Type Here to Get Search Results !

Marcadores

Porto da Solidão - Capítulo 11

 



Cena 01-(Carro de Timóteo/Interno/Manhã)


A câmera mostra Timóteo dirigindo o carro,Júlio no banco da frente e Lincoln no banco de trás.


Lincoln(bocejando): Já estamos chegando em Salvador?


Timóteo(sério): Quase,Lincoln… Falta pouco.


Júlio coloca a mão na região íntima.


Júlio(incomodado): Pode parar que preciso mijar urgentemente.


Corte para a


Cena 02-(BR 324/Acostamento/Externo/Manhã)


A câmera mostra o carro de Timóteo estacionando. 


Júlio e Lincoln saíram do carro e foram no canto da árvore urinar e a câmera corta para Timóteo dando uma piscada para Júlio.


Júlio(impaciente): Já acabou,Lincoln?


Lincoln(irritado): Calma… Já tô acabando.


Começou a tocar trilha instrumental de tensão.



Lincoln se aproxima de um barranco e Júlio o empurra e a câmera mostra ele rolando até chegar na parte baixa.


Lincoln(desesperado): O que tá acontecendo?! Júlio! Júlio!


A câmera segue Júlio saindo correndo em direção ao carro de Timóteo.


Júlio(apressado): Vamos,painho!


Júlio entra no carro e a câmera corta para Lincoln tentando escalar o barranco.


A trilha instrumental continuou tocando até a cena 05.


Corte para a


Cena 03-(BR 324/Externo/Manhã)


A câmera mostra o carro de Timóteo saindo em disparada.


Corte para a


Cena 04-(BR 324/Acostamento/Externo/Manhã)


A câmera mostra Lincoln segurando em uma planta e vendo Júlio dando o dedo do meio.


Lincoln(revoltado): Volta aqui,seu desgraçado!


A planta solta e ele rola no barranco abaixo e cai segurando o braço com expressão de dor.


Lincoln(irritado): Aí! Tá doendo demais… Esse Júlio vai se ver comigo.


A câmera dá um zoom na face de Lincoln toda ralada e suja de terra.


Corte para a


Cena 05-(Carro de Timóteo/Interno/Manhã)


A câmera mostra Timóteo dirigindo atentamente e Júlio percebendo que ele está nervoso.


Júlio(dúvida): O que tá acontecendo com você,painho.


Timóteo(nervoso): Eu só quero saber como vamos explicar para a cidade inteira o que aconteceu com o Lincoln?


Júlio(irritado): Sei lá,painho… A gente fala que ele sofreu um acidente e morreu!


Timóteo engole seco e continua dirigindo.


Júlio(irritado): Continua dirigindo ai,painho… Que vamos lá na prefeitura de Salvador arranjar esse atestado de óbito desse marinheiro…


Júlio coloca seus óculos escuros.


Júlio(rindo): Espero que esse demônio nunca mais volte pra cá… Agora,o Vinícius será meu homem.


Júlio continua rindo.


Corte para a


Cena 06-(Casa de Elivelton/Sala de Estar/Interno/Manhã)


A câmera mostra Elivelton,Gabriela e Juvenal sentados ao redor da mesa da sala tomando café da manhã.


Juvenal e Gabriela notam a expressão de tristeza em Elivelton.


Gabriela(preocupada): O que tá acontecendo com você,filho?


Juvenal toma um gole de café.


Juvenal(preocupado): Você tá tão triste,filho… Conta pra gente do porque está assim?


Elivelton(triste): Porque o meu melhor amigo já tá fora da cidade… E…


Começou a tocar Gal Costa - Nossos Momentos. 




Elivelton começa a chorar e a câmera mostra Gabriela se levantando da cadeira e abraçando seu filho.


Gabriela(emocionada): Calma,filho…


Elivelton(chorando): Estou com saudades do meu melhor amigo,mainha…


Gabriela(emocionada): Tenha certeza que ele está bem e deve voltar logo logo.


Elivelton para de chorar e passa a mão no rosto e Juvenal se levanta da cadeira e abraça Elivelton.


A música continuou tocando até o início da cena 10.


Corte para a


Cena 07-(Praia da Solidão/Externo/Manhã)


A câmera mostra poucas pessoas andando pela praia e foca em Vinícius sentado na areia em silêncio bastante emocionado.


Vinícius(emocionado): Onde está você,meu amor?


Flashback:(Açude/Externo/Manhã)


A câmera mostra Lincoln e Vinícius descendo as escadas.


Lincoln(sorridente): É tão bom ficar aqui com você,amor.


Vinícius ri e os dois param na beira do açude.


