Type Here to Get Search Results !

Marcadores

VENTO NORTE: Capítulo 19



Cena 01/ Residência Trajano Ferraço/ Suíte principal/ Noite.

(cont. da cena anterior)

Close em Regina desnorteada sob a cama junto à uma sonoplastia de fundo.

Instrumental: 


Close nela se dirigindo até o banheiro. 

Cena 02/ Residência Trajano Ferraço/ Banheiro/ Noite.

Regina entra e se dirige até o espelho onde se observa. Ela lava o rosto um pouco abalada. 

Cena 03/ Residência Trajano Ferraço/ Quarto de Melissa/ Noite.

Close em Melissa deitada sob a cama aos prantos segurando uma fotografia do pai. Sua porta está entreaberta. 

Melissa: (desolada) Por que você partiu papai, por que? Não é justo, não é!  

Carlos aparece sob a porta também triste e inquieto. Carlos se dirige até a irmã e a abraça.  

Carlos: (triste) Eu jamais deixarei que nada de ruim aconteça à você ou à mamãe, eu prometo! 

Melissa: (aos prantos) Promete mesmo?

Carlos: (triste) Prometo! Eu vou cuidar de vocês duas, eu ocuparei a função de papai nessa casa... 

Melissa apoia o rosto sob o ombro de Carlos. Os dois choram junto à uma sonoplastia de fundo. 


Cena 04/ Residência Trajano Ferraço/ Banheiro/ Noite.

Close em Regina tomando banho sob a banheira, não há nudez explícita devido as bolhas da banheira. Close nela com um olhar frio, vazio, depressivo... 

Cena 05/ Residência Trajano Ferraço/ Suíte principal/ Noite.

Close em Regina de roupão secando os cabelos sob uma toalha, ela coloca a toalha sob a cama e se dirige até o armário. Ela tira de dentro do armário um vestido preto e se dirige até o espelho que há no quarto. Ela coloca o vestido em frente ao corpo para avaliá-lo, ela se observa. 

Regina: Um vestido negro (pausa profunda) que simboliza uma dor jamais superada e inigualada. A vida foi tão cruel comigo... (derrama uma lágrima seca) 

Close nela desolada em frente ao espelho. 

 Cena 06/ Residência Trajano Ferraço/ Quarto de Melissa/ Noite.

Close em Carlos e Melissa deitados sob a cama adormecidos. A porta está entreaberta, Close em Regina de camisola se dirigindo até eles de maneira calma. Ela os observa dormindo por alguns minutos e logo em seguida os cobre. Antes de se retirar ela dá um beijo em cada um. Regina sai do quarto desolada. 

  Cena 07/ Residência Trajano Ferraço/ Corredor/ Noite.

Close em Regina desolada e aos prantos em frente à porta do quarto de Melissa. Ela se escora na parede e cai sob o chão junto à uma detalhada transição entre ela caindo e a sonoplastia. 

Instrumental: 


Close em Regina aos prantos em um copioso e emocionante choro de se lavar a alma. 

  Cena 08/ Stock Shots.

Close no céu. Ocorre uma transição entre o sol e a lua, amanhece. 



  Cena 09/ Residência Trajano Ferraço/ Suíte principal/ Dia. 

Close em Regina sentada sob a cama sem conseguir dormir, com insônia, extremamente abalada e triste. Ela olha para a janela e vê o sol e logo em seguida se dirige até o banheiro. Close nela caminhando de forma desengonçada. 

  Cena 10/ Residência Trajano Ferraço/ Cozinha/ Dia. 

Close em Regina entrando e se dirigindo até a dispensa onde pega pão e leite, ela coloca sob a mesa e se senta. Ela fica reflexiva e pensativa. Alguns minutos se passam e ela num momento de raiva joga toda a comida com uma mão no chão

Regina: (com a voz exaltada) Eu estou cansada, cansada de lutar, cansada de me manter estável, de não poder desabar, malditas estatísticas... Vida miserável... 

Close nela amarga enquanto derrama uma lágrima seca. 

Abertura: 


Vinheta de intervalo: 


  Cena 11/ Residência Trajano Ferraço/ Sala de jantar/ Dia. 

Close em Regina pondo a mesa extremamente desanimada. Ela se senta e fica reflexiva. Ela espera os filhos descerem enquanto toma uma xícara de café.

Regina: (olha para o relógio de pulso) Carlos e Melissa irão se atrasar...

Ela se levanta e se dirige até o corredor.

  Cena 12/ Residência Trajano Ferraço/ Quarto de Melissa/ Dia. 

Close em Melissa e Carlos dormindo abraçados, eles acordam. 

Carlos: (se espreguiçando) Bom dia...

Melissa: (bocejando) Bom dia...

Carlos: Que horas são? 

Melissa: Não sei... Acho que umas seis horas... 

Regina aparece. 

Regina: Crianças, vamos tomar café da manhã? Caso contrário vocês perderão a hora... 

Carlos: Tá certo mamãe... Eu sou vou trocar de roupa! (se dirige até a saída)

Melissa: Eu vou preparar a minha mochila (se dirige até a bolsa e a abre)

Regina gesticula com a cabeça simulando um sim para as crianças. Close nela. Ela se retira do quarto.

  Cena 13/ Residência Trajano Ferraço/ Sala de jantar/ Dia. 

