Type Here to Get Search Results !

Marcadores

TERRA DO SOL - 14 ( REPRISE) - ÚLTIMOS CAPÍTULOS

 


• TRANSIÇÃO DE TEMPO: ALGUNS DIAS DEPOIS •



CENA 1: EXTERIOR. TRIBUNAL DE JUSTIÇA. ESCADARIA. DIA



EM PLANO ABERTO A CÂMERA MOSTRA QUE UM MAR DE GENTE ESTÁ

REUNIDA NA ESCADARIA DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA. ENTRE ESSAS

PESSOAS ESTÃO MUITOS JORNALISTAS QUE ESTÃO ESPERANDO PARA

REGISTRAR A ENTRADA DE MITSUKO. LOGO DEPOIS UM CARRO CHEGA

AO LOCAL, E PODEMOS DESCER DO CARRO. OS JORNALISTAS COMEÇAM

A TORAR MUITAS FOTOS DA VILÃ QUE ESTÁ MUITO IRRITADA.

 

JORNALISTA 1(figurante): - Mitsuko…. Por favor uma declaração. O que

você tem a dizer sobre essas acusações? São verdadeiras?

MITSUKO (irritada): - Fiquem longe de mim, seus abutres. Eu sou inocente

e o dia de hoje ficará provado que estou sendo vítima de calúnia.

JORNALISTA 2: - Mitsuko…. As provas contra você são irrefutáveis. É

verdade que a sua ex-nora vai testemunhar hoje contra você?

 

MITSUKO VAI FICANDO NAIS NERVOSA. AS CÂMERAS VÃO REGISTRANDO

TUDO QUE ACONTECE AO SEU REDOR. ASSIM QUE ELA TERMINA DE

SUBIR AS ESCADARIAS ELA FICA FRENTE A FRENTE COM KEIKO.

 

MITSUKO (sorrindo): - Está satisfeita sua desgraçada? Conseguiu fazer

todo esse circo por causa de que? Da morte do seu avô? Isso não vai

trazer ele de volta, Keiko. E no final eu irei vencer.

KEIKO (séria): - Tudo o que eu quero é fazer justiça. Hoje o meu avô será

vingado, e todas as mulheres que um dia sofreram nas suas mãos terão

paz desse inferno. Você merece ficar na cadeia.

MITSUKO: - Se essa é a sua última palavra então que assim seja, Keiko.

Mas eu só te digo uma coisa. Você não sabe do que eu realmente sou

capaz de fazer com quem atravessa o meu caminho.

 

UM GUARDA LEVA MITSUKO PARA DENTRO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA.

OS JORNALISTAS FICAM EM VOLTA DE KEIKO TIRANDO VÁRIAS FOTOS.

 

//

CENA 2: INTERIOR. CASA DE DORALICE E ZECA. SALA. DIA

UMA BATIDA NA PORTA PODE SER OUVIDA. DORALICE A PORTA E FICA

SURPRESA AO VER RAMON PARADO EM SUA PORTA. LOGO DEPOIS ELA

CONVIDA RAMON PARA ENTRAR, E ELE ACEITA. ELES FICA SE OLHANDO

POR ALGUNS INSTANTES EM UM SILÊNCIO PROFUNDO.



DORALICE (séria): - O que foi que aconteceu com você, Ramon? Você está

tão diferente? Você pensou em tudo o que eu te disse?

RAMON (envergonhado): - Eu disse estou tão envergonhado de tudo que

eu fiz a nossa família passar, Doralice. Hoje eu vejo que você sempre foi a

mulher da minha vida. Me perdoe por tudo que eu te fiz.

DORALICE: - Eu já te perdoei faz tempo, Ramon. Tudo o que eu queria era

proteger a nossa família. Eu sempre te amei. Apesar dos seus erros..

 

DORALICE E RAMON SE APROXIMA E DÃO UM FORTE ABRAÇO. NESSE

MOMENTO ZECA ENTRA EM CASA E FICA FELIZ AO VER A CENA DE SEUS

PAIS SE ABRAÇANDO. RAMON FICA UM POUCO APREENSIVOS.

 

RAMON (preocupado): - Meu filho…. Eu não quero que você se irrite

comigo. Eu já estou indo embora. Eu vim apenas conversar com a sua mãe

e pedir perdão por tudo o que fiz. Eu sei que eu machuquei vocês.

ZECA (sorrindo): - Fica mais um pouco, pai. Eu vi a sua conversa com a

Ayumi. Nós tivemos as nossas diferenças, mas eu vejo no seu olhar o

quanto você quer mudar. Isso é o que importa para mim.

