Type Here to Get Search Results !

Marcadores

Terra do Sol - Capitulo 32 (Últimos capítulos)

 


TERRA DO SOL (太陽の国) – CAPÍTULO 32

Web novela criada e escrita por: Luan Maciel

Produção Executiva: Ranable Webs




CENA 1: EXTERIOR. RUA. CARRO. NOITE

EM PLANO ABERTO A CÂMERA MOSTRA QUE UM CARRO VEM 0E ESTÃO

TOTALMENTE SEM SAÍDA. A VILÃ ESTÁ MUITO DESCONTROLADA.

MITSUKO (furiosa): - Olha só onde nós chegamos, Keiko? Se você tivesse

se casado com o Nei filho, ou então aceitado fazer parte dos meus

negócios nada disso estaria acontecendo. A culpa é toda sua.

HAYATO (sério): - O que você pensa que está fazendo, mãe? É melhor

você desistir de toda essa loucura. É o melhor que você faz.

KEIKO: - É melhor que você ouça o seu filho, Mitsuko. Você não tem como

fugir. Principalmente agora com a morte do Celso. Eu sei que foi você que

mandou ele. Ninguém mais seria capaz de fazer algo desse nível.

MITSUKO FICA BALANÇADA AO SABER DA MORTE DE CELSO. A VILÃ VAI

FICANDO CADA VEZ MAIS INCONTROLÁVEL.

MITSUKO (misteriosa): - Se foi eu ou não quem matou o Celso isso você

nunca vai saber, Keiko. Mas agora eu vou acertar as contas que eu tenho

com você, maldita. Você vai se arrepender de ter cruzado meu caminho.

KEIKO (séria): - Você vai me matar mesmo sabendo que eu espero

grávida, Mitsuko? Como você pode ser tão desprezível assim?

HAYATO: - Deixa a Keiko ir embora, mãe. Porque você não para com essa

sua sede de poder? Você não consegue ver que isso não é bom?

MITSUKO (gritando): - Calem a boca. Eu não quero mais ouvir nenhuma

palavra de vocês. Isso vai acabar daqui a pouco. Entenderam?

MITSUKO VAI FICANDO CADA VEZ MAIS DESEQUILIBRADA. A CÂMERA

MOSTRA O PAVOR NOS OLHARES DE KEIKO E HAYATO.

//

CENA 2: INTERIOR. MANSÃO CIPRIATIS. SALA DE ESTAR. NOITE


A POLÍCIA CONTINUA INVESTIGANDO O ASSASSINATO DE CELSO. NESSE

MOMENTO LUCAS ENTRA NA MANSÃO, E O RESPONSÁVEL PELA

INVESTIGAÇÃO VEM NA DIREÇÃO DE NOSSA PROTAGONISTA, E IMPEDE

QUE ELE DÊ MAIS UM PASSO.

LUCAS (sério): - Eu posso saber o que está acontecendo aqui? Porque a

minha mãe está sendo considerada como uma suspeita pela morte do

Celso? Isso é um completo absurdo. Não foi ela que fez isso.

DELEGADO (figurante): - Lucas…. Você sabe muito que eu prezo demais

pela nossa amizade, mas eu não posso permitir que você continue na cena

do crime. Eu preciso pedir que você vá embora agora.

LUCAS: - Você não pode estar falando sério. Você não pode me tirar desse

caso. Você sabe o quanto isso significa para mim. (P) Eu quero descobrir

quem foi que mandou o Celso. Não tire isso de mim.

O DELEGADO FICA BALANÇADO. LUCAS ESTÁ COM O ROSTO SÉRIO.

LUCAS (firme): Eu juro que eu não sei quem matou o Celso, delegado. Mas

uma coisa eu posso te garantir. A minha mãe jamais seria capaz de fazer

uma coisa dessas. Você precisa acreditar em mim.

DELEGADO (figurante): - Eu acredito em você, Lucas. Mas eu não posso

levar essa investigação com a emoção e sim com a razão. Eu preciso

encontrar esse assassino. A opinião pública está querendo uma resposta.

LUCAS: - Eu entendo, delegado. Mas eu quero que você saiba que eu

também vou investigar esse crime. Tem algo que não está certo.

LUCAS VAI SAINDO DA MANSÃO DECIDIDO. O DELEGADO OLHA PARA O

NOSSO PROTAGONISTA COM UMA CERTA DESCONFIANÇA.

