Type Here to Get Search Results !

Marcadores

Novos Tempos - Capítulo 18 (reprise)

  


Capítulo 18(reprise)= |  Capítulo 35(com cortes) + Capítulo 36(sem cortes) |


Cena 01-(Emiliano Rio/Quarto 302/Madrugada)


Os dois ouvem e Clara se levanta.


Rafael(dúvida): Pediu serviço de quarto?


Clara(séria): Não…


Clara vai em direção a porta e ela abre e vê Márcia e Mariana na porta,e todos ficam chocados.


Márcia(sussurrando): Clara!


Márcia(séria): Clara!


Márcia vai correndo ao quarto e vê Rafael deitado na cama e a câmera foca nela olhando pra ele em silêncio.


Márcia(dúvida): Ah,então era esse? Esse era o serão extra que você fez de madrugada,não? É claro que era trabalho seu com sua secretária,não é?


Rafael(sério): Márcia,eu posso explicar? 


Márcia(indignada): Pode explicar o que? Vai dizer que veio fazer expediente extra na casa da piranha,é isso não é? 


Rafael(sério): As coisas não são como você tá pensando,Márcia…


Márcia(indignada): Não,não são… Cala a boca! Não fala mais nada nas circunstâncias atuais é melhor você não dizer mais nada,porque é óbvio! Eu encontrei o meu marido com uma piranha dentro de um quarto de hotel!


Rafael(sério): Márcia,deixe eu falar…


Mariana se senta na cadeira.


Mariana(séria): Pai,minha mãe está certa… É melhor não tentar se justificar…


Rafael(indignado): Foi você,Mariana? Foi você que trouxe a Márcia aqui? 


Márcia(indignada): Foi sim,Mariana… foi minha filha que está sempre do meu lado,mas agora não adianta saber quem foi ou quem não foi ou como eu vim parar aqui,o que me interessa é o que eu estou vendo,o meu marido com a piranha da sua secretária…


Márcia anda e parar em frente a Clara. 


Márcia(indignada): E você em? Sabe quando chegou na empresa,estava começando a gostar de você… Uma secretária boa,que trabalha com garra…  uma pessoa simples e humilde… Mas achava muito trabalho pra você eu ia pedir pro Rafael arruma outra secretária…


Rafael(sério): Você nunca pediu,Márcia…


Márcia(indignado): Eu nunca pedi sabe por quê? Porque você falou que ela era eficiente… E-fi-ci-en-te deve ser muito eficiente tanto no escritório como na cama… Como é que você teve coragem? Depois você vim na minha sala,elogiando meu casamento e minha mãe e entrando na minha vida e eu achando que você era minha amiga,sua ordinária!  Burra,burra que eu sou e ainda pedi pra você ver quem era a amante do meu marido que você deveria saber…


Clara(rindo): Fui burra mesmo,acreditando em tudo que eu disse…


Márcia(indignada): Ah,é e você concorda? Como você pode ser assim tão cara de pau de falar isso na minha cara… 


Rafael(sério): Márcia e Clara… Vamos manter a conversa num nível civilizado…


Márcia(indignada): Ah,civilizado como? Você tá maluco,Rafael… Civilizado como? Me explica,vamos devagar eu pego meu marido no quarto de um hotel pego ele com a piranha,o que eu faço?A eu pergunto:Olá,como estão vocês ou B pergunto:Olá,piranha precisa de uma blusa pra te cobrir que você está toda pelada…


Clara(irritada): Piranha,não… 


Márcia(gritando): Piranha sim! Abusada,vagabunda,interesseira,piranha!


Rafael(séria): Márcia… Por favor, é que eu e Clara se encontrou sem querer e as coisas foram acontecendo…


Márcia(indignada):  Meu Deus,não é possível que estou ouvindo isso,Rafael! "As coisas foram acontecendo" você fala isso com tanta naturalidade parecendo que nenhum de vocês tem culpa… Meu Deus do céu,o que você vai me dizer agora?Qual será sua próxima desculpa? Que foi só um caso pequeno que não teve quase nada é isso não é? 


