Type Here to Get Search Results !

Marcadores

Mudanças da vida - Capítulo 20 (reprise - último capítulo)

 

Capítulo 20 ( Último Capítulo)

No Capítulo anterior o falecido Vladimir é considerado culpado. Veridiana e Otávio são

presos por serem cúmplices. Kamilla revela pra seus comparsas que quem mandava em

tudo era ela. Lucas declara para Érika que a corresponde. João pede Simone em

casamento.

No Capítulo de Hoje Camila mata os seus cúmplices e foge, porém alguém denuncia o

local e a Polícia segue imediatamente. Erika recupera os seus bens. Simone se casa com

João. Carmela consegue a reforma do colégio. Sandra fica com Cássio. Júlio volta aos

palcos da moda, levando Erika a seguir os passos da mãe.

Camila é presa em Nova York, chegando ao Brasil ela é julgada e condenada por 100 anos

de prisão. Lucas fica triste ao saber que Erika vai embora. Luan e Patrícia se casam e

ganham trabalho na agência de moda. Carol fica com Matheus. Natasha é promovida a

delegada oficial. Suzana vai embora. Cíntia volta a trabalhar no colégio. Passam-se 6

meses e Erika e Lucas se casam.

Cena 1:

( Camila sem piedade atira primeiro em Miguel depois em Josivan e por último em sua irmã)

Camila: ( em pé/ aponta a arma)

- Que tal começar a festa com você Miguel

Miguel: ( assustado)

- O que você vai fazer?

Camila: ( sorriso sarcástico)

- Ora, mandar você pro andar de baixo

( atira e Miguel cai)

- Agora você meu amor e não adianta você fugir

Josivan: ( com medo/ tenta fugir)

- Sua maluca, o que você fez?

Camila: ( olhar de maldade)

- Dei a recompensa dele e agora é você

( Josivan tenta fugir mais ela atira pelas costa)

- E você minha irmãzinha, como vou fazer? Ah, você foi muito útil e cumpriu todos os meus

mandados.

Elisângela: ( chorando/ com medo)

- Você vai atirar em mim que sou sua irmã ?

Camila: ( sorrir/ arma na mão )


- Infelizmente sim, e você vai ser dessa forma

( atira na testa de Elisângela)

- Como é bom viver só sem esses incompetentes

- Parece que é a polícia preciso sair daqui rápido

Corta p/ cena 2:

( Sandra e Suzana chegam à delegacia e Natasha conta tudo)

Sandra: ( pasma/ sentada)

- Então meu marido fez tudo isso, meu Deus que barbaridade

Natasha: ( fica em pé)

- E mais recebemos uma denúncia que eles estavam em um barraco não muito distante

daqui.

Suzana: ( pó preocupada/ se senta)

- Mas diante de tudo isso, esse tal Otávio não falou quem seria esse mandante?

Natasha: ( se senta/ o telefone toca)

- Infelizmente não, um momento já falei com vocês.

- Alô, sim é ela mesma

- Pode deixar

- Pessoal infelizmente não tenho uma boa notícia pra dar.

Corta p/ cena 3:

( Simone e João vê os preparativos pro casamento)

João: ( animado/ na sala da pensão com Simone)

- E aí amor como tá indo os preparativos?

Simone: ( entusiasmada/ senta no sofá)

- Está indo, tô muito feliz apesar de ser um casamento simples eu vou ser sempre grata a

você

( os dois se levanta e se beijam)

Corta p/ cena 4:

( Natasha conta para Sandra que seu ex esposo foi morto junto com a amante)

Sandra: ( se levanta/ chora)

- Então ele e a amante foram mortos, meu Deus que tragédia e você sabe quem o matou?

Natasha: ( sentada)

- Não, parece que fugiu


Suzana: ( preocupada)

- E será que tinha mais alguém lá?

Natasha: ( pasma)

- Sim, mais um cadáveres

Sandra: ( abismada)

- Como é que é?

Natasha: (pasma/ abismada)

- Foi identificado como Josivan Vásquez.

