Type Here to Get Search Results !

Marcadores

ALTOS & BAIXOS - CAPÍTULO 4

 



Cena 1/ ap de Lisa e Bang/ sala/ noite
Lisa termina de trazer a última mala para a sala. Bang e Sarah vêm do corredor. Bang olha para as várias malas desacreditado...

Bang: É, perdi!

Sarah: (penalizada) Appa!

Lisa: Bang! Não adianta!

Bang: Se é pra ser assim, que seja como você quiser!

Lisa respira fundo e olha para Sarah, decidida.

Cena 2/ Colégio Alto Índice/ sala de aula/ Dia
Fellipe e Giovanna entram na sala juntos e vão pro rumo de seus respectivos lugares.

Giovanna: O quê que você achou da nova diretora, Fellipe? 

Fellipe: Ah sei não... Tem cara de ser chata pra caralho.

Os dois riem. Fellipe se senta, enquanto Giovanna vai cumprimentar seu amigo Ian (17).

Ian: E aí amiga, tudo bem?

Giovanna: Oi mana! Você vai na minha festa hoje, né querido?

Ian: Mas é claro, óbvio! Não essa festa babadeira por nada nesse mundo. Tá animada bee?

Giovanna: Muito! Você nem imagina! Vamos beber, ficar malucas!

Ian: E vê se chama algum bofe do vale tá? Ultimamente só tem hétero nessas festas...

Giovanna: Pode deixar que eu vou arrumar um boy beeem gatinho pra você!

Ian: Ui, agora eu me animei!

Giovanna ri. A professora entra na sala. Todos os alunos vão se sentar.

Drica: Bom dia pessoal, meu nome é Adiana, mas podem me chamar de Drica. Sou a nova professora de matemática de vocês!

Toda a turma: Bom dia.

Drica: Bom... Como não conheço vocês ainda, podem ir falando os seus nomes por fila... 

Ela aponta para Giovanna, que está na primeira carteira no canto da sala.

Drica: Seu nome mocinha?

Giovanna: É Giovanna!

Cena 3/ ap de Lisa e Bang/ sala/ noite

(Continuação da cena 1) Bang, Sarah e Lisa. Lisa e Sarah de mochilas nas costas.

Bang: Já que é o desejo de vocês... Eu não posso fazer nada!

Sarah: Appa... Não fica assim! A gente volta!

Lisa discretamente desvia o olhar...

Bang: Será que voltam mesmo?

Lisa suspira, cheia da situação.

Lisa: Bom, o avião sai daqui há 2 horas e chegando no aeroporto tem que fazer o check-in, as outras burocracias, vamos nos apressando Sarah?

Sarah dá um abraço forte e sincero em seu pai...

Sarah: Te amo muito pai!

Bang: Eu também minha filha... Muito!

Lisa os olha comovida... Eles soltam, com os olhos cheios de lágrimas.

Bang: (enxugando as lágrimas) Eu vou deixar vocês no aeroporto!

Lisa: Tudo bem!

Os três se movimentam para pegarem as bagagens e seguem com elas até a porta.

Cena 4/ Seul/ aeroporto/ estacionamento/ noite

O carro de Bang para em uma vaga do estacionamento. Bang, Lisa e Sarah descem do carro. Lisa abre o porta malas e vai tirando as bagagens. Sarah e Bang conversam fraternamente, fora de áudio.

Lisa: Sarah, vai pegar um carrinho de bagagens!

Sarah: Tudo bem mãe!

Sarah caminha até a área do aeroporto em que estão postos os carrinhos. Lisa vai falar com Bang.

Bang: Vai me abandonar não é?

Lisa: Não pensa assim Bang! Não é verdade!

Bang: Eu duvido que você volte.

Lisa balança a cabeça ironicmente e dá um abraço no marido.

Lisa: Tchau Bang!

Bang: Eu te amo Lisa! Não esqueça disso!

Lisa: Eu também te amo!

Lisa dá um beijo nos lábios de Bang, que se derrete. Nesse momento Sarah chega com o carrinho de bagagens e observa a despedida dos pais com brilho nos olhos. Close em Lisa e Bang com os lábios encostados...

Cena 5/ aeroporto de Seul / Saguão / noite.

Lisa e Sarah entram pela porta automática empurrando o carrinho de malas e vão andando até chegarem na escada rolante.

