Type Here to Get Search Results !

Marcadores

Porto da Solidão - Capítulo 18

 




Cena 01-(Porto da Solidão/Rua Principal/Externo/Tarde)


A movimentação na rua é intensa e chega um homem com uma mala na mão bastante encantado pela praça.


Fagner(sorridente): Essa é a famosa Porto da Solidão?!


(Fagner Lima : Danilo Mesquita)


Fagner ri e Meire se aproxima dele.


Meire(sorridente): Boa tarde,meu jovem… Tá precisando de alguma coisa?


Fagner se aproxima dela.


Fagner(sorridente): Tô procurando o Lobato,dona…


Meire(sorridente): Me chamo dona Meire,prazer…


Meire cumprimenta Fagner.


Fagner(dúvida): Sabe aonde fica a Gazeta?!


Começou a tocar Filhos de Jorge - Vai que Cola.




Meire(séria): Sei sim,meu jovem… Mas,Lobato tá na capital e volta no fim da tarde.


Fagner(dúvida): Tem como me dar um copo d'água?


Meire(sorridente): Claro que sim… Me acompanhe.


Meire e Fagner andam na rua em direção a Gazeta e ao fundo uma moto passa.


A música continuou tocando até o início da cena 05.


Corte para a


Cena 02-(Praia da Solidão/Externo/Tarde)


Tinha poucos banhistas na faixa de areia e ao fundo é possível ver as docas com funcionários limpando.


Corte para a


Cena 03-(Delegacia/Interno/Tarde)


Caetano,Felipe e Iuri se levantam de suas cadeiras.


Caetano(sorridente): Foi um prazer rever vocês dois…


Os dois riram.


Felipe(sorridente): Eu também,Caetano… Quando vai me visitar lá no Rio?!


Caetano(sorridente): Assim que eu puder vou visitar cês dois lá.


Iuri o cumprimenta.


Iuri(sorridente): Foi um prazer te conhecer,Delegado Caetano… Espero que algum dia a gente trabalhe juntos.


Felipe(sorridente): Quem sabe,detetive Iuri… Então,até a próxima.


Caetano acompanha os três até a porta da delegacia.


Corte para a


Cena 04-(Delegacia/Externo/Tarde)


Felipe e Iuri saíram da delegacia e Caetano fica na porta acenando para eles que entram numa viatura.


Caetano(sorridente): Tchau,amigos… Até à próxima…


Camila chega a delegacia surpreendendo Caetano.


Camila(sorridente): Boa tarde,meu amor…


Camila vê a viatura dando a volta e indo em direção à rua principal.


Camila(curiosa): Quem veio te visitar?


Caetano(sorridente): Era só o delegado Felipe que veio fazer uma visita de trabalho como nossa classe costuma fazer em nossas folgas…


Camila ri e coloca os braços em cima de seu ombro e dá um selinho e eles entram na delegacia.


Corte para a


Cena 05-(Apartamento de Cláudio/Sala de Estar/Interno/Tarde)


Cláudio,Lincoln e Magno entram no apartamento cheio de malas e se sentam no sofá cansados.


Cláudio(cansado): Meu Deus… Que viagem longa…


Magno(cansado): Pois é… Tava parecendo que chegaríamos em qualquer lugar,menos em Salvador.


Lincoln ri e Cláudio se levanta do sofá.


Cláudio(cansado): Vou tomar meu banho que é o melhor que posso fazer…


Magno se espreguiça e levanta do sofá também.


Magno(cansado): Eu também,amigo… Vai tomar banho agora,Lincoln?


Lincoln(sério): Vou ficar um tempo aqui e já já vou tomar meu banho.


Começou a tocar Swing e Simpatia - Encaixe Perfeito.




Magno e Cláudio saíram da sala e a câmera desloca mostrando Lincoln sentado no sofá olhando para janela bastante pensativo.


Lincoln(lamentando): Que saudades de mainha… Espero que ela esteja bem.


A música continuou tocando até o início da cena 09.


Corte para a


Cena 06-(Praia da Solidão/Externo/Tarde)


O sol está começando a se pôr no horizonte e reflete na água do oceano.


Corte para a


Cena 07-(Gazeta/Interno/Tarde)


Lobato chega na Gazeta e se surpreende ao ver seu sobrinho em pé.


Lobato(sorridente): Oi,meu sobrinho…


Lobato e Fagner se abraçam.


Fagner(sorridente): Oi,meu tio… Abença.


Lobato(sorridente): Deus lhe abençoe… Mas,é um prazer te ver aqui. Veio visitar seu tio?!


Fagner ri.


Fagner(sorridente): Eu resolvi morar aqui com o senhor,posso?