Suzana: ( pasma/ levanta)

- Meu Deus, foi um massacre então

Sandra:

- Coitada da Érika, uma menina tão jovem e já perdeu a mãe e agora o pai

Natasha : ( surpresa)

- E não para por aí, seu esposo Sandra ainda foi encontrado com vida e revelou o

assassino

Corta p/ cena 5:

( Cíntia recebe a ligação de Carmela )

Cíntia: ( feliz/ em pé/ na sala/ no telefone)

- Então quer dizer que vou poder voltar?

Carmela:

- Sim, você tá contratada

Cíntia: ( chora de felicidade/ desliga)

- Filho vamos voltar ao colégio e vou voltar a trabalhar, tô tão feliz

Corta p/ cena 6:

( Natasha revela quem é o mandante de tudo e deixa elas pouco aterrorizada)

Natasha: ( surpresa/ se levanta)

- Miguel falou que o assassino era ...

( Suzana e Sandra respondem juntas)

Suzana e Sandra: ( olhar de susto(

- a Camila!


Natasha: ( surpresa/ olhar fixos)

- Vocês já sabiam?

Sandra: ( se levanta)

- Sim, era o que eu tinha gravado e eu só tirei uma cópia do vídeo e Miguel o pegou.

Suzana: ( se levanta)

- Tentamos de tudo pra recuperar o vídeo, inclusive fomos sequestradas mais parece que

era só um susto pra ele poder ter acesso a casa da Sandra e pegar o vídeo.

- Foi por isso que Vladimir foi considerado culpado, Cássio depôs a favor dele mais

infelizmente não convenceu os jurados.

Sandra: ( nervosa)

- O pior que ela tava na escola e se fazendo de boazinha.

Natasha: ( irritada/ anda na sala)

- E por que você não denunciou Sandra?

Sandra: ( nervosa)

- Porque você não ia acreditar e além do mais eu queria reunir provas.

Corta p/ cena 7:

( Erika visita o túmulo de sua mãe/ e Simone chega)

Erika: ( no cemitério/ sozinha/ tarde/ chora)

- Aí mamãe, desde que a senhora se foi, me sinto tão desamparada, papai se mostrou uma

pessoa tão maléfica revelou que não gostava de você, que se alegrou de sua morte, ele foi

capaz de tirar minha irmã de você, mesmo sabendo que você passou anos pra superar a

perda dela.

( Simone chega)

Simone: ( Anda em direção ao túmulo)

- Sabia que estaria aqui irmã, quero que nossa mãe saiba que estamos juntas e que vamos

vencer.

Erika: ( chora/ sorrir)

- E mãe ela é tão teimosa quanto você, ela se tornou minha melhor amiga e agora é minha

irmã.

Corta p/ cena 8:

( Lucas liga para Érika, e pede pra a encontrar)

- Erika: ( cemitério/ no telefone)

- Alô

- Lucas o que você quer


Lucas: ( no carro/ em frente a delegacia)

- Podemos nos ver à noite?

Erika: ( se vira/ fica séria)

- Não sei, e além do mais não sei se vamos mais nós ver

Lucas: ( estranha)

- Porque?

Erika: ( Triste)

- Tô indo embora pra outra cidade em busca de melhoria, e por mais que a gente goste,

teremos que dar adeus.

Lucas: ( triste/ sai lágrimas dos olhos)

- Mais eu te amo e te deixar partir é como eu morresse

Erika: ( chorando)

- Eu lamento muito

corta p/ cena 9:

( Após saírem da delegacia Sandra vai a pensão encontrar-se com Erika e revelar a morte

do pai dela)

Alguns minutos depois...

Sandra: ( Sai do carro/ entra na pensão)

- Oi Erika se encontra?

Empregada:

- Não ela e a irmã saíram

Sandra:

- Você pode dizer a ela pra ir até minha casa com urgência, preciso falar muito com ela.

( sai e entra no carro)

Corta p/ cena 10:

( Simone fica chateada com a atitude de Erika )

Simone: ( chateada/ andando )

- Erika não acredito que você mentiu pro Lucas, ele gosta de você de verdade.

