Type Here to Get Search Results !

Marcadores

Vinganças - Capítulo 03

 

Vinganças - Capítulo 03




Cena 1 Construtora/ Sala de Thiago/ Dia 

Júlia e Thiago estão no maior love, o telefone da sala toca, Thiago se levanta, apenas de cueca, e atende.

Thiago - Que foi? (Se assusta) O quê? A Ariela está subindo? Meu Deus! (Desliga o telefone)

Júlia  (assustada e vestindo as roubas) - O que aconteceu? A Ariela?

Thiago (vestindo as roupas) - Temos que te esconder! A Ariela está subindo e não pode me ver com você aqui!

Júlia - Ai Meu Deus... e agora?

Bate na porta.

Thiago (assustado) - Deve ser ela!

Corta para/

Cena 2 Casa de Eva/ Interior/ Dia 

Pedro e Mário cozinhavam na cozinha, altas risadas davam para serem ouvidas. Eva e Maria cortavam alguns enfeites.

Maria - Ai, mãe... eu estou muito feliz por esta etapa em minha vida.

Eva (pegando no cabelo da filha) - Ah minha querida... é uma verdadeira alegria na vida de uma mulher que quer se casar poder estar assim: se preparando para a festa de noivado.

Mário (chegando perto delas) - E quem você vai convidar mesmo, Maria? Convide aquela gatinha amiga sua que mora lá perto do morro da babilônia. 

Maria - A Estela? (Ri) Não vai me dizer que você tá apaixonado por ela?!

Mário - Eu quero da uns pega nela mesmo  (ri).

Eva - E o que vocês dois estão fazendo de bom aí? O cheiro está maravilhoso!

Pedro - Estamos fazendo uma lasanha de frango... 

Mário - Tá uma delícia! 

Maria - E o Leão gosta, né?

Pedro - Sim! Ele ama e eu sei que você também gosta, né?

Maria - É a minha favorita!

Corta para/

Cena 3 Construtora/ Sala de Thiago/ Dia 

Thiago abre a porta, Ariela entra no local.

Ariela - Mas que demora foi essa? E quem está aí?

Thiago - É a Júlia. 

Ariela (estranhando) - Júlia? O que você está fazendo aqui?

Júlia (se vira para Ariela, os olhos dela estavam vermelhos e lacremejando) - Oi dona Ariela... 

Ariela - Você está chorando... mas por quê? O que aconteceu?

Júlia - Oh dona Ariela... eu fiquei com vergonha de te falar... já que a senhora é uma excelente patroa... mas eu cai em um golpe!

Ariela (chocada) - Um golpe? Como assim?

Júlia - Um homem me enganou! Me disse que eu ficaria rica! Foi tudo tão complicado... e eu cai! (Chora)

Ariela - Não fique assim! (Abraçando Júlia). Mas por que você veio aqui?

Júlia - Eu comentei com o seu Thiago lá na sua casa e ele me disse que conhece uns advogados bons e que iria me passar o contato.

Thiago - Sim, é verdade... um bom advogado resolve tudo isso.

Ariela - Oh minha querida... se falasse comigo, eu resolveria tudo isso sem enrolação... 

Júlia - Agradeço... agradeço...

Corta para/

Cena 4 Morro de Leão/ Dia 

O Sol trincava. Muitos homens armados faziam a guarda de Leão e outros de Urso.

Leão (olhando as armas) - Só espero que essas armas aqui não sejam uma furada como foi as outras.

Urso - Coé mermão, as outras só não tinha o negócio raspado, tu que é um chorão. 

Leão - Chorão aqui é você que é uma furada, meus homens que tiveram que raspar.

Urso - Tá, tá. Eu já disse que vocês não terão mais problemas. Acordo fechado?! 

Leão - Fechado. Os cem mil serão entregues em duas parcelas de cinquenta. (Entrega uma mala) Taí a primeira parcela, se der BO novamente pro meu lado, a segunda mala será um homem seu com dois algodões no nariz.

Urso - Se tu não me pagar, eu que farei isso e não será com homem seu não, é com você mesmo.

