Type Here to Get Search Results !

Marcadores

Terra do Sol - Capítulo 17

 

TERRA DO SOL (太陽の国) – CAPÍTULO 17

Web novela criada e escrita por: Luan Maciel

Produção Executiva: Ranable Webs



CENA 1: EXTERIOR. PRAIA. TARDE

CLOSE NO OLHAR DE LUCAS QUE AINDA NÃO CONSEGUE ACREDITAR

QUE CELSO É O PAI DE KEIKO. A CÂMERA MOSTRA QUE KEIKO ESTÁ

MUITO ABALADA COM TUDO ISSO. NESSE MOMENTO FABIANA FICA

OLHANDO PRA KEIKO COM MUITO DESPREZO.

FABIANA (ardilosa): - Eu não acredito que aquele infeliz do Celso possa ter

uma filha como você. Isso deve ser mentira sua para ganhar ainda mais a

confiança do Lucas. (P) Você pensa que é inteligente, mas não é.

LUCAS (gritando): - Chega, Fabiana. O que você ainda está fazendo aqui?

(T) Então o gaijin que era seu pai é ele, Keiko? Eu não posso acreditar

nessa coincidência. Isso é tão surreal.

KEIKO: - Esse homem é um verdadeiro monstro, Lucas. Ele foi o

responsável pela morte da minha mãe, e ainda um dos cheesuda quadrilha

junto com a Mitsuko. Ele é tudo… Menos o meu pai.

LUCAS ABRAÇA KEIKO A CONFORTANDO. A CÂMERA MOSTRA A INVEJA

NO OLHAR DE FABIANA. A VILÃ FICA MUITO IRRITADA.

FABIANA (nervosa): - Então quer dizer que o homem que me deu a vida

teve uma aventura no Japão? E quem se importa com isso? Se a sua mãe

era uma fraca e matou a culpa é só dela. Você deve ser igual a ela.

KEIKO (séria): - Chega!!!! Eu não vou ficar aqui parada vendo uma mulher

fútil como você ofender a memória da minha mãe. Isso acaba agora.

KEIKO FICA MUITO NERVOSA E DÁ UM TAPANA CARA DE FABIANA. A

VILÃ TENTA AGREDIR KEIKO, MAS LUCAS A IMPEDE.

LUCAS: - Você bem pense em fazer isso, Fabiana. (P) Olha só como o

destino é engraçado. Vocês duas são filhas do mesmo homem, e menso

assim são tão diferentes. É melhor você nos deixar em paz, Fabiana. Se

me procurar mais uma vez eu juro que te coloco na cadeia.


LUCAS E KEIKO VÃO INDO EMBORA DA PRAIA DE MÃOS DADAS. A

CÂMERA MOSTRA QUE FABIANA OLHA PARA ELES COM MUITO ÓDIO.

//

CENA 2: INTERIOR. HOTEL. QUARTO. TARDE

HAYATO E SHIN ESTÃO ABRAÇADOS EM UM MOMENTO MUITO TOCANTE.

NESSE MOMENTO MITSUKO ENTRA NO QUARTO E OLHA PARA ELES COM

MUITO CINISMO. A VILÃ APLAUDE O MOMENTO DE HAYATO E SHIN COM

MUITA IRONIA E DESPREZO.

MITSUKO (ardilosa): - Olha só que cena mais patética. Você já se

esqueceu de que esse homem te abandonou, Hayato? Você é um fraco

igual esse imbecil. Eu tenho vergonha de ter um filho como você.

HAYATO (sério): - Eu que tenho vergonha de ser filho de uma mulher tão

desprezível como você. Eu quero que você saiba de uma coisa. Os seus

crimes não vão ficar impunes. Eu vou acabar com você.

SHIN: - O cerco está fechando sobre você, Mitsuko. Eu passei muitos anos

longe do meu filho por sua causa. Mas isso não vai ficar assim.

MITSUKO SE APROXIMA DE SHIN E OLHA COM MUITA FRIEZA. LOGO

DEPOIS ELA OLHA PARA HAYATO QUE DESVIA O OLHAR.

MITSUKO (fria): - Olha só para você, Shin. Você se tornou uma pior versão

do homem que foi um dia. Como você quer prejudicar se não tem nada

para oferecer para o nosso filho? Você é um fracassado.

SHIN (firme): - Eu posso não ter dinheiro e prestígio como você, Mitsuko.

