Type Here to Get Search Results !

Marcadores

PÁGINAS DE FAMÍLIA (REPRISE) - ESTREIA

 







Salvador, 2009.



Cena 01-(Salvador/Visão Aérea/Externo/Manhã)

Trilha Sonora:(Gilberto Gil-Andar Com Fé)

 

Cena 02-(Casa de Inácio/Sala de Estar/Interno/Manhã)



Inácio estava sentado no sofá lendo o livro Pedagogia Oprimida de Paulo Freire e Lincoln que tinha 24 anos desce as escadas na direção da sala.



Lincoln: Oh, Painho?



(Lincoln: Lucas Koka Penteado)



Inácio: Oi, meu filho pode falar.



(Inácio: Milton Gonçalves)



Lincoln chega na sala e fica em pé perto do sofá.



Lincoln: Você viu aonde foi Maria?



Inácio: Sei não. Ela falou que tinha uma surpresa pra você.



Lincoln se senta no sofá azul do lado da televisão.



Lincoln (surpreso): Uma surpresa?



Inácio faz um sinal de sim com a cabeça.



Lincoln se levanta do sofá e abraça seu pai.



Lincoln (contente): Não acredito que Maria está me fazendo uma surpresa.



Inácio ri e Lincoln volta ao sofá.



Inácio: Pois é. Meu filho, daqui a pouco vocês dois vão se casar e serão muito felizes juntos.



Lincoln ri.



Lincoln: Estou muito feliz e ansioso pra chegar esse momento.



Lincoln se levanta do sofá e Inácio também e fecha o livro e coloca na mesa da sala.



Inácio: Você está esperando alguém, filho?



Lincoln: Estou esperando a Maria chegar pra pegar o carro dela pra ir na casa de Henrique.



Inácio: Mande um abraço pra ele por mim e muito em breve vou visitar ele.



Lincoln estranha a resposta do seu pai e pega a carteira preta em cima do rack da televisão.



Lincoln (dúvida): Por que você não vai agora comigo?



Inácio: Não vai dar, que daqui a pouco vou pro colégio trabalhar.



Lincoln senta ao lado do pai e abraça ele.



Lincoln: Tenho muito orgulho do meu pai ter fundado uma escola pra ajudar o mundo a melhorar.



Inácio ri.



Inácio (sorridente): Olha, quando eu for dessa pra melhor, você vai continuar com esse colégio que fundei.



Lincoln ri.



Lincoln: Pai, não sei se estou pronto pra tomar conta do seu colégio.



Inácio ri.



Inácio: Meu filho, você tem 24 anos e ainda tem muitos anos pra aproveitar a vida e aprender direito como funciona esse processo maravilhoso chamado educação.



Lincoln: É, graças a ela que o mundo é mundo.



Os dois riram muito e Maria entrou na casa com dois sacos de pão e um de presunto e queijo lanche.



Maria (sorridente): Cheguei!



(Maria: Cris Vianna)



Lincoln viu ela e se levantou indo em direção a ela.



Inácio: Bom dia, Maria.



Lincoln dá um beijo nela na bochecha.



Lincoln (feliz): Oi, meu amor.



Maria(sorridente):Oi,meu amor. Vocês estão de saída?



Lincoln(dúvida): Tô sim,amor... Aliás,posso usar o seu carro?



Maria(feliz): Claro que sim.



Maria coloca os sacos em cima da mesa e abre a bolsa amarela e pega as chaves do carro e entrega pro Lincoln.



Lincoln: Obrigado, amor...



Lincoln dá um beijo em Maria e ele abre a porta.



Lincoln: Tchau, painho.



Inácio: Deus lhe abençoe, meu filho.



Lincoln sai de casa e fecha a porta.



Maria: Aonde ele vai, Inácio?



Inácio: Ele foi visitar o Henrique.



Maria: Enquanto ele está lá, vou subir pra descansar a cabeça.



Inácio: Vai lá e bom descanso.



Maria sobe as escadas indo para o andar de cima e Inácio se levanta e pega as chaves de seu carro.



Inácio: Vou logo pro colégio pra mais um dia de trabalho.



Inácio sai de casa.



Cena 03-(Casa de Henrique/Sala de Estar/Interno/Manhã)



Simone estava na sala arrumando a mesa da sala para colocar o café da manhã e ela olha pro relógio na parede que está marcando 07:00.