Erika: ( Chorando/ saindo pro cemitério)

- Fiz isso porque não quero ver ele infeliz, por tá morando com uma pobretona.


Simone: ( Chateada)

- Mais você não é de se importar com o dinheiro, porque isso agora.

Erika: ( olha pra ela)

- Como a gente ficou pobre, eu tenho que ralar muito pra subir na vida.

Corta p/ cena 11:

( No dia Seguinte)

( Erika vai a casa de Sandra saber o que ela deseja e fica impactada com a notícia)

Erika: ( chega na porta/manhã/ aperta a campainha)

- Bom dia, Dona Sandra está?

Empregada:

- Está sim, pode entrar

Érika: ( Educada)

- Obrigada

Sandra: ( descendo a escada vestida de preto)

- Bom dia Erika, porque não veio ontem

Erika: ( na sala/ estranha)

- Ontem não estava muito bem, decidi vir hoje.

- Mas por que está toda de preto?

Sandra: ( tira o óculos/ se senta no sofá)

- Senta querida

- Você não soube ontem meu ex marido faleceu juntamente com a amante

Erika: ( se assusta)

- Nossa que horrível, mais o que você queria falar comigo?

Sandra: ( Se levanta)

- Eu não tenho uma boa notícia pra te dar minha filha, você precisa ser forte

Erika: ( nervosa/ preocupada)

- O que é já estou ficando nervosa.

Sandra: ( triste/ pega na mão dela)

- Encontraram o verdadeiro assassino da sua mãe não é o Vladimir e sim sua ex professora

a Camila e ontem ela fugiu após matar Miguel, Elisângela, e seu pai.

Erika: ( se espanta/ começa a chorar/ se assusta)

- Não pode ser, meu Deus, que tragédia. E meu pai onde está preciso ver.


Sandra: ( chora)

- Eu peguei a liberdade de preparar tudo pro sepultamento dele.

Erika: ( pasma/ chorando)

- E agora como vou fazer?

Corta p/ cena 12:

( Todos estão no enterro e recebem a notícia que Camila foi presa)

- Lucas: ( no cemitério/ tarde/ triste)

- Sei que meu pai não era um dos melhores, mas não merecia uma morte como essa.

Erika: ( de óculos/ triste)

- Pelo menos o seu não tinha caso com a assassina e mesmo sabendo de tudo não

escondeu.

Sandra: ( triste/ pega o telefone)

- Com licença, vou atender o telefone.

- Alô, Natasha?

- Aconteceu alguma coisa?

Natasha: ( telefone/ sentada)

- Sim, prenderam a Camila em Nova York e estão vindo pro Brasil

Sandra: ( sorrir)

- Bem feito essa maldita finalmente vai ter o que ela merece

- Você já falou com a Suzana?

Natasha: ( telefone/ se levanta)

- Sim, ela já acionou o ministério público

Sandra: ( coloca o óculos)

- Obrigada

Corta p/ cena 13:

( Continuando no cemitério, Lucas diz a Erika que tá muito triste com a viagem dela)

Lucas: ( tira o óculos/ olha pra Erika)

- Olha Erika eu sei que gosto muito de você, fiquei muito arrasado com sua viagem e de

verdade não queria que você fosse.

Erika: ( agradecida/ tira o óculos)

- Obrigado pelo carinho, mas não sei se vou, com a morte do meu pai preciso rever minha

herança e recuperar o que ele me roubou.

Corta p/ cena 14:


( Após o enterro, os amigos de Lucas e Erika dão apoio e pêsames)

Luan: ( abraça Erika)

- Meus sentimentos amiga, vai ficar tudo bem

Patrícia: ( sem jeito)

- Eu sei que a gente não se deu bem Erika, mas quero de coração te pedir perdão e meus

sentimentos.

João: ( Sincero)

- Lucas meus sentimentos cara, e me perdoa pelas vezes que discutimos.

( Erika e Lucas agradecem)

Sandra: ( Caminha)

- Erika e Simone esperem tenho uma notícia pra vocês

- Prenderam a Camila em Nova York e estão vindo pro Brasil e falei agora pouco com a

Suzana e o julgamento dela será daqui a dois dias.