Mas eu tenho algo que você não tem e nunca terá: Honra. Isso é uma

coisa que dinheiro nenhum do mundo pode comprar.

HAYATO: - Em seu lugar eu aproveitaria essa homenagem que você irá

receber daqui algumas semanas, pois será o seu último momento de

glória. Eu faço questão que todos saibam a assassina que você é.

MITSUKO MANTÉM A POSE E NÃO DEIXA A POSTURA CAIR. ELA VAI

EMBORA MANTENDO A ELEGÂNCIA. HAYATO E SHIN FICAM ALIVIADOS.

//

● TRANSIÇÃO DE TEMPO: ANOITECE •


CENA 3: INTERIOR. APARTAMENTO DE DIARA. SALA. NOITE

DIARA ESTÁ DEITADA NA CAMA LENDO UM LIVRO. NESSE MOMENTO ELA

OUVE ALGUÉM BATENDO NA PORTA. DIARA FICA INTRIGADA. ELA ABRE

A PORTA E FRANZE O ROSTO AO VER INÁCIO PARADO EM SUA PORTA.

ELE SORRI E ENTRA NO APARTAMENTO DEIXANDO DIARA MUITO

INCOMODADA.

DIARA (irritada): - O que você veio fazer aqui, Inácio? Já está tarde e eu

quero ir me deitar. Se você veio aqui por aquilo que aconteceu na sala do

sala então pode esquecer. Aquilo jamais vai se repetir.

INÁCIO (sorrindo): - Você gosta mesmo de mentir para sim mesma, não é

Diara? Eu sei que você gostou das nossas trocas de carícias. Você pode

mentir o quanto quiser, mas eu sei a verdade.

DIARA: - E que verdade que é essa, Inácio? Que eu gosto de você? Não se

engane, pois isso não é verdade. (P) Você sempre foi um mulherengo e eu

não quero ter alguém como você perto de mim. Você não é nada do que

eu pensei que um dia fosse.

DIARA DÁ AS COSTAS PARA INÁCIO. ELE A PEGA PELO BRAÇO.

DIARA (seria): - O que você pensa que está fazendo, Inácio? Solte o meu

braço agora mesmo. Não me obrigue a gritar. Eu estou avisando.

INÁCIO (cafajeste): - Porque você insiste tanto em negar que não me

querer, Diara? Eu sei que no fundo você ama esse meu jeito. Você pode

não admitir, mas eu sei que nunca me esqueceu.

DIARA: - Como você é convencido, seu calhorda. Acha que o mundo gira

em torno de é? Agora saia do meu apartamento agora mesmo.

DIARA TENTA SE SOLTAR, MAS SEM SUCESSO. INÁCIO A BEIJA COM

MUITA PAIXÃO. DIARA TENTA RESISTIR, MAS ACABA SE ENTREGANDO

AO AMOR QUE SENTE POR INÁCIO.

//

CENA 4: INTERIOR. MANSÃO DA FAMÍLIA DUBOIS. SALA DE ESTAR.

NOITE

EM PLANO ABERTO A CÂMERA MOSTRA QUE ESTELA ESTÁ SENTADA NO

SOFÁ TOMANDO UMA TAÇA DE CHAMPAGNE. NESSE MOMENTO CELSO


VEM PASSANDO PELA SALA DE ESTAR E OLHA PARA ESTELA. ELE

PERCEBE QUE TEM UM PAPEL SOBRE A MESA E UMA CANETA. ELE VAI

FICANDO CADA VEZ MAIS INTRIGADO.

CELSO (sério): - Deu para ficar bebendo escondida agora, Estela? Você

está ficando cada vez mais previsível. (P) Eu já sei do seu plano com a

idiota da Valéria. Vocês nunca vão conseguir me destruir. Antes de isso

acontecer eu mato você e aquele seu filho intrometido.

ESTELA (corajosa): - Você acha mesmo que eu tenho medo das duas

ameaças, Celso? Você abusou de mim em um momento que eu estava

vulnerável. Você não não passa de um bandido que deveria estar preso. Eu

quero a separação de hoje não passa.

CELSO: - Como você é inocente, Estela. Você sabe muito bem que eu

jamais vou te dar a separação. Mas podemos entrar em acordo. Se eu tiver

90% das suas ações eu te dou a separação. Então o que você me diz?

ESTELA FICA ENOJADA COM A PROPOSTA DE CELSO. O VILÃO VAI SE

APROXIMANDO CADA VEZ MAIS DE ESTELA QUE O CONFRONTA.