Simone (preocupada): Cadê esses meninos pra tomar o café?



(Simone: Suzana Gullo)



Simone fica em frente à escada que leva ao segundo andar da casa.



Simone (gritando): O café está na mesa!



Henrique (gritando): Já estamos indo, amor!



Simone sai de frente da escada e se senta na cadeira e Henrique desce junto com seus filhos Tadeu e Larissa.



Henrique (sorridente): Bom dia, meu amor.



(Henrique:Marcos Mion)



Simone (sorridente): Bom dia!



Tadeu e Larissa vão abraçar Simone.



Tadeu: Bom dia, mamãe!



(Tadeu: João Bravo)



Simone dá um abraço em Tadeu e dá um beijo em sua cabeça.



Larissa: Vamos logo tomar café que estou morrendo de fome.



(Larissa: Bia Barreto)



Henrique ri.



Henrique (rindo): Também estou.



A mesa está com um saco de pão com presunto e queijo do lado embalado fechado.



Simone: Terminem logo de tomar café que daqui a pouco já é hora de ir pra escola.



Henrique: Pois é, quase perdemos o horário.



Tadeu e Larissa estavam comendo o pão com presunto e queijo e tinha um copo de suco ao lado.



Henrique: Olha, daqui a pouco vou sair com Lincoln.



Tadeu: Papai, você vai sair com meu tio?



Henrique pega na mão de Tadeu.



Henrique (carinhoso): Sim, filho vou sair com titio Lincoln.



Larissa termina de comer e Tadeu também.



Tadeu: Terminei, papai.



Henrique dá um abraço em Tadeu.



Henrique (carinhoso): Agora sim,está pronto pra ir a escola.



Simone: Então, se troquem que daqui a pouco vou levar vocês na escola. Mas, antes de ir se despedem do papai.



Larissa: Tchau, papai.



Larissa abraçou Henrique.



Henrique (carinhoso): Tchau, minha filha e boa sorte na aula.



Larissa sobe as escadas correndo.



Tadeu abraça seu pai muito forte.



Tadeu (carinhoso): Tchau, papai.



Henrique: Tchau, meu filho.



Tadeu sobe as escadas devagar indo ao andar de cima.



Simone: Você e Lincoln vão ao shopping?



Henrique: Sim, estou só esperando ele me mandar um torpedo avisando que ele está chegando aqui na rua.



Simone se levanta e dá um selinho em Henrique.



Simone: Então, tchau meu amor que agora vou tomar banho pra ir trabalhar.



Henrique: Tchau, até mais tarde.



Simone sobe as escadas indo ao andar de cima.



Henrique: Eu vou ficar no portão esperando ele chegar.



Henrique pega sua carteira e arruma seu cabelo com um pente e sai logo em seguida e fecha a porta

 

 

Cena 04-(Casa de Mário/Sala de Estar/Interno/Tarde)



Lourival estava sentado na sala almoçando na mesa, assistindo televisão e Marina vem pra sala e se senta no sofá.



Marina: Oh, meu amor?



(Marina:Fernanda Montenegro)



A câmera corta para Lourival comendo.



Lourival: Fala, minha velha.



(Lourival: Reginaldo Faria)



Marina: Você viu o Mário por aí?



Lourival: Ele falou que foi pro shopping almoçar e daqui a pouco está em casa.



Marina(lamentando): Eu queria tanto que ele tivesse aqui almoçando com a gente.



Lourival: Ah, amor, você sabe que ele tem ainda 19 anos.



Marina: Eu sei, mas fico preocupada como está a violência nessa cidade.



Lourival se levanta e abraça Marina.



Lourival (confortando): Calma,que ele vai voltar em segurança.



Marina (preocupada): Falei pra ele ter ido com Rafael.



Lourival: Rafael está esperando ele no shopping Salvador pra almoçar com ele.



Marina (aliviada): Ufa, pelo menos isso me deixa mais segura.



Lourival levanta e leva o prato pra cozinha e coloca na pia e Marina se levanta do sofá.



Marina: Agora, vou pra biblioteca e não quero ser incomodada, entendeu?



Lourival ri.



Lourival: Entendi, sim.



Marina sai da sala e sobe ao andar de cima.