Rafael(sério): Márcia,acho que você está entendendo errado as coisas…


Márcia(indignada): Eu sei muito bem,que você paga um apartamento pra ela que eu sei que as despesas estão em seu nome…


Mariana se levanta.


Mariana(séria): Eu fiquei chocada que você gasta 50% do seu salário com ela…


Rafael(gritando): Cala a boca,Mariana! 


Mariana(séria): Eu me calo por que a situação é entre vocês! Mãe,seja poderosa, não desça da sua classe e mostre o que você é…


Rafael(dúvida): Márcia,eu quero saber como essa conta chegou até você? 


Márcia(indignada): Não interessa,eu sei que você deu à ela um cartão de crédito vinculado à sua conta no banco…


Rafael(sério): Estou admirado de como conseguiu tantas informações… Você se rebaixou ao ponto de contratar um detetive? 


Márcia(indignada): Eu não contratei um detetive,mas eu devia sabe por quê? Porque eu não tinha mais dúvida que você tinha uma amante e eu estava cansada de fingir que não sabia e estava acreditando em suas desculpas e sabe por que Rafael? Eu não queria te perder eu te juro eu não queria te perder…


Rafael(sério): Você não precisa me perder,Márcia…


Márcia(indignada): Ah,Rafael… Eu já te perdi… Bonitinha,roupa de grife e bem vestida…


Mariana(séria): E o sapato que ela fingia que comprava em Duque de Caxias em liquidação,imagina um sapato desse que custa quase 400 reais em promoção,mãe…


Rafael(sério): Mariana,não bota mais fogo que o fósforo você já riscou,mas não precisa acender a fogueira…


Mariana(séria): Ah… pai,eu sei muito bem que esse sapato não é barato… Ah,mãe o carro zero que está muito acima dos padrões de uma secretária…


Márcia(séria): Deu um carro zero pra sua secretária e devo imaginar quantos presentes você deu pra ela e se olha sua conta você deve ter feito várias transferências…


Clara(séria): Transferência só foi uma vez,que minha mãe estava doente…


Mariana(irônica): Ah,mãe está ouvindo isso e por que toda piranha tem um parente doente que precisa de dinheiro urgente,essa é a desculpa número um de qualquer piranha pra arrancar dinheiro de homem…


Clara(séria): Não me chame de piranha…


Márcia(indignada): Ah,interessante você não quer ser chamada de piranha? Quer ser chamada de que?Da santa do pau oco,né…


Clara(sorridente): Me apaixonei pelo Rafael…


Márcia(dúvida): O que? 


Clara(sorridente): Foi uma relação de amor! 


Márcia(gritando): Ah,eu não aguento ouvir isso! Ouviu isso Rafael? É uma relação de amor que envolve um apartamento de primeira,um carro,um cartão de crédito sem limites,isso é uma relação de piranhagem pura!


Clara(debochada): Olha só,você está assim porque não consegue controlar seu marido…


Rafael(sério): Clara,por favor…


Clara(indignada): Ah,não eu já ouvi demais,eu vou falar umas verdades…


Márcia(dúvida): Tá maluca,né? 


Clara(debochada): É porque você é uma perua! Seu marido não quer mais,você deve ir no espelho e vê se não caiu umas penas no chão e olha pra mim,ele quer isso aqui,ó…


Márcia tenta empurrar Clara.


Clara(séria): Meu corpo que ele quer,me larga…


Márcia(gritando): Parar,parar,parar!


Márcia joga Clara na cama e sobe em cima dela.


Márcia(gritando): Para de me chama de perua!


Márcia dá um tapa na cara de Clara.


Márcia(gritando): Sua vagabunda!


Márcia dá outro tapa e Rafael tenta segurá-la.


Márcia(gritando): Sua cachorra! 


Rafael(sério): Márcia,parar com isso,Parar… 


Márcia(gritando): Me larga seu canalha! 


Márcia dá outro tapa. 


Márcia(séria): Bandida,entrando na minha vida e a de meu marido…


Márcia dá outro tapa.


Márcia(gritando): Sua vagabunda! 