Vinícius(rindo): Como assim,amor?


Os dois dão as mãos.


Lincoln(sorridente): É isso que você é pra mim,Vinícius… Desde da primeira vez que te conheci por causa daquele limão que caiu no chão.


Vinícius ri.


Vinícius(rindo): Aquele limão foi o motivo de surgir esse sentimento que tenho por você.


Os dois sorriram.


Lincoln(empolgado): Quem chegar por último é a mulher do padre!


Lincoln entra correndo no açude de água cristalina e Vinícius tira a camisa e ri.


Vinícius(rindo): Você é tão bobo,Lincoln.


Vinícius corre e pula na água e os dois jogam água um no outro.


Lincoln(dúvida): Sabe mergulhar?


Vinícius(confuso): Não muito,mas sei…


Lincoln ri.


Lincoln(empolgado): Então… Vamos! 1,2 e 3!


Os dois mergulham e a câmera o segue.


Corte para a


Cena 02-(Fundo do Açude/Interno/Manhã)


A câmera mostra os dois nadando no açude e peixes pequenos passam e os dois se abraçam e sobem para a superfície.


Corte para a


Cena 03-(Açude/Externo/Manhã)


Os dois sobem à superfície bastante ofegantes.


Lincoln(ofegante): Posso te beijar?


Vinícius ri.


Vinícius(sorridente): Pode,sim…


Os dois começam a se beijar por meio minutos e a câmera dá um 360 mostrando ninguém no açude e o sol refletindo na água.


Flashback OFF


A câmera mostra Vinícius se levantando da areia e tirando a camisa e entrando no mar de sunga azul e boiando na água olhando pro céu que estava limpo e o sol raiando forte.


Corte para a


Cena 08-(Casa de Cláudia/Quarto de Cláudia/Interno/Manhã)


A câmera mostra Cláudia sentada na cama olhando para foto dela e Lincoln vestido de marinheiro.


Cláudia(emocionada): Meu Lincoln…


Cláudia abraça a foto e se deita na cama começando a chorar.


Cláudia(chorando): Aonde você esteja,meu filho… Que nossa senhora te proteja de toda maldade deste mundo.


A câmera se afasta mostrando o plano geral do quarto de Cláudia que a luz do sol iluminava.


Corte para a


Cena 09-(BR 324/Externo/Manhã)


A câmera mostra a movimentação intensa de carros,ônibus e caminhões pelos dois sentidos da estrada.


A câmera corta para Lincoln com as roupas sujas de terra andando no acostamento com dificuldade e os carros passando na rodovia.


Lincoln(ofegante): Será que ainda tá longe de Salvador?


Lincoln coloca a mão na testa e vê a placa escrita: "Salvador: 12 km"


Lincoln(decepcionado): Não é possível que ainda tô longe demais da capital…


Lincoln continua andando e acaba caindo no chão.


Lincoln(ofegante): Eu preciso beber água…


Lincoln encontra uma árvore e uma pedra pequena no chão.


Lincoln(esperançoso): Já sei o que vou fazer…


Lincoln ri enquanto cava um buraco e acha uma sacola plástica.


Lincoln(sorridente): A marinha me ensinou bem como a sobreviver em situações extremas… Obrigado,Comandante Leonardo.


Lincoln agacha para colocar as folhas em cima da sacola plástica e pega a pedra e coloca no meio.


Lincoln(satisfeito): Pronto…

 

Lincoln se levanta com dificuldade e se abriga debaixo da árvore.


Lincoln(sério): Enquanto o sol estivesse fazendo seu trabalho… Nada melhor que um bom cochilo.


Lincoln começa a cochilar deitado debaixo da árvore.


Corte para a


Cena 10-(Casa de Kelly/Sala de Estar/Interno/Manhã)


A câmera mostra Kelly varrendo a casa e alguém toca à campainha.


Kelly(séria): Tô indo…


Kelly larga a vassoura na parede da sala e abre a porta e Meire está na porta.


Meire(sorridente): Bom dia,querida…


Kelly(sorridente): Bom dia,dona Meire… Como vai a senhora?


Meire(sorridente): Tudo bem,Kelly… Posso entrar?


Kelly(sorridente): Claro que sim… Fica a vontade.


Começou a tocar Roberto Carlos - Eu Quero Apenas.




Meire entra e se senta no sofá e Kelly se aproxima dela.


Kelly(sorridente): Tá precisando de alguma coisa,dona Meire?


Meire(dúvida): Tem como me dar um pouco de açúcar,querida?


Kelly se levanta do sofá.