 

Cena 05-(Shopping Paralela/Piso G1/Interno/Tarde)



Lincoln e Henrique chegam ao estacionamento e vão em direção ao carro para irem pra casa.



Lincoln (sorridente): Estou ansioso pro meu casamento com a Maria, meu primo.



Henrique ri.



Henrique: Eu também, espero que vocês dois sejam felizes.



Lincoln destrava o carro e os dois entram no carro.

 

Cena 06 -(Casa de Henrique/Sala de Estar/Interno/Noite)



Henrique chega em casa e Tadeu, Larissa, Suzana, Amélia e Osório estavam na sala.



Tadeu: Papai, chegou!



Henrique abre a porta e chega sorridente.



Henrique(sorridente): Cheguei,família!



Os dois vão correndo em direção a ele e abraça forte.



Tadeu (carinhoso): Te amo, papai!



Larissa: Eu também.



Henrique: Que saudades estava de você.



Henrique logo em seguida deu um beijo em Simone.



Simone: Boa noite, amor.



Amélia (sorridente): Cadê o abraço em mainha , filho?



(Amélia: Betty Faria)



Henrique abraça sua mãe.



Henrique: Oh, minha mãe, como vai a senhora?



Amélia: Eu estou bem.



Osório: Oh, filho vem cá.



(Osório:Ary Fontoura)



Henrique abraça seu pai.



Osório: Oh, que abraço bom.



Henrique: Eu sei, painho que ainda te devo aquela feijoada.



Osório ri.



Osório: Que bom que lembrou, que ainda você me deve essa feijoada que a Simone sabe fazer.



Simone ri.



Simone: Se preocupa não, amor que meu sogro vai comer a melhor feijoada da vida toda.



Tadeu e Larissa ficam brincando na sala no fundo.



Amélia (rindo): Ele é muito exigente, já vou logo avisando.



Henrique: Verdade, amor.



Osório: Eu amo comida boa e a exigência faz parte de 4 coisas que eu amo nas comidas.



Simone fica curiosa.



Simone: E o que seria essas "coisas"?



Osório ri.



Osório: É o cheiro bom, temperos de qualidade, com um quantidade boa de sal e um bom suco de manga e abacaxi para acompanhar.



Todos riram.



Simone: Isso sim é bom gosto.



Henrique ri.



Henrique: Esse é meu pai maravilhoso.



Henrique abraça ele.



Osório: Não precisa me encher de elogios que ninguém é perfeito.



Amélia: Verdade, ele sabe muito bem depois que aconteceu um problema na nossa lua de mel.



Henrique (curioso): E o que aconteceu com meu pai?



Osório: Sua mãe não contou essa história pra você?



Henrique: Não, painho.



Simone: Conta aí, que eu quero saber.



Amélia: Então, eu vou contar.



Osório: É lá vamos nós, viajar para 1900 e lá vai bolinha.



Amélia: Me lembro perfeitamente que era 14 de dezembro de 1961 e estávamos em Porto Seguro de lua de mel.



Henrique interrompe.



Henrique (curioso): Eu já era nascido nessa época?



Osório ri.



Osório (rindo): Não,meu filho.



Amélia: Na época,ainda nem pensávamos em ter filhos, isso só aconteceu em 1979.



Simone (irritada): Amor,deixa minha sogra terminar a história.



Henrique: Desculpa, pode continuar.



Amélia: Bem, a gente estava no hotel São Vicente e eis que eu descubro uma coisa impressionante que seu Osório fez.



Osório fica com vergonha.



Osório (envergonhado): Não fale,por favor.



Henrique (curioso): Conte logo, mainha o que aconteceu?



Simone (curiosa): Não adianta mais, sogro que se começou a história tem que terminar.



Osório (irritado): Tá certo, então fale logo o que eu fiz.



Amélia: Então, a gente estava tomando o café da noite que estava incluso no pacote que minha mãe tinha comprado.



Todos na sala olham para Amélia.



Amélia: E seu Osório resolveu me fazer uma pegadinha comigo por que ele colocou um laxante no meu suco de laranja que eu ia tomar.



Todos ficam surpresos.



Tadeu (surpreso): Vovô, que coisa feia.



Larissa (surpresa): Pois é. Você queria que vovó ficasse com dor de barriga?