Lisa: Não esqueceu nada né minha filha?

Sarah: Peguei tudo mãe... (t) É... O papai ficou muito chateado com a gente né?

Lisa: Filha não pensa nisso! Seu pai é adulto! Ele tem que entender que nós não podemos viver a vida dele, enquanto a nossa passa! E se ele quisesse poderia vir conosco... Mas ele nunca iria largar aquele trabalho!

Sarah: Você tem razão...

Elas ajeitam as malas e sobem as escadas rolantes.

Cena 6/ Seul/ serra isolada/ noite

Local muito escuro, muitas árvores. O carro de Bang termina de subir um morro e estaciona por ali. Ele desce, caminha até a beirada da serra e senta lá, observando a ampla visão da cidade...

Instrumental: (até o fim desta cena)

Bang não se aguenta e cai num profundo choro...

Bang: (chorando) Perdi minha mulher! E ela ainda me leva a minha filha! Minha menina... Minhas duas razões de viver me abandonando... O que será que eu fiz de tão errado? Que fracasso!

Ele dá vários tapas em sua própria cara e depois volta a se acabar chorar, chegando até a soluçar. Bang tira sua carteira do bolso, a abre e tira uma foto em que estão ele, Lisa e Sarah abraçados e felizes. Uma gota de lágrima cai sobre a foto. Bang se deita na grama e fica a observar o céu. Começamos a ouvir um forte barulho de aeronave decolando. Um avião passa pelo céu neste exato momento. Bang aperta com força sua mão e não se contém, dando um grito vindo do fundo da alma.

Bang: AAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHH!

O grito ecoa...

<< Stock Shots de Belo Horizonte numa bela manhã >>

Cena 7/ casa de Ana Luiza e Lourenço/ Sala de estar/ Dia

Ana Luiza desce as escadas de jaleco branco. Lourenço abrindo a porta para sair.

Ana Luiza: Lourenço espera! Me dá uma carona pro consultório!

Lourenço: Se você não tivesse batido meu carro, eu poderia ir com ele tranquilamente e você com o seu! Como a ordem natural das coisas!

Ana Luiza: (Cortando) Esse assunto já deu Lourenço! Chega! Você prometeu que não ia mais tocar nisso! E também o carro não tá lá no mecânico consertando? Eu já disse que eu pago, não se preocupa!

Lourenço: Tá doida? Vai pagar nada não!

Ana Luiza: Então não reclama! Tá?

Lourenço: Ó, então vamos logo porque o escritório já abriu e o Willian não dá conta de tudo sozinho.

Ana Luiza: Tá!

Ana Luiza pega sua bolsa no sofá e os dois seguem para a saída.

Cena 8/ casa de Carla e Vanessa/ quarto de Vanessa/ Dia.  

Quarto escuro. Vanessa dormindo profundamente. Carla entra no quarto como um furacão e já vai abrindo as cortinas.

Carla: Vanessa acorda, você vai se atrasar pro trabalho!

Vanessa abre os olhos sonolenta.

Vanessa: Ai mãe hoje é meu dia de folga!

Carla: Que emprego é esse que dá folga logo no terceiro dia? Isso tá muito esquisito!

Vanessa: Já falei que é surpresa! Agora me deixa dormir!

Carla: Ontem você chegou aqui cheia de grana! Eu tô preocupada! 

Vanessa: Se eu não trabalho, eu sou vagabunda e se eu trabalho e chego aqui pagando as contas, têm algo de errado?

Carla: Se você me dissesse qual o tipo do trabalho não teria bronca! Você tá me estressando Vanessa!

Vanessa: Calma mãe, relaxa! Você tá se estressando atoa por uma coisa que você vai gostar!

Carla: Não gosto de surpresas!

Vanessa: Mas essa a senhora vai adorar! Eu tenho certeza! Confia!

Carla: Já vi que não tem jeito!

Carla, frustrada, sai do quarto, fechando a porta. Vanessa fica apreensiva e passa as mãos nos cabelos, tensa.

Vanessa: E agora? Eu vou falar com a Ana Luiza! E ela vai ter que ajudar a  me acobertar!

Tensão. Close em Vanessa.

Cena 9/ casa de carla e vanessa/ sala/ dia

TV ligada. Carla se senta no sofá segurando um punhado de couve, um prato e uma faca. Ela fica pensativa enquanto pica o alimento.