Kelly(sorridente): Claro que tem… Vou lá na cozinha e trago um pouco pra senhora.


Kelly vai em direção a cozinha e Meire observa a sala de estar ao ver a foto do Fernando no porta retrato.


Meire(assustada): Tá repreendido em nome de Jesus…


Meire faz o sinal da cruz com as mãos.


A trilha sonora continuou tocando até o início da cena 12.


Corte para a


Cena 11-(Porto da Solidão/Ruas/Externo/Manhã)


A câmera mostra a movimentação intensa de carros e motos pela rua e corta para um carro passando em frente a mansão Pereira.


Corte para a


Cena 12-(Mansão Pereira/Sala de Estar/Interno/Manhã)


A câmera mostra Letícia se levantando do sofá surpresa.


Letícia(surpresa): Como assim,morto?!


Júlio(lamentando): Infelizmente,mainha… Lincoln está morto.


Começou a tocar trilha instrumental de tensão.




Letícia começa a se emocionar e Timóteo o abraça.


Letícia(emocionada): Isso só pode ser mentira?!


Timóteo(lamentando): Infelizmente,não… Até trouxemos o atestado de óbito dele lá de Salvador.


Timóteo entrega a Letícia o documento atestando a morte de Lincoln. "Lincoln Pontes Cardoso" "Nascido em 25 de setembro de 1978 e falecido em 18 de março de 2003"


Letícia(preocupada): Meu Deus… Ele não merecia esse fim triste logo depois de tudo que passou…


Júlio(sério): Pois é,mainha… Vou lá na casa de Vinícius levar essa notícia triste.


Letícia(séria): Vai lá,filho…


Júlio sai de casa e Letícia se ajoelha em frente à uma imagem da virgem Maria.


Letícia(orando): Ave Maria, cheia de graça, 

o Senhor é convosco, 

bendita sois vós entre as mulheres 

e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. 

Santa Maria, Mãe de Deus, 

rogai por nós pecadores, 

agora e na hora da nossa morte. Amém.


Letícia faz o sinal da cruz com os dedos.


Letícia(emocionada): Que o senhor receba esse pobre jovem nos braços do Senhor,meu pai.


Letícia se levanta chorando e se senta no sofá.


A trilha instrumental continuou tocando até a cena 14.


Corte para a


Cena 13-(Porto da Solidão/Rua Principal/Externo/Manhã)


A câmera mostra Vinícius andando pela rua e percebendo as pessoas comentando alguma coisa,mas ignora e a câmera o segue.


Morador 1(surpreso): Como assim,ele morreu?! Não tô acreditando nisso.


Moradora 2(lamentando): Infelizmente,seu Vanderlei.


Morador 1(lamentando): A mãe dele vai sofrer demais quando soube disso.


Vinícius continua andando pela rua e entra em casa.


Corte para a


Cena 14-(Casa de Luana/Sala de Estar/Interno/Manhã)


A câmera mostra Vinícius chegando em casa e vê Heloísa e Júlio em pé.


Vinícius(surpreso): Júlio?! O que tá acontecendo,mainha?


Heloísa vai em direção dele bastante abalada.


Heloísa(emocionada): Meu filho… Seja forte que a notícia não é das melhores.


Júlio vai em direção a Vinícius.


Vinícius(preocupado): Júlio?! Cadê o Lincoln,Júlio?!


Júlio respira fundo e ele começa a se emocionar.


Vinícius(emocionado): Cadê ele,Júlio?!


Júlio(emocionado): Ele morreu,Vinícius…


Vinícius se surpreende e começa a chorar e a câmera mostra ele olhando pros dois em silêncio.


Fim da trilha instrumental. 





Cena 15-(Casa de Luana/Sala de Estar/Interno/Manhã)


A câmera mostra Vinícius andando de um lado sem parar.


Vinícius(emocionado): Não,não,não! Isso não pode ser verdade!


Vinícius começa a chorar e Heloísa também.


Vinícius(chorando): Isso não é verdade,Júlio?! Fala que não aconteceu isso?!


Começou a tocar Mariah Carey - I Wanna Know What Love Is.




Júlio faz sinal de sim com a cabeça e Vinícius abraça Júlio bastante emocionado.


Vinícius(chorando): Meu Deus! Não tô acreditando que ele se foi pra sempre…


A câmera mostra Júlio se mantendo sério e olhando pra Heloísa se sentando no sofá.


Vinícius(desesperado): Mainha…


Heloísa se levanta do sofá e abraça Vinícius.


Heloísa(emocionada): Vem cá,filho…


Vinícius chora sem parar nos ombros de sua mãe.