Erika: ( séria)

- Graças a Deus a justiça está sendo feita.

Simone: ( triste/ séria)

- Em pensar que morei com ela 18 anos da minha vida, convivendo junto com uma

assassina e nem imaginava a tamanha crueldade.

Sandra: ( chega no carro)

- Meninas vocês podem ir pra minha casa enquanto tudo se resolve, e vou ajudar vocês a

recuperarem a herança de vocês. Na pensão vocês iriam se sentir menos acolhida pra um

momento como esse. E nunca se sabe se essa mulher tem outro cúmplice por aí e manda ir

até vocês lá.

Erika: ( debilitada)

- Você quer ir Simone?

Simone:

- Só vou se você quiser ir

Erika:

- Então dona Sandra a gente vai só até o julgamento passar.

Corta p cena 15:

( Luan e Patrícia estão contentes com o casamento)

Patrícia: ( alegre/ noite/ na mesa de janta)

- Tia você aceita ser nossa madrinha de casamento né ?


João: ( suspeito)

- E com quem vamos pensar pra ser o par dela em amor?

Carol: ( sorrir)

- E que tal meu namorado?

Patrícia e João: ( se assusta)

- Namorado?

- e quem é?

Carol: ( sorrir)

- Eu e o Matheus o detetive

Patrícia: ( sorrir)

- Tá podendo em tia, um gatão daquele, por me tudo bem e você amor

João: ( sorrir)

- Claro, acho um máximo

Corta p/ cena 16:

( Na madrugada Erika desce e vai até a cozinha tomar água e chegando lá encontra Lucas

na mesa)

- Erika: ( se assusta)

- O que você tá fazendo aqui?

Lucas: ( na mesa)

- Estava sem sono e vim tomar um copo de leite, você aceita?

Erika: ( olha pra ele/ se senta)

- aceito, Obrigada.

Lucas: ( olha pra ela)

- Lamento por tudo que lhe aconteceu

Erika: ( olha para Lucas)

- Eu também lamento pela morte do seu pai.

Lucas: ( se levanta)

- Erika você vai desistir da gente, do nosso amor?

Erika: ( se levanta e caminha até ele)

- Eu não desisti, muito pelo contrário eu te amo em segredo a muito tempo, o que me levou

a se afastar desse amor foi sua forma de tratar as pessoas com arrogância

Lucas: ( pega na mão dela)


- No começo te achava uma patricinha mimada, mais depois algo me fez te olhar de outro

jeito em especial é claro. Erika a muito tempo que quero te mostrar isso.

( ele pega Erika pela cintura e a beija com muita paixão e ela corresponde.)

Corta p/ cena 17:

( dois dias depois)

( Todos estão no julgamento e ficam impressionados com as revelações de Camila)

Min. Público: ( anda no recinto)

- Senhora Camila, o que levou você a cometer tantos assassinatos?

Camila: ( sorriso debochado)

- Simples, por dinheiro

Min. Público:

- E quanto a morte dos seus passageiros, por que os matou?

Camila: ( relembra as cenas e vai falando)

- Já não eram mais úteis pra me

Min. Público:

- a senhora confirma que mandou assassinar a estilista Giovanna Vásquez?

Camila: ( rir alto)

- Você faz cada pergunta, claro que foi eu que mandei já que não pude eu mesma matá-la.

Erika: ( com raiva/ sentada/ sussurra)

- Que sínica desgraçada

Min. Público:

- E quanto aos demais companheiros como Miguel, Elisângela e Josivan, como você

começou a usá-los em seus planos.

Camila: ( com ódio)

- O Josivan sempre foi meu cúmplice desde a época que era casado com a maldita

Geovanna, ele bancava o bom marido o bom pai, mas no fundo era um lobo na pele de

Cordeiro.

Já Miguel esse foi o mais fácil de todos, ele conheceu minha irmã, que me falou dele e já

pedi pra Elisângela se aproximar e fingir está apaixonada, ele é claro era ambicioso, tempo

depois sugerir a ele planos bem práticos e ele de cara aceitou.

