor,conseguimos ouvir o rádio na TV?


Eduardo ri.


Eduardo:Como?


Nana:Temos um app que vem pra ouvir rádio.


Eduardo fica impressionado.


Eduardo(impressionado):Tudo mudou nesses 23 anos que fiquei em coma.


Gisele fica resmungando e Nana percebe.


Nana:O que você está resmungando aí,menina?


Gisele:Nada não.


Eduardo:Deixa meu amor,nossa filha ainda é jovem.


Gisele(irônica)Não,eu estou velha com 19 anos.


Nana(irritada):Gisele,olha a boca!


Gisele:Se vocês pensam que eu vou aceitar ele como pai sem mais ou menos.Podem esperar sentados,tenho só mãe.


Gisele se levanta e pega o cartão de transporte.


Nana:Aonde pensa que vai?


Gisele:Vou dar um passeio.


Eduardo:Filha,cuidado que essa semana assaltaram uns 5 ônibus só aqui no subúrbio.


Gisele(irônica):Bla,bla,eu já ouvi meu pai.


Gisele sai de casa e Eduardo e Nana se olham preocupados.


Nana:Amor,estou ficando preocupado com ela.


Eduardo abraça ela.


Eduardo:Calma,amor vai ficar tudo bem.


Corte para a


Cena 10-(Hospital Geral do Estado/Quarto 20/Interno/Manhã)Trilha Sonora:(Marina Elali-Eu vou Seguir)





A praia estava cheia e tinha pessoas andando de bicicleta na ciclovia da orla e tinha pessoas sentadas no banco tomando sorvete.E uma ambulância chega no hospital Geral do Estado.Mirella,Lia e Marcela chegam no quarto onde estava Antônio internado e Marcela se emociona e se aproxima dele e começa a fazer carinho nele e ele acorda.


Antônio:Mãe?


Marcela:Oi,filho que saudades.


Antônio:O que aconteceu comigo?


Mirella:Você desmaiou na empresa e te trouxemos e está tudo bem.


Marcela começa a chorar.


Antônio(preocupado):O que tá acontecendo comigo?


Doutor César entrou no quarto.


Doutor César:Bom dia,Antônio sou o César seu médico que está te acompanhando de desde de ontem.


Antônio:Olha,agradeço por vocês terem cuidado de mim.


Todos riram.


Doutor César:Agora,espero que você seja forte com isso.


Antônio segura na mão de Mirella e Marcela.


Antônio:Eu serei forte,conta logo!


Doutor César:Olha,infelizmente você tem uma doença que precisará você ficar internado.


Antônio(aflito):Mãe,o que eu tenho?


Antônio:É uma pneunomia,anemia,Leucemia.


Doutor César(sério):Leucemia.


Antônio fica chocado e a câmera foca na reação de Antônio.


A tela congela e no fundo mostra um cacto e o pincel passa.


Corte para a



 

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.