Type Here to Get Search Results !

Marcadores

Teen Workout - A Menina Na Porta (Capitulo 10)

 


A MENINA NA PORTA

webnovela criada e escrita por Jonny Nascimento

Capítulo 10

Beatriz e Gabriele ficam desesperadas após quebrar o quadro de dona Célia.

BEATRIZ - E agora, Gabi? O que vamos fazer?

GABRIELE (DESESPERADA) - EU NÃO SEI!

BEATRIZ - Temos que ficar calmas.

Gabriele levanta e corre.

BEATRIZ (grito) - VOLTA AQUI, NÃO ME DEIXA SOZINHA NESSA!

Gabriele retorna após alguns segundos com uma pá e uma vassoura.

GABRIELE - Vamos limpar isso e fingir que essa foto nunca chegou aqui!

BEATRIZ - Realmente parece ser a melhor solução!

Gabriele começa a varrer os cacos de vidro para cima da pá. Somente o que sobrou do porta retrato é jogado fora, a foto sobrevive. Beatriz leva a pá com o lixo embora, e Gabriele pega a fotografia.

GABRIELE (tensa) - Não podem me achar aqui, não agora!

CENA 2 || Casa de Carol. Val termina de fazer uma edição no computador de um cartaz com a foto de Gabriele, para divulgar na cidade e ajudar Carol a encontrar sua filha.

VAL - Perfeito. Agora é só imprimir. Mas antes…

Val envia uma cópia da foto para o email "irisscastrinho.20@gmail.com" seguida da seguinte mensagem: se ver essa menina, me ligue, irmã!

VAL - Preciso encontrar essa peste a todo custo!

No mesmo momento, Carol entra em casa furiosa, batendo a porta e arremessando sua bolsa na parede. Val se assusta.

VAL - O que foi?

CAROL - Eu fui demitida! QUE ÓDIO!

VAL - Meu Deus! Do nada?

CAROL - A ordinária da Rosana me chamou de macaca e eu dei na cara dela.

VAL - Não creio!

Val começa a rir.

VAL - Desculpa, não pude evitar. Nossa, finalmente você colocou essa mulher no lugar dela.

CAROL - Eu vou processar! Eu fui demitida antes mesmo de bater nela, ela me desrespeitou e os tapas foram uma consequência. Ainda foi pouco pra ela.

VAL - Vai tomar um banho, se acalma. Olha, se te anima, acabei de montar um cartaz pra divulgar nas ruas com a foto da Gabi.

CAROL - Ótimo. Amanhã mesmo a gente começa a pendurar nos postes!

VAL - Ok.

Carol sai, e Val dá um sorriso de canto.

CENA 3 || Paisagens de cidade grande são vistas, rapidamente trocadas por uma simples cidade de interior, onde moram os personagens Patrício e Vera. Na casa deles, Vera passa um café.

VERA - Ai meu bem, estou tão preocupada com a menininha.

PATRÍCIO - Por que?

VERA - Não sei se é seguro deixar ela num orfanato, sabendo da situação dela.

PATRÍCIO - Mas ela tá com a Célia.

VERA - Eu confio nela mas… não sei dizer. Dá uma agonia, entende?

PATRÍCIO - Eu acho que você tá se envolvendo demais numa coisa que não está na nossa mão.

VERA - Mas é claro que está! Ela não bateu na nossa porta a toa, nada é por acaso. Além disso, nós estamos muito sozinhos desde que nosso filho foi pra Noruega.

PATRÍCIO - Não será uma criança que irá tapar o buraco que nosso filho deixou.

VERA - Vamos cuidar da menina? Por favor, Patrício, eu não quero deixar ela largada num orfanato.

PATRÍCIO - Esquece isso, esquece.

Vera desanima, e a câmera foca no rosto de Patrício meio ranzinza.

CENA 4 - Na cafeteria onde Carol trabalhava, Rosana é surpreendida pela visita de Val.

ROSANA - O que você quer aqui, mulher? Se veio pedir o emprego da sua namoradinha de volta, perdeu seu tempo.

VAL (ar de superioridade) - Não, eu não vim te pedir nada. Vim exigir!

ROSANA - Ah, mas que absurdo. Veio "exigir"... aqui você não exige nada, meu bem.

VAL - Você pratica assédio moral com suas funcionárias, trabalho análogo a escravidão e ainda por cima foi racista com a minha mulher. Prefere me atender ou terminar na cadeia, hein, criminosa?

Rosana revira os olhos e encara Val.

CENA 5 - No orfanato, Célia chega em casa com algumas sacolas de verdura. Gabriele aparece assustada.

CÉLIA (impactada) - O que foi menina, que cara é essa?.

GABRIELE - Me ajuda.

CÉLIA - Como?

Gabriele pega a foto que chegou no porta retrato e mostra pra Célia, que arregala os olhos com a surpresa.

CÉLIA - Onde conseguiu isso?

GABRIELE - Chegou agora a pouco e eu quebrei o porta retrato sem querer, mas peguei a foto. Me ajuda, liga pra delegada que me deixou aqui!

CÉLIA - Por quê?

GABRIELE - Esse homem é o chefe da minha mãe. Se ele tem ligação com vocês, vão me achar aqui e a Val vai me matar!

Célia e Gabriele se olham assustadas, ambas com olhos arregalados.

CENA 6 - Na casa de Lívia, Eduarda está em seu quarto, chorando. Lívia entra.

EDUARDA (espantada) - Nossa… por que não bateu na porta?

LÍVIA - Porque essa casa é minha.

EDUARDA - Não precisava dar fora.

LÍVIA - Que história é essa que você está forçando vômito e tomando comprimido?

Eduarda fica sem resposta, enquanto Lívia a encara fixamente nos olhos. Uma lágrima escorre dos olhos de Eduarda.

CONTINUA…

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.