Osório continuou em silêncio.



Simone (dúvida): E o que a senhora fez com essa pegadinha do meu sogro?



Amélia(sorridente): Eu sabia que ele tinha colocado algo no suco quando ele foi ao banheiro tomar banho eu troquei os copos de suco, eu tomei o sem laxante e ele com.



Todos estavam com vontade de rir.



Henrique (curioso): E o que aconteceu na manhã seguinte?



Amélia: Ele acordou dizendo: Com licença amor, que vou explodir se eu não ir ao banheiro.

 

Cena 07-(Casa de Inácio/Quarto de Lincoln/Interno/Noite)



Maria está deitada na cama assistindo o Jornal Nacional.



Jornalista (feliz): O Jornal Nacional, fica por aqui e depois da novela Caminho das Índias veja mais informações sobre a epidemia de H1N1 no Jornal da Globo.



Jornalista 1 (feliz): Boa noite, Brasil e até amanhã.



Lincoln entra no quarto e Maria desliga a televisão.



Maria (feliz): Boa noite,amor…



Maria se levanta da cama e dá um selinho em Lincoln.



Lincoln (feliz): Boa noite,amor… Pode me falar logo se vou ser papai pela segunda vez ?



Maria segura o riso.



Maria (sério): Tá mais animado com o resultado do que eu,é?



Lincoln ri.



Lincoln (curioso): Não consigo me conter de felicidade,amor… Me conta logo qual foi o resultado?



Maria respira fundo.



Maria (séria): Bem,o resultado foi esse.



Lincoln pega o papel e começa a ler e fica surpreso.



Lincoln (surpreso): Eu não acredito que eu…



Maria interrompe ele.



Maria (emocionada): Você será pai de novo, meu amor…

 

Cena 08-(Praia da Barra/Externo/Manhã) 



Amanheceu em Salvador,o céu estava azul e tinha poucas pessoas na praia caminhando e se exercitando na areia e a câmera mostra uma criança no colo de seu pai olhando o mar e passa um pombo voando no céu e um ônibus com letreiro Barra 3

 

Cena 09-(Praia de Itapuã/Externo/Manhã) 



A câmera mostra lado a lado Lincoln e Mário correndo e a câmera corta para Mário correndo e de repente,ele tropeça e cai no chão e de longe,a câmera foca em Lincoln olhando o Mário no chão.



Lincoln(preocupado): Coitado do moço,deve ter se ralado todo no chão…



Lincoln sai correndo em direção a ele e a câmera mostra Lincoln se aproximando dele…



Lincoln(preocupado): Você está bem,moço? 



Mário(ofegante): Não… Estou bem, só me machuquei um pouquinho…



Lincoln levanta Mário no chão e a câmera corta para o rosto de Mário. 



Mário(feliz): Muito obrigado pela ajuda,amigo…



Lincoln(feliz): Por nada,moço...



Os dois se olham e tentam se reconhecer,e Lincoln tira seus óculos e os dois ficam frente a frente em silêncio por alguns instantes. 

 

Mário(surpreso): Lincoln?



Lincoln(surpreso): Mário!



Os dois se abraçam muitos felizes. 



Lincoln(sorridente): Que saudades estava de você,meu amigo.



Mário(emocionado): Eu também,não me aguentava de saudades de você,meu amigo.. 



Lincoln(dúvida): Há quanto tempo,sua família voltou a morar em Salvador?



Mário(feliz): Tem uns 3 anos que voltamos a morar em Itapuã. 



Lincoln comemora.



Lincoln(sorridente): Que bom,tenho tantas novidades pra te contar durante esses 20 anos,amigo. 



Mário ri.



Mário(feliz): Também eu tenho.Mas,você tem alguma coisa pra fazer hoje de importante? 



Lincoln começa a pensar. 



Lincoln: Estou com tempo livre hoje. 



Mário(dúvida): Que horas são? 



Lincoln olha o relógio que estava em seu pulso. 



Lincoln(feliz): São meio-dia e ponto. 



Mário(dúvida): Bora,almoçar? Pra gente,renovar a conversa?



Lincoln(sorridente): Claro que sim,pra relembrar os velhos tempos. 



Mário(sorridente): Então,vamos que eu estou morrendo de fome. 



