Type Here to Get Search Results !

Marcadores

O PREÇO A SE PAGAR - CAPÍTULO 38

 




CENA 01/BARCO/MAR/INT/EXT/NOITE

MINGAU SE APROXIMA DE REBECA, QUE CONTINUA AMORDAÇADA E 

PRESA NO MASTRO. GATO PRÓXIMO. 


MINGAU Chegou a hora, princesa! É uma pena que uma belezinha como 

você tem que morrer, né? 

GATO Não podemos brincar um pouco antes de nos livrarmos dela não, 

Mingau? É até um desperdício jogarmos essa sereia pros peixes 

comerem sem nem termos provado. 

MINGAU Não temos tempo pra perder, Gato. Além do mais, outra sereia tão 

boa quanto essa nos espera em terra firme. 


MINGAU SACA SUA ARMA. UM VULTO NO MAR CHAMA ATENÇÃO DE 

GATO. É COMO ALGUÉM TIVESSE ACABADO DE ENTRAR NA ÁGUA. 


GATO (ASSUSTADO) VIU aquilo? 

MINGAU Viu o que, Gato? Deixa de besteira... 


MINGAU MIRA SUA ARMA EM DIREÇÃO A REBECA, QUE FECHA OS OLHOS 

E SE PREPARA. UMA BRILHO NO MAR SURGE DAS PROFUNDEZAS. UMA 

ONDA ALTA, QUE SURGE INESPERADAMENTE, ATINGE O BARCO, 

MEXENDO COM TUDO E COM TODOS. MINGAU E GATO PERDEM O 

EQUILIBRIO. A ARMA DE MINGAU VAI PARAR DO OUTRO LADO. MINGAU 

E GATO FICAM ASSUSTADO. REBECA, POR ESTAR AMARRADA, NÃO É 

MUITO AFETADA.


GATO Que foi isso?


MINGAU NÃO DEMONSTRA QUE FICOU ASSUSTADO COM A ONDA 

INESPERADA E MANTÉM-SE NO CONTROLE DA SITUAÇÃO. 


MINGAU Foi só uma onda, seu idiota! Uma onde forte... 

GATO Tá acontecendo alguma coisa de errado, Mingau. Tô sentindo 

isso. 

MINGAU Só não vai se borrar, Gato. E para de frescura! 

GATO Vamo embora, cara. Tem algo muito estranho aqui... 

MINGAU Vamos embora quando eu terminar o serviço. 


MINGAU VAI ATRÁS DA SUA ARMA. CORTA PARA O BARCO DE MOISÉS JÁ 

PRÓXIMO DO BAR ONDE REBECA ESTÁ. 


JEFERSON Ali estão eles. 


MOISÉS SE APROXIMA MAIS DO BARCO. O BARULHO DO MOTOR CHAMA 

ATENÇÃO DE MINGAU E GATO. 


GATO É o Jeferson! 

MINGAU Mas que merda, viu! 


ASSIM QUE MOISÉS APROXIMA MAIS O BARCO DO OUTRO, JEFERSON 

PULA E CONSEGUE SE AGARRAR NO BARCO E COM MUITA HABILIDADE 

ENTRA E CORRE PRA PERTO DE REBECA. MINGAU MIRA NOVAMENTE EM 

DIREÇÃO A REBECA. 


JEFERSON Não façam nada que possam se arrepender! 

MINGAU Saí da frente, Jeferson.


CENA 02/PRAIA/EXT/NOITE

PATRICIO, PEDRO E BEATRIZ OBSERVAM OS DOIS BARCOS NO MAR, 

DISTANTES. 


PATRÍCIO Vocês deviam ter me chamado o mais rápido possível. 

BEATRIZ Foi tudo tão de repente, delegado. 

PEDRO Salva a vida da Rebeca, delegado Patrício. Não deixe que nada 

Aconteça a ela. 

PATRÍCIO Eu vou avisar a guarda-costeira!


PATRÍCIO PEGA SEU CELULAR E SE AFASTA. 


