Type Here to Get Search Results !

Marcadores

Disputa Pelo Poder - Capítulo 03 (Reprise)




Disputa pelo Poder  - Capítulo 03

Anteriormente...

Empregada: Dona Fernanda, telefone pra você.

Fernanda se levanta e atende.

Fernanda: Alô?

Fique agora com o capítulo de hoje. 

Capítulo 03

Cena 1, Sala, Casa dos Arruda Campos, dia. 

Caio: Alô Fernanda?

Fernanda: O que você quer, Caio?

Caio: Queria saber se você toparia sair comigo pra um jantar hoje a noite.

Fernanda: Caio, eu não posso. Irei sair com a Cíntia hoje.

Caio: Ah mais que pena.

Fernanda: É... bom era só isso?

Caio: Só, era só isso sim.

Fernanda: Ok Caio. Até depois.

Caio: Até. 

Eles desligam o telefone.

Cena 2, Delegacia, dia.

O delegado Ambrósio está conversando com algumas testemunhas oculares sobre a morte de Gastão. 

Wagner aparece.

Wagner: Ambrósio! 

Ambrósio: O que você faz aqui? Não devia estar relatando o caso no jornal?

Wagner: Antes eu quero saber das últimas notícias. 

Ambrósio: Aquelas pessoas ali apontam para um rapaz meio alto, vestes de segunda mão que estava ao lado de Gastão e parece que estavam brigando e ocorreu o incidente. 

Wagner: Avisarei a família dele.

Ambrósio: Ótimo. Precisamos averiguar os rapazes da cidade e ver qual se encaixa no perfil.

Cena 3, Casa dos Vilhena (núcleo 2), Sala, dia.

Berenice preparava um bolo de fubá para vender enquanto Zelinha se apontava para trabalhar na boutique de roupas.

Sebastião: Cristiano meu filho, por favor vá a padaria e traga pão pra gente?

Cristiano: É claro, pai. Me dê o dinheiro que logo irei lá. 

 Sebastião dá o dinheiro a Cristiano para ir a padaria. 

Berenice: O nosso filho anda atormentado, você não acha, Bastião?

Sebastião: Irei conversar com ele Berê. Ele não me escapa.

 Corta para Sequência. 

Simone sai de casa para ir a Padaria comprar um suco.

Simone no caminho encontra Cristiano.

Simone: Cristiano!

Cristiano: Você aqui!

Simone: Eu vim comprar suco ou melhor, estou indo na padaria.

Cristiano: Eu também. 

Simone: Então vamos logo, no caminho te conto o que rolou.

Cena 4,  Casa dos Vilhena, sala, dia.

Cíntia se arruma para ir para o curso.

Laura está mexendo no celular e se maquiando.

Cíntia: Laura, pra onde vai toda bonita hoje?

Laura sorri.

Laura: Irei ver umas amigas num quiosque lá na praia. 

Cíntia: E papai sabe disso?

Laura: Não, não sabe. E não tem que saber além do mais a vida é minha.

Cíntia: Olha, que empoderamento!!

Laura: Sempre fui empoderada queridinha, e não por menos.

Cíntia: Pelo que vejo sim.

Laura: Você não está atrasada não, queridinha?

Cíntia olha no relógio. 

Cíntia: Ah que pena Laura... tenho que ir, mas divirta-se lá na praia.

Laura: Pode deixar querida!

 Corta para Sequência. 

Laura pega seu carro e vai para a praia.

Laura: Tiago, aonde você tá?

Tiago: Perto do Hotel Honduras, Laura.

Laura: Estou indo aí te buscar.

(Marina Lima - Meia noite e meia).

Laura vai atrás de Tiago.

Cena 5, Padaria, dia.

Simone e Cristiano chegam na Padaria.

Eles andam até um canto isolado e conversam.

Cristiano:  E aí o que aconteceu?

Simone: Bom, estão investigando quem era que esteve com o Gastão na noite passada. Disseram alguns que testemunhas oculares viram um rapaz  discutindo com o falecido. 

(Tema de fundo de suspense).

Cristiano fica apreensivo.

Cristiano: E será que suspeitam de mim?

Simone: Eu não sei, mas não acho adequado a gente ficar falando desses assuntos aqui.

Jorge aparece na padaria e avista Simone com Cristiano. 

Jorge: Simone! Bom dia!

Simone: Jorge...

-- Abertura--- 
https://youtu.be/6XCtE86nQDI

-- Voltamos a Apresentar -- 

Cena 6, Padaria, Dia.

Jorge fica sem entender o nervosismo de Simone.

Jorge: E quem é esse?

Simone: Oh, Jorge esse é Cristiano.

Cristiano cumprimenta Jorge. 

Cristiano: Prazer.

Jorge: O prazer é meu.

Simone: Viemos aqui ou melhor, eu vim aqui comprar um suco e encontrei Cristiano na rua. Estávamos conversando sobre a morte daquela rapaz.

Jorge: Ah sei. Vi pela notícia hoje de manhã. 

Cristiano se assusta.

Cristiano: Já está pelos jornais? 

Jorge: Jornais, Mídia local, e na internet.

(Tema de fundo de tensão).

Cristiano: Bom, vocês me dão licença tenho que ir pra casa.

Simone: Cristiano!

Cristiano: Depois a gente se fala, Simone.

Cristiano sai da padaria.

Jorge: Ele é seu amigo?

Simone: É... acho que é. 

(Veronica Sabino - Demais).