Heloísa(emocionada): Minha Nossa Senhora… Como vou falar pra mãe dele?!


Júlio(sério): Eu lamento muito,Vinícius… Mesmo eu e ele tendo nossas diferenças… Ele não merecia esse fim.


Heloísa(preocupada): Pior vai ser contar ao pequeno Camilo que o pai dele não vai mais voltar…


Vinícius(emocionado): Ele vai ficar desesperado demais,mainha…


Heloísa(dúvida): Quer ir comigo à casa dela?!


Vinícius(sério): Depois eu vou,mainha… Preciso contar pra Elivelton sobre essa notícia triste.


Júlio(sério): Então… Já marquei o enterro dele pra amanhã de manhã.


Vinícius(grato): Muito obrigado,Júlio… Você tem bom coração.


Júlio sorri pra ele e a câmera mostra Heloísa e Vinícius saindo da casa.


Júlio ri e abre a porta.


Júlio(rindo): Tá dando certo…


Júlio sai e fecha a porta.


A música continuou tocando até o início da cena 21.


Corte para a


Cena 16-(Casa de Lincoln/Sala de Estar/Interno/Manhã)


A câmera mostra Cláudia abraçando Heloísa que está emocionada.


Cláudia(chorando): Meu filho,não…


Heloísa(emocionada): Calma,amiga… 


Cláudia(emocionada): Meu filho morreu… 


Arthur chega na sala surpreso.


Arthur(surpreso): O que está acontecendo aqui?


Cláudia vai em direção dele bastante revoltada dando tapas.


Arthur(confuso): Para,amor…


Cláudia(revoltada): Você deixou nosso filho morrer,seu desgraçado!


Arthur(surpreso): Como assim,mulher?!


Claudia(emocionada): Por conta de seu maldito preconceito! Eu perdi meu filho pra sempre!


Arthur(ríspido): Isso é castigo de Deus,só pode!


Cláudia dá um tapa na cara de Arthur.


Heloísa(surpresa): Calma,amiga… Calma.


Cláudia(gritando): Eu odeio você,seu verme! A culpa é sua de ter matado nosso filho!


Arthur se senta no sofá bastante pensativo e a câmera mostra Heloísa,Vinícius e Cláudia saindo da casa.


Corte para a


Cena 17-(Casa de Elivelton/Sala de Estar/Interno/Manhã)


A câmera mostra Elivelton abraçando Vinícius bastante abalado.


Elivelton(chorando): Meu melhor amigo se foi…


Gabriela(emocionada): Como aconteceu isso,Vinícius?


Vinícius(emocionado): Júlio e o pai dele acharam o atestado de óbito com o nome dele na prefeitura de Salvador…


Gabriela(emocionada): Calma,meu filho…


Gabriela vai em direção a Elivelton que corre em direção ao seu quarto.


Gabriela(emocionada): Elivelton… Minha Nossa Senhora…


Gabriela vai em direção ao corredor.


Corte para a


Cena 18-(Casa de Elivelton/Corredor/Interno/Manhã)


A câmera mostra Elivelton correndo em direção ao seu quarto e fechando a porta rapidamente e sua mãe chega logo atrás batendo na porta.


Gabriela(emocionada): Meu filho?! Abra a porta,Elivelton…


Elivelton(chorando): Me deixa sozinho,mainha!


Gabriela sai do corredor.


Corte para a


Cena 19-(Casa de Elivelton/Quarto de Elivelton/Interno/Manhã)


A câmera mostra Elivelton sentado no chão chorando sem parar.


Elivelton(chorando): Por que,Lincoln?! POR QUÊ?!


Elivelton se deita na cama e chora no travesseiro e a câmera foca no porta retrato com a foto dele e Lincoln vestido com roupas juninas.


Corte para a


Cena 20-(Praia da Solidão/Externo/Tarde)


A câmera mostra a praia sem banhistas e desloca até mostrar a movimentação do Porto.


Corte para a


Cena 21-(Porto da Solidão/Docas/Refeitório/Interno/Tarde)


A câmera mostra Antônio,Oscar,Marcos e Juvenal almoçando sentados ao redor de uma mesa conversando.


Antônio(sério): Souberam que Lincoln morreu hoje?


Oscar(surpreso): Como assim,Antônio?


Juvenal(perplexo): Gente… 


Marcos(curioso): Como você soube disso?


Antônio(sério): Minha esposa acabou de me ligar falando que essa notícia se espalhou pela cidade inteira… O enterro será amanhã.


Marcos(lamentando): Triste ver um jovem morrer logo agora na melhor fase da vida… Eu gostava muito do Lincoln. 