BEATRIZ E nós, o que vamos fazer?

PEDRO Rezar, Beatriz. Pedir pra que tudo termine bem!

BEATRIZ Foi seu pai, não foi?

PEDRO Ele disse que não. Mas parece que alguma coisa se quebrou entre 

nós dois. E não consigo mais acreditar no que ele fala...


CENA 03/BARCO/MAR/INT/EXT/NOITE

MINGAU CONTINUA COM ARMA APONTADA 

PRA REBECA. JEFERSON ESTA NA SUA FRENTE, COMO UM ESCUDO. 

JEFERSON Eu te dou dinheiro, meu carro, o que vocês quiserem. Só não faça 

nenhuma besteira com essa arma. 

GATO Escuta ele, Mingau. Tô achando melhor acabarmos com isso de uma 

vez!


MINGAU FICA MUITO TENSO VENDO A SITUAÇÃO SAIR DO SEU 

CONTROLE. 


MINGAU (FURIOSO) Cala a boca, seu merda!


GATO SE AFASTA. ESCUTA PASSOS, AO OLHAR PRA TRÁS VÊ MOISÉS, QUE 

LHE GOLPEIA COM UM OBJETO PESADO. GATO CAÍ DESMAIADO. MINGAU 

VIRA-SE PRA VER O QUE ACONTECEU E NESSE MOMENTO JEFERSON SE APROVEITA DA SITUAÇÃO PRA TENTAR PEGAR A ARMA DE MINGAU. 

MOISÉS CORRE PRA PERTO DE REBECA, TIRANDO SUA MORDAÇA E LHE 

DESAMARRANDO. OS DOIS SE ABRAÇAM. 


MOISÉS Você está bem?

REBECA Estou tio...


MINGAU E JEFERSON CONTINUAM BRIGANDO. ATÉ QUE MINGAU LEVA A

MELHOR EM UM GOLPE, CONSEGUINDO DERRUBAR JEFERSON. MESMO 

TREMENDO MUITO, MINGAU ATIRA NA DIREÇÃO DE JEFERSON. A BALA 

PEGA DE RASPÃO. JEFERSON CAÍ. 


REBECA (GRITA) Jeferson! 


SEM SABER O QUE FAZER, MINGAU PULA NO MAR.


CENA 04/PRAIA/EXT/NOITE

PEDRO, BEATRIZ E PATRÍCIO ESCUTAM O TIRO. 


PATRÍCIO Tiro! 

PEDRO Foi sim! 

BEATRIZ Meu Deus! 


MEIRINHO SE APROXIMA CORRENDO. 

MEIRINHO Já avisei os outros pescadores e o pessoal já está indo pra água 

ajudar... 

BEATRIZ Tomara que não seja tarde de mais... 

MEIRINHO Não diga isso, Beatriz. Eles estão nas águas de Iemanjá. Beatriz é 

filha da rainha do mar. E uma mãe sempre protege seus filhos de 

todo mal e novamente ela vai salvar a vida da Rebeca! 

PATRÍCIO A guarda costeira já foi avisada e está vindo. 

PEDRO Só espero que tudo termine bem. (BAIXO) Não posso te perder, 

Rebeca. Não posso te perder pela sua segunda vez não!


CENA 05/GALPÃO/INT/MADRUGADA

RUFINO ABRE A PORTA DO GALPÃO. A LUZ DO LUAR ILUMINA SEU 

INTERIOR. EVA ESTA SENTADA EM SUA CAMA, REZANDO, DE OLHOS 

FECHADOS, SEM OLHAR PRA RUFINO.


RUFINO Não adianta mais rezar, Eva. Seu tempo acabou! 

RUFINO PEGA SUA ARMA E APONTA NA DIREÇÃO DE EVA. 

RUFINO Hoje me livro de você!


