Type Here to Get Search Results !

Marcadores

Entrelaçados- Capítulo 13



CAPÍTULO  13


Criada e Escrita por ANDIE ARAÚJO 


Diretor de Núcleo DENNIS CARVALHO 





CENA 01.SALA DO DELEGADO/ DELEGACIA DE POLÍCIA CIVIL. INT. DIA.

Continuação da cena 10, do capítulo anterior. Tônia desapontada sai sem dizer uma palavra sequer. Mauro adentra ajeitando o terno.


MAURO todo orgulhoso: Mauro Santana, advogado da Zuleica da Cruz.


Mauro cumprimenta o Delegado Lourival com um aperto de mão. Mauro orgulhoso. Zu se descontrolada.


ZU revoltada: Isso é  pura injustiça comigo!


MAURO: Acalma-se, Dona Zuleica! Eu vou conversar com o delegado e depois conversaremos. O mais breve estará tudo resolvido.


Zu assente. Dois policiais a acompanham para fora da sala. Mauro senta-se à mesa e começa a conversar com o delegado, fora de áudio.

Corta para:


CENA 02. SALA DE ESTAR/CASA DE TÔNIA. INT. DIA.


Tônia chegando em casa acompanhada por Gardênia. Tônia joga a bolsa no sofá.


TÔNIA: Só não dei queixa da correntinha para não me decepcionar mais…


GARDÊNIA: Ela deve ter pegado por engano, sei lá.


TÔNIA: Acho que ela ia vender para comprar mais… comprar mais drogas!


GARDÊNIA: A senhora está julgando a Zu injustamente. Ela é sua empregada há anos!


TÔNIA: A ocasião faz o ladrão. Ela deve ter esperado o momento certo. Ela cálculo direitinho, Gardênia. Eu não quero saber mais dela aqui, perdi a confiança. Quebrou igual vidro, não tem conserto.


Olhar triste, decepcionado de Tônia.

Corta para:


CENA 03. RIO DE JANEIRO. EXT. DIA/NOITE.

Ao som de “Caminhos Cruzados - Ana Solari”. Stock-shots dos cartões postais da Cidade: Arcos da lapa, Bondinho de Santa Teresa, Maracanã, Relógio da Central do Brasil, Praia do Flamengo. Termina na Fachada da Casa de Margarido já de noite.

Corta para:


CENA 04. SALA DE JANTAR/ CASA DE MARGARIDO. INT. NOITE.

Toda a família reunida em volta da mesa, jantando.


JASMIN: Uma pena Miguel ter se ausentado nesse momento chato da Zu. Logo agora que a Zu precisa dele.


MARGARIDO: Verdade, minha filha. Miguel aqui seria muito bom.


GARDÊNIA: Mas tem um bom advogado criminalista, Mauro Santana, cuidando do caso. Acho que vai dar bom nesse julgamento de custódia, né?


JASMIN: Amanhã tudo tem que dar certo!


NARCISO: Espero, né! Nem acredito que usei esse corpinho aqui para ajudar alguém a fugir?


JASMIN: Ela não tava tentando fugir, Narciso. Melhor você calar a boca e ir posar pro Instagram, hein? Só fala bosta!


NARCISO (Ri debochado): Vou mesmo! Ganho mais!


Narciso sai da mesa.


MARGARIDO: Esse moleque não se ajeita. Conseguiu o Cursinho para ele?


GARDÊNIA: Sim, querido, tá tudo certo. Começa amanhã, acho. Vou ver depois e falo com ele.


Eles continuam a jantar.

Corta para:




CENA 05. SALA DE ESTAR/ CASA DE DINORÁ. INT. NOITE.


Dinorá na mesa de costura. Helena está arrumada, com um vestido vermelho, bem bonita.


DINORÁ: Eu tô triste com tudo isso axontecendo, sabe? A Zu não merecia uma injustiça dessas!


HELENA: O jeito é xonfiar no advogado, mãe, e tudo será esclarecido nos mínimos detalhes.


DINORÁ: Falando em detalhe: vai sair com alguém?


HELENA: Vou a um jantar, mamãe… é um jantar de agradecimento.


Funde com:


CENA 06. HALL DE CONSULTÓRIO/CLÍNICA MÉDICA. INT. DIA.

Flash Back inédito. Lia se desvencilhando de um abraço com Helena.


LIA: Se não fosse por você, eu nem estaria aqui! Muito obrigada, Helena!


HELENA: É o meu trabalho. Salvar vidas, seja no fogo seja na água.


LIA: Você foi dez!


HELENA: Que nada! (Risos)


Leonardo se aproxima.


LIA: Que tal Helena jantar lá em casa, papai? Hoje!


LEONARDO surpreso: Jantar?!


Leonardo pouco receoso. Helena e Lia esperando uma resposta.

Corta para:


CENA 07. SALA DE ESTAR/ CASA DE DINORÁ. INT. NOITE.

Continuação da cena 05. Helena se vê no espelho. Dinorá admira a filha.


HELENA: Estou bem para um jantar informal?


DINORÁ: Até demais, Dona Helena!


Helena ri e joga uma almofada na mãe, ela manda beijos e sai.

Corta para:


CENA 08. CELA DE DELEGACIA. INT. NOITE.

A CAM passeia celas da Delegacia até chegarmos em Zu. Ela olha tudo aquilo com nojo. Ela ali grudada na grade.


ZU chorosa: Eu não fiz nada, meu Deus! Eu sou inocente, armaram contra mim!


Ela ali chora e vai deslizando até sentar ao chão.

Corta para:


CENA 09. SALA DE ESTAR/ APART. DE MAURO. INT. NOITE.

Tilintar de chaves. Mauro abrindo a porta, adentra. Lucca vem de encontro com o pai e lhe abraça. Mauro o beija na cabeça.


LUCCA: Como foi lá na delegacia?


MAURO: Cansativo. Vai dar um pouco de trabalho, filho. Vou me empenhar o máximo.


Judite vem da cozinha.


JUDITE: Cheguei do trabalho e já fiquei sabendo da novidade. Lucca está radiante. E você também, meu amigo! Fiquei te  esperando para te parabenizar por esse processo que você pegou para defender.


Mauro alegre a abraça, ela fica surpresa.

Corta para:


CENA 10. SALA DE ESTAR/ FLAT DE LEONARDO. INT. NOITE.


Campainha toca. Lia toda entusiasmada atende. A jovem abre um sorriso.


LIA: Minha salvadora!


A CAM revela Helena toda linda de vermelho. As duas se abraçam. Leonardo termina de arrumar a manga da camisa. Os olhares dele e de Helena se cruzam.


A cena congela, um esfumaçado azul, como se fosse uma neblina.

FIM DO CAPÍTULO




Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.