Type Here to Get Search Results !

Marcadores

PRAZER, SATISFAÇÃO - CAPÍTULO 26 (ÚLTIMAS SEMANAS)

 



Cena 1. Rua. Atrás da árvore. Noite.

Luciano ao celular:

Luciano: (cel) Adelaide, você não faz idéia do que eu acabei de descobrir!

(Alternar com Adelaide no banheiro:)

Adelaide: (cel) Fala ué!

Luciano: (cel) A sua irmã e a Juliana... Tão juntas! Eu acabei de ver elas se beijando!

Adelaide: (cel/chocada) Como é que é?

Luciano: (cel) Eu acabei de ver as duas se beijando aqui na porta da casa da Juliana! (Respira) Adelaide, você vai me ajudar a acabar com essa relação! E eu já tenho um plano!

Adelaide: (cel) E que plano?

Luciano: (cel) É melhor você me encontrar daqui a uma hora no bar atrás da casa da sua irmã!

Adelaide: (cel) Eu vou tomar meu banho e te ligo assim que eu tiver pronta!

Luciano: (cel) Beleza!

Ele encerra a ligação e fica por lá pensativo...

Luciano: Eu não posso acreditar! Como isso foi acontecer porra? Como justo a Juliana e a Stela foram se conhecer... Com tanta mulher no mundo, a Stela foi pegar justo a minha? 

Muita tensão. Close nele.

Cena 2. Flat de Rodrigo. Banheiro. Noite.

Amanda e Rodrigo ainda paralisados debaixo do chuveiro. Vanessa os encara.

Rodrigo: Vanessa, não é nada disso que você tá pensando!

Vanessa: É! É tudo isso que eu tô pensando e mais um pouco... Não tenta me enganar Rodrigo! Você acha o quê? Que eu sou cega ou burra? De ver você e a sua secretária pelados na minha frente e achar que não é nada! Simplesmente nada! 

Vanessa começa a rir. Rodrigo desliga o chuveiro, tenso.

Música: Me Gusta - Anitta ft. Cardi B (até o fim desta cena)

Vanessa olha pros dois de forma diferente e morde os lábios...

Vanessa: Só que vendo vocês dois aí... Começou a me subir um fogo sabe... 

Vanessa vai até o box e se junta aos dois, que não entendem.

Vanessa: Por que vocês pararam com a pegação? Continuem, eu quero participar!

Rodrigo: Sendo assim...

Ele tira a blusa de Vanessa e a mesma tira o restante da roupa, ficando totalmente nua... Rodrigo liga o chuveiro. Vanessa puxa Amanda e as duas começam a se beijar... Rodrigo observa excitado e entra no meio das duas...

Rodrigo: Eu quero também!

Amanda: Vem!

E os três se beijam com muita vontade e tesão...

Cena 3. Casa de Juliana. Sala. Noite.

Kelly e Anne terminam de abraçar Juliana.

Juliana: Bom, esse jantar acabou com as minhas forças... Eu vou dormir!

Kelly: É nós também vamos!

Juliana: Então boa noite minhas filhas amadas! Fiquem com Deus!

Kelly e Anne: Boa noite mãe!

Juliana se dirige até seu quarto. Kelly e Anne ficam por lá.

Anne: Ai eu tô feliz pela mamãe!

Kelly: Eu também...

Anne: Não quero nem ver quando o papai descobrir... Justo ele que tá a todo momento querendo reconquistar ela...

Kelly: Mas ele não vai fazer nada! Vai só se remoer de ódio de ter perdido um mulherão feito a mamãe! (Risos)

Closes alternados.

Cena 4. Rua. Prédio de Stela. Garagem. Noite.

O carro de Stela passa pela rua, para em frente ao portão da garagem, espera ele abrir por completo e entra.

Cena 5. Prédio de Stela. Elevador. Noite.

Stela entra no elevador, aperta o botão do 2° andar e a porta se fecha. Ela se encosta na parede, sorridente e pensativa, sem dizer nada...

Cena 6. Ap de Stela. Sala. Noite.

Adelaide sai do corredor, bem arrumada, ajeitando seus cachos. No mesmo momento, Stela entra em casa.

Stela: Adelaide... Que surpresa você por aqui...

Adelaide: Surpresa por que irmãzinha? Eu não tô morando aqui?