Juvenal(preocupado): O meu filho deve tá abalado demais em casa… Espero que a Gabriela o console.


Oscar faz o sinal de cruz com as mãos.


Oscar(sério): Ele agora deve tá num lugar melhor…


Marcos(triste): Amém…


Começou a tocar Gal Costa - Nossos Momentos.




Todos continuam comendo e a câmera se afasta mostrando a movimentação dos funcionários pelo refeitório.


A música continuou tocando até a cena 25.


Corte para a


Cena 22-(Casa de Lincoln/Quarto de Lincoln/Interno/Tarde)


A câmera mostra Cláudia e Camilo sentados na cama conversando.


Camilo(ansioso): O que a senhora quer me contar,vovó?


Cláudia respira fundo e Camilo percebe que ela está chorando.


Camilo(dúvida): Por que a senhora tá chorando,vovó?


Cláudia(chorando): Seu pai,Camilo… Ele…


Camilo começa a chorar.


Camilo(emocionado): Cadê ele,vovó?


Cláudia(chorando): Ele agora tá com papai do céu,meu neto…


Camilo abraça sua avó com força.


Camilo(chorando): Painho… Não.


Cláudia(chorando): Ele agora tá descansando com Deus…


Camilo chora sem parar e Cláudia continua abraçando.


Corte para a


Cena 23-(BR 324/Visão Aérea/Externo/Tarde)


A câmera mostra a movimentação de carros e caminhões visto de cima da estrada e evidencia as matas ao redor.


Corte para a


Cena 24-(BR 324/Acostamento/Externo/Tarde)


A câmera mostra Lincoln andando sem rumo na beira da estrada e um caminhão estaciona.


Caminhoneiro(sério): Boa tarde,amigo… Tá precisando de ajuda?


Lincoln(ofegante): Pode me levar pra Salvador,moço?


Caminhoneiro(preocupado): Nossa… O senhor não tá nada bem… Vem comigo que você precisa se alimentar.


Lincoln entra na cabine do caminhão.


Corte para a


Cena 25-(Caminhão/Cabine/Interno/Tarde)


A câmera mostra Lincoln fechando a porta e o caminhoneiro notando a roupa e rosto sujos de terra.


Caminhoneiro(preocupado): O que aconteceu com você,moço?


Lincoln(sério): Eu fui enganado por um idiota e me jogaram aqui nessa estrada…


Caminhoneiro(curioso): De onde você é?


Lincoln(sério): Vim de Porto da Solidão,moço… 


Caminhoneiro(sério): Hum… Entendi,então vamos parar num posto pra você comer um pouco e te levar pra Salvador. 


Lincoln(grato): Muito obrigado,moço.


Caminhoneiro coloca a chave na ignição e liga o caminhão.


Lincoln(pensamento): Estou chegando,Salvador…


A câmera mostra Lincoln olhando para o lado de fora do caminhão que começa a andar.


Fim da trilha sonora. 





Cena 26-(Porto da Solidão/Praça Solidão/Externo/Tarde)


A câmera mostra a movimentação de pessoas e crianças brincando e o sino da igreja toca 2 vezes.


Corte para a


Cena 27-(Igreja/Interno/Tarde)


Começou a tocar trilha instrumental triste.




A câmera se desloca aos poucos mostrando os bancos da igreja vazios e a luz do sol iluminando e foca em Elivelton sentado sozinho chorando baixo e Padre Paulo se senta ao lado dele.


Padre Paulo(preocupado): Boa tarde,Elivelton?


Elivelton para de chorar e estende a mão direita pra ele.


Elivelton(emocionado): Abença,padre.


Padre Paulo(sério): Deus lhe abençoe,meu filho… Mas,o que tá acontecendo?


Elivelton(emocionado): Sabe,Padre Paulo…


Elivelton pega na mão do padre Paulo que olha para ele fixamente.


Padre Paulo(sério): Pode desabafar,meu filho…


Elivelton(emocionado): Eu não tô acreditando que Lincoln morreu,padre Paulo… 


Padre Paulo(lamentando): Eu lamento muito,Elivelton… Eu vi vocês dois crescerem juntos e fico triste em te ver muito abalado.


Elivelton começa a chorar e Padre Paulo o abraça.


Elivelton(chorando): Eu não vou aguentar,Padre Paulo…


Padre Paulo segura firme em suas mãos.


Padre Paulo(sério): Respira,Elivelton… E reze pela alma desse jovem.


A câmera se afasta aos poucos mostrando o sol iluminando a igreja e Elivelton abraçado com o Padre Paulo em pé.


