Type Here to Get Search Results !

Marcadores

Mudanças da vida - Capítulo 15 (reprise)

 

Capítulo 15 ( Últimas Semanas )

No Capítulo anterior a diretora Carmela descobre quem fez o ataque a Bruno. Miguel sai

de casa. O julgamento começa e deixa Júlio e Sandra tensos. João e Simone começam a

namorar. Sandra sussurra e deixa escapar a suposta executora do crime.

No Capítulo de hoje, Erika e Lucas finalmente se encontram. No colégio alguém arma uma

bomba para eliminar a diretora. Simone descobre que não é filha de Camila a notícia deixa

a jovem chocada. O Julgamento continua, mais Sandra acaba acusando Elisângela e

Miguel. Elisângela propõe a Miguel que mate sua esposa Sandra.

Cena 1: ( Júlio aparece para depôr e fica nervoso)

Juiz: ( sério)

- Que entre a próxima testemunha.

( Júlio Entra)

Juiz: ( sério)

- Com a palavra o representante do Ministério público.

Adv. Min. Público: ( Fica em pé/ e anda no recinto)

- Sr. Júlio como vc conheceu o acusado e saudoso Vladimir.?

Júlio: ( nervoso/ com medo)

- Eu o conheci atravéz da agência a qual trabalhei

Adv. Min.Publico:

- E qual era relação entre vocês.?

Júlio: ( olhar trêmulo)

- Era estritamente profissional.

Adv.Min.Publico:

- E sua relação com a Saudosa Geovanna.? Você sabia que ela tinha algum inimigo?

Júlio: ( olhar fico)

- Geovanna e Eu éramos amigos, mas ela nunca citou algo da vida particular.


Corta p/ cena 2:

( No hotel Elisângela e Miguel zombam de Sandra e a crítica)

Elisângela: ( penteando o cabelo/ em frente ao espelho)

- Amor e sua ex esposa deve tá passando maior vexame no julgamento em?

Miguel: ( deitado na cama/ olhar fixo para janela)

- Tá sim do jeito que ela é... não sei por que aturei ela por tantos anos.

Elisângela: ( se vira pra Miguel/ olhar sarcástico)

- Amor tive uma idéia, que tal você mandar ela pro andar de baixo, assim você não divide

sua fortuna com ela.

Miguel: ( olhar pra Elisângela/ pasmo)

- Tá maluca, isso ia me custar a liberdade, e além do mais tem meu filho que herda metade

de tudo, melhor pensar em outra coisa.

Corta p/ cena 3:

(No colégio a Diretora tem uma conversa séria com Camila)

Diretora: ( sentada/ tira o óculos/ séria)

- Bom Professora Camila vou ser franca e ir direto ao assunto.

- Como eu sei e você sabe que o nosso cozinheiro foi atacado aqui dentro da escola, eu

investiguei e verifiquei as câmeras e nela ver claramente sua irmã. Gostaria de saber se

você sabe de algo a respeito?

Camila: ( Pasma/ desconfiada)

- O que minha irmã faz Diretora não é da minha conta. Lamento não posso ajudar

Diretora: ( fica em pé/ anda em volta da mesa)

- Não pareceu professora, você mudou de repente. Mas vou deixar claro irei levar isso a

polícia e lá pedirei uma orientação. Eu não admito este comportamento .

- Você pode ir, obg.

( sussurra)

- Essa daí é muito estranha

Corta p/ cena 4:


( No tribunal chega a vez de Sandra depor)

Suzana: ( fica em pé)

- Meritíssimo Juiz quero chamar uma testemunha muito importante, a sósia de Giovanna.

( Sandra entra e faz o juramento)

Adv. Mini. Público: ( caminha em direção a testemunha)

- Senhora Sandra, como a senhora conheceu a Vítima Geovanna?

Sandra: ( nervosa/ olhos fixos)

- Eu a conheço desde a faculdade, fomos amigas durante muitos anos até a morte dela.

Adv. Min. Público:

- E o acusado, como o conheceu e por que o defende?