Carla: O quê que a Vanessa tá aprontando... (olha pra cima) Ai Miguel... Essa sua filha... Cheia de mistérios, igual a você!

Carla volta a cortar a couve...

Cena 10/ Colegio Alto Índice/ sala de aula/ dia

O sinal bate para o intervalo. Os alunos começam a guardar os materiais.

Tibor: Bom gente a aula fica por aqui, até a semana que vêm.

Giovanna e Fellipe saem juntos da sala. Ian termina de fechar seu estojo e sai da sala. Bernardo (17) olha para Ian sorridente...

Cena 11/ colégio alto índice/ pátio/ dia

Ian desce o último degrau da escada para chegar no pátio e já é cercado por três meninos mau encarados.

Ian: (debochado) Ih... Quê que é, hein?

Menino 1: (rindo) Ih... Esse aí queima ou não queima?

Menino 2: (rindo) Essa coca é fanta!

Menino: (rindo) Mano, tu é?

Os três caem na gargalhada. Ian revira os olhos.

Ian: Hahaha, morro de rir, mas não acho graça! Queridos, vão trocar o repertório de piadinhas de vocês, essas aí já passaram, tão muito tiozão! (Olha-os irônicamente de cima a baixo) Aliás, nem importa muito né, já que vocês parecem mesmo uns tiozões, burros, que soltam piadinhas machistas, que vão morrer no bar, sozinhos! Porque não tem pepeca que molhe pra umas criaturas tão horrendas feito vocês!

Menino 1: Olha só! A viadinha é marrentinha gente!

Ian: Palhaço, escroto!

O Menino 1 se ofende e dá um empurrão em Ian.

Ian: Olha que audácia!

Ian, ágil, dá uma rasteira no garoto, fazendo-o cair de costas. Os outros dois meninos ficam chocados com a atitude de Ian.

Ian: E aí? Quem vai ser o próximo?

Eles riem e se afastam dali. Ian ri, enquanto o menino 1 geme de dor no chão.

Menino 1: (caido no chão) Ei, alguém ajuda aqui?

Ian: (debochado) Ninguém vai ajudar o amiguinho não? (Gargalhando)

Giovanna corre até Ian e o abraça por trás.

Giovanna: Arrasou amigo! Quebrou as costas do muleque! (Risos)

Fellipe chega em seguida.

Fellipe: É isso aí Ian! Deixa barato não!

Ian: Essa gente acha que pode comigo! 

Giovanna: Mas você é o maior!

Fellipe: E o melhor!

Giovanna e Fellipe abraçam Ian... De longe, Bernardo observa a cena com brilho nos olhos e solta um sorriso.

Cena 13/ céu/ noite.

O avião anda pelo céu.

Cena 14/ avião/ noite
Lisa e Sarah nas poltronas:

Lisa: Ninguém sabe que estamos voltando! Vai ser uma surpresa.

Sarah: Depois de 10 anos sem ver a família... A gente voltando...

Lisa: E pra ficar!

Sarah: Você não pensa em voltar nunca mais pra Coreia?

Lisa: Não filha! Você sabe que se você quiser voltar um dia...

Sarah: Eu sei que posso... Mas mudando de assunto, a gente vai morar na casa da Vovó ou num hotel por enquanto?

Lisa: A casa da sua avó tem muito espaço e ela vai adorar nos receber! Depois nós alugamos um apartamento, não sei... Resolvemos lá!

Sarah: Vai dar tudo certo mãe!

Elas sorriem uma pra outra e dão as mãos.

ABERTURA:


Vinheta de intervalo:

Cena 15/ colégio alto índice/ diretoria/ dia

Ian sentado à mesa em frente a Bianca, que mexe no celular sem dar muita atenção ao garoto. 

Bianca: Quê que você fez? 

Ian: Olha, o Gabriel, o Henri e o Vinícius tavam me enchendo a paciência. Me xingando, me insultando só porque eu sou gay! Daí eu perdi a paciência e bati neles, foi isso...

Bianca: (mexendo no celular) Fez bem... Eu teria feito pior! 

Ian: Eu não vou levar advertência né?

Bianca: Não.

Ian: E eles? Vão?

Bianca: Ah sei lá. Devem levar! Resolva isso com a Ellora.

Bianca volta a mexer no celular. Ian estranhando o comportamento de Bianca. Segundos de silêncio...

