Type Here to Get Search Results !

Marcadores

REBELDE PARA SEMPRE - Capítulo 09



 Web novela de: EZEL LEMOS


CAPÍTULO 9

NO CAPÍTULO ANTERIOR:

Nagela se desespera quando seu pai fala de sua mãe;

Heloísa expulsa Mabel de sua casa;

Moana e Karla se enfrentam;

Suzana e Eugênio estranham o comportamento do filho;

Dimmy aborda Ricky na praia;

VEJA AGORA O CAPÍTULO DE HOJE:


CENA 1

(EXT: Em frente ao restaurante, o carro preto sai com Moana dentro. Ricky, Dimmy, Thales e Karla entram rápido no carro de Dimmy deixando o motorista fora, Karla está no banco do motorista. Todo falam ao mesmo tempo)


Karla: Vamos gente, vamos, posso ir?


Dimmy: Mas…


Thales: Karla é melhor...


Motorista: (fora do carro) Mas… Seu Dimmy, e eu seu Dimmy?


(Carro de Dimmy sai seguindo o carro preto)


CENA 2

(INT: Estúdio, gravação de comercial, Nagela larga texto no chão e se posiciona na frente do telão chroma)


Nagela: Estou pronta.


Diretor: Vamos lá então. Luz, Câmera, ação!


(GRAVANDO:  Nagela: Sabe aquela peça que fica perfeita em você? Que você ama de coração? As melhores marcas do mercado, pura qualidade, aquele tecido confortável. Na Rebeca lojas você monta seu closet inteiro. Corre! Vai na Rebeca lojas)


Diretor: Perfeito Nagela! Vamos para segunda parte agora.


Nagela: Eu quero uma chá antes.


Diretor: Tem que ser agora, Nagela?


Nagela: Minha voz necessita disso, meu bem.


Diretor: Tá bom Nagela. (grita) Atenção, Suelén! Trás um chá aqui pra nossa estrela.


CENA 3

(INT: Apartamento de Ruy. Ele está no quarto abrindo armário, só de toalha. Campainha toca, ele vai até a porta atender e é Natany que começa beijá-lo)


Ruy: Para, para Natany, eu tô atrasado pro trabalho. 


Natany: Vai para aquela loja que sua mãe montou pra você?


Ruy: Sim, você sabe que trabalho lá.


(Ruy segue para o quarto e Natany o segue, ele escolhe roupas no armário e coloca na cama)


Natany: Você tava com a Moa? Ela falou que ia almoçar com você hoje.


Ruy: Eita! Eu esqueci completamente. Caralho! Não acredito! A Moa deve tá uma fera comigo. Tenho que ligar pra ela.


(Ruy pega o celular e liga enquanto isso Natany deita na cama dele bem a vontade)


CENA 4

(EXT: Trânsito movimentado, Karla dirige o carro em alta velocidade e todos vão assustados. É possível ver o carro preto que ela segue, indo na frente)


Thales: Karla vai devagar.


Dimmy: Você tem habilitação?


Ricky: Você tá seguindo quem mesmo?


Karla: Gente eu não posso tá falando, estou no volante.


Dimmy: É realmente, você precisa de muita concentração para que não nos mate.


(Sinal fecha e Karla freia rápido, quase batendo em outro carro, todos gritam desesperados)


Ricky/Thales/Dimmy: (cara de pânico, de boca aberta) Ahhhhhhhh!!! Olha o sinal!!!


Karla: (respira aliviada) Uffa!! Tá vendo, vocês ficam me atrapalhando.


Ricky: Eu não vou dizer mas nada. Depois dessa, me deu até náuseas.


Dimmy: Você não quer que eu dirija, moça que não conheço?


Karla: Karla! Eu sou Karla. Aquela menina foi sequestrada gente, temos que seguir o carro que leva ela, para salvá-la de agluma forma.


(Sinal abre e o carro deles sai, Ricky, Thales e Dimmy colocam as duas mãos na cara em sinal de medo)


CENA 5

(EXT: Carro preto, Moana está encapuzada no banco de trás com um dos bandidos, Homem 2)


Moana: Seus insetos! Quem são vocês? Minha mãe é uma atriz vocês sabiam? Ela é famosa, quando a mídia souber que eu fui sequestrada vocês vão apodrecer na cadeia.