RUFINO ENGATILHA SUA ARMA E PREPARA-SE PRA ATIRAR, QUANDO É 

ATINGIDO NA CABEÇA POR UMA PÁ. RUFINO CAÍ DESMAIADO. EVA VÊ 

GORETE, SEGURANDO A PÁ. EVA FICA EM CHOQUE, SEM REAÇÃO, COM O 

QUE ACABA DE ACONTECER. 


GORETE Vem... não temos muito tempo. Logo ele vai acordar! 


EVA LEVANTA E SAÍ DO GALPAO, SEGUINDO GORETE. ELA PEGA A ARMA 

DE RUFINO E LEVA CONSIGO. RUFINO FICA ALI CAÍDO.


CENA 06/PASSAGEM DE TEMPO

LEGENDA: DIAS DEPOIS...


CENA 07/CLÍNICA MÉDICA/INT/DIA

REBECA ESTÁ SENTADA EM FRENTE A UMA MÉDICA, QUE SEGURA O 

RESULTADO DO EXAME QUE REBECA FEZ. 


REBECA Então, doutora? Qual o resultado do exame? 

MÉDICA Você está grávida, Rebeca!

REBECA (REAGE) Grávida?

MÉDICA Não desconfiava? Você está com quase um mês, Rebeca. 

REBECA Realmente não veio no período certo. Sempre fui muito regular. 

Mas com minha vida virando de cabeça pra baixo, confusão atrás 

de confusão, achei que fosse apenas o estresse e não dei 

importância. 

MÉDICA Mas é um bebê, que está crescendo aí dentro de você. 

REBECA Cuidando das pessoas, que acabei de cuidar de mim mesmo!

MÉDICA Vou pedir outros exames... 

REBECA ABAIXA SUA CABEÇA NA MESA, ABALADA.


CENA 08/CASA TURÍBIO/QUARTO ISABEL/INT/DIA

ISABEL SEGURA O FRASCO QUE GORETE LHE DEU. 

ISABEL Já que aquela desgraçada da Rebeca não morreu... vou ter que 

partir para o plano B. E vai ser essa noite. Hoje à noite você vai 

ser apaixonar por mim, Jeferson. E você será só meu! 

ISABEL RI, FELIZ, COM SEU PLANO.


CENA 09/PRAIA/PEDRA AZUL/EXT/DIA

JEFERSON ESTÁ SENTADO, OBSERVANDO O MAR. ELE USA UM CURATIVO 

NO FERIMENTO PROVOCADO PELA BALA. SENTE UM ARREPIO PELO 

CORPO. 


JEFERSON Que sensação estranha... 


AO FUNDO VEMOS REBECA ESTACIONANDO O CARRO. ELA DESCE E 

CAMINHA SE APROXIMANDO DE JEFERSON. 


JEFERSON Rebeca? 

REBECA Posso me sentar?

JEFERSON Claro! 


REBECA SENTA DO LADO DE JEFERSON. 

JEFERSON Já que ainda não consigo surfar, por causa do ferimento, fico aqui, 

mantando firme minha conexão com o mar, com a água. 

REBECA Acho que ainda não consegui agradecer a altura pelo que você fez 

por mim. Sua coragem, valentia de ter me salvado. 

JEFERSON Não deixaria que nada nem ninguém te fizesse mal, Rebeca. 

REBECA Você realmente me ama desse jeito, Jeferson? 

JEFERSON Ainda não perdi as esperanças de ter você de volta. Mas entendo 

seus conflitos de sentimentos, já que ainda gosta do Pedro. 

REBECA Eu e Pedro nunca ficaremos juntos. Ele é um padre e não tem 

como mudar esse fato. 

JEFERSON Por que tocou nesse assunto, Rebeca? 

REBECA O sacrifício que fez por mim, arriscando sua vida, me mostrou o 

qual grande é seu sentimento por mim. E eu tomei uma decisão. 

JEFERSON Qual decisão? 

REBECA Você ainda quer se casar comigo, Jeferson?


JEFERSON REAGE.


CORTA PARA 


FIM DO CAPÍTULO 38





Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.