DORALICE: - O nosso filho está certo, Ramon. Apesar de todos os nossos

erros, ainda somos uma família. Isso é uma coisa que ninguém vai mudar.

RAMON (aliviado): - Vocês não podem imaginar o peso que vocês estão

tirando das minhas costas. Eu me culpo por tudo que eu fiz. Eu sei que vai

demorar para ter a confiança de vocês novamente. Mas eu quero fazer por

merecer ter a chance de voltar a ser um homem honrado.

 

ZECA ESBOÇA UM SORRISO. ELE E RAMON DÃO UM ABRAÇO REPLETO DE

EMOÇÃO. DORALICE SORRI DE MUITA FELICIDADE.

//

CENA 3: EXTERIOR. HOTEL. PISCINA. DIA

O SOL ESTÁ RAIANDO NO CÉU. CLOSE EM FABIANA QUE ESTÁ NADANDO

NA PISCINA. LOGO DEPOIS ELA SAI DA PISCINA TOTALMENTE SENSUAL.

ALGUNS SEGUNDOS DEPOIS LUCAS VEM ANDANDO NA DIREÇÃO DE

FABIANA QUE SORRI. O SEMBLANTE DE LUCAS É BEM SÉRIO.



FABIANA (sorrindo/cínica): - Eu sabia que um dia você iria perceber que eu

sim sou mulher para você, Lucas. A Keiko jamais vai saber como te fazer

feliz. Porque você não vem aqui e me dá um beijo?!

 

FABIANA TENTA BEIJAR LUCAS, MAS ELE A AFASTA. A VILÃ FICA MUITO

NERVOSA COM A RECUSA DE LUCAS.

 

LUCAS (sério): - Um dia eu te fiz uma promessa e eu estou para cumprir

essa promessa, Fabiana. (P) Fabiana Monteiro…. Você está presa pelo

assassinato de Alice Noronha. É melhor você não resistir.

FABIANA: - Que espécie de brincadeira é essa? Você não pode estar

falando sério, , Lucas. Eu não vou aceitar isso de forma nenhuma. Você

não tem provas contra mim. Isso é um absurdo.

 

LUCAS VAI CHEGANDO CADA VEZ MAIS PERTO DE FABIANA. O NOSSO

PROTAGONISTA OLHA BEM NO FUNDO OS OLHOS DA VILÃ.

 

LUCAS (sussurrando): - A sua casa caiu, Fabiana. A Mitsuko confessou para

o Hayato que você foi quem quis a morte da Alice desde o começo. Você

ainda não entendeu a gravidade do que está y, não é mesmo? Finalmente

você vai saber o sabor das consequências de seus atos.

FABIANA (gritando): - Eu matei a Alice mesmo, e eu faria tudo de novo.

Tudo o que eu fiz foi porque eu te amo, Lucas. Quando é que você vai

entender que eu sempre fui louca por você?

LUCAS: - Que espécie de amor é essa que beira a loucura? Você para mim

não passa de uma assassina que deveria estar na cadeia. (P) Mas eu vou

corrigir esse erro agora mesmo. Eu já disse e vou repetir. Você está presa.

LUCAS ALGEMA FABIANA NO MEIO DE TODOS OS HÓSPEDES DO HOTEL.

ELE VAI LEVANDO A VILÃ PRESA EM MEIO A VAIAS DE TODOS.

 

//

CENA 4: INTERIOR. TRIBUNAL DE JUSTIÇA. SALA DE JULGAMENTO. DIA

MUITAS PESSOAS REUNIDAS NA SALA DE JULGAMENTO, E ENTRE ELAS

ESTÁ KEIKO QUE ESTÁ SENDO ACOMPANHADA POR ESTELA. NESSE

MOMENTO UM OFICIAL DE JUSTIÇA VEM TRAZENDO MITSUKO

ALGEMADA. TODOS FICAM EM SILÊNCIO. A CÂMERA FOCA O JUIZ QUE

COMEÇA OS TRÂMITES DO JULGAMENTO.



JUIZ (figurante): - Hoje estamos reunidos para realizar o julgamento de

Mitsuko Ishida que está acusada de tráfico de pessoas, lavagem de

dinheiro, e assassinato. Que a acusada dirija as suas primeiras palavras.

MITSUKO (fingindo): - Meritíssimo…. Essas acusações contra mim são um

verdadeiro delírio coletivo. Eu sou uma empresária renomada

mundialmente, e eu não vou ficar aqui sendo acusada de algo que eu não

fiz. Isso é totalmente inconcebível..