E dá mais dois tapas na cara dela.


Márcia(gritando): É aqui que você vai ficar,é aqui que você vai trabalhar na cama…


Um segurança do lado de fora tenta entrar mas Mariana não deixa.


Márcia dá mais cinco tapas e sai de cima dela.


Márcia(dúvida): Você quer acabar com uma família, não é? 


Márcia dá mais um tapa.


Márcia(gritando): Separar do meu marido,que se não vou te matar,tá me ouvindo? 


Márcia sente o cheiro de perfume na blusa de Clara.


Márcia(dúvida): Que cheirinho é esse? É o mesmo perfume que Rafael chegava em casa no sábado!


Mariana(séria): É melhor voltarmos pra casa…


Rafael(sério): É,Márcia você está exaltada em casa conversamos…


Márcia(gritando): E quem te disse que você vai voltar pra casa? 


Rafael(dúvida): Onde vou dormir? 


Márcia(gritando): Com sua amante de quinta…  Só voltar pra pegar suas malas e ir embora de lá e nosso casamento acabou,semana que vem vou abrir um pedido de divórcio sem divisão de bens e você sua vagabundinha aproveita ele agora e depois me diga como foi,tá? 


E após isso,Márcia e Mariana saíram do quarto e Rafael se sentou com cara de desespero.


Rafael(desesperado): Acabou minha vida…


A tela escureceu.


Corte para a


Cena 02-(Casa de Mariana/Interno/Manhã)


Rafael chega no prédio e entra no apartamento de Mariana e vê três malas de roupas na sala e um bilhete escrito por Márcia.


Rafael(lendo): Aqui estão suas trouxas de roupas,vai embora eu não quero ver você nessa casa até hoje e a partir disso nossa relação será profissional e me esquece de vez de sua vida. 


Ass: Márcia… 


Rafael pega suas malas e sai chorando olhando pra sala e sai do apartamento e começa a chorar e fechar a porta muito devagar.


A tela escureceu.


Corte para a


Cena 03-(Copacabana/Externo/Manhã)


Trilha Sonora:(Iza-Brisa)




A câmera mostra muitos carros e ônibus passando nos dois sentidos da avenida.


A música continuou tocando até o início da cena 08.


Corte para a


Cena 04-(Shopping Rio Sul/Externo/Manhã)


A câmera mostra a movimentação intensa de pessoas entrando e saindo do shopping.


Corte para a


Cena 05-(Shopping Rio Sul/Interno/Manhã)


Jeferson estava na escada rolante subindo pro andar de cima e andando no corredor cheio de pessoas andando e conversando e ele entra em uma loja e experimenta quarto blusas e compra e sai de uma das lojas e sobe pra praça de alimentação e come uma macarronada com queijo ralado e então ele desce e vai pro andar debaixo e comer um sorvete e então ele depois sai do shopping.


Corte para a


Cena 06-(Bar/Interno/Tarde)


Jeferson e Luíza conversando e Jeferson estava um pouco bêbado 


Jeferson(rindo): Você é muito engraçada,gostei de você…


Luíza(rindo): Também…


Corte para a


Cena 07-(Madureira/Ruas/Externo/Noite)


A câmera mostra muitos carros e ônibus passando.


Corte para a


Cena 08-(Casa de Fabiana/Interno/Noite)


Jeferson e Luíza entram na casa de Fabiana e Jeferson sem querer derrubar uma garrafa de água em sua blusa.


Jeferson(sério): Pode me dar licença que vou limpar minha camisa?


Luíza entra no seu quarto e ouve um barulho de porta abrindo.


Fabiana(sorridente): Amor,cheguei! 


Luíza bagunça a cama e Se deitou ficando só de calcinha e sutiã e Fabiana entra no quarto  


Fabiana(dúvida): Quem está aí? 


Luíza(gemendo): Ah,Jeferson… vem cá gostoso!


Jeferson sai do quarto sem blusa e Fabiana fica sem reação.


Fabiana(surpresa): Que putaria é essa? 


Jeferson olha para ela assustado e Luíza finge estar assustada e Fabiana fica nervosa.