Os dois atravessam a rua

 

Cena 18-(Condomínio Barra Lighthouse/6°Andar/Apartamento 300/Sala de Estar/Interno/Tarde) 



O telefone tocou e Carol saiu da cozinha. 



Carol(apressada):Peraí,que eu vou atender esse telefone.



(Carol: Cacau Protásio)



Carolina vem correndo pra sala.Mas,Helena se levanta do sofá. 



Helena(calma): Não precisa,deixa que eu atenda o telefone.



(Helena: Deborah Secco)



Carol(satisfeita): Então,tudo bem dona Helena. 



Carol volta pra cozinha e Helena atende o telefone. 



Helena(dúvida): Alô,Josias? 



Corte para a 



Cena 10-(Condomínio Barra Lighthouse/Portaria/Saguão/Externo/Tarde) 



Josias está no telefone dentro da cabine e ao fundo,Simone em pé esperando entrar no prédio. 



Josias(dúvida): Oh,Helena.Você conhece uma tal de Simone Costa Fernanda? 



(Josias: Claudio Gabriel)



Simone(irritada): É Fernandez! FERNANDEZ! 



Helena ri pelo telefone. 



Helena(rindo): Pode sim,autorizar a subida dela seu Josias. 



Josias: Então,tudo bem ela vai subir agora.



Josias desliga o telefone. 



Josias(sorridente): Pode subir,dona Simone



Simone(feliz): Obrigada,Seu Josias. 



Josias abre o portão automático e Simone entra e ele fecha o portão. 



Simone(calma): Desculpe pela grosseria,com você. 



Josias(calmo): Não se preocupe não,sem querer confundir seu sobrenome.É por que a senhora sabe que é difícil lembrar de todos os sobrenomes certos



Simone ri. 



Simone(feliz): Eu te entendo,meu caro Josias. 



Simone entra no prédio e a câmera foca em Josias saindo da janela da cabine. 


Cena 11-(Avenida Pinto de Aguiar/Externo/Manhã) 



3 meses depois... 



O trânsito estava movimentado com muitos carros passando e um ônibus com letreiro Barra 3 passa em frente ao Sesi- Cimatec. 



Corte para

 

Cena 12-(Condomínio Barra Lighthouse/6°Andar/Apartamento 300/Sala de Estar/Interno/Manhã) 



Helena estava na sala com seu filho pequeno Francisco tomando café na mesa. 



Helena(dúvida): Está gostando do café,meu filho? 



Francisco(feliz): Sim,mãe está uma delícia...



(Francisco:Gabriel Miller)



Helena ri e dá um beijo na testa dele. Logo em seguida,Mauro chega na sala vestido com seu terno. 



Mauro(sério): Bom dia,família...



(Mauro: Marcelo Faria)



Francisco sai da mesa e abraça ele. 



Francisco(sorridente): Bom dia,papai...



Mauro(feliz): Bom dia...



Helena(feliz): Bom dia,amor...



Helena dá um beijo nele e ele se senta na cadeira. 



Mauro(dúvida): A Carol já chegou,Helena? 



Helena(feliz): Sim... Ela está na cozinha arrumando a cozinha...



Mauro começa a comer pão com manteiga e a câmera corta para Francisco vestido com farda escolar indo abraçar sua mãe.



Francisco(sorridente): Tchau,mãe...



Helena(sorridente): Tchau,filho e tenha uma boa aula...



Francisco dá um beijo nela e Carol chega na sala. 



Carol(nervosa): Bora,Francisco!



Mauro(sério): Vai logo,filho...



Os dois saem logo em seguida e a câmera corta para Helena tomando a xícara de café.



Mauro(dúvida): Oh,Helena?



Helena(séria): Abre a boca e fale,Mauro.

 

Mauro(dúvida): É verdade que a Simone vem pra cá hoje,Helena?



Helena(séria): Sim,ela vem pra cá me ajudar a fazer um bolo... Mas,qual é o problema?



Mauro(irritado): Qual é o problema? Todos,Helena! 



Helena(irritada): Você não comece com seu show de horrores que eu estou sem paciência!



Mauro(irritado):Quantas vezes,eu vou ter que repetir pra você se afastar desse povinho da classe média pra não se contaminar com a pobreza deles,em? Esses miseráveis têm a obrigação de trabalhar sim,para manter a nós,elite branca e cidadãos de bem dessa cidade!



