Type Here to Get Search Results !

Marcadores

Sem Rastro - Episódio 06

 

Sem Rastro - Episódio 06: Jó, o assistente 


Cena 1 / Delegacia/int/ noite


Lúcia acaba de descobrir que Elizeu mentiu, ele não é o assassino, ela está eufórica.

Delegado: Por ue aquele idiota mentiu?

Lúcia: Eu não sei chefe, mas nós vamos descobrir.

Delegado: Sim, solte ele, e vamos perguntar o por que ele nos enganou.

Lúcia: A sorte e que nós deixamos o Elizeu em uma sela bem distante das demais, para que não houvesse tumulto.

Delegado: Bem pensado, vamos lá!

Os dois saem em direção a sela de Elizeu, passam pelos outros antigos suspeitos, até se afastarem das selas demais. Eles param em frente a sela, as pupilas dos olhos dilatam com o que veem.

Lúcia: Meu Deus!

Delegado: Misericórdia!

Lúcia: Por que ele fez isso?

Elizeu estava enforcado com uma velha corda, seu corpo estava destacando aquela sela, apenas se escutava o ruído da corda balançando de um lado para o outro.





Cena 2/ sala principal/int/ manhã


Bento está chorando sentado em uma cadeira, todos estão perplexos tentando entender o por que Elizeu tirou sua vida e o por quê de sua mentira.
Bento: Meu irmão não poderia ter feito isso, foi tudo culpa do Jó.

Lúcia: Levem ele para a sela por favor!
Então os polícias o tiram do local.

Delegado: Eles sentem muita raiva do Jó, não é mesmo agente?

Lúcia: Sim senhor! Chamem o Jó.


Cena 3/ galpão da máfia/ int/ noite

Tubarão e Pessanha estão armando um plano contra Jó , pois acreditamque ele delatou o grupo.

Tubarão: Nós temos que agir rápido antes que ele fale mais.

Pessanha: Essa madrugada ele vai nos pagar.
Então os dois traçam um plano.


Cena 4/  delegacia/ int/ noite


Lúcia está de frente com Jó, os dois se olham nos olhos.

Lúcia: Por quê você  tirou as câmeras da mansão justo dois dias antes do assassinato do Rodolfo?

: Ele mandou, pois ele queria que fizéssemos manutenção nas câmeras.

Lúcia: Por que você odiava tanto ele?

: Não eu não odeio ele!

Lúcia: Para de mentir , o Bento me disse que você destestava o Rodolfo, em por falar nisso, por quê o Bento te odeia tanto?

: Ele não gosta de nenhum de nós! Por que todos nós empregados achamos que foi o irmão dele o assassino.

Lúcia: Mas não é.

: Agora eu sei, mas tem outro motivo para ele me odiar, tanto ele quanto o irmão dele, eu era amante da Rosa esposa do Elizeu!
Lúcia fica chocada com a revelação.


Cena 5/ Cafeteira centro de São Paulo/ ext/  noite


Fernada está em um café junto de Rodrigo, os dois conversam e brincam.

Rodrigo: Eu não sei o por que que a Lúcia não quer ser minha namorada, veja eu sou bonito, tenho um belo corpo, sou inteligente, o que falta em mim?

Fernanda: Que tal um pouco de bom senso!

Rodrigo: Olha eu vou conquistar a Lúcia, você vai ver.

Fernanda: Pois chegou tarde garoto, pois  ela está aos beijos com outro boy, e até mais bonito que você.

Rodrigo: É o quê!?

Fernada: Isso aí, ele sim é um gato e tem um belo corpo.

Rodrigo não gosta da atitude da amiga.
Então Fernada se cansa e deixa o local.



Cena 6/ delegacia/ noite


Os policiais levam Bento para o velório de Elizeu, e Lúcia continua conversando com Jó.

Lúcia: Você era amante da mulher do Elizeu?