- Já minha irmã sempre quis uma vida de luxo, então ajudei.

Min. Público:

- E por que a senhora disse que eles não eram mais úteis ?


Camila:

- Todos eles começaram a deixar pistas, que levou a polícia a implantar uma detetive no

colégio, e é claro que tive que fazer alguma coisa.

( depois de responder as perguntas o juiz pergunta se ela afirma ter feito todos os crimes, o

juiz anuncia o veredito)

Juiz:

- Todos de pé

- A senhora Camila na condições previstas neste tribunal, confirmou ser mandante de tais

atos declaramos culpada, avaliando assim a 100 anos de cadeia sem direito a redução de

pena.

( todos se sente aliviados)

Sandra: ( no corredor/ do tribunal)

- Suzana você foi brilhante, parabéns amiga.

- E agora o que você decidiu fazer da vida?

Suzana: ( contente/ em pé)

- Vou viajar por uns tempos, relaxar um pouco

Sandra: ( feliz/ abraça )

- Boa viagem

Suzana: ( feliz)

- Obrigada

- Só um momento tenho que falar com a mocinha Érika.

- Erika espera aí, tenho algo pra você, toma

Erika: ( andando/ chorando/ se vira)

- O que é isso?

Suzana: ( feliz)

- Sandra me falou sobre seus patrimônios e sua herança que seu pai roubou, após a morte

dele entrei com uma ação pra devolverem o que é seu de direito. Esse papel é a devolução

dos seus bens e tá tudo no seu nome.

Erika: ( sorrir/ abraça Suzana/ feliz)

- Eu não acredito que tudo é meu de volta. Obrigada Dr. Suzana. E você também dona

Sandra (abraça)

( De muita felicidade, Erika abraça a Irmã Simone)

Corta p/ cena 18:

6 meses depois


( Após ter recuperado sua fortuna Erika assume o lugar da mãe no mundo da moda

juntamente com uma nova equipe.)

Erika: ( Na agência/ discursando/ salão )

- Bom pessoal estamos prestes a inaugurar uma nova fase no mundo da moda.

- Quero lhes apresentar minha nova equipe.

Júlio Mosqueta

Simone Vásquez

Luan Silva

Patrícia

João Almeida

e nossa presidente

Sandra Melo

( todos aplaudem)

Lucas: ( Alegre/ grita pra todos)

- Pessoal, hoje pra mim é um dia muito importante, e quero desde já falar de alguém que é

tudo pra mim.

- Érica quer se casar comigo?

Erika: ( com vergonha/ sorri/ grita)

- Eu digo a esse cavalheiro que minha resposta é....Sim

( eles se beijam e todos comemoram)

DUAS SEMANAS DEPOIS

( Todos estão felizes com o casamento triplo e fica ansiosos na igreja)

Sandra: ( em casa/ no quarto)

- Vamos meninas já estamos atrasadas

Erika: ( Feliz/ sorrir)

- Calma sogrinha

Patrícia: ( feliz)

- Nem acredito que estamos casando juntas

Simone: ( feliz)

- E pensar que você era uma metida arrogante, agora te admiro viu amiga

Corta p/ cena 19:

( Lucas, João e Luan ficam nervosos)

- Lucas: ( nervoso/ ansioso)


- Será que minha Erika desistiu?

João:

- Relaxa cara, vai dar tudo certo.

( Elas chegam e todos se casam, e após o casamento na lua de mel de Erika e Lucas eles

olham fixamente pro mar )

- Erika: ( Em pé/ olhando pro mar)

- Lucas te amo amor

Lucas: ( Em pé/ pega na mão e juntos olham pro mar)

- Nossas Vidas finalmente mudaram ( sorrir)


( A cena fixa nos rostos e o espelho se quebram)


( Fim)


Caros Autores e Leitores Quando temos algo na vida e queridos mudar, há sempre um

motivo pra seguir, a fé.

Pra termos um futuro bonitos, temos que passar por mudanças da vida.


Obrigado por ter um tirado um tempinho e ler essa humilde Web, que foi feita com todo

carinho.


Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.