//


CENA 3: EXTERIOR. RUA. NOITE

SHIN E RAMON VÃO CHEGANDO ATÉ UMA RUA ONDE TEM UMA CERTA

MOVIMENTAÇÃO DE MUITOS POPULARES. NESSE MOMENTO SHIN VÊ QIE

ELIZETE ESTÁ SENTADA NA CALÇADA E ELA ESTÁ MUITO MACHUCADA.

ELE E RAMON VÃO NA DIREÇÃO DE ELIZETE QUE ESTÁ NERVOSA.


SHIN (angustiado): - Elizete…. O que foi que aconteceu com você? Onde

está o meu filho? (P) Por favor diz alguma coisa. Eu estou com um mal

pressentimento. Eu estou com medo do que possa ter acontecido com o

meu filho.

RAMON (ponderando): - Calma, Shin Assim você vai assustar a moça. Eu

sei que você está preocupado com o seu filho, mas ela também está muito

ferida. Ela precisa de um tempo para absorver tudo isso.

ELIZETE: - Foi a Mitsuko. Ela jogou o carro em cima de mim e tentou me

matar. Eu não sei o que aconteceu com o Hayato. Eu sinto muito.

ELIZETE CHORA DE MUITA TRISTEZA. SHIN A ABRAÇA BEM FORTE.

SHIN (esbravejando): - Eu já deveria imaginar que isso iria acontecer. A

Mitsuko não vai descansar enquanto não acabar com a sanidade do meu

filho. Mas isso não vai acontecer. Eu preciso fazer alguma coisa.

RAMON (preocupado): - O que você está pensando em fazer, Shin? Eu

posso não conhecer a sua ex-mulher, mas eu sei que ela é perigosa.

ELIZETE: - O seu amigo está certo, Shin. Olha só o que a Mitsuko fez

comigo. Ela quase conseguiu me matar. Nós não podemos deixar que ela

ganhe dessa vez. O Hayato está nas mãos dessa louca.

SHIN (sério): - A Mitsuko foi longe demais. Eu não vou deixar que ela faça

mal ao meu filho. Isso é uma promessa que eu te faço, Elizete.

SHIN E RAMON AJUDAM ELIZETE A SE LEVANTAR. NESSE MOMENTO

PODEMOS VER O QUANTO ELA ESTÁ MACHUCADA.

//

CENA 4: EXTERIOR. PENHASCO. NOITE

EM PLANO ABERTO A CÂMERA MOSTRA QUE KEIKO E HAYATO ESTÃO A

BEIRA DO PENHASCO. MITSUKO ESTÁ PARADA NA FRENTE DELES

APONTANDO A ARMA. O ÓDIO PODE SER VISTO NO OLHAR DA VILÃ. ELA

VAI SE APROXIMANDO DE KEIKO E HAYATO.

MITSUKO (ardilosa): - Finalmente chegamos ao fim da linha. Tudo poderia

ter sido diferente. Mas vocês dois não souberam cooperar, e agora irão

pagar caro por essa teimosia. É o fim de vocês.


HAYATO (sério): - Que espécie de monstro você é? Você nunca foi a minha

mãe, e sim uma assassina maldita. Eu tenho vergonha de ser seu filho.

KEIKO: - A culpa de tudo isso é sua, Mitsuko. Olha só tudo que você

perdeu. Dinheiro, prestígio, o amor do seu filho. E o principal que foi a sua

liberdade. Até onde você pretende levar essa situação?

MITSUKO DÁ UM TIRO NO CHÃO DEIXANDO KEIKO E HAYATO TREMENDO

DE MEDO. A VILÃ SORRI DE UM JEITO DIABÓLICO.

MITSUKO (fria): - Eu ainda não comi matar vocês, pois eu tenho outros

planos para vocês. (P) Sabe o que você vai fazer agora, Keiko? Você vai

ligar para aquele seu namorado e vai dizer para ele vir aqui e nem pense

em chamar a polícia. Não esqueça que você tem um filho para criar.

KEIKO (corajosa): - Eu não vou fazer isso. Você só pode estar louca,

Mitsuko. Eu não vou atrair o Lucas até aqui para você matar ele. Eu prefiro

morrer do que ver ele morrer na minha frente.

HAYATO: - Chega de toda essa loucura, mãe. Você está indo longe demais.