Stela: É mas você não para em casa... É homem é?

Adelaide: Um gato minha irmã! Você precisa ver... (t) Mas agora eu tô de saída de novo... Tchauzinho!

Stela: Tá bom... Tchau!

Adelaide pega sua bolsa no sofá e segue para a porta de saída. Stela fica por lá.

Stela: Mas é uma louca mesmo... (ri irônica)

Cena 7. Bar e Restaurante. Mesa afastada. Noite.

Instrumental: Suspense e Tensão (até o fim da cena 10)

Luciano sentado na mesa, apreensivo. Adelaide chega e se senta.

Adelaide: E então Luciano... Fala!

Luciano: Adelaide... A sua irmã e a minha mulher estão juntas!

Adelaide: Mas como é que você sabe que elas estão juntas? Pode ser só uma ficada, não?

Luciano: A Stela saindo da casa da Juliana e depois as duas se beijam com a maior cara de apaixonadas... Isso é namoro e dos sérios! 

Adelaide: Mas que coincidência infeliz essa!

Luciano: E isso vai atrapalhar muito os meus planos! Eu tinha planos de reatar com a Juliana. Muito difícil? Sim! Mas eu ia tentar... Agora com a Stela no meu caminho vai ficar tudo muito mais difícil! Além dela me conhecer, a Juliana pelo que me parece tá completamente na dela!

Adelaide: Só tem um jeito: A gente vai ter que separar essas duas! Fazer uma não querer nem mais olhar pra cara da outra! Você disse que pensou em algum plano, qual foi?

Luciano: Nós vamos contratar uma prostituta... A Stela vai tá dopada e nua na cama com a piranha! Daí a Juliana entra em cena, vê tudo e... Você já sabe o drama da novela mexicana! (Risos)

Adelaide: Só que nós vamos ter que montar um esquema, dos bons!

Luciano: Eu vou te falar o que eu pensei!

Luciano vai falando fora de áudio e Adelaide ouve, atenta a cada detalhe.

Cena 8. Barraco de Luciano. Noite.

Renato entra no local.

Renato: (chamando) Luciano? Tá aí?

Portanto ninguém responde.

Renato: É... Ele não tá por aqui... 

Renato olha pro chão e vê uma embalagem de preservativo aberta... Ele solta um riso.

Renato: Esse é meu filho! (Rindo)

Neste momento seu celular toca, ele tira do bolso e atende.

Renato: (cel) Oi Luciano! (T) Tá, beleza! Tô indo praí!

Cena 9. Bar e Restaurante. Mesa afastada. Noite.

Luciano, Adelaide e agora Renato à mesa. 

Luciano: Ô pai, você conhece alguma prostituta que possa fazer esse serviço pra gente?

Renato: E se conheço... Uma lá de Ribeirão das Neves! Aquela lá topa qualquer parada por uma grana!

Adelaide: Qual o nome dela?

Renato: É Rayane... Uma gostosa viu...

Adelaide: Me poupe dos detalhes! Eu vou precisar do contato dela, pra amanhã a gente se encontrar! 

Renato: (tirando o celular do bolso) Te passo aqui agora!

Adelaide pega seu celular também.

Adelaide: Fala aí!

Renato: É DDD 31 nove...

Enquanto Renato fala, Adelaide anota no seu celular...

Cena 10. Belo Horizonte. Takes do Amanhecer. Dia.

Amanhece na cidade... Plano geral na fachada do Colégio Progredir.

Cena 11. Colégio Progredir. Diretoria. Dia.

Stela sentada em sua cadeira mexendo no notebook. Yara entra na sala.

Yara: Com licença Stela, o Seu Otávio Jardins, tá na ligação, eu já transferi pra cá!

Stela: Ah sim, obrigada Yara!

Yara sai e Stela atende a ligação.

Stela: (cel) Alô Seu Otávio? (T) Como assim parece que as verbas foram superfaturadas? Eu sempre mando o orçamento certinho praí, com o valor correto, sem erros! (T) Com certeza deve ter dado algum erro, pode verificar! (T) Obrigada, tchau!

Stela coloca o telefone no gancho e fica a pensar...

Stela: Que estranho... Isso nunca aconteceu!

Cena 12. Colégio Progredir. Secretaria. Dia.

