Type Here to Get Search Results !

Marcadores

Vinganças - Capítulo 32 (Últimos capítulos)

 

Vinganças - Capítulo 32 - Última Semana 




Cena 1 Cadeia/ Área de Sol/ Dia 

Thiago aponta uma faca para Mário, que olhava fixamente para Thiago.

Thiago - Acabou pra você... seu golpista!

Mário - Isso é o que você pensa! Você acha que me matando vai te tirar da cadeia?

Thiago - Eu já estou no fundo do poço... e foi por culpa sua! 

Mário  (ri) - Tá vendo o meu poder? Eu te destrui!

Thiago - Você e aquela sua irmã de merda! E vocês fizeram a trama perfeita: se juntaram ao desgraçado do Matheus!

Mário - Isso se chama consequência! Olhe pra você, você traiu a sua esposa com a empregada de vocês! Você matou a coitada e ainda pôs a culpa no Matheus. 

Thiago - Fez isso pra quê? Agora está aqui... fazendo companhia pra mim, que coisa mais fofa, né?

Mário - Sabe o que você não sabe? Que nunca se deve confiar em ninguém!

Mário avança sobre Thiago, da um soco no homem, que passa sua faca no braço de Mário. 

Thiago - Sentiu? Agora eu vou te descascar todo.

Mário - Isso é o que veremos.

Thiago tenta enfiar a faca no pescoço de Mário, que o empurra. Mário, rapidamente, pega a faca que caiu no chão e da uma facada na parte superior das costas de Thiago, que toma a faca da mão do jovem e corta o sua perna. Alguns carcereiros separam a briga.

Mário - Eu vou te matar, desgraçado. 

Thiago - Eu vou melhorar e quando ficar bom, irei te matar dormindo... você não vai ficar vivo pra contar história... eu vou acabar com você!

Corta para/

Cena 2 Casa de Ariela/ Interior/ Dia 

Maria e Ariela se abraçam. 

Ariela  (chorando) - Minha irmã... não sei o que falar para te agradecer de ter aberto os meus olhos... 

Maria - Me agradeça sendo feliz!

Ariela - Como eu não percebi as traições? 

Maria - Ele é muito inteligente e sabe fazer qualquer coisa, por mais grande que seja.

Ariela - E a tentativa de assassinato de você... ele ficou tão triste com isso e acabou sendo a pessoa que te fez tudo de mal!

Maria - Por sorte, o Mário me ajudou bastante... se não fosse ele, eu estaria morta agora.

Corta para/

Cena 3 Casa de Eva/ Dia 

Eva está assistindo televisão. O seu telefone toca, ela atende.

Eva (ligação on) - Alô. 

Policial  (voz) - Dona Eva Marquês Assunção de Tófile?

Eva - Ela mesma. Quem é?

Policial - Aqui é da prisão Dona Gregoria de Matos JK e  o seu filho, o Mário, acabou de ser levado para a Santa Casa de Misericórdia para receber os demais cuidados médicos por conta de uma briga hoje mais cedo.

Eva (surpresa) - Cadeia? Briga? Meu filho não está preso não... deve ter algum engano.

Policial - Foi preso sim. A senhora que  não deve saber.

Eva  - Meu filho preso? Meu Deus?! E briga? Ele está bem? Meu Deus do céu!

Policial - Se acalme, ele já recebeu medicação, já foi feito o procedimento para os cortes, ele só foi fazer uma análise mais profunda do estado dele mas ele não está com nada grave. Caso queira visitar ele, amanhã poderá. 

Eva - Eu irei sim... sem falta eu estarei aí.

Corta para/

Cena 4 Casa de Leão/ Interior/ Dia 

Urso olhava para Pedro, que também o olhava mas surpreso e em choque.

Pedro - Como você entrou aqui?

Urso - Eu insisti... o Leão me ameaçou dizendo que iria atirar em mim mas eu passo por cima disso tudo por causa de você...

Pedro - Por favor, vá embora...

Leão entra na sala.

Leão  (põe a arma na cabeça de Urso) - Quer morrer, desgraçado? Quer?

Pedro - Leão... 

Urso - Eu não matei o Jota... procure no site da polícia... você verá que ele estava em uma lista de um assassino... e mais: eu não te traí... eu juro! Juro por tudo que nós vivemos... eu te amo e estou te dizendo a verdade. 

Leão - Pedro? 

Pedro corre para seu quarto.

Corta para/

Cena 5 Rua/ Dia 

Ambulância seguia rapidamente. Dentro da ambulância, Mário e Thiago estavam deitados. Dois enfermeiros estão ali. Thiago empurra um dos enfermeiros, que cai sobre o outro. Mário se levanta.

Mário - Vai fugir, né?

Thiago - Mas é claro.