ESTELA (firme): - Você sempre se achou acima do bem e do mal, Celso.

Mas saiba que eu já entreguei todas as provas que eu tinha contra você

para a polícia. É questão de tempo para você ser preso.

CELSO (furioso): - O que você pensa que vez, sua maldita? Tá querendo

me destruir é? Mas eu te garanto que isso não vai acontecer.

ESTELA: - Agora sim eu estou vendo quem você é de verdade. Eu agora

consigo entender o medo que a Valéria sente de você, Celso. Mas eu

garanto que eu sou diferente. Você vai pagar pelo que me fez.

ESTELA COLOCA A TAÇA DE CHAMPAGNE AO LADO DO PAPEL DO

DIVÓRCIO. ELA VAI SUBINDO AS ESCADAS DA MANSÃO ENQUANTO

CELSO FICA PARADO MORRENDO DE RAIVA.

//

CENA 5: EXTERIOR. BAIRRO DA LIBERDADE. RUA. NOITE

AYUMI E ZECA ANDAM PELA RUA DE MÃOS DADAS E O SORRISO PODE

SER VISTO EM SEUS ROSTOS. NESSE MOMENTO RAMON VEM

CAMBALEANDO TOTALMENTE BÊBADO E ARREMESSA UMA GARRAFA


CONTRA A PAREDE. O SEMBLANTE DE AYUMI E ZECA MUDA

RADICALMENTE COM A PRESENÇA DE RAMON.

RAMON (bêbado): - Então quer dizer que não você acabou com a minha

vida você já foi atrás dessa imunda? Eu não entendo como você pode ser

meu filho. (P) Vocês dois arruinaram a minha vida.

AYUMI (alterando a voz): - Eu cansei de ser ofendida por um homem

preconceituoso que não sabe respeitar as diferenças. Qual é o seu

problema? O que foi que eu fiz para você?

ZECA: - Não perca o seu tempo respondendo esse homem, Ayumi. Ele não

merece nada que possa vir de nós. (P) Eu te falei para nunca mais me

procurar. Eu não suporto nem mais olhar para você.

RAMON VAI FICANDO CADA VEZ MAIS ALTERADO. ELE TENTA AGREDIR

AYUMI, MAS ZECA O IMPEDE. PAU E FILHO SE OLHAM.

RAMON (alterado): - É assim que você me paga por tudo o que eu fiz por

você? Eu só queria evitar que você se decepcione assim como eu me

decepcionei. A mãe dessa infeliz foi a minha maior ruína. Ela recusou o

meu amor e por isso eu odeio todos dessa maldita família.

AYUMI (sem acreditar): - Todo esse ódio… Todo o seu desprezo…. Tudo

isso por causa que a minha mãe recusou o seu amor. Você é nojento. A

minha mãe fez a coisa certa. Ela sabia o ser imundo que você é.

ZECA: - Quanto mais o tempo passa mais eu vejo a pessoa desprezível que

você é. A minha mãe está melhor sem ter você por perto.

RAMON FICA MUITO IRRITADO. AYUMI E ZECA VÃO INDO EMBORA.

//

CENA 6: INTERIOR. FLAT DE LUCAS. SALA DE ESTAR. NOITE

KEIKO ESTÁ SENTADA OLHANDO A TODO MOMENTO PARA A PORTA.

LUCAS ESTÁ AO SEU LADO CONFORTANDO ELA. NESSE MOMENTO A

CAMPAINHA DO FLAT TOCA E LUCAS ABRE A PORTA. LOGO EM SEGUIDA

KENJI ENTRA E AO VER KEIKO ELE NÃO CONSEGUE ESCONDER A

EMOÇÃO. ELE E KEIKO SE ABRAÇAM EMOCIONADOS.


KEIKO (chorando): - Sobo…. Finalmente eu estou te vendo. Você não sabe

como eu senti a sua falta. Você tinha toda a razão. Eu não podia ter

confiado na Mitsuko Ishida. Aquela mulher é um demônio.

KENJI (esboçando um sorriso): - Tudo o que eu fiz foi pelo o seu bem,

minha neta. Quando a sua mãe morreu eu perdi uma parte de mim. Mas

hoje eu vejo que o Lucas é um homem honrado e eu estava errado sobre

ele. Vocês merecem toda a felicidade do mundo.