Os dois pegam nas mãos. Enquanto eles conversavam, um homem os gravavam.

Corta para/

Cena 5 Construtora/ Sala de Matheus/ Dia 

Matheus (tomando champanhe) - Aquele mosca morta indo a falência e nós dois aqui no bem e bom.

Nanda (comendo uva) - Fala baixo, alguém pode escutar.

Matheus - Escutam nada e se escutar, eu saio desta porcaria de construtora e vou curtir o mundo com você, minha princesa das arábias. 

Nanda - De jeito nenhum, agora que a presidência vai ganhar um novo presidente, você deve se mostrar o mais responsável de todos.

Matheus - Verdade... assim poderemos faturar mais uns milhões. 

Nanda - O que você fez com os cem mil que você ganhou?

Matheus - Mandei pra Suíça. E você?

Nanda - Como eu só ganhei uma mereca de cinquenta, arrumei minha casa todinha. A melhor coisa que já me aconteceu foi ter começado este caso com você. 

Matheus - Valorize mesmo, porque eu serei o próximo presidente dessa construtora e ela vai render bilhões e nós milhões!

Corta para/

Cena 6 Casa de Joana/ Interior/ Noite

Inês lia um livro, Joana se aproxima e pega o livro da mão da filha.

Joana - Você lendo essas porcarias de amor de novo? Não aprendeu que isso só te leva pro buraco?

Inês (se levanta e pega o livro) - Ai mãe, me deixa... isso já passou.

Joana - Por causa sua, quase fomos roubados por completo! Poderíamos estar na falência mas se não fosse eu, estaria por sua causa!

Inês - A senhora tem o prazer de estragar meu dia.

O celular de Inês toca, ela atende.

Inês - Alô... oi? O quê? Está bem. Vou ir agora.

Joana - O que aconteceu?

Inês - O Jonas ficou sem gasolina e me pediu uma carona. Vou ir buscar ele.

Joana - Tá, vai... mas cuidado pra não olhar muito pra cara de um homem qualquer e se apaixonar por ele.

Corta para/

Cena 7 Casa de Fagner e Margarida/ Jardim/ Noite 

Margarida e Fagner tomavam chá. Robson comia um bolo.

Margarida - Você só come essas porcarias, filho... tome um chá! Faz bem pra pele.

Fagner - Quando eu tinha sua idade... amava bolo. 

Robson - Eu também amo, pai. Mãe, deixa disso! Isso é tão gostoso e faz um bem pra alma... você se sente leve!

Margarida - Um leve que pode te levar a várias doenças, sabia?

Robson - Mas eu só como de vez em quando, então vale a pena sim.

O celular do jovem toca, ele atende.

Robson - Oi Dani... o quê? Não acredito! Irei ir aí agora!

Margarida - O que teve?

Robson - Um grande incêndio perto da saída pra São Paulo. Vou ir ajudar.

Fagner - Tome cuidado.

Corta para/

Cena 8 Boate/ Interior/ Noite

Som bastante alto, muitas pessoas e muita bebedeira. Jota e Pedro entraram no local. Jota se soltando e começando a dançar, Pedro mais tímido está parado e olhando para os lados.

Jota - Dance, meu amor... vamos aproveitar a boate enquanto não enche de gente...

Pedro - Sou tímido, você sabe muito bem disso.

Jota - Mas é só alguns minutinhos que vamos ficar aqui... só passei aqui pra zoar um amigo meu que entrou aqui como garçom hoje... 

Pedro - Tá... vou tentar dançar (ri). E daqui a pouco tem o noivado de Leão e Maria. 

Jota - Olha ele... vou ir ali nele pegar umas bebidas pra nós, fique aqui.

Pedro - Tá bem.

Jota sai e some no meio do povo. Urso estava com algumas mulheres dançando, ele vê Pedro e decide ir até ele.

Corta para/

Cena 9 Avenida/ Noite 

Trânsito intenso e parado. Muitos carros e motos. O sinal está no amarelo, Inês  passa mas fica vermelho, ela freia buscamente, o carro de trás bate nela. 

Congela na batida entre os dois carros.

Tags

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.