Ian: Posso voltar pra sala então?...

Bianca: Uhum!

Ian se levanta da cadeira, vai em direção à porta e sai. Bianca continua mexendo em seu aparelho.

Bianca: (p/si) Ai tenho que resolver os detalhes da festa de hoje mais tarde! (Fogosa) Hoje tem... Hoje vai ter!  (Gargalha)

Close em Bianca sorridente.

Cena 16/ Escritório de advocacia/ sala de Lourenço / dia.

Lourenço e William sentados na mesa do escritório, conversando casualmente.

Lourenço: Wiliam me conta uma coisa, como tá o seu casamento?

Willian: Ah Lourenço... Eu e a Ellora nos damos bem, brigamos pouco...

Lourenço: Eu digo também... Na hora H!

Willian ri.

Willian: Ah pô... Sempre que dá!

Lourenço: Caramba... Vocês devem se amar muito então.

Willian: Pode crer que sim... E você e a Ana? Não tão se dando bem na cama?

Lourenço: Não meu amigo... Acho que ela e eu caímos na rotina. Eu tô me sentindo entendiado no meu casamento!

Cena 17/ casa de Carla e Vanessa/ sala de jantar/ dia

Ana Luiza e Carla tomam um café sentadas à mesa, enquanto conversam.

Ana Luiza: É isso mãe, eu me sinto entediada nessa relação. Nada vai pra frente ou pra trás... Eu não sei o que fazer!

Carla: Ôh minha filha, calma! Do jeito que está... Talvez a separação seja a melhor alternativa!

Ana Luiza: Mas tem o Fellipe!

Carla: O Fellipe não é mais nenhuma criança! Ele vai ter que entender!

Ana Luiza suspira...

Carla: Eu posso te sugerir também que você e o Lourenço vão sim à um terapeuta de casal, pra analisar melhor essa situação de vocês!

Ana Luiza: Eu já pensei nisso, mas o Lourenço detesta terapia, psicólogo... 

Carla: Então assim fica difícil né?...

Vanessa vêm do corredor para a sala, como se estivesse de saída.

Vanessa: Oi Ana!

Ana Luiza: Oi minha irmã!

Vanessa: Depois eu preciso conversar com você tá? Agora eu tô de saída! Beijo pra vocês!

Ana Luiza: Tá bom!

Vanessa segue até a saída.

Carla: Essa sua irmã tá misteriosa...

Ana Luiza: Deixa ela mãe!

Cena 18/ galeria do ouvidor/ corredores/ dia

Vanessa sobe as escadas rolantes e caminha pelo corredor do centro comercial, até chegar em frente à um Sex Shop. Vanessa respira fundo e vai entrar.

Cena 19/ galeria do ouvidor/ sex shop/ dia

Vanessa adentra a loja e fica a observar os artigos eróticos e as lingeries... Uma vendedora vai até ela.

Vendedora: Bom dia! Posso ajudar?

Vanessa: (sem jeito) Bom dia...

Vanessa tímida. Close nela.

Cena 20/ prédio de Giovanna/ salão de festas/ dia

Local arrumado. Mesa com doces, decoração, painel escrito: "GIOVANNA 17 ANOS". Giovanna termina de ajeitar a mesa de doces e respira fundo.

Giovanna: Até que ficou bom... Essa festa vai ser perfeita... Eu tô sentindo! 

Ela pega seu celular.

Giovanna: Ai, vou ligar pro Fellipe e pro Ian reforçarem as bebidas...

Ela disca uns números e coloca o celular no ouvido.

<< Anoitece na cidade >>

Cena 21/ Casa de Ana e Lourenço / Sala / noite

Ana e Lourenço no sofá. Fellipe desce as escadas, com uma roupa bem arrumada e carregando uma sacolinha de presentes.

Felipe: Gente tô indo pra festa da Giovanna tá?

Ana Luiza: Tá bom! Cuidado!

Lourenço: Precisa de dinheiro?

Fellipe: Me arruma 50 reais?

Lourenço tira 50 reais da carteira e dá ao filho, que fica feliz.

Lourenço: Vai se divertir, vai!

Cena 22/ Apartamento de Bianca / Suíte / Banheiro / Noite

Bianca sai da banheira de espumas e veste seu roupão.

Bianca: Nada melhor que um banho de beleza antes de ver meus gogoboys... Oh meus gogoboys!