Lobato(curioso): Claro que pode… Mas,cadê seus pais?


Fagner se mantém sério e pega a mala.


Fagner(sério): Mais tarde eu te conto,meu tio.


Lobato(sorridente): Tá bem… Então,vamos lá pra casa que mostro o seu quarto.


Lobato e Fagner fecharam as janelas e desligaram a luz e saíram da Gazeta.


A tela escureceu.


Corte para a


Cena 08-(Porto da Solidão/Rua Principal/Externo/Noite)


A movimentação de carros,pedestres e motos é intensa e um carro passa em frente à casa de Fernando.


Corte para a


Cena 09-(Casa de Fernando/Sala de Estar/Interno/Noite)


Kelly e Fernando estão sentados em duas cadeiras ao redor da mesa que está com um saco de pão e uma garrafa térmica.


Fernando(dúvida): Cadê o Jonatas,Kelly?


Kelly(séria): Já tá descendo pra tomar café.


Jonatas desce as escadas em silêncio e se senta em uma cadeira.


Kelly(sorridente): Boa noite,meu filho…


Jonatas(sério): Oi,mainha…


Fernando(incomodado): Ô seu moleque! Fala direito com sua mãe!


Kelly(preocupada): Fernando não começa,pelo amor de Deus!


Jonatas se levanta da cadeira.


Jonatas(sério): Deixa,mainha… Tô acostumado.


Fernando(incomodado): Não entendo como você um menino dessa idade até agora não arranjou uma namoradinha?!


Jonatas(irônico): E quero saber como o senhor tem coragem de trair minha mãe?!


Começou a tocar trilha instrumental triste.




Fernando(furioso): Cala a boca! 


Jonatas(gritando): Vem aqui calar!


Fernando avança em Jonatas,mas é impedido por Kelly.


Kelly(séria): Cê não vai bater no meu filho,não!


Fernando(furioso): É melhor sair da frente,sua cachorra!


Jonatas(gritando): Cachorro é você! Se pagar de moralista lá na igreja,mas na verdade não vale nada!


Fernando dá um tapa na cara de Jonatas.


Kelly(surpresa): Fernando?!


Jonatas(furioso): Eu odeio você!


Jonatas sobe as escadas e Kelly o segue.


Kelly(preocupada): Filho?! Me espera,filho?!


Fernando se mantém em silêncio.


A trilha instrumental continuou tocando até a cena seguinte.


Corte para a


Cena 10-(Casa de Lobato/Quarto de Fagner/Interno/Noite)


Fagner está sentado na cama dobrando as camisas e Lobato bate na porta que tá aberta.


Lobato(dúvida): Posso entrar?


Fagner(sério): Claro que sim.


Lobato entra no quarto e se senta ao lado de Fagner que está triste.


Lobato(curioso): O que aconteceu com seus pais,Fagner? 


Fagner(emocionado): Eles…


Lobato também se emociona.


Fagner(emocionado): Foram mortos…


Fagner abraça Lobato e começa a chorar em seu ombro.





Cena 11-(Casa de Lobato/Quarto de Fagner/Interno/Noite)


Começou a tocar trilha instrumental triste.




Fagner limpa o seu rosto com a mão e Lobato olha para ele.


Lobato(emocionado): Como assim morreram,Fagner?! O que aconteceu?


Fagner(chorando): Eles foram assassinados durante uma troca de tiros… E eu sinto muita falta deles.


Lobato o abraça.


Lobato(emocionado): Calma,meu sobrinho… Seu tio tá aqui pra te consolar.


Fagner(chorando): Por que eles tinham que morrer daquela maneira tão brutal?!


Lobato(emocionado): Salvador tá violenta demais,meu sobrinho… Todo dia na TV mostrar crimes e assassinatos muito cruéis e operações policiais que deveriam proteger a população.


Fagner continua chorando.


Lobato(emocionado): Mas,infelizmente… Matam gente inocente da nossa cor! E lamento que eles tenham terminado dessa maneira.


Fagner(chorando): Tudo bem,meu tio… Espero reconstruir minha vida aqui.


Lobato e Fagner se levantam da cama.


Lobato(sério): E tenha certeza que pode contar comigo.


Fagner sorri e o abraça.


Fagner(sorridente): Obrigado,meu tio…


A trilha instrumental continuou tocando até a cena 13.


Corte para a


Cena 12-(Casa de Fernando/Quarto de Jonatas/Interno/Noite)


Jonatas está sentado na cama olhando em direção à janela bastante pensativo e Kelly entra no quarto.


Kelly(séria): Posso entrar,filho?