JUIZ: - A senhora tem que concordar que as provas contra você são

irrefutáveis. Se tiver uma forma de provar que essas provas não são

verdadeiras, essa é a hora de fazer isso, pois a sua situação é delicada.

 

MITSUKO FICA EM SILÊNCIO. ELA OLHA PARA SEU ADVOGADA QUE NÃO

TOMA UMA ATITUDE. NESSE MOMENTO O PROMOTOR VAI ATÉ O

CENTRO DO JÚRI PARA EXPÔR OS SEUS ARGUMENTOS.

 

PROMOTOR (figurante): - Senhor Meritíssimo e senhores do júri. Essa

mulher que está em nossa frente fingindo ser uma pessoa acima de

qualquer suspeita é uma assassina da pior espécie e eu irei provar o meu

argumento com a presença da minha primeira testemunha. (P) Que entre

o senhor Celso Cipriatris.

 

TODOS NO RECINTO FICAM EM SILÊNCIO. KEIKO NÃO CONSEGUE

ACREDITAR NO QUE ESTÁ ACONTECENDO. MITSUKO ESTÁ PÁLIDA.

 

PROMOTOR (cont.): - Então, senhor Celso Cipriatris nos conte qual é a sua

relação com a acusada Mitsuko Ishida. O que ela fez de tão ruim para estar

aqui sendo julgada nesse dia.

CELSO (frio): - Essa mulher é uma das pessoas mais desprezíveis que eu já

conheci em minha vida. Ela é sim a chefe da organização que trafica

mulheres para o continente europeu. Ela matou um de seus capangas e o

avô da minha filha que está aqui presente.

MITSUKO: - Maldito!!! Meritíssimo não acredite nem por um momento

nada palavras desde calhorda. Vocês querem a verdade? Então é isso que

vocês vão ter. Eu cansei de ficar na defensiva. Agora eu vou atacar.

 

O JUIZ TENTA MANTER A ORDEM. CELSO OLHAR CINICAMENTE PARA

KEIKO QUE ESTÁ IMPACIENTE. MITSUKO OLHA COM MUITO ÓDIO PARA

CELSO QUE RETRIBUI O OLHAR DA VILÃ COM CINISMO.

 

 

O JUIZ CONSEGUE FAZER COM QUE TODOS MANTENHAM A IRDEM E DECORO. O JUIZ VOLTA O SEUOLHAR PARA MITSUKO. KEIKO FICA ENCARANDO CELSO.

 

JUIZ (figurante): - O que a senhora estava dizendo, dona Mitsuko?

Resolveu falar a verdade de uma vez por todas? Agora é chegada a hora

de você confessar todos os seus crimes. Está preparada?

MITSUKO (ardilosa): - Se vocês querem saber eu sou mesmo a chefe

dessa organização criminosa. Essas mulheres são menos que nada para

mim. Eu matei e mataria de novo se fosse preciso. No final das contas o

que manda é o dinheiro e o poder que possuímos.

JUIZ: - Eu tenho que admitir que eu estou surpreso com o rumo que esse

julgamento está tomando. E a se a acusada me permite um comentário

pessoal. Você é a pior pessoa que eu tive o desprazer de conhecer em toda

a minha vida jurídica, Mitsuko.

 

O ÓDIO PODE SER VISTO NO OLHAR DE MITSUKO. ELA LANÇA SEU

OLHAR PARA KEIKO QUE VAI FICANDO INCOMODADA.

 

MITSUKO (gritando): - Está satisfeita, Keiko. Agora todos sabem que eu

soud e verdade. A culpa é toda sua, desgraçada. Eu deveria te matar.

JUIZ (figurante): - Silêncio!!! Para mim já chega de todo esse circo. Os

jurados vão se reunir para selar o seu destino, Mitsuko.

 

SEM PENSAR DUAS VEZES KEIKO SAI CORRENDO DA SALA DE

JULGAMENTO. ESTELA VAI ATRÁS DELA BEM PREOCUPADA.

 

• 2 HORAS DEPOIS •



CENA 5: INTERIOR. TRIBUNAL. CORREDOR. DIA

A CÂMERA MOSTRA A SURPRESA NO OLHAR DE KEIKO AO DESCOBRIR

ESTÁ GRÁVIDA. NESSE MOMENTO LUCAS CHEGA CORRENDO NO

CORREDOR DO TRIBUNAL. KEIKO OLHA DE UM JEITO DIFERENTE PARA

ELE, E LUCAS PERCEBE QUE ALGO ESTÁ ACONTECENDO.



