Type Here to Get Search Results !

Marcadores

ALTOS & BAIXOS - CAPÍTULO 31 (ÚLTIMOS CAPÍTULOS)

  



Cena 1/ Ap de Talita e Lisa/ Sala/ Madrugada

Continuação imediata. Lisa ajoelhada na sala, desesperada. Talita entra em cena, desorientada devido ao sono.

Talita: O que aconteceu?

Lisa: A Sarah não tá aqui em casa! Já procurei em todos os cantos e ela sumiu!
 Pra onde será que a minha filha foi? 

Talita: Já tentou ligar pro celular dela?

Lisa: (tensa) Já, ele tá no quarto. Ela não levou!

Talita: Calma! Vamos lá pra baixo! Vai ver ela foi tomar um ar. Vem!

Talita dá a mão a Lisa e elas saem juntas do apartamento...

Cena 2/ Avenida/ Carro de Ralf/ Madrugada

Ralf dirigindo em alta velocidade. Sarah no banco ao lado do motorista com as mãos amarradas e a cara virada pra porta... De repente, Sarah abre os olhos e se dá conta que está sendo sequestrada. Expressão temerosa.

Ralf: Vou te levar pra um lugar muito melhor que essa cidade... A gente vai se divertir muito, minha gatinha...

Instrumental (até o fim da cena 6)


Ralf continua dirigindo. Close final em Sarah com o rosto virado pra porta...

Cena 3/ Rua do Prédio de Talita/ Madrugada.

Lisa e Talita andam pela rua, atentas, olhando para todos os lados, desesperadas. Talita sempre amparando Lisa.

Lisa: A minha filha não tá em nenhum canto dessas ruas Talita! Eu tô desconfiando que aquele tal de Ralf tem alguma coisa a ver com esse desaparecimento dela!

Talita: O que nos resta é olhar no circuito de segurança do prédio e depois se for o caso, chamar a polícia!

Lisa: Vamos fazer isso rápido! 

Elas correm em direção à entrada do prédio... Tensão.

Cena 4/ Avenida/ Carro de Ralf/ Madrugada

O trânsito completamente congestionado, buzinas frenéticas. A câmera vai buscar o carro de Ralf, em meio aos outros. Ralf buzina, ansioso.

Ralf: Que droga de trânsito é esse? Será que foi acidente?

Close nas mãos de Sarah se movendo na tentativa de se soltar das cordas...

Cena 6/ Prédio/ Sala de segurança/ Madrugada

Lisa, Talita e um homem diante dos computadores da sala de segurança.

Homem: Sabe mais ou menos me dizer que horas ela pode ter sumido?

Lisa: Se agora são 04:30... Mais ou menos uma hora atrás...

O homem mexe no computador e abre a imagem da câmera que mostra a rua do prédio. O homem digita mais algo.

Homem: Aqui... De uma hora atrás pra frente.

Lisa e Talita observam atentas. Closes.

Cena 7/ Casa de Ralf/ Quintal/ Madrugada.

Guilherme vem carregando uma pequena caixa de papelão, abre o portão dos fundos e deixa-a na calçada. Ele saca o celular e manda uma mensagem.

Cena 8/ AP de Bianca/ Quarto de Bianca/ Madrugada.

Bianca deitada em sua cama. Seu celular apita e ela vai ver do que se trata.

Bianca: É o Guilherme... Perguntando se eu vou...

Bianca se levanta e segue até a porta do seu quarto. Ela gira a maçaneta, mas se dá conta que está trancada.

Bianca: Droga! A Koka me trancou... Será que eu vou ter que cancelar a compra? Merda!

No close de Bianca, corta:

Cena 9/ Prédio de Talita/ Sala de Segurança/ Madrugada.

Os mesmos da cena 6. Lisa em completo estado de desespero ao olhar pro computador. Muito ritmo.

Homem: Esse homem que entrou no prédio... Ele tá levando a garota!

Lisa: A Sarah foi sequestrada! Aquele bandido raptou a minha filha! Olha só!

Talita: Vamos ligar pra polícia agora!

Talita saca o celular e disca 190. Lisa desnorteada, começa a fazer uma oração... 

Cena 10/ Avenida/ Madrugada.

3 viaturas de polícia seguem a avenida à todo vapor, cortando os carros. Sirene ligada, quase estourando. Tensão.

Cena 11/ Viatura de Polícia/ Madrugada.

Lisa e Talita no banco de trás, super tensas... Close final em Lisa, com os olhos marejados.

Abertura:



Cena 11/ Casa de Carla e Vanessa/ Sala/ Madrugada.

Carla e Vanessa se abraçam e choram desesperadas...

Carla: A minha neta... Nas mãos daquele crápula.

Vanessa: Eu tentei alertar... Mas ela não me ouviu! Achou que era invenção minha!

Carla: Eu vou acender uma vela!

Carla vai até uma mesinha, tira uma caixa de fósforo e acende uma vela... 

Cena 12/ Avenida/ Carro de Ralf/ Madrugada

O trânsito começa a fluir e os carros andam...

(No carro:)

Ralf dirige enquanto olha pra Sarah.

Ralf: Minha princesa não vai acordar não? 

Em off, escutamos as sirenes. Close em Ralf, amedrontado.

Instrumental: (até o fim da cena 19)


Ralf: Será que... 

Ele olha pelo retrovisor e vê as viaturas se aproximando de seu carro.

Ralf: Eles não podem me pegar!