Yara com o ouvido na porta, tentando escutar o que Stela falava...

Yara: (pensamento) Você vai perder esse cargo Stela... E sou eu quem vai administrar essa escola!

Muita tensão. Close nela.

Cena 13. Escritório de Detetive. Dia.

Detetive Henrique na sua mesa traçando traços numa cartolina.

Henrique: (calculando os passos) Bom, quem acompanhava a Stela no dia do parto, era a sua irmã Adelaide... Bom, essa Adelaide aí deve ter muita coisa a me dizer!

Neste momento alguém bate na porta.

Henrique: Entra!

O Detetive Tadeu entra pela porta.

Tadeu: Cara, acho que eu tô perto de finalizar meu caso! Eu acabo de descobrir que a filha procurada do meu cliente...

Henrique: Quem? O Fernando Matias, dono da fábrica de remédios? O que tem a filha dele?

Tadeu: Descobri por uns conhecidos da antiga rua dela que ela se chama Juliana Dumont e estudou no colégio Pedro II! Seus pais adotivos faleceram há uns 15 anos num acidente e ninguém da rua sabe do paradeiro dela!

Henrique: Engraçado eu e você estarmos com esses casos de filhas desaparecidas...

Tadeu: Coincidência mesmo... Agora tá na mão achar a filha desse ricaço! Juliana Dumont... Onde você estará?

Cena 14. Hospital. Cafeteria. Dia.

Juliana e Talita conversam, enquanto tomam uma xícara de café.

Talita: Ai amiga... Eu tô muito feliz por você! E as meninas, aceitaram bem?

Juliana: Graças a Deus sim! Elas são umas meninas de ouro mesmo...

Talita: Todas as filhas podiam ser assim tão compreensivas...

Juliana: O que ajuda é o fato de que elas tiveram uma péssima figura paterna... Aí elas querem me ver feliz mesmo, com quem quer que seja! Mas sendo uma pessoa boa como a Stela... Ajuda muito!

Talita: Ah isso é...

Cena 15. Barraco de Luciano. Dia.

Lá estão: Luciano, Renato, Adelaide e Rayane (23 anos).

Rayane: E então, o que eu tenho que fazer?

Adelaide: Primeiro de tudo você vai ligar pra Stela e falar esse texto que eu escrevi aqui pra você!

Adelaide pega um papel e entrega a Rayane. Ela lê rapidamente.

Rayane: Então eu vou oferecer uma proposta de um projeto pra escola que ela dirige é isso?

Adelaide: Exatamente!

Luciano: E assim que ela aceitar a proposta você se convida, claro de um jeito delicado, pra ir até a casa dela!

Adelaide: E é lá que tudo vai acontecer!

Luciano: Adelaide, vem aqui comigo rapidinho!

Luciano e Adelaide entram numa porta. Renato fica a sos com Rayane.

Renato: Rayane...

Rayane: E aí seu Renato... Nunca mais apreceu por lá...

Cena 16. Barraco de Luciano. Banheiro. Dia.

Luciano e Adelaide, discretos:

Luciano: Conseguiu clonar o celular da Stela?

Adelaide: Consegui! Quando ela tava dormindo eu entrei no quarto dela, peguei o celular e... Você sabe!

Luciano: Ótimo!

Adelaide: Eu vou mandar as mensagens pra Juliana do meu aparelho, que é o clone. Além disso, eu bloqueei o número da Juliana! Pra duas não conseguirem se falar por hoje... Só pelas mensagens que eu vou mandar! (Ri)

Luciano: Perfeito!

Adelaide: Isso aí tem que trazer resultado: Money bebê! Bolar um plano mirabolante desses, não é brincadeira não!

Luciano sorri, cínico.

Cena 17. Barraco de Luciano. Dia.

Luciano e Adelaide saem do banheiro.

Luciano: Então Rayane, pode ligar!

Rayane: Tá bom! Passa aí o telefone!

Luciano pega um celular e entrega a ela, que disca uns números e em seguida põe no ouvido...

Rayane: Tá chamando!

Adelaide: Deixa no viva-voz!

Cena 18. Colégio Progredir. Diretoria. Dia.

Stela concentrada escrevendo na agenda. Seu celular toca, ela atende.

Stela: Alô quem fala?

Muita tensão. Close em Stela.