A trilha instrumental continuou tocando até o início da cena 29.


Corte para a


Cena 28-(BR 324/Externo/Tarde)


A câmera mostra a movimentação intensa de caminhões e carros pelos dois sentidos da rodovia.


Corte para a


Cena 29-(Posto de Gasolina/Externo/Tarde)


A câmera mostra um caminhão estacionado perto do centro de convivência e foca em Lincoln e o caminhoneiro saindo de lá conversando.


Caminhoneiro(curioso): Não sabia que você já foi cabo da marinha?


Lincoln ri.


Lincoln(rindo): Pois é… Fui por quase 8 anos servindo a marinha.


Caminhoneiro(dúvida): Mas,aonde quer que eu te deixe em Salvador?


Lincoln começa a pensar.


Lincoln(pensativo): Hum… Pode ser na Rodoviária mesmo,que de lá dou um jeito de encontrar meus parentes aqui.


Começou a tocar Henri Salvador - All I Really Want is Love.




A câmera mostra Lincoln e o caminhoneiro entrando no caminhão 


Caminhoneiro(sério): Vamos continuar nossa viagem?


Lincoln ri.


Lincoln(ansioso): Mal posso esperar pra chegar lá… Algo me dizer que minha vida será outra.


A câmera mostra o caminhão dando ré e saindo do posto em direção a estrada.


A música continuou tocando até o início da cena 33.


Corte para a


Cena 30-(UFBA/Externo/Tarde)


A câmera mostra a movimentação dos estudantes entrando e saindo da faculdade e foca em Juliana falando com seu pai no telefone público.


Juliana(sorridente): Oi,painho… Abença.


Pedro(sorridente): Deus lhe abençoe,minha filha… Como estão os estudos?


Juliana ri.


Juliana(sorridente): Tudo bem,painho… Como tá as coisas aí?


Pedro(sério): Estamos bem,filha… Apesar,que hoje descobrimos que Lincoln morreu.


Juliana(surpresa): Como assim,painho?! Ele morreu?!


Pedro(lamentando): Pois é,o prefeito e o filho acharam o atestado de óbito hoje em Salvador. 


Juliana(surpresa): Nossa… Ele não merecia ter morrido dessa maneira.


Pedro(sério): Concordo… Mas,vou ter que desligar agora.


Juliana sorri.


Juliana(sorridente): Tudo bem,painho… Vai querer alguma coisa daqui?


Pedro(dúvida): Pode comprar uma frigideira,filha?


Juliana ri.


Juliana(rindo): O senhor é demais… Eu compro,sim.


Pedro(sorridente): Obrigado,filha… Tchau,Juliana… Um beijo que papai te ama.


Juliana ri e desliga o telefone e um estudante chama ela.


Estudante 1(gritando): Vamos,Juliana… A aula vai começar!


Juliana(apressada): Já vou…


A câmera se afasta aos poucos mostrando Juliana e ele entrando no prédio da faculdade.


Corte para a


Cena 31-(Praia do Porto da Barra/Externo/Tarde)


A câmera mostra o sol se pondo no horizonte.


A tela escureceu.


Corte para a


Cena 32-(Corredor da Vitória/Visão Aérea/Externo/Noite)


A câmera mostra os postes e prédios com as luzes acesas e o céu um pouco nublado.


Corte para a


Cena 33-(Apartamento de Cláudio/Sala de Estar/Interno/Noite)


A câmera mostra Magno sentado no sofá de bermuda sem camisa vendo televisão.


Magno(dúvida): Cadê você,Cláudio?!


Cláudio(gritando): Tô indo,Magno… O que foi agora?!


Magno(gritando): Vem logo,que vai começar O Beijo do Vampiro!


Começou a tocar Gilsons - Várias Queixas.




A câmera mostra Cláudio tapando os olhos de Magno.


Magno(rindo): É você,Cláudio?


Cláudio ri e se senta no sofá do lado dele.


Cláudio(sorridente): Desculpa pela demora,amigo …


Magno(dúvida): Problema nenhum… Mas,alguém mais ligou?


Cláudio(sério): Eu consegui marcar um jantar pra gente conversar com um empresário sobre o nosso negócio.


Magno(ansioso): Tomara que dê certo…


Cláudio(sorridente): Eu também…


Cláudio se deita no sofá colocando a cabeça no colo de Magno que começa a acariciar a sua cabeça.


A música continuou tocando até o início da cena 35.


Corte para a


Cena 34-(Caminhão/Interno/Noite)


A câmera mostra Lincoln tirando o cinto e o caminhoneiro entregando 50 reais pra ele.