Helena bate na mesa com força.



Helena(gritando): CHEGA! Vai logo trabalhar,seu idiota! Não aguento mais,ser obrigada a ouvir seus vômitos de elitismo e preconceito toda santa manhã!



Mauro fica em silêncio e pega sua mala e sai da sala em silêncio.



A câmera foca em Helena começando a chorar. 



Helena(chorando): Até quando eu vou aguentar esse homem,meu Deus?



Carol vem pra sala e abraça ela. 



Carol(confortando): Calma,dona Helena... A senhora é forte,e capaz de mudar esse pensamento tolo dele...



Helena(chorando): Será que ele não me amar mais,Carol?



A câmera mostra Carol consolando Helena que estava chorando.

 

Cena 13-(Casa de Inácio/Sala de Estar/Interno/Tarde) 



Inácio e Lincoln estão na sala esperando a Maria chegar. 



Lincoln(ansioso): Já são 4 horas da tarde e nada dela chegar...



Inácio(calmo): Tenha calma,filho que ela deve estar chegando...



Lincoln(ansioso): Espero que ela chegue logo...



A campainha tocou. 



Lincoln(dúvida): Será que é ela?



Inácio vai em direção a porta.



Inácio(feliz): Deve ser seus parentes,filho...



Lincoln(dúvida): Quem são os parentes,painho?



Inácio abre a porta e encontram Ismael,Ingrid e João, filho deles na porta em pé...



Ismael(feliz):Boa tarde...



(Ismael: Armando Babaioff)



Ingrid(sorridente): Boa tarde,seu Inácio...



Inácio(sorridente): Boa tarde,meu primo...



Lincoln estava de longe vendo tudo e Inácio vem com Ismael em direção a Lincoln.



Ismael(dúvida): Você lembra de mim,meu sobrinho?



Lincoln(confuso): Sobrinho?



Ismael(sério): É sério que você não lembra de seu tio,de Ingrid e de seu sobrinho João?



Lincoln ri.



Lincoln(rindo): É brincadeira,claro que lembro de vocês...



Todos riram. 

 

Cena 14-(Casa de Mário/Sala de Estar/Interno/Noite) 



Marina e Lourival estavam na sala assistindo televisão e Mário desce as escadas todo arrumado com um bermuda jeans branca e uma blusa azul indo para sala. 



Marina(dúvida): Vai pra onde,filho?



Mário(feliz): Vou pra um chá de revelação do bebê do Lincoln?



Lourival(curioso): Qual,Lincoln?



Mário(feliz): O filho de Inácio,nosso antigo vizinho...



Marina(surpresa): Ah, Lincoln Ferreira? 



Mário(sorridente): Sim,mainha..



Lourival(surpreso): Oh,meu velho amigo Inácio... Nunca mais eu tinha visto ele...



Mário(feliz): Ele me chamou pra ir no chá de revelação do seu segundo filho ou filha dele...



Lourival e Marina ficam surpresos. 



Marina(dúvida): Ele já é casado,filho? 



Mário(feliz): Não,ele está noivando ainda com a Maria... Mas,até o fim do ano estará se casando...



Marina(feliz): Que notícia maravilhosa,espero que ele e a Maria sejam felizes juntos... 



Lourival(surpreso): Fico surpreso que os dois tenham filhos fora do casamento... Na minha época,as famílias eram muito mais conservadoras e rígidas com o casamento...



Marina(feliz): Isso é verdade,filho... Quando eu e seu pai começamos a namorar,seu avô era totalmente rígido com nosso namoro...



Lourival(feliz): Eu lembro como se fosse ontem,eu e sua mãe conhecemos no bonde de Santa Teresa no Rio de Janeiro lá em 1970...



Mário ri. 



Mário(feliz): Vocês dois tem um casamento feliz e longo,pq já são quase 40 anos de casados... Hoje em dia, os casamentos mal duram 3,4 anos em grande parte dos casos... 



Marina(dúvida): Como será que o mundo será em 2020?



Lourival(sério): Sei lá,se o ser humano fica entrando onde não deve... Daqui a pouco vem um vírus novo que vai atingir todo mundo e ficaremos por muito tempo de quarentena...



Todos riram. 