LUCAS (intrigado): - O que está acontecendo com vocês? Eu posso no

olhares de vocês que algo diferente está acontecendo. Foi alguma coisa

com o julgamento? Não me diga que a Mitsuko conseguiu virar o jogo?

ESTELA (sorrindo): - Calma, meu filho. O julgamento está indo melhor do

que o esperado. Mas o que eu e a Keiko temos agora te contar vai mudar a

vida de todos nós. De um jeito que jamais poderíamos imaginar. (P) Você

quer ter as honras, Keiko? O meu filho precisa saber a verdade.

KEIKO: - Lucas…. Você sabe que o dia que eu perdi o meu avô foi o dia

mais difícil de toda a minha vida. Mas hoje eu estou mais realizada. (T)

Lucas…. Eu estou grávida. Nós vamos ter um filho.

 

LUCAS NÃO CONSEGUE ACREDITAR NO QUE KEIKO ESTÁ LHE DIZENDO.

ELE SE AJOELHA AOS PÉS E BEIJA A BARRIGA DELA SUAVEMENTE.

 

LUCAS (emocionado): - Eu não estou acreditando que isso esteja

acontecendo. Depois de tanto sofrimento finalmente algo bom

acontecendo em nossas vidas, meu amor. Obrigado por me dar essa

alegria, Keiko. Você não pode imaginar o quando eu estou feliz.

ESTELA (feliz): - Esse momento é de muita felicidade, mas nós não

podemos esquecer o que estamos fazendo aqui no dia de hoje. Nós não

podemos deixar que a Mitsuko e o Celso fiquem sabendo disso.

KEIKO: - Você está certa, Estela. A Mitsuko tem que pagar por tudo que

ela fez. Nós teremos muito tempo para comemorar essa novidade. Mas

agora eu quero ver a Mitsuko ser condenada.

 

LUCAS CONCORDA. ELE E KEIKO SE BEIJAM AINDA MAIS APAIXONADOS.

SEM QUE ELES PERCEBAM CELSO ESTAVA OBSERVANDO TUDO QUE ELES

ESTAVAM CONVERSANDO. O VILÃO FICA BEM ENIGMÁTICO.

 

CENA 6: INTERIOR. TRIBUNAL. SALA DE JULGAMENTO. DIA

A CÂMERA MOSTRA QUE KEIKO, LUCAS E ESTELA VÃO VOLTANDO PARA A

SALA DE JULGAMENTO. QUEK TAMBÉM VOLTA É O JUIZ QUE ESTÁ

PRESTES A DAR O VEREDITO. NESSE MOMENTO A CÂMERA FOCA NO

ROSTO DE MITSUKO QUE OLHA COM MUITO ÓDIO PARA KEIKO E LUCAS.

 

JUIZ (figurante): - Todos em silêncio…. Depois de pouco mais de 2 horas

os jurados chegaram a um veredito. (P) A acusada queira ficar em pé.

 

MITSUKO SE LEVANTA MESMO A CONTRA GOSTO. KEIKO E LUCAS SE

DÃO AS MÃOS NESSE MOMENTO DE MUITA TENSÃO.



JUIZ (figurante): - De forma unânime o Júri chegou a conclusão de que a

acusada Mitsuko Ishida é culpada de todos os crimes que ela foi acusada.

Eu setencio ela 27 anos, 8 meses e 10 dias de prisão. Que a sentença

entre em vigor o mais rápido possível.

 

TODOS OS PRESENTES NO AUDITÓRIO DA SALA DE JULGAMENTO

COMEMORAM A DECISÃO DO JUÍZ. KEIKO E LUCAS SE ABRAÇAM

EMOCIONADOS. MITSUKO FICA TOTALMENTE DESCONTROLADA

.

MITSUKO (gritando): - Isso não pode estar acontecendo. Vocês sabem que

eu sou? Eu sou Mitsuko Ishida. Vocês não tem direito de fazer isso.

JUIZ (figurante): - A senhora não tem mais direito de dizer nada. (P)

Oficial…. Tire essa mulher da minha frente agora.

 

CENA 7: EXTERIOR. TRIBUNAL. ESCADARIA. DIA

OS JORNALISTAS AINDA ESTÃO REUNIDOS NA ENTRADA DO TRIBUNAL.

NESSE MOMENTO LUCAS E KEIKO VÃO SAINDO DE MÃOS DADAS E OS

JORNALISTAS TIRAM MUITAS FOTOS. ASSIM QUE DESCEM A ESCADARIA

LUCAS E KIKO DÃO DE CARA COM SHIN QUE ESTÁ CHEGANDO AO LOCAL.



