Type Here to Get Search Results !

Marcadores

Vinganças - Capítulo 15

Vinganças - Capítulo 15


Cena 1 Rua deserta/ Noite 

Vários policiais estão na cena do crime. Joana está caída no chão, morta. Seu carro está a alguns metros de distância. 

Policial (ligando on) - Delegada Fátima, já olhamos toda a área. Não tem nenhuma câmera. 

Fátima (voz) - Olhem pelas ruas ao redor. E a causa da morte?

Policial - Tiro, e ainda teve uma lesão na cabeça. 

Fátima - Provavelmente ela correu e caiu. Já identificaram a mulher?

Policial - Já sim... já mandamos os dados para a delegacia, agora é avisar a família. 

Corta para/

Cena 2 Apartamento de Fran/ Noite 

Mário (abrindo um champanhe) - Agora é comemoração!

Fran (bebendo champanhe) - Com toda certeza! Nosso plano está indo muito bem.

Mário - Agora que já temos as fotos, você pode ameaçar aquele idiota do Heleno.

Fran - Mas até agora eu não entendi por qual motivo eu que irei fazer tudo e mais: você vai continuar com ele.

Mário - Ai meu Deus... não existe uma pessoa tão burra quanto você... você vai se mostrar como a apaixonada por ele... ele te paga e a partir daí eu arranco mais dinheiro dele e ficamos nessa até nosso próximo golpe.

Fran - Ah... 

Mário - Entendeu? Agora vamos comemorar... nosso plano está dando tudo certo... vamos depenar aquele desgraçado. 

Corta para/

Cena 3 Casa de Joana/ Noite 

O telefone toca, Inês atende, começa a chorar.

Jonas (surpreso) - O que aconteceu?

Inês  (chorando) - A mamãe... alguém matou ela.

Jonas  (chorando) - Não... isso deve ser algum trote! 

Inês - É verdade... é a polícia que ligou.

Jonas - Eu não acredito nisso! (Começa a bater as mãos contra a parede) Eu não acredito nisso! Não, não, não!

Corta para/

Cena 4 Casa de Leão/ Quarto de Pedro/ Noite 

Pedro (de pé) - Ai... eu não me sentindo bonito nessa roupa.

Maria (costurando a calça de Pedro) - Olha que roupa linda! Foi a mais bonita dessa cidade... custou uma nota... e mais: seu casamento é agora! 

Pedro - Não fala nisso... eu estou me tremendo todo!

Maria - Você foi aceitar a se casar com o Urso... oh ideia maluca a sua...

Pedro - Mas eu vou fugir hoje... espero que dê tudo certo. 

Os dois se abraçam. 

Pedro - Me deseje sorte, minha amiga. 

Maria - Irei desejar sim... irei fazer tudo para deixar o Urso menos raivoso o possível... 

Os dois se abraçam novamente.

Corta para/

Cena 5 Apartamento de Matheus/ Noite 

Thiago - Precisamos atropelar aquela ideia do Fagner.

Matheus - É um horror pra mim...

Thiago - E pra mim então? 

Matheus - Quando descobrirem o rombo...

Thiago - Você o quê? Você deu um rombo na empresa?

Matheus - Dei sim... 

Thiago - Mas que tipo de inteligência atípica é você? 

Matheus - Você se acha o bomzão mas não passa de um hipócrita e golpista.

Thiago - Mas sou inteligente. Você sabe que se eu cair, eu te levo junto.

Matheus - Não se esquece também que se eu jogar tudo que sei no ventilador, você também cai.

Thiago - Precisamos pensar em alguma coisa logo... 

Matheus - Mate ela.

Thiago  (ri) - Você acha mesmo que eu devo ir matando todo mundo?

Matheus - Assassino é um instinto, por isso eu te disse. Quem não sabe você não queira a matar.

Thiago - Poderia era te matar. Taí, aí eu jogava a culpa em cima dela.

Corta para/

Cena 6 Espaço de festas/ Noite 

Pedro chega no lugar. 

Gina - Vamos, vamos... você ficará em um quartinho ali esperando. Depois eu te chamo para a sala principal com o juiz e o Urso.

Pedro - Está bem...

Os dois entram na salinha. Gina sai.

Pedro (ligação on) - Jota, onde você está?

Jota (voz) - Estou já aqui na frente. Acabou de sair umas pessoas que estavam aqui no fundo. Pode vim.

Pedro - Está bem. (Ligação off)

Pedro sai da salinha. Gina vê, de longe, Pedro indo para os fundos, ela o segue. Pedro está nos fundos, ele tenta abrir um pequeno portão mas não consegue. Gina, surpresa, corre para dentro do interior do espaço. A mulher chega na parte da sala do casamento.

Gina (cochichando) - Seu noivo está querendo fugir. 

Urso (surpreso) - O quê?

Gina - Vamos lá, você verá que eu sempre tive razão... assim você pode ver com seus próprios olhos que eu sempre fui seu melhor partido. 

Os dois saem do lugar. Todos os convidados acham estranho. Chegando nos fundos, Urso e Gina veem Pedro tentando pular a parede. Foca em Urso chorando.

Corta para/

Cena 7 Na sala do casamento/ Noite 

Maria - Alguma coisa deve ter dado errado!

Mário - Eu queria ir tanto lá, mas olha pra esses caras... todos armados.

Leão - Oh meu Deus... essa ideia maluca que vocês dois tiveram, Mário...

Mário - Ele precisava de uma saída...

Maria - Vamos ficar tranquilos, qualquer coisa, a gente confirma que ele não tava mais amando o Urso.

Corta para/

Cena 8 Nos fundos/ Noite 

Urso tira uma arma da cintura, caminha na direção de Pedro e põe a arma na cabeça de Pedro. 

Urso - Você vai entrar lá agora e casar comigo, me ouviu?

Pedro (voz trêmula) - Eu... eu...

Urso - Por que você fez isso comigo? Quer morrer?

Pedro - Mas eu...

Urso - Vamos, entre lá... vamos entrar juntos, você vai se casar sim comigo... e não diga nada que não convém na festa, tá me escutando?

Pedro - Si... sim.

Corta para/

Cena 9 Lugar do casamento/ Noite 

Urso e Pedro entram juntos, de mãos dadas. Pedro chorava, enquanto Urso se fazia de durão mas também derramava lágrimas. Ao chegar de frente ao juiz, eles param.

O juiz começa a fazer o casamento. É visto todos os convidados assistindo o casório. 

Juiz - Por isso, você aceita a se casar com Pedro?

Urso - Sim, aceito.

Juiz - E você, se aceita a se casar com o Erick, ou como todos conhecem, o Urso?

Pedro olha para o juiz, para o Urso e todos ali. Congela no rosto dele preocupado.

Tags

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.