Abertura:

Cena 19. Barraco de Luciano. Dia.

Rayane ao celular. Luciano, Adelaide e Renato assistem.

Rayane: (lendo o papel) Bom dia Stela, tudo bem? Aqui quem fala é a Rayane, eu me formei em educação física na Europa, fiz vários cursos e eu estou passando em várias escolas pra apresentar o meu projeto!

Stela: (viva-voz) Bom dia Rayane, sobre o que é o o seu projeto?

Rayane: Ah eu tenho uma infinidade de projetos aqui na minha programação... Como competições de ginástica, pra incentivar o jovem mesmo ao esporte... A saúde dos jovens anda bem deficitária sabe? Tanto aqui no Brasil, quanto lá na Europa, muito sedentários...

Stela: (viva-voz) Você não gostaria de passar aqui na escola e deixar seu portfólio?

Adelaide intervém e cochicha:

Adelaide: (cochicha) Fala que você tá num aeroporto em São Paulo e só chega à noite!

Stela: (viva-voz/ estranha a demora) Alô?

Rayane: Ah desculpa... É que eu tô num aeroporto em São Paulo e só chego em BH à noite...

Luciano: (cochicha) Pergunta se você não pode passar na casa dela!

Rayane: Será que eu poderia passar na sua casa? Eu só passo lá e deixo o portifólio... É que amanhã mesmo eu tô voltando pra São Paulo e ficaria mais fácil pra mim... Tudo bem pra você?

Stela: (viva-voz) Ah tudo bem... Eu vou te passar o endereço...

Rayane: Ok!

Luciano, Adelaide e Renato se olham entre si, sorridentes e confiantes.

Cena 20. Colégio Progredir. Sala de Aula. Dia.

Professor sentado em sua mesa enquanto os alunos copiam a matéria do quadro. Gabriel cutuca Thiago:

Gabriel: Thiago...

Thiago: Oi lindo!

Gabriel: Você vai pra minha casa depois da aula! Tá?

Thiago: (ri) E eu não tenho opção?

Gabriel: Não!

Thiago: Tá bom então! Piscina assim de graça não se recusa.

Gabriel: Ah mas que safado!

Gabriel bagunça o cabelo de Thiago, divertido. Corta para: Anne e Felipe nas últimas carteiras da fila do canto:

Felipe: Mas Anne... Eu não consigo acreditar que a Stela seja sua madrasta! Tipo não entra na minha cabeça!

Anne: Mas por que?

Felipe: É muita sorte! (Risos) E Anne... Se bem que a Stela puxava muito o seu saco no início... Essa relação dela com a sua mãe é de tempos e você não sabia!

Anne: É... Parando pra pensar... A Stela ficou do meu lado quando aquelas inúteis fizeram o trote comigo, disse que faria o mesmo no meu lugar...

Felipe: Olha aí...

Anne: Agora tudo começa a fazer sentido na minha cabeça!

Anne ri.

Cena 21. Bordel Lovely's. Gramado. Dia.

O carro de Kelly estaciona no gramado, ela desce e se dirige até o interior do bordel.

Cena 22. Bordel Lovely's. Quarto de Kátia. Noite.

Kátia sai da porta do banheiro, com uma roupa nova super elegante. Kelly está sentada na cama adimirando-a.

Kátia: Como estou?

Kelly: Gata como sempre!

Kátia: Pronta pra comprar meu novo carro! Um carro assim, compacto, já que sou só eu mesmo! Ah e seminovo também!

Kelly: Então vamos logo pra essa concessionária que eu tô ansiosa pra te ajudar a escolher esse carro!

Kátia: Tá bom! Ai cadê minha bolsa?

Kelly pega a bolsa em cima da cama e entrega a ela.

Kelly: Aqui!

Kátia: Obrigada!

Kelly rouba um selinho dela e ri.

Kátia: Ai não faz isso...

Kelly: (rindo) Vamos logo! 

As duas saem do quarto.

Cena 23. Barraco de Luciano. Dia.

Luciano, Adelaide, Renato e Rayane:

Rayane: Deu certo! Eu vou passar na casa dessa tal Stela! E depois?

Adelaide: Eu vou te explicar o restante do plano Rayane! Olha não pode ter erro hein! Por favor!

Rayane: Eu não erro nunca, se erro é tentando acertar!

