Type Here to Get Search Results !

Marcadores

SOLAR DO AMOR - CAPÍTULO 2

 


Solar do amor ❤️☀️


Capítulo 02

Produção RANABLE WEBS

Novela criada por BRUNO DANIEL

Supervisão de texto: EZEL LEMOS 


Cena 1: Casa dos empregados / Manhã - ext.


Tião e Rogério estão conversando na frente da casa de Maria Eugênia.


Tião: Sua esposa está te procurando igual uma doida.


Rogério: Mas ela deveria ficar de repouso, os médicos disseram para ela não se esforçar.


Tião: Ela está no estábulo com o capataz Pedro.


Rogério: Já estou indo.


Maria Eugênia: Eu te falei que não era uma boa ideia a gente conversar.


Rogério: Relaxa.


Rogério monta no cavalo e vai para o estábulo.

Tião olha para Maria Eugênia.



Cena 2: Mansão dos Ramos / cozinha / manhã - int


Dona Eulália está conversando com Federico, o motorista da família. Ambos estão sentados na mesa.


Federico: Nossa, que torta gostosa.


Dona Eulália: Essa torta é mesmo muito gostosa.


Federico: Mas e aí, por que sua sobrinha estava conversando com o patrão?


Dona Eulália: Você não ficou sabendo que ela está de caso com ele?


Federico: Fiquei sabendo sim, fiquei até sabendo que ela está grávida dele.


Dona Eulália: Pois é, Federico. Eu até avisei para ela mudar para a cidade grande o mais cedo possível.


Federico: Se a Soraya descobrir, pelo jeito que ela é, manda até matar ela.


Dona Eulália: Só Deus mesmo para protegê-los.



Enquanto isso, na praça de Solar ☀️



Cena 3:  Praça / tarde - ext.


Um homem misterioso entrega algo para Laura perto de umas árvores na praça.


Laura: Você trouxe o que eu te pedi?


Homem misterioso: Aqui está o que faltava para você.


Laura:(com raiva) Em breve a família Ramos vai pagar pelo que fizeram com a minha família.


Homem misterioso: Agora falta você conseguir um emprego lá na casa deles.


Laura: Isso é de menos. Pode demorar muito tempo, mas eles vão pagar por cada lágrima minha.


Homem misterioso: Concordo com você.



Cena 4: Mansão Ramos / Sala de estar - Int.


Soraya está deitada no sofá e Aurora e Frida ao lado.


Soraya: Frida, não mexa mais lá no quarto do bebê. Você não tem nada o que fazer lá.


Frida: Tem muitos brinquedos lá, eu queria um.


Soraya: São do bebê, foram presentes do seu pai. Você não pode pegar.


Frida: Também tudo agora é pra ele.


Frida sai chateada.


Aurora: O bebê nem nasceu e já tá assim revoltada.


Soraya: É birra de criança. Logo ela vai está feliz com o bebê nos braços.



Cena 5: Cinema / noite - Int.


Damião está fazendo anotações dos corpos.


Policial: Com esse, já são 14 pessoas que morreram.


Damião: O que as testemunhas disseram?


Polícia: Elas dizem que estavam todos assistindo ao filme quando, de repente, um mascarado com um revólver começou a atirar nas pessoas.



Enquanto isso...



Cena 6: Mansão Ramos/ Quarto do bebê / noite - int.


Frida abre o guarda-roupa do bebê e tira as roupas, ela bagunça todas as roupas que caem no chão. Na sequência pega uma tesoura na cômoda e começa a cortar algumas peças.



Cena 7: Casa dos empregados/ Cozinha / noite - int


Maria Eugênia está mexendo uma panela no fogão. Logo começa se sentir mal e coloca a mão na barriga.


Maria Eugênia: Ai, Ai! Será que meu bebê vai nascer? 



Cena 8: Mansão Ramos / sala de estar / noite - Int.


Rogério chega em casa e encontra Soraya esperando deitada no sofá.


Soraya: Isso é hora de chegar?


Rogério: Estava resolvendo várias coisas da nossa empresa. Fiquei sabendo que você passou mal.


Soraya: Foi só um enjoo por causa da gravidez.


Rogério: Eu te falei para ficar de repouso. Além disso, esses assassinatos que estão ocorrendo aqui no vilarejo...


Soraya tenta levantar e não consegue.


Soraya: Nossa, que dor insuportável.


Eulália e Aurora vai chegando.


Rogério: Eulália, ligue para o doutor.


A câmera se fecha Rogério.




Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.