Simone: Bom, vamos para a fila.

Cena 7, Praia, tarde.

Laura está bebendo um refrigerante ao lado de Tiago no quiosque.

Laura: Tiago, e o seu primo? Como ele anda?

(Burburinho dos banhistas e das ruas).

Tiago: Ele anda doente. Já compramos remédios e nada dele melhorar.

Laura: Espero que ele fique melhor.

Laura pede ao atendente uma caneta e assina um cheque.

Laura: Toma. Aqui é só um empréstimo que estou fazendo. Que Tide me perdoe.

Tiago: Oh Laura... não precisava.

Laura: Precisa sim. Quero ver seu primo bem e você feliz, ouviu?

Tiago dá um sorriso e beija Laura.

Cena 8, Casa dos Vilhena (núcleo 2), tarde.

Cristiano chega nervoso em casa.

Berenice: Meu filho, o que houve?

Cristiano: Preciso... preciso ir pro Rio, mãe. 

Berenice: Pro Rio? Mas pra quê?

Cristiano: Ver o tio Aristides. Eu vou pedi-lo pra me ajudar.

Berenice: Ajudar em quê Cristiano?

Sebastião logo aparece. 

Cristiano: Pai, preciso ir embora. 

Sebastião: Embora pra onde, Cristiano?

Berenice: Ele quer ir atrás do seu irmão.

Sebastião: Mas... que disparate é esse Cristiano? O que você com aquele lá que nem sequer se importa conosco?

Berenice: Algo tá acontecendo e você não quer nos falar, Cristiano! Diz! O que foi que aconteceu?

(Tema de fundo suspense).

Cena 9, Casa de Simone, sala, tarde.

Francisco e Simone estão almoçando. 

Francisco: Simone, vai sair com o Jorge?

Simone: Não pai, por quê?

Francisco: Nada... só perguntei, ué! 

Simone: O senhor tá muito estranho, pai. O que foi que aconteceu?

Francisco: Ando meio incomodado com esse caso aí do Gastão. E foi bem no dia que o Jorge tava aqui.

Simone: E agora você nessa sua cabeça delirante tá pensando que foi o Jorge quem matou o Gastão?

Francisco: É claro que não, Simone, não bote palavras na minha boca!

Simone: Desculpe... é que o senhor com a sua convicção me deixou alarmada.

Francisco: Por quê alarmada? Simone, você sabe de alguma coisa?

(Tema de fundo de tensão).

Simone engasga.

Francisco: Toma água minha filha.

(Simone tossindo): O senhor... está fazendo acusações demais.

Francisco: Eu só te perguntei, só isso.

Simone bebe a água. 

Simone: Quem quer que seja que tenha matado o Gastão vai pagar, tenho certeza.

Cena 10, Estaleiro, tarde.

Aristides: Envie-me uma carta daqui a quatro dias. Quero saber se meu navio, o de La Mancha XV está a todo vapor lá na Europa exportando comidas, ok, Hermógenes?

Hermógenes: Sim senhor.

Aristides: Ótimo!

Hermógenes sai da sala.

Caio entra na sala.

Caio: Pai, organizei as papeladas do investidor aqui no Estaleiro durante essa década e vi umas falhas de corte.

Aristides: Me mostre essas falhas que logo logo irei conversar com ele sobre o que iremos fazer.

Caio: Ok.

Aristides: Caio, me fala uma coisa, os meus parentes, lá de Duas Barras mandaram carta?

Caio: Não, pai. O tio Sebastião não mandou nem ninguém de lá.

Aristides: Era o que pensei. Meu irmão deve estar passando dificuldades e eu aqui, no luxo.

Caio: Ele trilhou o caminho dele pai. Quis se abster do dinheiro e da boa vida que ele poderia fazer pra viver uma vida de miséria e relento.

Aristides: Ele vive essa vida por minha causa. Eu fui o culpado disso ter acontecido com ele

Caio: Não se culpe, meu pai. 

Caio sai da sala.

Cena 11, Praia, tarde.

Tiago vai embora e Laura fica sentada no meio do calçadão. 

Logo ela avista uma moça que vai em direção dela.

Laura: Walkíria, mas que surpresa!

Walkíria cumprimenta Laura.

Walkíria: Laura, mas que prazer te ver aqui na praia! Veio tomar um sol com seu pupilo, foi?

Laura: Eu?? Não, não, aquele rapaz é só um primo meu de segundo grau, só isso. 

Walkíria: Laura como você sabe disfarçar bem hein. 

Laura: Eu não estou disfarçando nada, Walkíria, já disse que é um primo e acabou!

Walkíria: Calma, calma, também não é pra menos!

Laura: Estou estressada hoje. Tide não quer me levar a peça de teatro que queria ver com ele.

Walkíria: E todo esse problema por causa de uma peça, Laura? Tenha  né (risos).

Laura: Bom, eu já vou. 

Walkíria: Ihh já vi que fiz mal em vir aqui cumprimentar você. 

Laura: Fez mesmo! Tô de tpm hoje.

Laura bebe o resto da bebida. 

Cena 12, Casa dos Vilhena (núcleo 2), tarde.

Cristiano: Olha, eu preciso ir mesmo.

Zelinha chega em casa correndo. 

Zelinha: Pessoal, pessoal! Descobriram quem foi o assassino do Gastão!

(Tema de fundo de tensão).

A cena congela no rosto de Cristiano que se transforma em gesso.

Fim de Capítulo. 




Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.