Homem 2: Cala a boca, menina! 


Moana: Eu não vou calar, vocês me sequestraram e agora vão me ouvir. Eu sou filha de Nagela Bustamante, ex-global.


(Os dois homens se olham e colocam fones de ouvido)





CENA 6

(INT: Apartamento de Ruy, ele está vestido de pé, desanimado solta celular na cama)


Ruy: Estranho, Moa não atende o celular.


CENA 7

(INT: Fábrica da família Cambraia, Nicandro está lendo umas folhas de papel quando entra sua secretária)


Secretária: Doutor Nicandro, o chefe dos operários quer falar com o senhor.


Nicandro: Eu estou muito ocupado, mas mande ele entrar.


(Jair entra na sala)


Jair: Doutor Nicandro, queria falar com o senhor sobre uma reivindicação dos funcionários.


Nicandro: Jair eu tou muito ocupado agora, então seja breve por favor!


Jair: É que os funcionários estão querendo aumento, na verdade é um hora extra né porque estão ficando até mais tarde.


Nicandro: Olha aqui Jair, eu não vou aumentar salário nenhum, eles já ganham muito bem. Você não devia ter vindo me incomodar com essas coisas. 


CENA 8

(EXT: Karla, Thales, Dimmy e Ricky continuam a perseguir o carro preto)


Dimmy: Garota tenta ir mas devagar tá bom! Você quase atropelava aquela mulher.


Karla: Meu nome é Karla.


Ricky: Ai meu Deus que roubada eu me meti, era melhor eu ter ido pra casa enfrentar meus pais.


Thales: Eu não tou gostando disso também.


(Karla freia rapidamente o carro deixando todos assustados com o impacto, ambos falam juntos)


Dimmy: Você tá louca?

Ricky: Que susto!

Thales: Uffa!


Karla: (chateada, olha pra trás) Vocês querem desistir? Se quiseram voltamos pro restaurante e deixamos aquela menina louca na mão dos bandidos.




CENA 9

(INT: Casa de Maura mãe de Karla, Maura chega em casa com Kaline)


Maura: Vai tomar banho para almoçar, filha.


Kaline: O que será que a Karlinha está fazendo? Sinto muita falta dela.


(Maura tem pressentimento ruim e coloca mão no peito sentindo-se mal)


Kaline: O que foi mãe?


Maura: Sensação estranha meu Deus, o que será que vai acontecer?


CENA 10

(EXT: Carro que Karla dirige está parado)


Thales: Continua, vamos atrás dela até onde der.


Dimmy: É já estamos aqui. 


(Dimmy reconhece Thales, o carro sai novamente)


Dimmy: Thales eu não tava te reconhecendo.


Ricky: Você o conhece?


Thales: Eu também não estava nem prestando atenção em você.


Dimmy: A mãe de Thales trabalha lá em casa e ele outro dia foi lá e me ajudou quando eu quase caí.


CENA 11

(Imagens da cidade)


(EXT: Carro preto estaciona em um galpão afastado da cidade e Karla, Ricky, Thales e Dimmy observam de longe em outro carro)


Karla: Parou alí naquele galpão.


Thales: Coitada daquela moça.


Karla: Ela é chatinha mas não merecia ser sequestrada né.


(Os homens levam Moana encapuzada para dentro do galpão)


CENA 12

(EXT: Karla, Thales, Dimmy-com muleta, e Ricky descem do carro)


Karla: Vamos rodear para ver se ouvimos alguma coisa.


Dimmy: Eu tou de muleta não sei se vou.


Ricky: Vamos mano, eu te ajudo.


(Os 4 rodeiam o galpão para chegar por trás)


Dimmy: Eu não devia ter vindo.


Karla: (fala baixo) Psiu! Cala a boca!


(Um dos bandidos os flagra e aponta uma arma para eles)


Homem: O que vocês fazem aqui? Vieram resgatar a amiguinha?


(Todos se assustam)


Fim do Capítulo.


Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.