LUCAS: - Eu também sofri uma perda irreparável, Kenji. A Alice era uma

mulher inocente que cometeu o erro de querer o meu bem. Mas o amor

que eu sinto por sua neta é algo puro e que eu nunca senti antes. Mas

para nós superarmos tudo isso, a Mitsuko e o Celso precisam ser presos.

KENJI CONCORDA COM A CABEÇA. LUCAS E KEIKO FICAM ABRAÇADOS.

LUCAS (ponderando): - Nós todos estamos aqui por causa da ambição de

uma mulher, mas isso vai acabar agora. Nós vamos usar a prepotência da

Mitsuko contra ela mesma. Ela gosta de holofotes? Então isso será a ruína

dela.

KENJI (preocupado): - Você tem certeza do que está falando, Lucas? Eu

quero ver a Mitsuko atrás das grades assim como você, mas se fizermos

isso ela vai atacar sem nenhuma piedade. Vocês precisam saber disso.

KEIKO: - Isso não importa mais, Sobo. Aquela mulher me sequestrou,

mandou me torturar e eu quero que ela pague por tudo que me fez. Se

não fizermos isso agora outras mulheres poderão sofrer o mesmo que eu

sofri. Mitsuko Ishida precisa ser detida.

A CÂMERA MOSTRA A DECISÃO NO OLHAR DE KEIKO. LOFO DEPOIS

LUCAS TOCA A MÃO DE KEIKO SUAVEMENTE.

//

• ALGUMAS SEMANAS DEPOIS •


CENA 7: INTERIOR. TEATRO MUNICIPAL. NOITE

EM PLANO GERAL A CÂMERA MOSTRA QUE MITSUKO ESTÁ NA FRENTE DE

UMA IMENSA PLATEIA RECEBENDO UM PRÊMIO HONORÁRIO. ELA VAI


ATÉ O MICROFONE E USA DE TODA A SUA FALSIDADE PARA ENCARAR

TODOS OS PRESENTES QUE A OLHAM COM ADMIRAÇÃO E RESPEITO.

MITSUKO (cínica): - Vocês não podem imaginar como quebrou honrada em

receber esse prêmio hoje. Eu sempre prezei pela vida e vou continuar

nessa luta pelo bem de nossas mulheres.

NESSE MOMENTO UM SILÊNCIO REINA SOBRE O TEATRO MUNICIPAL. A

CÂMERA VAI MOSTRANDO OS PASSOS DE UMA MULHER ATÉ ONDE

MITSUKO ESTÁ. LIGO DEPOIS PODEMOS VER QUE ESSA MULHER É

KEIKO. ELAS SE ENCARAM DE UM JEITO BEM SÉRIO.

KEIKO (séria): - Porque você não fala a verdade para essas pessoas? Que

você não passa de uma assassina miserável, e que é a chefe de uma

organização criminosa que trafica mulheres para a Europa?

MITSUKO (sussurrando): - O que você pensa que está fazendo, sua

maldita? Está querendo me prejudicar? Você não sabe do que sou capaz.

TODOS FICAM CHOCADOS COM A REVELAÇÃO DE KEIKO. NESSE

MOMENTO LUCAS TAMBÉM SOBE NO PALCO DO TEATRO DEIXANDO

MITSUKO TOTALMENTE FORA DE SI.

LUCAS (firme): - Eu te fiz uma promessa, e hoje eu irei cumprir. Um dia

você matou a Alice, e agora você vai conhecer o que é a justiça.

KEIKO (decidida): - Todo esse seu império de terror acabou, Mitsuko. Você

vai pagar por todos os seus crimes. Isso sim é justiça.

NESSE MOMENTO UM TELÃO DESCE MOSTRANDO AS PROVAS DOS

CRIMES DE MITSUKO. TODOS OS PRESENTES COMEÇAM A REGISTRAR

ESSE MOMENTO. SEM PENSAR DUAS VEZES MITSUKO VAI SAINDO DO

PALCO SENDO ACOMPANHADA POR DOIS SEGURANÇAS DE SUA

CONFIANÇA. KEIKO SORRI PARA LUCAS ALIVIADA. ELE A ABRAÇA

MOSTRANDO TODO O SEU AMOR POR ELA.

A IMAGEM CONGELA NO ABRAÇOS DE LUCAS E KEIKO. AOS POUCOS A

IMAGEM VAI GANHANDO UM TOM ALARANJADO COMO SE O SOL

ESTIVESSE NASCENDO NO HORIZONTE.


Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.