Cena 09-(Casa de Fabiana/Interno/Noite)


Fabiana estava chocada ao ver Luíza em sua casa com seu marido na cama.


Jeferson(preocupado): Amor você está pensando que…


Fabiana(gritando): Escute aqui! Você poderia me trair com qualquer uma ou um,mas justamente com a vagabunda do Leblon aí,não dá.


Jeferson se aproxima de Fabiana e ela dá um tapa na cara dele.


Fabiana(gritando): Vagabundo,porque você me traiu com ela?


Luíza(sorridente): Eu amei ele na cama,porque não conta logo pra ela que temos um caso…


Jeferson(preocupado): Amor,não acredita que essa mentirosa está falando…


Fabiana(gritando): Escute aqui,sua vadia… Se você veio estragar minha vida e minha família você está enganada!


Fabiana vai pra sala e pega uma vassoura e vai pro quarto.


Fabiana(gritando): Porque antes de você fazer isso… Vou estragar sua cara!


Jeferson(preocupado): Fabiana,por favor não!


Fabiana avança nos dois e começa a bater neles de vassoura.


Jeferson(gritando): Pare,amor… Você está louca!


Fabiana bate na cara de Jeferson e continua batendo nos dois e Luíza e Jeferson correm para fora da casa.


Corte para a


Cena 10-(Casa de Fabiana/Externo/Noite)


Fabiana continua batendo nos dois na rua e o povo que estava passando na hora parou pra olhar a briga.


Fabiana(gritando): Volte aqui sua vagabunda!


Fabiana pega Luíza e bate nela várias vezes.


Fabiana(gritando): Escute aqui,sua descarada!


Fabiana(gritando): Cobra venenosa…


Luíza(gritando): Me larga sua idiota!


Fabiana(gritando): Você pode ir embora,daqui… 


Fabiana pega o sutiã de Luíza e rasga com força e o povo fica chocado e ela sai correndo pela rua e o povo estava filmando no celular e Jeferson se aproxima de Fabiana.


Começou a tocar Caetano Veloso-Você Não me Ensinou a te Esquecer. 



Jeferson(chorando): Amor,deixa eu me explicar…


Fabiana(chorando): Amor… Vamos dar um tempo juntos? eu espero te perdoar algum dia… Mas, vou levar o Vitor e deixar ele morando com minha mãe até isso se resolver… E me esqueça,Jeferson…


Fabiana chama o táxi e entra no táxi e o táxi sai dali e todo mundo começar a continuar andando e Jeferson fica chorando com raiva e entra em casa.


A tela escureceu. 


A música continuou tocando até o início da cena 15.


Corte para a


Cena 11-(Praia de Copacabana/Externo/Noite)


A câmera mostra poucas pessoas na faixa de areia e o barulho das ondas do mar.


Corte para a


Cena 12-(Calçadão/Externo/Noite)


A câmera mostra muitos ciclistas e pedestres andando pelo calçadão. 


Corte para a


Cena 13-(Madureira/Visão Aérea/Externo/Noite)


A câmera mostra as luzes das casas,prédios e postes acesos.


Corte para a


Cena 14-(Leblon/Rua/Externo/Noite)


A câmera mostra poucos carros passando nos dois sentidos. 


Corte para a


Cena 15-(Casa de Christiana/Interno/Noite)


Christiana estava na sala assistindo televisão e Marcelo vem correndo na sala com o celular na mão.


Marcelo(surpreso): Amor,amor,amor!


Christiana(dúvida): O que é?


Marcelo(dúvida): Onde está nossa filha?


Christiana(séria): Eu não sei,mas ela saiu de tarde e foi em um bar se distrair um pouco da nossa briga de tarde…


Marcelo(sério): Mas,acho que terá de dar outro sermão,porque sua filha arrumou outra confusão…


Christiana(indignada): Meu Deus do céu,de novo!


Luíza entra na sala toda rasgada e só com a roupa íntima.


Christiana(dúvida): O que aconteceu com você,filha?


A câmera mostra ela olhando para Luíza em silêncio.


A tela congela.




Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.