Sandra: ( se tranquiliza/ olhos fixos)

- O Vladimir eu o conheci na agência, não tive muito contato com ele, foi um rapaz educado,

trabalhador, honesto.

- Adv. Min. Público:

- E por que o defende com tanta convicção?

Sandra: ( pasma/ lembra da cena no balcão/ fixa os olhos)

- Porque ele não é o culpado.

( todos se olham e a cena muda)

Corta p cena 5:

( A professora Carol sabe sobre o ataque e questiona a diretora)

Carol: ( bate na porta/ tranquila)

- Com licença diretora.

Diretora: ( foca na porta/ e para de escrever)

- Pois não, Professora Carol pode me ajudar em algo?

Carol: ( calma/ fica em pé em frente a mesa)


- Desculpa Sra Carmela eu não evitei e ouvi um pouco da sua conversa com a professora

Camila.

Diretora: ( se espanta/ seria)

- E o que exatamente você ouviu?

Carol: ( Anda/ fica em frente a janela)

- Eu ouvi que foi Elisângela a tal irmã de Camila que atacou o cozinheiro Bruno?

Diretora: ( seria/ coloca os óculos)

- Esse assunto é confidencial e só posso revelar detalhes na delegacia.

Carol: ( volta em frente a mesa/ olha fixo para Carmela)

- Sra. Serei honesta com a Senhora, além de lecionar eu sou uma agente secreta da

polícia.

( a diretora fica pasma)

Corta p/ cena 6:

( Na sala de aula Lucas olha desviado para Erika e a jovem corresponde com o sorriso)

Erika: ( sussurra em pensamento/ contente)

- Ah! ele é tão lindo!! tenho que deixar minha desavença com ele de lado.

Corta p/ cena 7:

( No tribunal se encerra a sessão e Suzana chama a atenção de Sandra.)

Suzana: ( no corredor/ seria)

- Sandra, preciso falar com você agora

Sandra: ( nervosa/ seria)

- O que deseja?

Suzana: ( nervosa/ séria)

- O que foi aquela revelação no tribunal, fiquei totalmente surpresa e sem ação.

Sandra: ( nervosa/ caminha até o carro)


- Eu tentei falar com você antes deu entrar pra depor, mas o policial não permitiu.

Suzana: ( irritada/ chega no carro)

- Mais você deveria ter me falado antes, eu a aconselhei muito.

Mais me conta o que sabe, porque você falou com muita convicção o que sabia.

Sandra: ( exausta/ entra no carro)

- Amanhã eu falo, e você vai entender tudo.

Corta p/ cena 8:

( No colégio a diretora se recusa a entender a explicação de Carol)

- O que você tá me falando?

- Como assim você é uma agente?

Carol: ( Se senta/ abre a mochila e mostra o distintivo)

- Sou sim diretora, esse é meu distintivo. Eu vim a este colégio em uma investigação a

respeito do caso do Vladimir.

Diretora: ( nervosa/ se levanta/ pasma)

- E o que meu colégio tem a ver com essa investigação?

Carol: ( se levanta/ nervosa)

- É que supostamente pode está aqui o executor ou a executora desse crime

Diretora: ( chocada/ se senta com a mão na cabeça)

- Meu Deus quanto perigo, os alunos e todos nós corremos.

- Mais você sabe de algum suspeito ou suspeita?

Carol: ( abre a porta)

- Sim, mas não posso falar antes de entregar meu relatório.

Corta p/ cena 9:

( Na saída do Colégio Lucas aciona para Erika)

Erika: ( Procurando a chave do Carro)

- Olha amiga o Lucas acionando pra me

Simone: ( andando/ saindo no portão)


- Amiga vai falar com ele???

Erika: ( entusiasmada/ sorrir)

- Dessa vez vou ver o que ele quer.

- A gente se encontra.

Simone: ( preocupada/ anda/ grita por João )

- Cuidado amiga!

- Até amanhã

( vamos amor!)

Corta p/ cena 10:

( Sandra chega no colégio para pegar Lucas e se depara com Erika)

Sandra: ( para o carro/ grita)

- Lucas, meu filho aqui!