: Sim, o Elizeu era um homem muito sem graça, e a Rosa achou em mim uma coisa que ela não via em seu marido. Nós nos apaixonamos até que ela ficou grávida, foi aí que o Elizeu descobriu tudo. E por algum motivo o Rodolfo matou Rosa, e o nosso bebê.

Lúcia: Então você o odeia?

: Sim, de corpo e alma, mas eu nunca sería capaz de mata-lo.

Lúcia: Você sabia que Rodolfo trabalhava com drogas?

: Drogas!? Como assim?
Jó fica nervoso ao tocar no assunto.

Lúcia: Levem ele para a sela.

Lúcia pega o celular e telefona para Otávio.
Lúcia( no telefone): Alô! Otávio, me encontra no café em 30 minutos.
A câmera foca no rosto de Lúcia.


Cena 7/ sela da prisão/ int/ noite


Bety coloca uma embalagem no bolso por que vê o guarda trazendo Jó.
Maria: Como foi Jó?

: Ah! Eu tive que revelar muitas coisas, e mexer em coisas que eu não queria.

Bety: Vai dar tudo certo e logo, logo vamos voltar para as nossas vidas!

: Tomara que sim Bety.
Bety põe a mão sobre o bolso onde está a embalagem.


Cena 8 / café centro de São Paulo/ ext/ noite

Otávio chega no café, e vê que Lúcia já chegou, ele se aproxima lhe dá um beijo e senta.
Otávio: Você já chegou!

Lúcia: Eu sou pontual.

Otávio: Pontual e linda!

Lúcia: Obrigado, mas chamei você aqui por dois motivos.

Otávio: E eles são?

Lúcia: Bom, o Elizeu não é o assassino, ele se matou hoje a tarde!

Otávio: Nossa! Como assim?

Lúcia: Otávio, por favor seja sincero! Você sabia que seu pai é um mafioso?

Otávio: Eu juro pra você que não minha linda!

Lúcia põe a mão no rosto de Otávio.
Lúcia: Você tem noção de que  eu vou destruir a imagem do seu pai com essa investigação?

Otávio: Acho que não! Mas de uma coisa eu tenho certeza, que se ele fez algo errado, que por favor ele meio que pague por isso. Por que eu ... te amo! E não quero te perder por nada.

Lúcia: Como assim?

Otávio se ajoelha na frente de Lúcia, todas as pessoas começam a olhar para os dois.

Otávio: Lúcia, quer namorar comigo?

Lúcia ( emocionada): Eu... aceito!

Os dois se abraçam e se beijam! As pessoas no café começam a aplaudir o momento.

Rodrigo está sindo do café, e vê Lúcia e Otávio se beijando.

Rodrigo: Isso não vai ficar assim!
Foco no rosto de Rodrigo.


Cena 9/ sela da delegacia/ int/ madrugada


As luzes de toda a delegacia se apagam, e derrepente um grande tiroteio começa, políciais e bandidos.
Jó se deita no chão para não ser atingido.

Tubarão(com uma máscara no rosto): Aonde está o Jó?

Bento( levanta os braços): Aqui ele está aqui!

Tubarão coloca a arma entre as grades da sela e atira.

Bety: Bento o que você fez? Eu poderia ti...! Ela se aproxima dele.

Bento: O quê? Me matar assim como você fez com patrão!

Maria: Não! Cale a boca!

As luzes se ascendem, os bandidos sumiram e o corpo de Jó está jogano no chão banhado de sangue.
Todos ficam apavorados.


Cena 10/ novo galpão dos mafiosos/int/ Manhã


Tubarão entra no galpão comemorando o ato.
Tubarão: Ele está morto Pessanha

Pessanha: Ótimo, agora nós só precisamso eliminar aquela imitação de Polícial.

Ele olha para uma foto de Lúcia.

Pessanha: Mas antes de mata-lá ela vai me servir muito se é que você me entende.
E os dois sorriam como nunca.

Continua...


Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.