Type Here to Get Search Results !

Marcadores

Amar Não É Pecado - Capítulo 50

 






Cena 01-(Complexo da Mata Escura/Cela 04/Interno/Tarde)

Leila estava sentada no chão pensando como eu ia fugir e uma presa se aproxima dela.


Presa 1:Oi,queria te falar uma coisa.

Leila:Pode falar.

Presa 1:Amanhã tem uma rebelião marcada para às 11 horas da manhã.

Leila se supreende.

Leila(supresa):Amanhã?

Presa 1:Sim e fique pronta para fugir dessa prisão.



Leila se levanta.


Leila:Lincoln e Samuel,me aguardem seus viados!

Leila ri maleficamente.

Leila:E será amanhã mesmo?

Presa 1:Sim.Confirmei pra todas as prisioneiras da ala 10.

Leila:Quando for ao banho de sol eu ficarei atenta para eu fugir desse lugar ridículo que chamam de cadeia.



Corte para a



Cena 02-(Parque da Cidade/Externo/Noite)Trilha Sonora:(Ivete Sangalo-Abalou)




Anoiteceu em Salvador e o trânsito na Avenida ACM estava movimentado com muitos carros e ônibus passando.Todos estavam na festa do casamento dançando e conversando e estava Marília,Gisele sentadas em duas cadeiras.


Marília:Olha,amiga.

Gisele:Fala minha querida Marília.

Marília:Estou amando essa festa que vocês fizeram.

Gisele:Eu também achei uma ótima idéia fazer a festa ao ar livre.

Marília:Eu também.Só fiquei preocupada em relação à chuva.

Gisele:Eu também,mas confirmaram que hoje não teremos chuva.

Marília:Ainda bem,não quero molhar o meu cabelo.

Gisele:Falando nisso,amei seu cabelo.



Marília toca no cabelo com as mãos.



Marília:Muito obrigada,foi quase 2 horas de relógio indo pro salão de beleza.

Gisele:E qual é?

Marília:Eu vou te enviar o Whatsapp de lá pra entrar em contato.

Gisele:Me envia mesmo que eu estou precisando.



As duas riram e a música terminou.




A câmera focou em Camélia,Nana,Larissa,Janaína e Luciana conversando em pé.


Camélia:Essa festa está muito linda.

Nana:E olha que foi a Luciana que organizou isso tudo.



Larissa se impressiona.



Larissa:Foi você que fez isso tudo sozinha?

Luciana:Sim,e deu um trabalho.

Janaína:Deve ter dado mesmo.Principalmente que é ao ar livre.

Luciana:Fiquei preocupada se não fosse chover.

Nana:Você deu muita sorte.

Luciana:Pois é.Mas,agora vamos conversar mais sobre nossas vidas.

Nana:Sim.Estou feliz que minha filha está casada.



Camélia ri.



Camélia:Eu mais ainda,achava que ele nunca ia se casar na vida.



Todas riram.



Estela:E agora qual vai ser o próximo casamento para a gente ir?

Camélia:Agora tem o casamento de Rogério.

Luciana:Verdade e ainda tem o do filho dele.

Camélia:Essa música é de qual banda?

Luciana:Acho que é Filhos de Jorge.

Nana:Essa mesmo.Eu amo essa banda,fui ano passado pro ensaio de carnaval com o Edu.

Larissa:Eu nunca mais fui pular carnaval.

Nana:Por que a gente não combina todas para ir?

Estela:Achei interresante e quero muito conhecer o carnaval de vocês.

Larissa:Você não conhece o nosso carnaval?

Estela:Eu morava em Florianópolis.

Camélia:Minha irmã só tem 1 ano morando comigo e meu neto.

Estela:Então,vamos todo brindar pela saúde de Gisele e Felipe.



Todas levantam as taças.



Nana:A nossa saúde e felicidade.



Todas batem as taças pra brindar.



Estela:Espero que essa felicidade dure muito tempo.



Estela bebe o champanhe que estava na taça.

Corte para a



Cena 03-(Casa de Mirella/Sala/Interno/Noite)Trilha Sonora:(Marina Elali-Eu Vou Seguir)


O trânsito estava movimentado na Avenida Paralela e tinha muitos carros e ônibus passando.Antônio e Marcela chegam na casa e estava escura.


