Type Here to Get Search Results !

Marcadores

O Nordestino - Capítulo 11 (Reprise)

 

  

Capítulo 11

Cena 1 empresa/ dia
André  ( preocupado) - dona Tereza...
Tereza  ( nervosa) - sai! Sai daqui!
André sai. Tereza começa a se lembrar das desconfianças de Alfredo e Eduarda.
// instrumental tenso//

Cena 2 casa de João/ dia
José  ( duvidoso) - quem é você?
Maria ( alegre) - José, esse é o seu irmão que pensávamos que estava morto. Roberto esse é o José.
Os dois se abraçam.
Aparecida  ( curiosa) - quem é Bernado?
Roberto  ( sorrindo) - é um amigo meu. É o clone do José.
**Roberto pega o celular e mostra para todos. **
João  ( surpreso) - é a cara um do outro. Parecem ser até irmãos gêmeos.
Maria ( chorando) - João, será que é o Josué?
João - deve ser.
Roberto - será? Tomare que sim.
Cena 3 casa de Rodrigo/ dia
Rodrigo  ( aflito) - amor, temos que contar a verdade para o Bernado.
Claudia ( nervosa) - não! Eu não quero que ele saiba.
**Bernado se esconde e começa a escutar a conversa**
Rodrigo - ele tem que saber a verdade. Eu amo ele, mas ele tem que saber que nós não somos os pais dele. Ele tem que saber que é adotado.
**Bernado entra na sala chorando**
Bernado  ( chorando) - o quê? Eu sou adotado?

Cena 4 casa de João/ dia
Roberto  ( alegre) - bom, então amanhã partimos?
João ( alegre) - sim, meu filho.
Maria ( alegre) - nem acredito que o meu filho está vivo! E ainda encontramos o meu outro filho.

Cena 5 casa de Rodrigo/ dia
Bernado  ( chorando) - então, essa é a história da minha vida?
Claudia  ( chorando) - sim. Meu filho, me perdoe.
Bernado - eu não tenho nada para perdoar, mas sim agradecer. Vocês me tiraram de um orfanato.
**todos se abraçam**

Cena 6 mansão de Alfredo/ noite
Tereza  ( séria) - filho, você vai chamar a sobrinha da Eduarda aqui hoje. Tá?
Daniel ( sem entender) - por quê?
Tereza - obedeça! Não crie caso! Eu estou por um fio com todos!
Daniel - tá bem.

Cena 7 casa de Roberto/ dia
Roberto e sua família chegam e se encontram com Gabriel.
Gabriel ( alegre) - meu Deus, pai esse seu irmão é o clone do Bernado.
José  ( duvidoso) - eu quero conhecer esse Bernado.

Cena 8 casa de Eduarda/ dia
//instrumental ação//
Tereza começa a pegar todas as joias de Eduarda.
Tereza  ( sorrindo) - foi tão fácil! Peguei e copiei as chaves daquela mosca morta.
**Tereza pega um pepel e escreve: peguei o que era meu. Um beijo de sua amiga Tereza.**
Mais tarde...
Eduarda chega e vê tudo e fica furiosa e decide ir na casa de Tereza.
Eduarda ( furiosa) - eu vou acabar com ela.
Cena 9 mansão de Alfredo/ dia
**Eduarda entra no quarto de Tereza**
Tereza ( debochando) - olá querida ! Temos muita coisa pra conversar. Eu descobri que você tentou me dar a rasteira mas quem vai ficar rasteirada é VOCÊ!

A imagem foca em Tereza e Eduarda e começa a rachar e despedaçar

 
 

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.