Quantas vidas você para prejudicar para ver o não que você está nos

fazendo? Isso precisa acabar agora.LMITSUKOO (ameaçadora): - Chega

dessa conversa fiada. Keiko…. Chame esse gaijin até aqui agora que eu já

estou ficando irritada. (P) Já que você não quer colaborar então eu vou

acabar com você.

SEM PENSAR DUAS VEZES MITSUKO ATIRA NA PERNA DE HAYATO QUE

CAI NO CHÃO GEMENDO DE DOR. KEIKO FOCA ESPANTADA COM TODA A

CRUELDADE DE MITSUKO.

//

CENA 5: INTERIOR. CASA DE SHIN E OLENKA. QUARTO. NOITE

AYUMI ESTÁ DEITADA NA CAMA COM O SEMBLANTE MUITO TRISTE. A

PORTA DO QUARTO VAI SE ABRINDO, E PODEMOS VER ZECA ENTRANDO

E SE SENTANDO AO LADO DE AYUMI NA CAMA..ELA SE SENTA E ELES

FICAM SE ENCARANDO EM SILÊNCIO.

ZECA (sério): - Eu posso imaginar o que você está passando, Ayumi. Eu sei


que você está preocupada com o seu irmão, mas você não pode desistir

nesse momento tão delicado. Ele vai precisar muito da sua ajuda.

AYUMI (abalada): - Porque isso tinha que acontecer logo agora, Zeca?

Justamente agora que as coisas estavam entrando nos trilhos finalmente.

Eu estou com medo de que algo de ruim aconteça.

ZECA: - Você não pode pensar tão negativo assim, Ayumi. O que nós

devemos fazer agora é ter fé que tudo vai terminar bem. Eu sei que a

situação pode estar difícil, mas nós não podemos desistir.

AYUMI SE LEVANTA DA CAMA E FICA MUITO IRRITADA. ZECA TENTA

ACALMAR ELA, MAS ELE NÃO CONSEGUE.

AYUMI (desabafando): - Me desculpa se eu não consigo acreditar nisso,

Zeca. Não foi você que foi sequestrada por aquela doentia. (T) Me

desculpa, Zeca…. Eu não podia falar assim com você. Me perdoe.

ZECA (sendo cordial): - Está tudo bem, meu amor. Ninguém sabe o que

você passou nas mãos daquela mulher. Mas eu acredito que o seu irmão

vai conseguir sair dessa. Ele parece ser um homem forte.

AYUMI: - Você tem razão, Zeca. Tem tantas pessoas que já sofreram nas

mãos da Mitsuko. Ela não vai conseguir destruir a minha família. (P)

Obrigada por você sempre estará ao meu lado. Você é incrível.

AYUMI E ZECA SE ABRAÇAM. LOGO DEPOIS ELES SE BEIJAM.

//

CENA 6: INTERIOR. APARTAMENTO DE LUCAS. SALA. NOITE

CLOSE EM ESTELA QUE ESTÁ ANDANDO DE UM LADO PARA O OUTRO

MUITO AFLITA. ELA NÃO SABE COMO CONTAR PARA LUCAS SOBRE O

SUMIÇO DE KEIKO. NESSE MOMENTO LUCAS ENTRA NO APARTAMENTO E

PERCEBE QUE ALGO ESTÁ FORA DO LUGAR.

LUCAS (sério): - Mãe…. O que está acontecendo? Onde está a Keiko? (P)

Eu sei que você quer me contar alguma coisa. Fale de uma vez.

ESTELA (respirando fundo): - Eu não sei como te contar isso, meu filho.

Mas a Mitsuko invadiu o apartamento e sequestrou a Keiko. Eu vi isso pela

câmera de segurança. Aquela mulher quer matar a Keiko.


LUCAS: - Isso não podia acontecer. Eu deveria estar ao lado da Keiko para

impedir que isso acontecesse. Eu tenho que acabar com isso agora mesmo.

Eu tentei fazer tudo dentro da lei, mas eu cansei. Eu vou salvar a mulher

que eu amo e o meu filho nem que eu tenha que matar a Mitsuko.

LUCAS ESTÁ CERTO DO QUE FAZER. ESTELA FICA NA FRENTE DE SEU

FILHO E OLHA NOS OLHOS DELE. O CLIMA É DE TENSÃO.