SHIN (sério): - Keiko…. Como é bom te ver novamente, menina. Eu fico

feliz que tudo tenha acabado da melhor maneira possível para vocês. Eu

sinto muito pelo o que aconteceu com o seu avô. Eu me sinto culpado.

KEIKO (ponderando): - Você não tem culpa de nada , Shin. A única

culpada da morte do meu avô é a Mitsuko e agora ela vai responder por

tudo que ela fez. (P) Eu tenho uma dívida de gratidão com você e com a

Olenka. Vocês me ajudaram quando eu mais precisava.

LUCAS: - A Keiko está coberta de razão, Shin. Esse inferno finalmente

acabou. A Mitsuko está presa. A Fabiana também está. A única coisa que

eu não me conformo é o Celso ter conseguido sair ileso de tudo isso.

 

LUCAS FICA MUITO TENSO. KEIKO TOCA EM SUAS MÃOS. A CÂMERA

MOSTRA QUE SHIN ESTÁ QUERENDO FALAR ALGO. LUCAS PERCEBE.

 

LUCAS (firme): - Eu sei exatamente o que você está pensando, Shin. Eu

não te aconselho a procurar a Mitsuko nesse momento. Ela está furiosa

depois da sentença e deve estar se sentindo muito acuada. Ela pode tentar

fazer alguma coisa contra você.

KEIKO (séria): - O Lucas está certo, Shin. O que nós devemos fazer agora

é esquecer que essa mulher existe. Ela só nos fez mal.

SHIN: - Vocês não entendem. Eu prefiro fazer isso para deixar o passado

para trás de uma vez por todas. Querendo ou não ela fez parte da minha

vida. Ela é mãe do meu filho.

LUCAS (precavido): - Faça o que você achar melhor, Shin. Mas tome muito

cuidado que mesmo presa a Mitsuko é uma mulher muito perigosa.

 

SHIN FICA PENSANDO EM TUDO O QUE OUVIU. LUCAS E KEIKO ENTRAM

DENTRO DE UM CARRO QUE VAI INDO EMBORA.

 

• TRANSIÇÃO DE TEMPO: ALGUNS DIAS DEPOIS •



CENA 8: EXTERIOR. PRESÍDIO FEMININO. PÁTIO. DIA

FABIANA VEM ANDANDO PELO PÁTIO DO PRESÍDIO FEMININO, E ELA VAI

TRANSITANDO EM AS OUTRAS DETENTAS. NESSE MOMENTO MITSUKO

VEM EM SUA DIREÇÃO E ELAS COMEÇAM A SE AFASTAR CADA VEZ MAIS DOS GUARDAS. ELAS COMEÇAM A SUSSURRAR.

 

MITSUKO (sussurrando): - Nós precisamos falar baixo, pois esses guardas

estão no nosso pé. (P) Eu estou planejando fugir desse inferno. E eu vou

precisar da sua ajuda. O que você me diz, Fabiana?

FABIANA (nervosa): - Pode me tirar dessa, Mitsuko. Se hoje eu estou

nesse lugar a culpa é sua e do infeliz do Celso. Eu não vou te ajudar de

forma nenhuma. Essa é minha última palavra.

MITSUKO: - Deixa de ser idiota, Fabiana. Eu estou te dando a única chance

de você se vingar das pessoas que realmente te colocaram aqui dentro. Oi

você já esqueceu que foi o Lucas e a Keiko que destruiriam a sua vida?

Você não pode deixar eles ganharem assim. O que você me diz?

 

FABIANA FICA TENTADA COM O QUE MITSUKO ESTÁ FALANDO. MESMO

NÃO CONFIANDO NA VILÃ, FABIANA CONCORDA.

 

MITSUKO (séria): - A Keiko merece todo o sofrimento do mundo. Por culpa

daquele maldita que nós estamos presas nesse lugar.

FABIANA (sem entender): - E o que você está pensando em fazer,

Mitsuko? Você sabe muito bem que não tem como fugir daqui. Esses

guardas jamais irão permitir qu na gente consiga fugir.

MITSUKO: - Com isso você não precisa se preocupar, Fabiana. Eu já tenho

tudo planejado. Nós vamos sair desse buraco e vamos se vingar da Keiko.

 

MITSUKO E FABIANA SE ENCARAM. AS VILÃS FICAM OLHANDO PARA OS

GUARDAS QUE NEM ESTÃO DESCONFIADOS DE ABSOLUTAMENTE NADA.

 

 AOS POUCOS A IMAGEM VAI GANHANDO UM TOM ALARANJADO COMO SE O SOL

ESTIVESSE NASCENDO NO HORIZONTE.


Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.