Marcela:Gostou?

Antônio:Eu não tinha lembrado que eu amava andar no elevador Lacerda.



Marcela estranha a escuridão da sala.



Marcela(estranhando):Que estranho?

Antônio:Acho que elas saíram.



A luz se acende e eles ficaram supresos ao ver Mirella,Lia e Celso no local.


Todos:Supresa.



Antônio se supreende.



Antônio:Que saudades estava de vocês.



Todos abraçaram ele.



Celso:Meus parabéns por você estar de volta.

Antônio:Eu agradeço a vocês por esse tempo que vocês me acompaharam nessa luta batalha.

Mirella:Estamos felizes que você está bem e vivo.



Antônio se emociona e abraça ela.



Celso:Que fofura vocês dois.

Lia:Nem me diga.

Celso:E dona Marcela?

Marcela:Oi.

Celso:Ele vai poder trabalhar de novo como caixa do restaurante?

Marcela:Sim.


Todos comemoram.



Antônio:A partir de segunda feira estou de volta ao restaurante.

Lia:E vamos receber de volta e com muito prazer.

Antônio:Quem ficou no meu lugar nesses 9 meses?

Lia:Eu que fui caixa do local.



Antônio abraça Lia.



Antônio:Eu agradeço demais a você e peço desculpas pelas minhas ofensas.



Lia ri.



Lia:Não precisa se desculpar.Seu comportamento já mostra você como um homem novo.



Antônio se emociona de novo e todos aplaudem.



Marcela:Esse é meu filho.

Antônio:Foi muito bom eu sai do hospital e nos próximos dias eles vão confirmar se estou curado.



Mirella abraça ele.



Mirella:E com certeza você está.

Antônio:Espero mesmo.

Mirella:E agora sua mãe falou que vocês vão comprar a casa nova?

Antônio:Eu prometi pra mainha uma casa dela própria.

Marcela:E estou ansiosa para isso acontecer.

Antônio:E amanhã vamos olhar uma casa que fica aqui na Barra.

Marcela:E com certeza eu vou gostar meu filhão.



Os dois se abraçam.



Antônio:Vamos no meu quarto,Mirella?



Mirella estranha.



Mirella:Pra que?



Antônio pega ela pelo braço.



Antônio:Preciso te mostrar uma supresa.



Antônio e Mirella subiram as escadas do andar de cima.


Celso:O que os dois vão fazer?

Lia:Saberemos só nos próximos capítulos.



Todos riram.

Corte para a



Cena 04-(Casa de Mirella/Quarto de Antônio/Interno/Noite)Trilha Sonora:(Ivete Sangalo-O Brilho desse Olhar)





Os dois entram no quarto de Antônio que estava limpo e decorado com várias fotos de Marcela e ele juntos.


Antônio(impressionado):Que quarto bonito.

Mirella:Fiquei limpando enquanto você estava se tratando.

Antônio:Gostei dessa foto aqui.


Antônio pega o porta retrato que tinha a foto de Antônio e Mirella dentro do restaurante felizes.


Mirella:Lembro desse dia.

Antônio:No seu primeiro dia de trabalho.


Mirella ri.


Mirella:A gente brincava como cão e gato.


Antônio também riu.


Antônio:Eu queria te contar uma coisa.

Mirella e Antônio se sentam na cama dele.

Mirella:Pode contar.


Antônio pega a mão dela.


Antônio:Quero muito te dizer algo que a doença não mudou comigo?

Mirella:E o que seria?

Antônio:O meu amor que eu sinto por você.


Antônio e Mirella se aproximam.


Mirella:Sabia que aquele ódio gratuito tinha algo mais.

Antônio:Eu queria muito começar nossa relação antes.Mas,você quer namorar comigo?

Mirella:Sim.E quero começar agora mesmo.


Os dois se aproximam e começam a se beijar devagarinho e a música ficou mais alta.