ESTELA (ponderando): - Preste atenção no que você está falando, meu

filho. Esse não é você. Por mais que as coisas estejam difíceis, não

podemos deixar nos dominar pelas trevas.

LUCAS (sério): - E o que você quer que eu faça, mãe? Eu não vou perder

outra pessoa que eu amo para essa mulher. Eu vou fazer o que for preciso

para salvar a Keiko. Essa é a verdade..

O CELULAR DE LUCAS TOCA. DO OUTRO LADO DA LINHA ESTÁ MITSUKO.

MITSUKO (voz): - Eu estou com a Keiko sobre o meu poder. Se você não

quiser perder outra mulher que você ama é melhor vir até a localização

que irei te mandar. E nem pense em chamar a polícia.

LUCAS: - Não ouse tocar essa sua mão imunda na Keiko, Mitsuko. Eu juro

que se você fizer alguma coisa com ela eu mato você.

MITSUKO DESLIGA O CELULAR. LUCAS OLHA PARA ESTELA E DEPOIS SAI

DO APARTAMENTO COM MUITA PRESSA.

//


• ALGUM TEMPO DEPOIS •


CENA 7: EXTERIOR. PENHASCO. NOITE

A CÂMERA MOSTRA QUE A PERNA DE HAYATO CONTINUA SANGRANDO.

MITSUKO OLHA COM MUITO ÓDIO PARA KEIKO QUE ENCARA A VILÃ DE

UNA FORMA CORAJOSA. NESSE MOMENTO UM CARRO VEM CHEGANDO

ATÉ O PENHASCO. LOGO DEPOIS LUCAS DESCE DO CARRO E MITSUKO

APONTA A ARMA PARA KEIKO DEIXANDO LUCAS FURIOSO.


MITSUKO (ardilosa): - Olha só quem resolveu aparecer. Espero que você

não tenha sido estúpido se chamar a polícia. (P) Agora eu tenho todos os

meus inimigos sobre o meu poder. Isso acaba agora.

LUCAS (sério): - É melhor você se entregar, Mitsuko. Você não tem pDa

onde fugir. A justiça não vai perdoar os seus crimes. Você não precisa

continuar com esse banho de sangue. Se entregue, por favor.

KEIKO: - Você não deveria tee vindo aqui, Lucas. Essa mulher está

completamente louca. Eu não queria ver o homem que eu amo morrer.

MITSUKO (cínica): - E quem disse para vocês que eu estou planejando

fugir? Tudo o que eu quero nesse matar é vocês com as minhas próprias

mãos. Eu cansei de ficar conversando. Eu vou acabar com isso agora.

MITSUKO FICA CADA VEZ MAIS PERTO DE KEIKO. A VILÃ COLOCA A

ARMA A POUCOS CENTÍMETROS DA NOSSA PROTAGONISTA. LUCAS ESTÁ

TOTALMENTE DESESPERO. HAYATO FICA SEM TER O QUE FAZER.

HAYATO (sério): - Não faz isso, mãe. A Keiko está grávida e eu sei que

essa não é você. Você precisa reconsiderar tudo o que está fazendo.

LUCAS (firme): - Ouve o que o seu filho está falando, Mitsuko. Até onde

você pretende levar esse desejo de vingança? Isso precisa acabar. É

melhor acabar antes que alguém saia machucado.

KEIKO: - Agora tudo está fazendo sentido. Eu sei bem o que você quer,

Mitsuko. (P) Você nunca vai conseguir pegar o meu filho. Pode esquecer

disso. Eu prefiro morrer do que entregar o meu filho para você.

UM HELICÓPTERO VEM POUSANDO NOS ARREDORES DO PENHASCO.

DOIS HOMENS MUITO BEM ARMADOS DESCEM HELICÓPTERO

APONTANDO AS ARMAS. LOGO DEPOIS MITSUKO SOBE NO HELICÓPTERO

QUE VAI SOBREVOANDO PARA LONGE DALI..LUCAS, KEIKO E HAYATO SE

OLHAM TOTALMENTE INCRÉDULOS.

A IMAGEM CONGELA NO OLHAR SÉRIO DE LUCAS. AOS POUCOS A

IMAGEM VAI GANHANDO UM TOM ALARANJADO COMO SE O SOL

ESTIVESSE NASCENDO NO HORIZONTE.




Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.