Type Here to Get Search Results !

Marcadores

REBELDE PARA SEMPRE - Capítulo 03

 


Web novela de: EZEL LEMOS


Capítulo 3

NO CAPÍTULO ANTERIOR:

Ricky é repreendido pela mãe Suzana, por cantar durante a feira;

Moana rejeita fazer show marcado;

Karla encontra uma pensão e consegue se hospedar;

Salete se preocupa com Thales quando ele revela que quase foi atingido;

Heloísa fica sabendo do acidente de Dimmy e vai para o hospital com Nicandro;

VEJA AGORA O CAPÍTULO DE HOJE:

CENA 1

(EXT: Fora do mercadinho, Karla para de cantar ao ver Leonor e todos aplaudem)


Leonor: Esse violão é do meu neto!


Karla: Desculpa, eu achei na sala e acabei pegando, desculpa.


Leonor: (chateada) Vá deixar lá por favor, ele não gosta que mexam nas coisas dele.


Karla: Sim senhora.


(Karla vai embora da fachada do mercadinho com o violão)


Cliente mulher: Ela canta muito bem viu, a senhora está hospedando um tesouro.


Leonor: (surpresa/pensativa) É verdade Zoraide?


CENA 2

(INT: Pensão de Leonor, Karla chega com o violão na mão, Dário está na mesa tomando café)


Dário: Ei ei, o que você está fazendo, com meu violão?


Karla: Desculpa, é que gosto muito de cantar e não resisti.


Dário: Então você gosta de cantar… (levanta e vem até sala) Eu também gosto muito de cantar.


Karla: Sério?


Dário: Sim. Como é seu nome? Eu sou o Dário.


Karla: Eu me chamo Karla.


(Ambos troca beijo no rosto, Leonor chega)


Leonor: Tô vendo que já conheceu meu neto. 


Karla: Sim.


Leonor: Karla, quando você quiser pode cantar lá no mercadinho, tá. Se atrair cliente eu posso até te dar desconto aqui na pensão.


Karla: (feliz) Sério dona Leonor? Nossa, eu tô com quase nada de dinheiro.


Dário: Ela canta tão bem assim vó?


Leonor: (feliz) Sim, Dário ela canta muito.


CENA 3

(INT: Casa de Ricky e seus pais, Suzana passa pano no chão com rodo, quando Ricky vem descendo escada)


Suzana: Filho, acordou tarde. Você não vai para a reunião na faculdade? 


Ricky: Mãe, eu não sei se quero continuar fazendo administração.


Suzana: (chateada) Como assim Ricardo? Você enlouqueceu filho? Você já fez um semestre. Além do mais, é nosso futuro administrador.


Ricky: Eu não gosto mãe, eu não m'dentifico com essa área.


Suzana: Ricardo Patrício Azevedo Santana de Oliveira, você tá brincando não é?... Filho, você não pode passar sua vida, sendo feirante como agente. Administração é o melhor para você, você será um ótimo profissional, eu tenho certeza.


Ricky: Tá bom, mãe. Vou pensar melhor, mas hoje eu não vou para essa reunião. Vou aproveitar o dia pra pensar na vida.


CENA 4

(INT: Casa de Thales e família, ele troca de roupa no quarto onde estão João e Cao jogando no celular)


Thales: (pega violão) Vamos meninos soltem esses celulares, eu deixo vocês na escola e vou cantar por aí.


Cao: Você vai ser um grande cantor maninho, eu tenho certeza.


João: Não fala besteira moleque.


Thales: Vamos! vamos!


(João e Cao levantam, pegam as mochilas e saem com Thales, do quarto)


CENA 5

(INT: Pensão de Leonor, Karla volta para a pensão, Dário está tocando violão no sofá)


Dário: Você já voltou?


Karla: Sim, eu me senti um pouco tonta.


(Dário levanta para ajudá-la)


Dário: Você quer ajuda?


Karla: Não, estou bem, foi só um pouco de tontura.


(Karla senta no sofá)


Dário: Eu posso cantar um pouco, pra você me avaliar?


Karla: Sim claro! Canta aí.


Dário: Tá bom. (Respira e começa cantar desafinado)  Você está na sombra do olhar

Pensei em te guardar

Mas foi melhor assim

Na sombra do olhar

Tentei te encontrar

Mas nada além de mim


(Karla observa Dário)


Dário: De onde estou, posso ver

O caminho que me leva a você


Diz pra mim o que eu já sei

Tenho tanta coisa nova pra contar de mim.