Mário(rindo): Deixa de teoria da conspiração,painho... Já não basta esse tal de H1N1 aí,imagina um vírus novo fazendo o mundo entrar em loucura... O senhor com essas ideias,podia ser escritor de novela...



Marina(rindo): Se ele for fazer novela,ele vai fazer uma novela de mais de 300 capítulos sobre pessoas ricas passeando no calçadão da Barra com seus problemas de gente rica...



Todos continuaram rindo.



Rafael chega na sala descendo as escadas.



Rafael(feliz): Boa noite,família...



Mário(feliz): Boa noite,maninho...



Mário olha pro relógio.



Mário(feliz): Eu vou logo na festa,antes que eu chegue no fim dela. Tchau,mainha e painho...



Marina(feliz): Tchau,meu filho... 



Mário sai de casa e fecha a porta. 



Rafael(dúvida): Aonde ele vai com todo arrumado daquele jeito? 



Marina(feliz): Ele foi pro chá de revelação de um velho amigo dele que ele reencontrou...



Rafael(feliz): Falando em sair,vou distrair um pouco minha cabeça...



Lourival(dúvida): Você vai sair,meu filho? 



Rafael(feliz): Vou pro bar com meus colegas de trabalho... 



Marina(séria): Rafael… Você não se esqueça que não pode beber álcool de novo,viu?



Rafael ri. 



Rafael(rindo): Se preocupa não,mainha... Que controlei meu vício e nunca mais vou beber na minha vida...



Rafael dá um beijo na cabeça de Marina.



Rafael(feliz): Tchau,mainha...



Rafael sai de casa e a câmera mostra Marina aparentemente preocupada.

 

Cena 15-(Casa de Inácio/Sala de Estar/Interno/Noite)



Trilha Sonora:(Alejandro Sanz-Corazón Partío) 

 

Todos estavam na sala conversando e bebendo cerveja e a câmera cortou para Lincoln olhando para a porta da sala e Maria chega por trás dele dando um susto. 



Maria(gritando): Terra,chamando Lincoln!



Lincoln se assusta e Maria ri. 



Lincoln(assustado): Que susto,Maria... Quase tive um ataque cardíaco... 



Maria dá um selinho nele. 



Maria(feliz): Desculpa,amor...



Maria vê Lincoln olhando para a porta.



Maria(dúvida): Está esperando alguém vim?



Lincoln(feliz): Meu amigo que eu te falei hoje que reencontrei depois de 20 anos...



Maria(dúvida): O Mário?



Lincoln(feliz): Sim,somos amigos desde que éramos crianças...



Maria(feliz): Fico feliz que você reencontrou ele hoje...



A campainha toca. 



Lincoln(empolgado): Ele chegou! 



Lincoln vai em direção à porta e ele abriu a porta e estava Mário. 



Lincoln(feliz): Boa noite,meu amigo... 



Lincoln e Mário se abraçaram felizes. 



Mário(feliz): Boa noite,Lincoln...



Lincoln(sorridente): Pode entrar e se sinta em casa...



Mário entrou na sala e Lincoln fechou a porta e eles foram em direção a Maria. 



Lincoln(sorridente): Maria,quero te apresentar meu amigo de infância,Mário...



Os dois se olham e a câmera foca em Maria sorrindo e Mário também.

 

Cena 16-(Casa de Inácio/Sala de Estar/Interno/Noite) 



Todos estavam em pé olhando pra a mesa onde está o bolo e um balão gigante pendurado. 



Helena(ansiosa): Estou ansiosa para revelação do sexo da criança...



Simone(feliz): Eu tô feliz que eu e Henrique já sabemos qual é o sexo do bebê...



Helena(dúvida): Me conta logo,amiga qual é?



Simone ri.



Simone(rindo): Já já você vai saber...



Maria e Lincoln vão em direção a mesa e todos aplaudem. 



Maria(feliz): Muito obrigada,pelos aplausos de vocês...



Lincoln fica sorridente e a câmera mostra ele acariciando a barriga de Maria que está proeminente. 



Maria(contente): Bem,quero muito agradecer a presença de vocês nessa festa que eu fiz pra todos saberem se o nosso filho que está chegando será um menino ou menina



Henrique(sussurrando): Eu tô feliz que o filho de Lincoln é menino,porque filha mulher é difícil de tomar conta...



