Type Here to Get Search Results !

Marcadores

VENTO NORTE: Chamada 01

Cena 01/ Antiga propriedade Trajano Ferraço/ externa/ Dia. 


Close na data que aparece na tela. 

30 de março de 2023

Um caminhão está em frente a casa, com homens descarregando um sofá. E uma moça bonita e esbelta com uns 40 anos, conversando com um homem (55 anos) sobre a mudança (a conversa não possuí som, apenas barulhos de fundo na rua e instrumental)

Instrumental: 


Cena 02/ Antiga propriedade Trajano Ferraço/ Interna/ Sala de estar/ Dia. 

(sem música)

Um menino (10 anos) brinca na sala com um carrinho de controle remoto que se locomove pela casa. A mãe do garoto grita para o filho (seu rosto não aparece, apenas sua voz é ouvida)

Mãe: Ângelo, vá arrumar o seu quarto, ele já está quase pronto, basta aprontar suas roupas no guarda-roupa e colocar os brinquedos nas estantes. Já vou lhe ajudar, estou finalizando a compra com o antigo morador.

O menino coloca o controle remoto sob o sofá e vai em direção as caixas que estão na sala. Algumas das caixas são do antigo proprietário. Ele mexe em uma antiga caixa e encontra alguns livros. Um dos livros chama a atenção de Ângelo. Não tem capa, é como se fosse um caderno, com uma capa bonita e classuda. Ele abre. Close na primeira página do livro. 
De Regina Trajano Ferraço. 
Ele começa a ler o diário de Regina. Enquanto ele lê, a cena fica muda e começa a se ouvir apenas o som da voz de Regina. 

Regina: Meu querido confidente de tantas noites, aqui escrevo lhe contando meus segredos, minhas dúvidas, minhas angústias. Te conto, aqui, querido diário, mais um capítulo de minha vida. 
Close em Ângelo entretido.
Corta p/ Regina escrevendo em sua escrivaninha, nos anos 40, em seu diário. 

Cena 03/ Residência Trajano Ferraço/ Interna/ Suíte principal/ Dia. 

O cenário muda de formato. A decoração é de época. Os trajes de Regina também são de época.
Close em Regina que está sentada sob sua escrivaninha. Se ouve apenas as palavras proferidas de sua voz. Seus lábios não estão gesticulando. 

Regina: Recebemos o comunicado oficial da justiça Brasileira, Celso será obrigado a servir na guerra. Estou desolada. Tento me manter forte para que Carlos e Melissa não sejam afetados, mas é muito difícil saber que posso nunca mais voltar a ver meu marido... Primeiro perdi minha mãe... 

Uma foto apresentativa de Vera, mãe de Regina, aparece sob a tela, com uma transição minuciosamente detalhada. 


Ela continua falando... 

Regina: Perdi meu pai...

A mesma coisa ocorre com o pai de Regina. Uma foto apresentativa do personagem. 


Ela continua... 

Regina: E depois minha avó... 

Uma foto apresentativa da personagem


A moça continua... 

Regina: Não quero perder Celso... Carlos e Melissa merecem o privilégio de usufruírem da presença do pai incondicionalmente. (pausa ofegante) 

Regina derrama uma lágrima em frente ao espelho. Close. 

Regina: Recordo o último momento em que estivemos todos juntos, foi na ceia de 1942. Papai contou piadas para as crianças e mamãe histórias, Enquanto Carlos e Melissa logo foram para a cama, nós bebemos um bom vinho branco, ouvimos uma música clássica. Quando os fogos começaram fomos ao jardim apreciá-los. Foi mágico. Nós, que éramos sete, agora somos apenas quatro. 

Close em Regina emocionada, a cena fica sem som. O narrador diz:

Narrador: Dia três, Vento Norte, sua próxima novela das oito. 

Ocorre uma rajada de vento que faz uma transição entre a cena com close em Regina e a logo da trama.


Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.