Adelaide: (irônica) Ata... Mas voltando... Chegando lá, você vai pedir um copo d'água pra Stela!

Rayane: Tá bom, até aí nada demais!

Adelaide: Só que a água já vai estar batizada com o sonífero que eu vou colocar! 

Luciano: (completando) Ou seja, você não vai beber a água, só vai molhar o bico!

Adelaide: E quando você fingir que bebeu, você vai dizer que a água tá estranha e vai pedir pra Stela beber... E quando ela beber, vai cair no chão, desmaiada! Daí você leva ela pro quarto, tira a roupa dela e faz todo o scarcéu necessário!

Rayane: E aí?

Adelaide: E em alguns instantes vai chegar a namorada dela, que provavelmente vai fazer um barraco e você vai fazer todo o teatro necessário! Você é da zona né? Tá acostumada e sabe bem ser sonsa quando é preciso!

Rayane: Olha lá como cê fala comigo hein!

Adelaide: Minha filha, o dinheiro já está na sua conta! Só faz o combinado que você sai ganhando!

Rayane: Vou fazer tudo direitinho... Esse dinheiro que vocês me deram já vale um mês de programa... Vocês não vão se decepcionar comigo não!

Renato: É assim que se fala minha garota!

Rayane sorri pra ele. Adelaide e Luciano se olham, maliciosos.

Cena 24. Hospital. Enfermaria. Dia.

Juliana se despedindo de um paciente:

Paciente: Muito obrigado Juliana! Amanhã pode esperar que vão chegar flores e bombons pra você! Seu atendimento foi espetacular!

Juliana: Ah quê isso... Fico lisonjeada! Obrigada!

Paciente: Agora tenho que ir... Tchau minha querida! (Saindo dali)

Juliana: Tchau! 

Juliana se escora numa maca.

Juliana: Ai vou ligar pra Stela...

Ela saca o celular, disca e põe no ouvido:

Juliana: Ué que estranho... Não tá chamando!

Close nela.

Cena 25. Agência de carros. Pátio. Dia.

Local clean, muitos carros à venda. Kelly e Kátia entram pela porta automática e uma vendedora já vai até elas:

Vendedora: Bom dia meninas! Já têm interesse em algum dos carros?

Kátia: Sim sim! Kelly olha aquele ali!

Kátia aponta para um Fiat Pulse.

Vendedora: Nossa, esse está saindo muito realmente! Econômico, automático, flex! Querem fazer um test drive?

Kátia: Ué queremos...

Vendedora: Eu vou pegar a chave pra vocês!

Música: Só porque eu sou mulher - Lourena.

Kelly e Kátia ficam a admirar o veículo...

Cena 26. Belo Horizonte. Avenida. Dia.

(Música continua) Drone mostra o carro andando pela avenida. Corta para: Kátia no volante dirigindo, divertida. Kelly ao seu lado. As duas conversam e riem fora de áudio.

Cena 27. BH. Takes do Anoitecer. Noite.

(Música continua) Takes aéreos da cidade ao anoitecer. Plano geral na fachada do Hospital. (Música termina)

Cena 28. Hospital. Estacionamento. Noite.

Juliana sai pela porta automática e segue em direção ao seu carro. Uma notificação chega em seu celular. Ela o retira da bolsa e olha. Aparece uma ampliação da mensagem:

- "Juliana, venha até a minha casa! Pode subir direto, nem precisa pedir pro porteiro interfonar! Estou ansiosa pra te ver hoje minha linda!"

Juliana: (p/si) Nossa... Eu vou!

Cena 29. Prédio de Stela. Saguão. Noite.

Adelaide sai do elevador. No mesmo momento, Rayane entra segurando uma pasta. Adelaide pisca para ela, que entende o recado. Rayane vai até o balcão do porteiro.

Rayane: Boa noite, o senhor pode interfonar pra Stela do 202?

Porteiro: Ah sim, claro!

Adelaide observando tudo, com o celular sempre na mão.

Cena 30. Ap de Stela. Sala. Noite.

A campainha toca. Stela vai abrir a porta e se depara com Rayane.

Rayane: Olá, boa noite!

Stela: Rayane né? Tudo bem?

Rayane: Tudo jóia... 

Stela: Trouxe o portfólio com as características do seu projeto?