Simone(irritada): Henrique? 



Henrique riu e deu um abraço em Larissa e coloca ela no colo. 



Larissa(contente): Eba,estou no colo do papai...



A câmera focou na mesa da sala onde estava o balão. 



Maria(sorridente): Agora,vou pedir para o futuro papai pegar um prego preso em uma faca pra a grande surpresa ser revelada para todos...



Lincoln ri. 



Lincoln(feliz): É um prazer,meu amor...



Lincoln pega um prego e tenta estourar o balão. 



Todos(gritando): Vai,Lincoln! Vai,Lincoln! Vai Lincoln!



Lincoln tenta estourar o balão e não consegue. 



Lincoln(feliz): Pera aí,está quase lá...



A câmera mostra o prego estourando o balão e cai balões e confentes da cor azul e todos aplaudem. 



Todos(comemorando): Aeeeee! 

 

 

Cena 17-(Salvador/Externo/Manhã) 



Embaixo da tela aparece escrito. 



3 meses depois... 



O sol estava forte em Salvador,o trânsito na Avenida Paralela estava movimentado com muitos carros passando e a câmera mostra um ônibus com letreiro Barra 2 passando vazio. 

 

Cena 18-(Casa de Henrique/Sala de Estar/Interno/Manhã) 



Henrique e Simone estavam tomando café sozinhos na mesa. 



Henrique(feliz): Esse dia hoje está muito lindo,não é? 



Simone(sorridente): Está mesmo... Estou impressionada com o tamanho da barriga de Maria que a qualquer momento o Matheus pode nascer...



Henrique ri. 



Henrique(sério): Lincoln falou pra mim que o Matheus deve nascer essa semana até o dia 05 de setembro,de acordo com o médico...



A campainha toca. 



Henrique(dúvida): Você está esperando alguém? 



Simone(séria): Não...



Henrique se levanta da cadeira e vai em direção a porta e ele abre a porta e está Lincoln e Maria na porta. 



Lincoln(sorridente): Bom dia! 



Henrique(surpreso): Bom dia,primo...



Os dois se abraçam. 



Simone(feliz): Podem entrar...



Maria entra com muita dificuldade devido ao tamanho da barriga e Lincoln entra logo em seguida. 



Maria(feliz): Tá parecendo que nosso filho pode nascer hoje,Lincoln... 



Lincoln ri e passa a mão na barriga de Maria. 



Lincoln(carinhoso): Se Deus quiser,Matheus vem ao mundo hoje ou talvez amanhã... 



Lincoln dá um beijo na barriga dela. 



Simone(dúvida): Menina,como vai sua gravidez? 



Maria(feliz): Está seguindo bem,e até dia 05 de setembro ele pode nascer... 



Henrique(dúvida): E Lincoln,me diga uma coisa qual foi o desejo de grávida que Maria tem? 



Lincoln ri. 



Lincoln(rindo): Ela agora quer comer acarajé com doce de leite e vitamina de Tamarindo com muito açúcar...



Henrique ri. 



Henrique(rindo): A Simone,foi pior que o dela foi sorvete de chocolate com pepino e cebola...



Maria ri. 



Lincoln(rindo): Pra você ver,o bebê deve estar tão apressado de vim ao mundo,que já quer comer tudo de vez...



E Henrique e Lincoln estavam rindo bastante. 



Maria(feliz): Se vocês soubessem,que isso de desejo de grávida não é invenção... Não estariam rindo da gente...



Maria e Lincoln se levantam. 



Maria(dúvida): Então,vamos pra casa que quero muito descansar... 



Lincoln(feliz): Então,vamos...



Maria sente uma contração forte. 



Lincoln(preocupado): Maria,você está bem? 



Maria(feliz): Acho que sim!



A bolsa de Maria estoura e o líquido vaza molhando o chão. 



Henrique(dúvida): Você se mijou,Maria?



Simone(preocupada): Não,gente... A bolsa estourou! 



Todos ficam surpresos. 



Lincoln(surpreso): É agora,amor! 



Maria(feliz): Sim,é agora...



Todos ficam surpresos e a câmera foca em Simone muito feliz. 



A tela congela e fica parecendo uma página de um livro e em embaixo aparece uma frase. 



E assim a vida continua... 




Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.