Ela vai até a pia do banheiro e em frente ao espelho, começa a preparar sua pele com base.

Bianca: Um dia eu ainda vou abrir minha própria boate... Ah eu vou! (Risos)

Close nela.

Cena 23/ Boate / pista/ Noite

Vários homens seminús dançando em cima de um palco seduzindo a platéia, maioria formada por mulheres na faixa dos 40. Bianca ali no meio, super animada e agitada.

Bianca: (eufórica) Vem cá delicia! Quero ver o tamanho disso aí! Deliciaaa, vamo pro quarto!

Um dos gogoboys desce do palco e se aproxima de Bianca.

Bianca: Ui... Esse tem atitude... Goxtei!

Gogoboy: Vamo lá pra cima então gata!

Bianca morde os lábios e o gogoboy dá um cheiro no pescoço dela, por trás. Ela vira os olhos, excitada...

Cena 24/ Prédio de Giovanna / salão de festas / noite

Poucos convidados espalhados pela festa. Ian entra no local carregando duas sacolas e vai até Giovanna. 

Ian: Mana, cheguei aqui com os nossos drinks. (Mostra as sacolas)

Giovanna: Perfeito, já vou colocar no freezer!

Ian entrega as sacolas a ela. Fellipe também chega. Ian o vê primeiro.

Ian: Ih, seu boy chegou!

Giovanna se vira para trás, animada.

Fellipe: E aí linda? Vamo divertir?

Giovanna: Só se for agora!

Fellipe carrega Giovanna no colo. Ian ri...

CORTA PARA: Toca  a música: Havana - Camila Cabello

Luzes coloridas compõem o cenário. Giovanna e Fellipe dançam, enquanto bebem. Ian vai até Bernardo, que está isolado em cantinho.

Ian: Oi, tudo bem?

Bernardo: Oi! 

Ian: Você é o novato da sala não é?

Bernardo: É... 

Ian: Chega aí, vem dançar com a gente!

Bernardo: É que eu sou tímido!

Ian: Ah bee deixa disso! E ainda te arranjo varios boys! Se você for gay, é claro. 

Bernardo: Eu nem sei o que eu sou...

Ian: Mas vem comigo, vem!

Ian o puxa e os dois dançam. Giovanna e Fellipe:

Giovanna: Fellipe, vamo lá em cima comigo?

Fellipe: Claro!

Os dois seguem até o acesso às escadas.

Cena 25 / Ap de Giovanna / Quarto de Giovanna / Noite

(Música continua) Giovanna e Fellipe entram no quarto.

Fellipe: Quê que você queria me mostrar aqui, hein?

Giovanna: Isso aqui!

Giovanna o beija com pegada. Close nas bocas se envolvendo. Fellipe tira a blusa, a calça, ficando apenas de cueca. Giovanna logo tira seu vestido, ficando de sutiã. Fellipe agarra Giovanna e a joga cama, deitando sobre ela em seguida...

Fellipe: É sua primeira vez?

Giovanna: É, e a sua?

Fellipe: É a minha também.

Giovanna: Tá com camisinha aí?

Fellipe: Putz não! Mas como é a sua primeira vez... Acho que não vai ter problema!

Giovanna: Sendo assim...

Giovanna agarra Fellipe pelo pescoço e os dois começam a se beijar.

A imagem escurece... (Música termina)

Cena 26/ aeroporto de Confins/ estacionamento/ noite.

Lisa e Sarah cheias de bagagem, saem do interior do aeroporto pela porta automática.  

Lisa: Vamos parar um táxi filha.

Sarah: Vamos! Tá muito pesado.

Lisa faz sinal e um táxi para em frente a elas. O taxista desce e vai ajudá-las...

Cena 27/ casa de Carla e Vanessa / quarto de Vanessa / noite.

Vanessa dorme profundamente... A campainha toca. Ela abre os olhos.

Vanessa: Quem será agora?

Ela se levanta, põe seu casaco e sai do quarto.

Cena 28/ casa de carla e vanessa/ sala/ noite

Vanessa abre a porta e dá de cara com Lisa e Sarah. Vanessa fica surpresa e abre um sorriso, desacreditada.

Vanessa: Lisa? Sarah? São vocês?

Lisa e Sarah sorriem para ela. Closes alternados.

(CONGELA EM VANESSA)

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.