Rayane: Claro, trouxe sim! Tá aqui!

Rayane entrega a pasta para Stela.

Stela: Eu vou dar uma olhada no material ainda hoje e te dou um toque!

Rayane: Como você quiser! Ah Stela, será que você pode me trazer um copo d'água? Nossa tô morta de sede!

Stela: Trago sim! Entra por favor, pode sentar!

Rayane: Com licença!

Rayane entra, Stela fecha a porta e depois segue para a cozinha... 

Cena 31. Ap de Stela. Cozinha. Noite.

Stela enche um copo d'água no filtro. Muito suspense.

Cena 32. Ap de Stela. Sala. Noite.

Stela chega com o copo e entrega a Rayane.

Rayane: Obrigada!

Stela: De nada!

Rayane põe o copo na boca e finge que engoliu a água.

Rayane: (fingindo) Nossa Stela... Me desculpa mas essa água tá com um gosto péssimo!

Stela: Ué, sério? 

Rayane: É, prova aqui!

Muita tensão. Stela pega o copo e dá um gole. 

Stela: Não tá não! Tá com gosto normal!

Rayane: Então sou eu que tô maluca! (Risos)

Stela dá mais um gole e começa se sentir estranha...

Stela: Eu tô me sentindo esquisita nossa!

Rayane: Calma! Senta aqui, eu vou te ajudar!

Na mesma hora, Stela cai no sofá, desmaiada. Rayane confere se Stela está mesmo desacordada e tira uma caixinha de som da sua bolsa. 

Rayane: Agora é que o show vai começar!

Ela liga a caixinha coloca uma música exageradamente alta, em seguida pega Stela pelos braços e se dirige com ela até o quarto...

Cena 33. Ap de Stela. Quarto de Stela. Noite.

Rayane empurra Stela (que já está apenas de lingerie) na cama. Logo depois, Rayane tira completamente sua roupa e ajeita Stela na cama (numa posição convincente).

Cena 34. Prédio de Stela. Frente. Rua. Noite.

Juliana desce de seu carro e vai entrar no prédio... Do outro lado da rua, de dentro do carro, Luciano e Renato observam...

Cena 35. Prédio de Stela. Saguão. Noite.

Juliana entra no saguão do prédio e vai até a portaria, falar com o porteiro:

Juliana: Oi tudo bem, eu sou a Juliana/

Porteiro: Ah sim, a Stela liberou sua entrada, pode subir!

Juliana: Brigada!

Ela segue até o elevador.

Cena 36. Prédio de Stela. Corredor de Apartamentos. Noite.

Juliana sai do elevador e caminha, procurando pelo apartamento de Stela. A câmera caminha para trás e vemos Adelaide atrás de um vaso de plantas, com o celular em mãos. Juliana chega na porta (que está entreaberta) do apartamento de Stela e daqui já ouvimos a música alta, ela estranha. 

Corta rápido para: Adelaide dá um clique no celular e na mesma hora chega uma notificação no celular de Juliana. Ela tira o aparelho da bolsa e olha. Aparece uma ampliação da mensagem:

"Jú, não vem mais. Eu não vou poder te receber! Tô muito ocupada!

Juliana: (estranhando) Ué, como assim? Agora que eu já cheguei, ela diz que não é pra eu vir mais...

Ela vê a porta entreaberta e pensa antes de agir.

Juliana: E essa música alta... Eu vou entrar!

E Juliana entra. Adelaide comemora discretamente atrás do vaso de plantas.

Cena 37. Ap de Stela. Sala. Noite.

Juliana entra no apartamento e até tapa os ouvidos pela altura da música. Ela anda em direção ao corredor.

Cena 38. Ap de Stela. Corredor. Noite.

Juliana anda pelo corredor, desconfiada, até que vê uma porta de quarto aberta e resolve entrar. Suspense.

Cena 39. Ap de Stela. Quarto de Stela. Noite.

Juliana entra no quarto e dá logo de cara com Stela e Rayane, dormindo abraçadas completamente nuas. Juliana fica completamente chocada e se apoia na parede para não cair... Lágrimas escorrem de seus olhos...

No close de Juliana, corta para:

Foco em Juliana/ A imagem congela com o fundo esfumaçado

(Encerramento: Resto de Mim - Maria Bethânia)



Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.