Jonatas faz o sinal de sim com a cabeça e ela fecha a porta e ela o abraça.


Kelly(séria): Não fique triste,meu filho… Sua mãe tá aqui pra te dar muito carinho.


Jonatas se mantém em silêncio.


A tela escureceu. 


Corte para a


Cena 13-(Praia da Solidão/Externo/Manhã)


O sol nasce no horizonte e ao fundo é possível escutar a buzina de um navio.


Corte para a


Cena 14-(Casa de Elivelton/Sala de Estar/Interno/Manhã)


Elivelton,Juvenal e Gabriela estão sentados em três cadeiras ao redor da mesa tomando café.


Gabriela(dúvida): Já tá indo trabalhar,meu filho?


Elivelton(sério): Já,que preciso chegar em Salvador antes das 08 horas.


Juvenal(sorridente): Pelo jeito,tá trabalhando duro não é?


Elivelton se levanta da cadeira e pega a mala.


Elivelton(rindo): Tá cheio de coisas pra resolver no escritório.


Elivelton(sorridente): Tchau,mainha… E bom trabalho,painho.


Elivelton abraça Juvenal e Gabriela.


Gabriela(sorridente): Tchau,meu filho…


Elivelton sai de casa e Juvenal se levanta da cadeira e Gabriela também.


Gabriela(curiosa): Já tá indo pras docas?!


Juvenal(apressado): Tenho que ir agora…


Juvenal dá um selinho nela.


Juvenal(sorridente): O Marcos tem um anúncio importante pra falar e preciso tá lá. Um beijo.


Gabriela(sorridente): Tchau…


Juvenal sai de casa e fecha a porta.


Gabriela desarrumar a mesa e vai pra cozinha levando a garrafa térmica de café.


Corte para a


Cena 15-(Casa de Vinícius/Sala de Estar/Interno/Manhã)


Vinícius e Júlio estão sentados em duas cadeiras ao redor da mesa tomando café.


Júlio(sorridente): Tá gostando da comida,meu amor?


Vinícius se mantém em silêncio e Júlio estala os dedos.


Júlio(preocupado): Ei! Acorda! O que está acontecendo?


Vinícius(triste): Sabe que dia é hoje?


Júlio(dúvida): Terça-feira?


Vinícius(sério): Hoje faz 20 anos que teve o dia que te conheci no açude,lembra?


Júlio ri.


Júlio(sorridente): Claro que lembro… Que vi você,Lincoln e Elivelton passeando.


Vinícius(dúvida): O acidente que aconteceu foi tão feio assim,Júlio?


Júlio(lamentando): Sim,Vinícius… O corpo do Lincoln ficou desfigurado demais. 


Vinícius(irritado): É melhor não dar mais detalhes,por favor!


Júlio se mantém em silêncio.


Corte para a


Cena 16-(Porto da Solidão/Docas/Estacionamento/Externo/Manhã)


Tinha poucos carros estacionados e um caminhão estacionado com a logo das docas.


Corte para a


Cena 17-(Porto da Solidão/Docas/Interno/Manhã)


A movimentação de funcionários é intensa e foca em Lauro e Michael conversando em pé.


Lauro(curioso): O que será esse anúncio que o seu Marcos fará?


(Lauro César Marinho : Reynaldo Gianecchini)


Michael ri.


Michael(sorridente): Deixa de ser avexado,Lauro! Não deve ser nada demais.


(Michael Almeida : Matheus Dias)


Lauro e Michael continua andando pelas docas.


Lauro(curioso): Será que é um aumento do nosso salário?


Michael(confiante): Tomara,amigo… Tomara.


Juvenal se aproxima deles.


Juvenal(curioso): O que os dois estão fofocando aí?


Michael(rindo): Nada,Juvenal…


Lauro(curioso): Quero saber que anúncio é esse importante que seu Marcos fará?!


Marcos,Ana Paula e Oscar descem as escadas e ele bate palmas.


Marcos(gritando): Atenção,pessoal… Por favor,venham pra cá que tenho uma coisa pra falar!


Todos os funcionários param de trabalhar e formam uma aglomeração em frente a escada que dá acesso ao escritório.


Marcos(sério): Como cê sabem eu administro esse Porto há mais de 40 anos… E decidi que esse ano vou me aposentar.


Todos se surpreendem.


Juvenal(surpreso): Como assim,seu Marcos?!


Lauro(curioso): Quem vai ser o novo administrador daqui?!


Oscar ri.


Oscar(sorridente): Novo,não… Nova administradora daqui… Será Ana Paula a filha do seu Marcos.


Todos olham para ela em silêncio.


