Type Here to Get Search Results !

Marcadores

SAGRADA FAMÍLIA - CAPÍTULO 14

 



SAGRADA FAMÍLIA

“Capítulo 14”

 

Novela criada e escrita por

Wesley Franco

 

Personagens deste capítulo

ALEXANDRE

CARUSO

SOL

GUILHERME

EDUARDO

BÁRBARA

NATHALIA

MURILO

BEATRIZ

ARLETE

MELISSA

TARCÍSIO

GLÓRIA

ASCANIO


Esta é uma obra de ficção e sem compromisso com a realidade.

 

CENA 1. RIO DE JANEIRO. AEROPORTO. INT. PISTA DE POUSO. DIA.

O jatinho trazendo Murilo pousa na pista do aeroporto e estaciona. Uma Porsche Macan vermelha se aproxima e para próximo ao jatinho, de dentro da Porshe desce Bárbara que fica parada no capô do carro. A porta do jatinho abre e Murilo desce, ao ver Bárbara ele demonstra surpresa.

BÁRBARA – (sorrir) Gostou da surpresa meu amor?

MURILO – Confesso que não esperava.

BÁRBARA – Não podia deixar de vim te receber aqui no aeroporto.

MURILO – Não precisava ter vindo, eu podia pegar um táxi daqui mesmo.

BÁRBARA – Claro que não, eu não ia deixar o meu noivo pegar um táxi sendo que eu estava disponível para vim aqui.

MURILO – Você não deveria tá cuidando do desfile?

BÁRBARA – Já está tudo pronto e os detalhes finais o Eduardo consegue resolver tudo sozinho, não precisa de mim. Almoçamos?

MURILO – Jantamos, eu preciso ir direto para fábrica.

BÁRBARA – Tudo bem. (sorrir) Entra no carro.

CORTA PARA

CENA 2. CASA DE ADÉLIA. INT. SALA DE ESTAR. DIA.

Sol está em uma ligação no telefone em pé de frente a janela da casa, enquanto Guilherme está no sofá sem camisa vestindo apenas uma bermuda assistindo televisão.

SOL – (ao telefone) Tudo bem, é só o tempo mesmo de eu botar uma roupa e chego ai. Obrigada! (sorrir)

SOL – (desliga o telefone e grita) Eu consegui! Eu consegui!

GUILHERME – Conseguiu o que?

SOL – O emprego de secretária na Castro Cosméticos, acabaram de me ligar, querem que eu já comece hoje mesmo.

GUILHERME – (se levanta e abraça Sol) Parabéns minha irmã, que notícia boa, você ficou dias falando sobre isso.

SOL – (sorrir) Sim, sim, é uma oportunidade muito grande para eu começar a minha carreira.

GUILHERME – Você vai brilhar Sol, você é muito boa em tudo que você faz. (sorrir)

SOL – Agora eu preciso me trocar. Faz um favor pra mim?

GUILHERME – Até dois, porque você está merecendo?

SOL – Liga pro Pedro para mim? Pede pra ele vim me buscar para me levar lá. (começa a andar em direção ao banheiro) Vai ligando pra ele enquanto tomo um banho e me arrumo.

CORTA PARA

CENA 3. SALVADOR. CASA DE JOGOS. INT. DIA.

Tarcísio está sentado em uma mesa jogando poker com outra pessoa, ele está bastante concentrado, até que seu adversário no jogo faz uma jogada que lhe garante a vitória.

TARCÍSIO – (aflito) Perdi!

ASCANIO – E perdeu feio, só em fichas aqui deve ter em torno de uns 1500 reais.

TARCÍSIO – É todo o dinheiro que eu tinha, vou ficar sem nenhum.

ASCANIO – A gente nunca pode apostar tudo que tem, lição número um. (sorrir)

CORTA PARA


CENA 4. SALVADOR. CASA DE HELENA. INT. QUARTO DE GLÓRIA E TARCÍSIO. DIA.