Lincoln(sorridente): Não precisava me dar isso,moço…


Caminhoneiro ri.


Caminhoneiro(sorridente): Oxente,Lincoln… Você é um cara legal demais… Tô te dando esse dinheiro pra você conseguir comprar uma roupa nova.


Lincoln ri.


Lincoln(sorridente): Tá bem,muito obrigado.  Tá me ajudando demais.


Lincoln abre a porta e sai do caminhão e a câmera o segue.


Corte para a


Cena 35-(Avenida Paralela/Passeio/Externo/Noite)


A câmera mostra Lincoln fechando a porta do caminhão e o caminhoneiro acenando.


Caminhoneiro(sorridente): Tchau,amigo… Boa sorte.


O caminhão volta a andar e a câmera mostra Lincoln olhando a movimentação da avenida e andando pela calçada.


Lincoln(ansioso): Espero que eu consiga me reerguer aqui… Júlio que se prepare.


Lincoln ri e começa a andar pelo passeio e guarda o dinheiro no bolso.


Lincoln(rindo): Vou voltar para aquela cidade de cabeça erguida…


Um homem de boné e moletom se aproxima dele com uma arma de fogo escondida na cintura e ele segue Lincoln até tirar a arma da cintura e apontar em sua cabeça.


Assaltante(sussurrando): Não olha pra trás! Pode ir passando o dinheiro… 


Lincoln engole a seco e a câmera mostra ele olhando pra frente com as mãos para os alto.





Cena 36-(Avenida Paralela/Passeio/Externo/Noite)


A câmera mostra o assaltante apontando a arma na cabeça do Lincoln que está em pé assustado.


Assaltante(furioso): Passa grana,logo!


Lincoln(assustado): Peraí,moço…


Assaltante(apressado): Rápido,malandro! Não tenho muito tempo!


Lincoln pega a nota de 50 reais e entrega ao bandido que dá um tapa na cabeça.


Assaltante(indignado): Só isso,vagabundo?!


Lincoln(assustado): É tudo que eu tenho…


Assaltante dá outro tapa na cabeça e Lincoln cai no chão.


Assaltante(indignado): Vai arranjar um emprego,seu vagabundo!


O assaltante continua andando normalmente e a câmera mostra Lincoln se levantando do chão.


Começou a tocar Porto Solidão(instrumental).




Lincoln(emocionado): Meu Deus…


Lincoln olha pro céu com as mãos pra cima.


Lincoln(orando): Até quando essas tormentas pra mim?!


Começa a chover e Lincoln se molha todo e ele se abriga em um ponto de ônibus que estava vazio e se deita no banco.


Lincoln(incomodado): Que frio…


A câmera se afasta aos poucos mostrando Lincoln deitado no ponto de ônibus dormindo e a chuva caindo forte e a movimentação de carros na avenida.


A trilha instrumental continuou tocando até o início da cena 43.


Corte para a


Cena 37-(Porto da Solidão/Ruas/Externo/Noite)


A câmera mostra as ruas sem movimentação de carros e pedestres e chovendo sem parar e as folhas das árvores balançando demais.


Corte para a


Cena 38-(Casa de Luana/Quarto de Vinícius/Interno/Noite)


A câmera mostra o quarto de Vinícius com as luzes apagadas e só a luz do poste iluminando e revela Vinícius sentado na cama olhando uma foto dele e Lincoln no carnaval.


Flashback(Porto da Solidão/Beco/Externo/Noite)


A câmera mostra os dois olhando um para o outro em silêncio e ao fundo Júlio se esconde em pé atrás do muro escutando a conversa deles.


Lincoln(sorridente): Posso contar uma coisa pra você?


Vinícius(sorridente): Claro que pode…


Lincoln toca no rosto de Vinícius olhando para seus olhos.


Lincoln(sorridente): Eu tô apaixonado por você…


Vinícius(sorridente): Eu também…


Lincoln e Vinícius se olham e se aproximam e começam a se beijar e a câmera dá um zoom no rosto de Júlio bastante surpreso e corta para os dois se beijando.


Flashback OFF 


A câmera mostra Vinícius se deitando na cama e começando a chorar. 


Vinícius(chorando): Por que nossa felicidade tinha que terminar desse jeito?!


Corte para a


Cena 39-(Porto da Solidão/Rua Principal/Externo/Noite)


A câmera mostra um carro passando em frente a casa de Lincoln e a chuva continua caindo forte.


Corte para a


Cena 40-(Casa de Lincoln/Sala de Estar/Interno/Noite)


A câmera mostra Cláudia andando pela sala e se sentando no sofá pegando um porta-retrato com a foto de Lincoln vestido com marinheiro e ela começa a chorar.