Dário: Então, o que você achou?


Karla: Olha, eu não sou nenhuma especialista em música, mas eu fiz aula de canto, por anos. Então sei um pouco. Você desafinou bastante, pode ser essa música também, que não colabora muito, exige mais de você.


Dário: Eu sei, é não! Sou eu mesmo que não tenho muito talento. Já fiz algumas aulas de canto mas me saí muito mal.


CENA 6

(INT: Nicandro e Heloisa encontram Dimmy na sala do hospital, Dimmy está deitado na cama e Mabel sentada ao lado)


Heloísa: Filho! Você está bem, meu amor?


(Dimmy e Mabel ficam surpresos com a chegada dos dois)


Dimmy: Mãe? pai?


Mabel: Dona Heloísa!


Nicandro: Nós soubemos do que aconteceu com vocês e viemos imediatamente.


(Heloísa checa Dimmy com as mãos)


Heloísa: Como você está filho?


Dimmy: Eu estou bem mãe. Bem, quase bem, machuquei minha perna.


(Ele descobre a perna que está com atadura, Heloísa se assusta)


Heloísa: Meu lindo, o que foi isso?


Nicandro: O que foi isso, Hildimy?


Mabel: Nada demais não seu Nicandro, é só uma pequena fratura. Com os medicamentos ele fica bom rápido.


CENA 7

(INT: Casa de Ricky, ele está deitado no sofá, olhando o celular. Rick ver Instagram e se encanta por Moana ao ver um vídeo dela cantando na internet/Instagram


Ricky: Que linda essa cantora, deve ser muito famosa... Moana Bustamante! Já sou fã!






CENA 8

(INT: Casa dos pais de Karla, Maura corta frutas e Kaline a ajuda colocando-as em um frasco)


Kaline: Mamãe, cadê a Karlinha?


Maura: Oi meu amor você já está acordada, Karlinha viajou.


Kaline: Viajou? Mas ela não me disse que ia viajar.


Maura: Oh meu amor, ela saiu apressada você tava na escola.


CENA 9

(INT: Casa de Moana e família, quarto, Ruy chega no quarto de Moana, onde ela está dormindo)


Ruy: Oi meu amor… Moa?


Moana: (com venda nos olhos) Eu tô dormindo, quer me acordar de madrugada? 


Ruy: São 10 horas Moa, acorda. Que mimada!


Moana: (tira venda) O quê? O que falou Ruy?


CENA 10

(INT: Casa de Dimmy, ele chega em casa com Mabel e seus pais. Mabel ajuda Dimmy que anda escorado nela)


Heloísa: Senta aí filho.


(Dimmy senta no sofá com a ajuda de Mabel)


Dimmy: Obrigado meu amor. (Ele beija Mabel)


Nicandro: Filho, talvez não seja o momento ideal para isso, mas, eu queria sua resposta sobre trabalhar comigo na empresa.


Dimmy: Realmente pai não é o melhor momento.


Heloísa: Fala meu amor, independente de sua resposta seu pai vai entender, não é Nic?


(Nicandro olha sério para Heloísa)


Dimmy: Vocês sabem que eu estou fazendo o curso de teatro e tou gostando muito.


Nicandro: (se irritando) Lá vem você com essa história de teatro outra vez. Teatro não dar dinheiro Dimmy! Você tem que assumir o negócio da família que você vai ser herdeiro!




CENA 11

(INT: Mercadinho de Leonor, ela está sentada no caixa, Dário chega)


Dário: Oi vó, cadê a Karla? 


Leonor: Ela foi pagar umas contas pra mim que só paga no banco.


Dário: Ela canta muito bem né vó?


Leonor: É o que dizem, você sabe que eu não entendo de música, assim de voz.


Dário: Se ela topasse fazer dupla comigo seria perfeito. Eu poderia ganhar muito dinheiro e ficar rico.


CENA 12

(EXT: Karla sai de uma agência bancária e vai andando até chegar em uma praça e ver de longe, Thales cantando. Ela vai até ele, tem algumas pessoas o vendo cantar)


Thales: ...Linda

E sabe viver

Você me faz feliz

Esta canção é só pra dizer

E diz

Você é linda

Mais que demais


Karla: (surpresa) Nossa, ele canta muito,.. Ele é lindo também.


Thales:Você é linda sim

Onda do mar do amor

Que bateu em mim


(Thales ver Karla e para de cantar olhando fixamente para ela, assim como ela olha para ele)

Fim do Capítulo.


Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.