Sarah abre os olhos, expressando temor e ansiedade. Ralf pisa no acelerador, gira o volante e ultrapassa os carros a sua frente.

Cena 13/ Estrada/ Madrugada/ Dia.

Câmera aérea mostra as viaturas da polícia perseguindo o carro de Ralf, este percorrendo na velocidade máxima.

O dia vai amanhecendo e o sol nasce.

Cena 14/ Carro de Ralf/ Dia.

Close no medidor de velocidade indicando 200km/h. Ralf dirige com uma expressão tensa. Sarah aproveita a distração do homem e vai conseguindo se desamarrar discretamente. Ralf tira um revólver do porta luvas, coloca a cabeça pra fora do carro e começa a atirar contra a polícia. Os policiais logo revidam. Um tiro acaba acertando o retrovisor de Ralf.

Cena 15/ Viatura Policial/ Dia

Lisa abraça fortemente Talita, chorando muito. 

Cena 16/ Estrada/ Dia

O carro de Ralf corre ainda mais e consegue se distanciar das viaturas...

Cena 17/ Carro de Ralf/ Dia.

Ralf dirige, rindo cinicamente.

Ralf: Hahaha! Consegui! (P/ Sarah) Calma baby, já estamos chegando...

Num impulso, Sarah pula no volante do carro e começa a atrapalhar Ralf.

Ralf: Quê isso sua maluca?

Sarah consegue girar o volante e o carro vai pro lado de uma ribanceira gramada. Ralf e Sarah começam a brigar pela direção do carro. Ralf dá um tapa em Sarah, ela dá uma forte mordida no ombro dele. Ralf vai tentar pegar o revólver que está no chão do veículo, mas Sarah sempre o atrapalha.

Cena 18/ Estrada/ Dia.

O carro de Ralf rodopia, cantando pneu e saindo fumaça. O veículo vai caindo em direção à ribanceira. Sarah abre a porta, salta do carro e rola o gramado... O carro capota pela ribanceira infinitas vezes e cai lá em baixo.

A viatura da polícia aparece e nessa mesma hora o carro de Ralf explode violentamente. Lisa e Talita descem do carro e vão correndo na direção de Sarah.

Lisa: (grita) Saraaaaah!

Sarah caída no meio do mato, com alguns arranhões. Ela tenta se levantar.

Sarah: Mãe!

Lisa alcança Sarah e abraça levemente a filha, muito emocionada. Talita apenas observa de longe.

Cena 19/ Matagal/ Dia.

Do ponto de vista de trás uma árvore, alguém observa Lisa e Sarah... Muito suspense. A câm se abre e vemos Ralf, muito machucado, com ódio no olhar. Close.

 Horas depois...

Cena 20/ Casa de Carla e Vanessa/ Sala/ Dia.

Carla falando ao telefone fixo:

Carla: (tel) Ai que bom Lisa! Nossa eu tô tão aliviada! Que bom que deu tudo certo!

Carla desliga e suspira, aliviada.

Cena 21/ AP de Talita e Lisa/ Quarto de Sarah/ Dia

Sarah deitada na cama, pensativa... Lisa adentra o quarto trazendo uma bandeja de refeição.

Lisa: Trouxe pra você filha!

Sarah: Obrigada!

Lisa deixa a refeição no colo de Sarah.

Lisa: Eu só quero que você fique bem filha! Eu nunca mais vou permitir que você passe por uma situação parecida! Descansa Sarah!

Sarah: Ainda bem que acabou todo esse sufoco... Agora só quero dormir e não pensar em mais nada!

Lisa: Você tá certa.

Instrumental: (até o fim do capítulo)

Lisa dá um beijo no rosto de Sarah e se retira do quarto. Sarah começa a comer.

Cena 22/ Matagal/ Casebre/ Ext/ Dia

Plano geral em um casebre no meio do mato.

Cena 23/ Casebre/ Sala/ Dia.

Giro no local. Paredes rachadas e mal rebocadas. A porta principal é aberta, só vemos os sapatos de quem entra. A câm vai subindo e revela nada menos que RALF! 

Ralf: O jeito vai ser eu ficar aqui até o Guilherme conseguir os passaportes falsos... Essa vadia da Sarah me ferrou mesmo! Vaca!

Ele sente um cheiro diferente e estranha.

Ralf: Que cheiro estranho... Parece gasolina!

Imediatamente após ele dizer isso, vemos que perto da janela, um palito de fósforo aceso é jogado no chão, formando uma imensa chama... Ralf olha pra trás e se surpreende com a labareda de fogo.

Ralf: Tá pegando fogo!

Ele corre até a porta, gira frenéticamente a maçaneta, mas percebe que está trancada. Ele esmurra a porta, desesperado.

Ralf: Para com isso! Socorrooooo!

As chamas vão aumentando e se aproximando cada vez mais de Ralf. Ele corre até uma janela de vidro, pega um banquinho de madeira, quebra a janela e consegue pular, se cortando um pouco.

Cena 24/ Matagal/ Dia.

Ralf cai no gramado, com os braços ensaguentados... Ele se rasteja e vai se afastando do casebre incendiando... Após se afastar, ele consegue se levantar com dificuldade. Close no cano de um revólver. Uma mão vestindo luvas pretas aperta o gatilho. Ralf é atingido em cheio na barriga. Outro tiro, dessa vez no peito. Outro tiro, dessa vez na cabeça. Ralf se ajoelha e cai, agonizando.

No close de Ralf,

(Congela em Ralf)

Encerramento com a música: Havana - Camila Cabello

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.