Quero ver no brilho desse olhar
O gosto do prazer
Amar é mesmo assim, não vai mudar
Só você que me faz sonhar
E me faz viver
Pra sempre vou te amar

Eu quero ver no brilho desse olhar
O gosto do prazer
Amar é mesmo assim, não vai mudar
Só você que me faz sonhar
E me faz viver
Pra sempre vou te amar

Eles continuam se beijando.

Corte para a



Cena 05-(Casa de Rogério/Sala/Interno/Manhã)Trilha Sonora:(Ivete Sangalo-Somente Eu e Você)



Amanheceu em Salvador e o trânsito na Avenida Paralela estava pouco movimentado e um trem do metrô passou com letreiro Acesso Norte e a câmera corta para a praia de Pituba que estava vazia e passa uma pessoa fazendo caminhada na areia da praia.E estava Marília e Rita preparando na mesa da sala para o café da manhã e em seguida Rita foi a cozinha.


Rita:Marília?

Marília:Oi.

Rita:Você sabe onde está as frigideiras?

Marília:Eu ainda estou me acostumando com esses armários.


Rita ri.


Alexa:Bom dia,Marília como vai?

Marília:Estou bem.

Alexa:O que você quer fazer?

Marília:Pode me dizer onde está a frigideira média?

Alexa:Está no armário do meio em cima da pia.


Rita vai no local e acha a frigideira.


Rita:Caraca.Que inteligente.


Alexa ri.


Alexa:Obrigada.

Marília:Muito obrigada pela ajuda.

Rita(rindo):Menina.que tecnologia é essa.

Marília:E a versão mais atualizada da Alexa.

Rita:Na minha antiga casa era google assistente.

Marília:Ele não é ruim,mas prefiro mais ela por ter mais comandos.

Rita:Pelo menos,agora vou poder fritar os ovos.

Marília:Enquanto eles não acordam,vou pedir pra tocar uma música.

Rita:Pede mesmo.Quero me sentir como se fosse uma Helena no Leblon.

Marília:Hey,Alexa.

Alexa:Oi,Marília.

Marília:Por favor coloca a música Concorvado pra tocar nas caixas de som da sala.

Alexa:Tudo bem.reproduzindo Concorvado em YouTube.



Rita:Obrigada.

Rogério e Iracy descem as escadas.

Rita:Bom dia.

Rogério:Bom dia,Rita.


Rogério dá um beijo nela.


Marília:Bom dia,meu pai.


Rogério se senta na cadeira da mesa da sala.


Rogério:O que teremos hoje no café?

Marília:Teremos pão com ovo.

Iracy:Que boa música.

Marília:E Concorvado de Tom Jobim.

Iracy:Essa é clássica.

Iracy(cantando):Quero a vida sempre assim
Com você perto de mim
Até o apagar da velha chama

E eu que era triste
Descrente deste mundo
Ao encontrar você eu conheci
O que é felicidade meu amor

Ela assobia ao ritmo da música.


Corte para a

Cena 06-(Barra Diner/Interno/Manhã)Trilha Sonora:(Miúcha,Tom Jobim-Pela Luz dos Olhos Teus)



O trânsito na Barra estava movimentado e tinha muitos carros e ônibus passando.Antônio entra no restaurante e todos aplaudem.


Mirella:Bem vindo de volta!

Mirella abraça ele.

Antônio fica impressionado.


Antônio(impressionado):Não mudou quase nada.

Lia:Mudou sim.temos uma televisão nova na sala de descanso.

Antônio:Pelo menos vamos poder Vale a Pena Ver de Novo com imagem de cinema.

Lia:Pois é.

Antônio:Falando nisso cadê o Kaique?Quero muito falar com ele.


Todos ficam tristes.


Mirella:Ele saiu do restaurante.


Antônio fica supreso.


Antônio(supreso):Por que?

Celso:Ele fez uma prova pra estudar pedagogia nos Estados Unidos e agora ele está lá.


Antônio fica feliz.


Antônio:Que bom.Ele tinha potencial para ser o que ele quiser.

Celso:Ele só vem pro Brasil em novembro pro casamento de Lincoln.

Antônio:Ele vai se casar?

Celso:Sim.Com o Samuel.

Antônio:Que bom.

Celso:Agora,vou pro meu escritório e daqui a pouco podem abrir o restaurante.