Glória está deitada em sua cama enquanto Helena está sentada na cama dando comida na boca de Glória.

HELENA – Ah essas horas o Murilo já deve ter chegado no Rio de Janeiro, ele disse que assim que pudesse ligaria avisando.

GLÓRIA – Você realmente acha que ele vai ligar minha filha?

HELENA – Ele prometeu que ligaria, eu sinto aqui dentro do peito mãe que não foi uma aventura, ele realmente quer ficar comigo.

GLÓRIA – Um homem do Rio de Janeiro que apareceu do nada e some do nada, eu não confiaria tanto nisso.

HELENA – Eu confio, porque ele me passou muita confiança, a gente viveu dias muito felizes aqui, foi tudo muito intenso.

GLÓRIA – Não coloque muitas expectativas minha filha, esse homem pode não aparecer nunca mais.

HELENA – Ele vai aparecer! Tenho certeza que vai.

CORTA PARA

CENA 5. CASTRO COSMÉTICOS. INT. SALA DA PRESIDÊNCIA. DIA.

Murilo bate na porta e encontra Nathalia sentada.

NATHALIA – Como foi a viagem?

MURILO – Consegui resolver tudo, foi um problema técnico que não vai mais acontecer, todos os responsáveis foram demitidos, porque se tratou de uma grande negligência.

NATHALIA – Decisão muito acertada, podia colocar em risco a credibilidade da empresa justamente nas vésperas do lançamento da novela coleção.

MURILO – Sim, foi um erro gravíssimo que não podíamos tolerar.

NATHALIA – E deu para você conhecer a cidade? Dizem que a Bahia é maravilhosa.

MURILO – Pouco, mas deu sim, eu tive uma guia que me ajudou bastante. Inclusive eu gostaria de pedir alguns dias de férias depois do lançamento da novela coleção para que eu volte lá.

NATHALIA – Se você me prometer que volta antes da cerimônia da minha premiação, você está liberado assim que o lançamento acontecer. (sorrir)

MURILO – Eu prometo que estarei aqui sim, não perco essa cerimônia pro nada. (sorrir)

CORTA PARA

CENA 6. RIO DE JANEIRO. EXT. NOITE.

Tomada de vários pontos da cidade do Rio de Janeiro á noite, sendo a última tomada a parte exterior de um restaurante.

CORTA PARA

CENA 7. RESTAURANTE. INT. SALÃO. NOITE.

Bárbara e Murilo estão sentados em uma das mesas, o garçom serve uma taça de vinho para os dois e o deixam a sós.

BÁRBARA – Me conta meu amor, como foi a viagem a Salvador? Sempre quis conhecer a Bahia, acho que podíamos ir juntos na próxima vez, o que acha?

MURILO – Nós precisamos conversar Bárbara, sobre um assunto muito importante.

BÁRBARA – Eu também preciso conversar com você sobre um assunto sério. Quem quer começar?

MURILO – Pode ser você.

BÁRBARA – O Eduardo e a Beatriz estão organizando o noivado deles, eles pretendem fazer um jantar para anunciar a todos, eu pensei que a gente podia aproveitar e fazer o nosso noivado junto com eles. O que você acha? Seria lindo, dois irmãos noivando no mesmo dia e na mesma festa.

MURILO – Não vai ter mais noivado Bárbara.

BÁRBARA – (confusa) Como assim? Tem que ter meu amor, não precisamos pular etapas, primeiro a festa de noivado e depois o casamento, se o problema for dinheiro, não precisa se preocupar com isso, meu pai paga tudo.

MURILO – Você não entendeu, eu quero terminar o nosso relacionamento.

BÁRBARA – (surpresa) Terminar? Você enlouqueceu Murilo?

MURILO – É o melhor a ser feito, nós não estamos no mesmo ritmo há muito tempo, não é possível que você não tenha percebido.