Um dos enfermeiros pega uma seringa com sedante, Thiago da um chuto na mão dele.

Thiago - Vai ficar quietinho.

Thiago abre a porta de trás da ambulância. 

Mário - Vai pular? Pode machucar.

Thiago - Quem vai pular é você!

Thiago empurra Mário, que cai na rua, e também joga os outros enfermeiros. 

Thiago - Agora vamos acabar com esse motorista...

Corta para/

Cena 6 Mercado de Maria/ Sala de reuniões/ Dia 

Maria, João e Rodrigues estão ali.

Maria - Eu gostaria de falar com vocês dois... a minha equipe...

Rodrigues - Fico com feliz por você estar de volta aqui, Maria.

Maria - Agradeço, Rodrigues. E você, João?

João - Eu? Eu o quê?

Maria - Por que não fugiu?

João  (surpreso) - Fugir? Por quê?

Maria - Não seja cínico. Eu sei que você estava junto com o Thiago... colocou droga aqui no meu estabelecimento e ainda fez de tudo contra mim!

João - Eu? Nunca fiz isso!

Rodrigues - Fez sim porque eu vi tudo!

João - O quê?

Rodrigues - Eu vi sim vocês se  encontrando... e o dia da droga? O Mário e eu vimos tudo!

Maria - Você não tem saída, João, acabou pra você. 

João - Eu odeio vocês dois! 

Maria - Ótimo! Meus parabéns! Agora pegue a sua tralha e suma daqui! Sorte sua que eu não vou te denunciar na polícia!

João - E por acaso você tem provas?

Maria - Mas é claro. Experimente mexer comigo novamente e eu te ponho na cadeia! Agora vaza daqui! 

Corta para/

Cena 7 Casa de Urso/ Dia 

Urso entra na casa. Gina está ali bebendo uma água. 

Urso (nervoso) - O que você está fazendo aqui?

Gina (surpresa) - Eu estou...

Urso - Some daqui! 

Gina - O que eu fiz?

Urso - O que você fez? Você destruiu o meu casamento! Eu só não te mato aqui mesmo porque eu não sou um assassino mas juro que eu posso mudar de opinião a qualquer momento!

Gina - Vamos ficar juntos... eu te amo... tudo que faço é por amor!

Urso segura no braço de Gina, a empurra para fora de sua casa.

Urso - Da próxima vez que você vier aqui, eu juro que eu acabo com você!

Urso bate o portão na cara de Gina.

Corta para/

Anoitece.

Cena 8 Casa de Eva/ Noite 

Maria e Eva se abraçam. 

Maria (surpresa) - Nossa, mãe... como assim o Mário está preso?

Eva (triste) - Minha filha... eu ainda estou totalmente em choque com isso... meu filho... preso e acidentado!

Maria - Eu vou tirar ele de lá! Pode ter certeza!

Eva - O que será que ele aprontou? Ou então estão acusando ele injustamente.

Maria - Amanhã falamos com ele.

O telefone toca. Eva atende.

Eva (ligação on) - Alô. 

Policial (voz) - Dona Eva? 

Eva - Sim, ela mesma.

Policial - Seu filho, o Mário, fugiu da cadeia.

Eva (surpresa) - O quê? Ele fugiu?

Corta para/

Cena 9 Delegacia/ Noite 

Fátima - Vocês dois são peças fundamentais para o encerramento deste caso. Porque estavam aqui naquele dia da explosão da delegacia?

Fagner - Eu estava por conta de um problema na empresa... um funcionário meu teve um pequeno problema e foi preso por desacato. 

Munique - Eu fui visitar um amigo meu, que era o delegado da época... sempre vinha visitar ele.

A imagem escurece.

Fátima - Se vocês quiserem um policial para escolta, é só me falar.

Munique - Não... não...

Fagner - Agradeço mas não quero.

Fátima - Podem ir então. Boa noite.

Os dois saem. Jorge entra.

Policial - E aí? Como foi?

Fátima - Jorge... Jorge... eles me deram um ponto crucial... eles não, o Fagner não comentou mas a Munique viu um homem supostamente suspeito passando ao redor. 

Policial - Vai olhar as câmeras?

Fátima - Irei sim. Um ponto crucial também que eu acho é o mistério que foi revelado naquela delegacia... está tudo ligado.

Policial - Será?

Fátima - Mas é claro! Eu vou investigar e irei descobrir tudo!

Corta para/

Cena 10 Apartamento de Heleno/ Noite 

A campanhia toca. Heleno abre a porta. É Mário. 

Heleno (surpreso) - Você?!

Mário (sério) - Oi querido... quer transar? Quer? Tenho certeza que você vai amar essa noite bem calorosa de nós dois.

A imagem congela em Heleno.



Tags

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.