Lucas: ( sussurra/ se assusta)

- Mãe? o que ela tá fazendo aqui?

Erika: ( chegando perto do Lucas/ contente)

- O que você quer? por que gritou por sua mãe?

Lucas: ( surpreso)

- Minha mãe está logo ali, vamos lá

( chegando no carro vem um carro e bate em Erika deixando a inconsciente)


Lucas: ( se assusta/ pasmos)

- Erika acorda, por favor Erika, Erika!!

- Alguém chama uma ambulância

Corta p/ cena 11:

( Josivan liga para Camila )

Josivan: ( no telefone/ nervoso)

- Alô Camila, preciso falar com você de novo.


Camila: ( nervosa/ no carro)

- Agora não posso, estou indo pra casa.

Josivan: ( percebe)

- Sua filha está com você?

Camila: ( disfarçando)

- Sim, com ela e o Namorado.

Josivan: ( calmo)

- Quando você chegar em casa me liga.

( Simone estranha a conversa)

Simone: ( suspeita)

- Quem era mãe?

Camila: ( disfarçando)

- Era uma amiga, perguntou por você.

( o telefone de Simone toca)

Simone: ( pega o telefone)

- O Lucas me ligando, o que será que ele quer?

- Alô, diga

Lucas: ( desesperado/ chorando)

- Simone a Erika foi atropelada, e estamos indo pro hospital.

Simone: ( nervosa/ começa a chorar.)

- Como é que é, a Erika não, a gente acabou de se falar a pouco tempo.

- Espera já chego aí

- Mãe, precisamos ir ao hospital, Erika sofreu um acidente.

Corta p/ cena 12:

( Imediatamente Josivan recebe a notícia e correu às pressas para o hospital, chegando lá

encontra Lucas, Sandra, Simone, Camila, e João)

Lucas: ( chorando/ na recepção/ nervoso)

- Que bom que o Sr. chegou seu Josivan.

Josivan: ( nervoso/ ignorante)


- O que aconteceu com a minha filha seu moleque

Lucas: ( assustado/ nervoso)

- Calma Sr. eu estava com ela no momento.

Sandra: ( irritada/ nervosa/ vai até Lucas)

- Espera aí Josivan, você não vai culpar meu filho por algo que ele não tem.

Josivan: ( irritado/ chorando/ vai a recepção )

- Enfermeira tem notícias da minha filha?, ela se chama Erika Vásquez.

Enfermeira: ( procura no computador)

- Ela ainda está na operação, você tem que aguardar.

Corta p cena 13:

( Na sala de cirurgia Erika tem complicações levando ela a uma hemorragia tendo que obter

transfusão de Sangue, o dr corre as pressas e vão anunciar com urgência a recepção e

procura doador)

Dr. ( apressado)

- Quem é o pai de Érika Vásquez?

Josivan: ( assustado/ corre)

- Sou eu, e aí como ela está?

Dr. ( nervoso)

- Infelizmente ela teve uma hemorragia e precisa de um doador com urgência

Josivan: ( chorando/ nervoso)

- Eu vou doar

Dr.: ( com pressa)

- Se dirija já pra sala

Corta p/ cena 14:

( Todos na recepção ficam preocupados com a situação)

Lucas: ( preocupado/ chora)

- Meu Deus, será que ela vai morrer mãe?


Sandra: ( preocupada/ nervosa)

- Calma, vai ficar tudo bem

- Olha lá vem Josivan.

- E aí Josivan deu certo?

Josivan: ( chorando/ andando)

- Meu Sangue não é compatível, o que vou fazer agora meu Deus.

João:

- Eu vou doar

Simone: ( chorando/ fica em pé)

- Eu também

( Camila chama Josivan às pressas)

Camila: ( nervosa/ sarcástica)

- Vem cá Josivan preciso falar com você

- Parece que quem vai salvar sua filha é a irmã num é?

( Simone ouve e grita)

Simone: ( se espanta/ pasma)

- Como é que é? Eu sou irmã da Érika?

- Vamos responde

( todos ficam chocados com a revelação)

( A imagem congela e se quebra)

Continua…

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.