BÁRBARA – Eu achei que era uma fase, como eu podia imaginar que na verdade eu estava te perdendo? São anos de namoro Murilo, você não pode simplesmente terminar assim.

MURILO – É melhor pararmos por aqui, porque não vamos avançar para lugar nenhum.

BÁRBARA – Mas eu te amo, eu não posso viver sem você Murilo.

MURILO – Eu não te amo mais Bárbara, eu quero acabar com tudo isso.

Bárbara se levanta.

MURILO – Onde você vai?

BÁRBARA – Eu preciso sair daqui se não eu vou explodir esse restaurante.

MURILO – A gente precisa terminar de conversar Bárbara.

BÁRBARA – Nós não temos mais nada que conversar.

Bárbara sai e deixa Murilo sozinho.

CORTA PARA

CENA 8. RIO DE JANEIRO. EXT. NOITE/DIA.

SONOPLASTIA: No Roots – Alice Merton

Tomada de vários pontos da cidade do Rio de Janeiro, durante a noite, depois durante o dia e novamente durante a noite.

CORTA PARA

CENA 9. CASTRO COSMÉTICOS. INT. SALÃO DE EVENTOS. NOITE.

SONOPLASTIA: No Roots – Alice Merton

O salão está repleto de convidados, todos estão se acomodando em seus lugares, na primeira fileira há destaque para Nathalia, Beatriz, Alexandre, Renata, Caruso, Arlete, Melissa e Murilo. O desfile começa e os modelos começam a desfilar, cada um vestindo cores e roupas que remetem aos frascos de cada novo perfume que está sendo lançado. Dentre os modelos, desfila com grande destaque Guilherme, o seu desfile chama a atenção de Melissa que olha para o modelo com olhar de desejo. Após passar todos os modelos, eles retornam e logo atrás vem Bárbara e Eduardo, todos aplaudem intensamente o desfile. Vários Stands são colocados pelo salão com todas as novas fragrâncias lançadas, todos os convidados começam a experimentar os novos lançamentos. Melissa vai até Bárbara que está conversando com um pequeno grupo.

SONOPLASTIA OFF

MELISSA – Parabéns minha filha, a coleção está maravilhosa e essas novas fragrâncias então, quero uma de cada.

BÁRBARA – Obrigado mamãe, foi tudo perfeito!

MELISSA – E aquele modelo que desfilou por último, quem é?

BÁRBARA – Os nomes eu não faço idéia, só o Eduardo que conhece todos eles.

MELISSA – Falando em Eduardo, onde ele está?

BÁRBARA – Ele estava aqui agora há pouco, deve está conversando com alguém.

CORTA PARA

CENA 10. CASTRO COSMÉTICOS. INT. SALA DE EDUARDO. NOITE.

Eduardo entra na sala com uma pessoa misteriosa que não é revelada, a sala está bastante escura e quase não dá para ver nada.

EDUARDO – Isso é uma loucura sabia? Sair no meio do lançamento de uma coleção para vim transar dentro da minha sala. (rir)

EDUARDO – Temos que ser rápidos, porque logo vão notar a minha falta.

EDUARDO – Tira a roupa bem rápido vai, mas só a parte de baixo para facilitar na hora de se vestir. (sorrir)

CORTA PARA

CENA 11. CASTRO COSMÉTICOS. INT. SALÃO DE EVENTOS. NOITE.

Nathalia conversa com Caruso e Arlete que comentam sobre a nova coleção, até que Beatriz interrompe a conversa dos três.

BEATRIZ – Nathalia, a Adélia acabou de ligar, ela falou que não conseguiu contato com você e acabou ligando para mim.

NATHALIA – Meu celular descarregou, coma  correria não conseguir colocar para carregar. O que aconteceu?

BEATRIZ – Parece que o Jayme piorou, o médico já está lá e estão chamando a família.

CONGELAMENTO EM NATHALIA ASSUSTADA.



Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.