Type Here to Get Search Results !

Marcadores

O Nordestino - Capítulo 01 (Reprise)

  

  
 
O Nordestino. Uma novela de: Iuri Santos Gama
Capítulo 1


Cena 1 plantação/ dia
Roberto está arandova terra, ele pinga suor por todo o corpo.
"🎶🎶
No Nordeste imenso, quando o sol calcina a terra,
Não se vê uma folha verde na baixa ou na serra.
Juriti não suspira, inhambú seu canto encerra.
Não se vê uma folha verde na baixa ou na serra.🎶🎶"
Aparecida grita:
Aparecida ( alegre ) - Roberto, vem comer!
Roberto  ( sorindo ) - já vou!
Roberto deixa a inchada de lado e sai correndo.

Cena 2 casa de João/ dia
Aparecida pega na barriga de Maria e afirma :
Aparecida  ( sorindo ) - mãe, esse seu bebê... será muito grande!
Maria ( sorindo ) - de Deus quiser!
Roberto chega no momento:
Roberto ( faminto ) - o que tem pra comer?
Maria ( sorindo) - cortadinho de maxixe com suco de maracujá.
Roberto e Aparecida começam a se servirem.
** instrumental alegria **

Cena 3 estrada / dia
João caminha por uma estrada:
João  ( aflito ) - meu Jesus amado, o rio secou e não faz nem sombra de chuva. Como eu vou plantar?
"🎶🎶
No Nordeste imenso, quando o sol calcina a terra,
Não se vê uma folha verde na baixa ou na serra.
Juriti não suspira, inhambú seu canto encerra.
Não se vê uma folha verde na baixa ou na serra.🎶🎶"
** instrumental tenso **

Cena 4 mansão de Januário/ dia
Januário e Tereza caminham pela mansão:
Januário  ( orgulhoso ) - você é o meu maior orgulho. Um dia você será dona dessa mansão e de todo o nosso patrimônio.
Tereza ( alegre ) - eu vou ser sim, pai!
Januário - só quero uma coisa: não me apareça com filho antes do casamento.
Tereza - eu nunca vou te decepcionar!
Os dois se abraçam. Alfredo chega no momento:
Alfredo ( duvidoso ) - Tereza, podemos conversar?
** instrumental tenso e leve **

Cena 5 casa de João/ dia
João chega na casa muito triste.
Maria ( duvidosa ) - o que aconteceu?
João  ( quase chorando ) - o rio secou, tudo secou e não tem previsão de chuva para esse ano.
Todos ficam surpresos.
Aparecida ( preocupada ) - meu Deus, como vamos plantar sem água?
João - o que será de nós?
Maria deixa os pratos caírem e assustam todos:
Maria ( apressada ) - a bolsa... estourou... meu filho... vai nascer.
Robero ( alegre ) - vou chamar a parteira!

Cena 6 mansão de Januário/ dia
Alfredo ( duvidoso) - Tereza, eu sinto amor por você! Case comigo?
Tereza  ( rindo da situação) - talvez daqui alguns... milhares de anos!
Alfredo ( frustado ) - mas...
Tereza - já falou o que tinga pra falar?
Alfredo - já, mas...
Tereza - então some daqui!

Cena 7 casa de João/ dia
Maria dá a luz a gêmeos.
Maria ( alegre) - vão se chamar José e Josué.
João  ( chorando ) - meus filhos!
Aparecida e Roberto se abraçam.

Cena 8 hospital/ noite
Claudia e Rodrigo choram.
" 🎶🎶Nobody said it was easy
It's such a shame for us to part
Nobody said it was easy
No one ever said it would be this hard
Oh take me back to the start🎶🎶"
Eduarda ( triste ) - vocês perderam o filho?
Claudia ( chorando ) - sim.
Eduarda ( pensativa ) - eu posso conseguir uma criança pra vocês!
Claudia e Rodrigo ficam surpresos.

Cena 9 casa de João/ noite
Roberto houve a parteira falando que o filho dela tá em São Paulo ganhando dinheiro, e ele afirma a Aparecida:
Roberto  ( pensativo ) - Aparecida eu vou pra São Paulo.
Maria escuta e logo afirma :
Maria ( surpresa) - o quê? Você não vai!

A imagem foca em Roberto e começa a rachar e despedaçar.

 


Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.