Cláudia(emocionada): Meu filho… Mamãe nunca vai te esquecer.


Camilo vem pra sala vestido com um pijama.


Camilo(bocejando): Vovó?


Cláudia enxuga as lágrimas.


Cláudia(emocionada): Vem cá,meu neto… 


Camilo se senta ao lado dela.


Camilo(triste): Vovó… Não tô conseguindo dormir.


Cláudia começa a acariciar o seu cabelo e ele abraça ela.


Camilo(emocionado): Eu tô com saudades de painho…


A câmera mostra os dois sentados no sofá abraçados e as gotas de chuva na janela.


Corte para a


Cena 41-(Casa de Elivelton/Quarto de Elivelton/Interno/Noite)


A câmera mostra Elivelton deitado na cama olhando o porta retrato dele e Lincoln em seu aniversário e ao fundo Gabriela em pé olhando para ele em silêncio.


Gabriela(sussurrando): Que Deus acalme o coração dele…


A tela escureceu. 


Corte para a


Cena 42-(Praia da Solidão/Externo/Manhã)


A câmera mostra o sol amanhecendo no horizonte e o céu nublado.


Corte para a


Cena 43-(Cemitério/Externo/Manhã)


A câmera mostra as lápides e vai abaixando até revelar uma aglomeração de pessoas vestidas de preto acompanhando um caixão e foca em Vinícius,Camilo,Júlio e Cláudia andando em silêncio.


Vinícius(emocionado): Espero eu aguentar até o final…


Júlio abraça Vinícius forte e Camilo se mostra incomodado.


A tela escureceu e a câmera mostra todos ao redor da lápide que seria enterrado Lincoln e a câmera mostra Padre Paulo abrindo o livro.


Padre Paulo(sério): Em nome do pai,do filho e do Espírito Santo…


Começou a tocar Gal Costa - Nossos Momentos.




A câmera mostra todos fazendo o sinal da cruz com as mãos.


Todos(sério): Amém…


A câmera mostra Padre Paulo começando a rezar e Cláudia bastante emocionada.


Gabriela(emocionada): Seja forte,amiga…


Cláudia começa a chorar e Gabriela a abraça e a câmera corta para Vinícius abraçando Elivelton. 


Elivelton(chorando): Não tô acreditando que eu tô enterrando meu amigo logo agora.


Começou a chover forte e todos se molham e a câmera mostra a terra sendo colocada em cima do caixão e a aglomeração se dispensar ficando só Elivelton,Vinícius e Gabriela.


Gabriela(séria): Vamos,filho…


Elivelton(emocionado): Quero deixar minha última homenagem,mainha…


Vinícius entrega uma flor branca pra Elivelton que se agacha em frente à lápide.


Elivelton(emocionado): Descanse em paz,meu melhor amigo…


Elivelton coloca a flor em cima da terra e se levanta logo em seguida.


Vinícius(sério): Vamos logo que não quero ficar gripado.


A câmera se afasta mostrando Gabriela,Vinícius e Elivelton saindo do cemitério debaixo de chuva forte.


A música continuou tocando até o início da cena 45.


Corte para a


Cena 44-(Carro/Interno/Manhã)


A câmera mostra Cláudio dirigindo o carro e Magno sentado no banco do carona.


Magno(preocupado): Vá devagar que o cacau tá caindo forte aqui…


Cláudio(rindo): Fique tranquilo,não tirei minha carteira ontem.


Cláudio continua dirigindo.


Corte para a


Cena 45-(Ponto de Ônibus/Externo/Manhã)


A câmera mostra Lincoln se levantando do banco do ônibus e ver um cachorro deitado no chão.


Lincoln sorri e ele coloca o jornal em cima do cachorro que acaba se assustando e corre em direção a avenida.


Começou a tocar trilha instrumental de tensão. 




Lincoln(gritando): Meu Deus!


Lincoln se levanta do banco e vai em direção ao cachorro no meio da avenida.


A trilha instrumental continuou tocando até a cena 47.


Corte para a


Cena 46-(Carro/Interno/Manhã)


A câmera mostra Magno se assustando ao ver Lincoln com o cachorro na frente do carro deles.


Magno(surpreso): Cláudio! Cuidado!


Cláudio aciona o freio e o carro para rapidamente.


Corte para a


Cena 47-(Avenida Paralela/Externo/Manhã)


A câmera mostra o carro atingindo o Lincoln que acabou caindo no chão desacordado.


Fim da trilha instrumental.


A tela congela e fica azulada.




Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.