Regina aparece e se dirige até a mesa, se sentando. Ela coloca mais café sob sua xícara e bebe. Alguns minutos se passam e Carlos e Melissa chegam e se sentam. Eles ficam em silêncio enquanto trocam olhares.

Melissa: (tímida) Essa noite eu sonhei com o papai... Sonhei que estávamos nós quatro acampando sob as montanhas... Ele nos levava para pescar, andar à cavalo, passear sob o bosque... 

Regina: Deve ter sido um sonho lindo meu amor...

Melissa: Foi sim... (desanimada)

Close nos três desolados. Eles dão as mãos. 

Regina: Daqui em diante seremos apenas nós três, apenas nós três... (lacrimeja) 

Regina se levanta e abraça os filhos. Close no momento em família.

  Cena 14/ Residência Trajano Ferraço/ Sala de estar/ Dia. 

Close em Carlos guardando alguns livros na mochila e em Melissa se aprontando em frente aos espelho, Regina aparece.

Regina: (entrega um saco de papel com o lanche para cada uma das crianças) Aqui está a merenda... 

Carlos: A senhora não precisava ter se incomodado mamãe...

Melissa: É... 

Regina: (sorri) Não foi incômodo algum crianças... Bom... Podem ir e que Deus acompanhe vocês! Tenham uma excelente aula!

Carlos: (beija Regina e se dirige até a saída, onde sai) Obrigado! E até logo mãe, fique bem...

Regina: Não se preocupe meu filho... 

Melissa: (beija Regina e também se dirige até a saída, onde sai) Tchau mamãe. 

Regina: Até logo meu amor...

Close nela sozinha com um olhar vazio junto à uma sonoplastia de fundo. 


  Cena 15/ Residência Trajano Ferraço/ Suíte principal/ Dia. 

Regina entra em seu quarto e se dirige até seu armário, close nas roupas que estão dentro. Ela fecha o armário e faz uma cara de decepção. 

  Cena 16/ Casa de modas/ Externa/ Dia. 

Close em Regina caminhando até a entrada da casa de modas. Close na fachada. 


  Cena 16/ Casa de modas/ Recepção/ Dia. 

Regina se dirige até a modista Tatiana. 

Tatiana: Regina? Ah minha querida... Eu soube o que aconteceu com Celso, eu sinto muito... 

Regina: Agradecida pelo seu apoio. Bom... Eu gostaria de fazer algumas encomendas, cinquenta vestidos todos negros. (pausa) Até março está bom para você? 

Tatiana: É um número expressivo mas creio que eu consigo sim criar todas as peças até março. Você já tem alguns modelos em vista? 

Regina: Isso fica a seu critério, sempre foi uma excelente designer. 

Tatiana: Obrigada pela confiança! 

Regina: Enquanto os vestidos não ficam prontos, eu gostaria de comprar alguns já criados, também de tom negro. 

Tatiana: Como quiser! Venha, me acompanhe

Ela dirige Regina até seu hall de peças. Suas vozes ficam desfocada. Começa uma sonoplastia de fundo. 

Instrumental: 


  Cena 17/  Rua/ Dia.

Close em Regina caminhando enquanto observa as pessoas vivendo suas vidas felizes, alegres, dispostas... Ela ao ver um jovem casal de estudantes saindo da escola, derrama uma lágrima seca. Ela recorda os momentos felizes que teve ao lado de Celso através das vozes do passado.  

Celso (off): Eu sempre vou te amar, não importa quanto tempo passe, sempre lembre disso. 

Regina (off): Eu também, sempre vou amar você! Sempre, sempre e sempre! 

Celso e Regina começam a rir em off. Close em Regina desolada. 

  Cena 18/  Mercado Trajano Ferraço/ Saguão principal/ Dia.

Regina entra e se dirige fria até o escritório, quando Osório a para. 

Osório: Dona Regina...

Regina: (o interrompe) Desculpe Osório, fale comigo mais tarde, não estou com cabeça agora. 

Osório: Está certo.

Ela se dirige fria até o escritório. Close nos funcionários a observando e estranhando seu comportamento ao mesmo tempo que a olham com pena.

  Cena 19/  Rua da escola/ Dia.

Close em Carlos e Melissa chegando em frente à escola. As vozes dos figurantes estão desfocadas. Eles observam o local.

Carlos: Lembra quando o papai costumava nos trazer todos os dias para a escola? 

Melissa: Lembro sim, você morria de vergonha.

Carlos ri. 

Carlos: Bons tempos aqueles... 

Melissa: Vamos? 

Carlos gesticula com a cabeça simulando um sim, pega a mão de Melissa e os dois juntos entram. Close nos irmãos. 

   Cena 20/  Mercado Trajano Ferraço/ Escritório/ Dia.

Regina entra e se dirige até sua mesa, ela observa a cadeira. Close nela reflexiva.

Regina: Ah meu amor... Se um dia alguém me dissesse que eu estaria sentada em sua cadeira... Eu jamais acreditaria, você nunca me deixou trabalhar... Mas agora eu preciso, eu devo fazer parte desse mercado, por nossos filhos... Apenas por eles... 

Close Em regina apreensiva e pensativa.

A imagem fica em preto e branco, como se fosse um filme dos anos 40. Gancho em Regina apreensiva.

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.