Corte para a


Cena 18-(Aeroporto/Pista de Pouso/Externo/Manhã)


Um avião pousa na pista de pouso e o céu está limpo.


Corte para a


Cena 19-(BR 324/Externo/Manhã)


A movimentação de carros,ônibus e caminhões é intensa nos dois sentidos da rodovia. 


Corte para a


Cena 20-(Praça da Solidão/Externo/Manhã)


Um carro estacionado em frente a igreja e um homem vestido com uma batina sai.


Vanderlei(sorridente): Muito obrigado…


(Padre Vanderlei : Sérgio Menezes)


Vanderlei entra na igreja.


Corte para a


Cena 21-(Igreja/Interno/Manhã)


Padre Vanderlei entra na igreja bastante admirado.


Vanderlei(admirado): Essa cidade é tão bonita… 


Vanderlei(dúvida): Será que Padre Paulo tá aí?


Janete se aproxima dele.


Vanderlei(sorridente): Bom dia,minha senhora… Cê viu o Padre Paulo?


Janete fica em silêncio.


Janete(ríspida): Se veio falar com o Padre… Volta mais tarde,seu neguinho.


Padre Paulo e Luana saem da sacristia.


Padre Paulo(surpreso): O que você falou,Janete?!


Janete(surpresa): Padre?!


Janete olha para Vanderlei que se mantém sério.





Cena 22-(Igreja/Interno/Manhã)


Padre Paulo abraça Vanderlei e Luana olha para Janete em silêncio. 


Padre Paulo(sorridente): Bom dia,meu amigo… Como foi a viagem?


Vanderlei(sério): Foi boa,Padre… Mas,essa senhora foi muito mal educada comigo me chamando de neguinho.


Luana(séria): Fique tranquilo,Padre Vanderlei… Essa Janete não sabe bem que não deve julgar o próximo!


Janete se surpreende.


Janete(surpresa): Pera… O senhor é padre?


Vanderlei(sorridente): Sim… A arquidiocese me colocou pra cá.


Padre Paulo(sorridente): Agora,essa paróquia terá dois padres.


Janete(arrependida): Me desculpa por te recebido de uma maneira tão grossa.


Vanderlei(sorridente): Tá perdoada,mas tome cuidado com suas palavras.


Começou a tocar Luiz Gonzaga - Xote das Meninas.




Janete saiu da igreja e Luana o cumprimentou.


Luana(sorridente): Me chamo Luana,seu Vanderlei… Trabalho aqui na secretaria.


Vanderlei(sorridente): O Paulo falou muito bem de você. 


Padre Paulo ri e a abraça.


Padre Paulo(sorridente): Essa mulher é porreta demais! Pode contar com ela pra tirar qualquer dúvida sobre o funcionamento daqui… Venha que te acompanho pro seu quarto.


Luana pega a mala e os três entram em uma porta que dá na casa do padre.


A música continuou tocando até o início da cena 25.


Corte para a


Cena 23-(Salvador/Visão Aérea/Externo/Manhã)


O sol está brilhando no céu limpo e tinha pouca movimentação de banhistas na praia.


Corte para a


Cena 24-(Praia da Barra/Calçadão/Externo/Manhã)


A movimentação de pedestres e ciclistas é intensa e Lincoln está de bermuda sem camisa correndo.


Corte para a


Cena 25-(Igreja/Interno/Manhã)


Padre Paulo e Luana acompanham Vanderlei mostrando a igreja.


A tela escureceu.


Corte para a


Cena 26-(Praia da Solidão/Externo/Manhã)


1 semana depois…


Tinha poucos banhistas na faixa de areia e gaivotas voando no céu.


Corte para a


Cena 27-(Aeroporto/Saguão/Interno/Manhã)


A movimentação de pessoas é intensa e Lincoln,Cláudio e Magno estão em pé com as malas aguardando o voo.


Lincoln(irritado): Que horas esse voo sai,em?!


Aviso Sonoro: Atenção,passageiros do voo 809… Embarque no portão 3.


Começou a tocar trilha instrumental de bossa nova.




Cláudio(irritado): Graças a Deus… Vamos logo.


Cláudio,Lincoln e Magno vão em direção à área de embarque.


A trilha instrumental continuou tocando até a cena seguinte.


Corte para a


Cena 28-(Avião/Interno/Manhã)


Lincoln,Cláudio e Magno se sentam em três poltronas.


Magno(ansioso): Estamos chegando,Portugal!


Lincoln ri e a comissária de bordo se aproxima dele.


Comissária 1(sorridente): Bom dia,senhor… Aceita um champanhe?


Lincoln sorri e olha pra ela.


Fim da trilha instrumental. 


A tela congela e fica azulada. 





Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.