Lia:Certo,Seu Celso.


Celso sobe as escadas.


Antônio:Saudades desse lugar e lembro da história do Zé do Picadinho que eu contei.


Flashback:(Barra Diner/Interno/Noite)


Kaique:O que aconteceu,o que aconteceu,o que aconteceu,o que aconteceu?

Antônio:Quer dizer que você nunca ouviu a história do.


Antônio começar a pensar.


Antônio:A do,DO FAMOSO ZÉ DO PICADINHO!


Uma trilha sonora de terror começa a tocar.

Todos ficaram assustados.



Mirella:Famoso Zé do salgadinho?

Antônio:NÃO!DO FAMOSO ZÉ DO PICADINHO!

Lia:O urso pulador.

Mirella:O tambor assustador.

Kaique:O Zé roedor.


Antônio fica sem graça.


Mirella:O caroco destruidor,o presidente voador,o troco voador.

Kaique:Tocador,o governo destruidor,ah,é?

Antônio:É famoso Zé do Picadinho.

Lia:Isso deve ser mentira.

Antônio:Depois que eu contar,quero ver vocês duvidarem de mim.

Mirella:Conta logo!

Antônio(sussurando):Mas,a maioria das pessoas chamam ele de aaaaa,porque é isso que eles tem tempo de dizer antes de serem pegos por ele!


Kaique se assusta.


Kaique:Me conta a história!

Antônio(sussurando):Há muitos anos,exatamente nesse restaurante,o famoso Zé do Picadinho era um cozinheiro assim como a Mirella é.

Mirella:Devia ser bom,mesmo.

Antônio:Só que era mais macabro!

Mirella:Deus me livre!

Antônio(sussurando):É ai,numa noite quando ele estava cortando um hambúrguer,aconteceu.

Kaique:Ele esqueceu o molho secreto?

Antônio:Não.

Kaique:Não lavou as mãos?

Antônio:Não?

Kaique:Poções irregulares?

Antônio:Não!Ele cortou sua própria mão sem querer.

Kaique:Quer dizer com tesoura?

Lia:Ou com faca?

Mirella:Com triturador?

Kaique:Com liquidificador?

Mirella:Com sua avó?

Kaique:Com uma faca de manteiga?


Eles continuaram falando juntos.


Antônio:Ele estava na cozinha?

Todos:E dai?

Antônio:Ele cortou com uma facão!

Todos:Não!

Antônio:Ele substituiu a mão por uma espátula enferrujada,e ai foi atropelado por um ônibus,e no enterro foi demitido!E agora,hoje que dia é hoje?

Mirella:Sexta.

Antônio:A sexta à noite,o seu fantasma volta pro Barra Diner pra cumprir sua vingança terrível.


Kaique se assusta.


Kaique:Mas hoje é sexta à noite!

Antônio:Então,ele vai aparecer.

Kaique:Como vamos saber?

Antônio(sussurando):Há três sinais que indicam a aproximação do famoso Zé do Picadinho. Primeiro,a luz vai ficar piscando sem parar e tipo.


Um cliente interrompe Antônio.


Cliente:Ei,cara pode me passar o molho?


Antônio pega o molho e dar pro cliente.


Antônio:Aqui está.


Antônio continua contando a história.


Antônio:Depois!


Antônio aponta pro telefone.


Antônio:O telefone toca,e não vai ter ninguém lá!


Todos ficam se tremendo de medo.


Antônio(sussurando):E por fim,o famoso Zé do Picadinho vem no fastasma do ônibus que atropelou ele!


Mirella começou a fazer pipoca e deu pra Kaique e Lia comeram em vasilhas.


Antônio(sussurando):E aí,ele sai do ônibus e atravessa a rua sem olha pra os dois lados,porque ele está morto,Morto!


Lia e Kaique comiam a pipoca rapidamente.


Antônio(sussurando):E aí,ele vai bater na janela com sua mão de espátula macabra!

Kaique:Não!

Antônio:Ele abre a porta.


Ele faz o som da porta abrindo.


Antônio:Ele se aproxima devagar do balcão.


Mirella fica com cara de medo.


Antônio:E quer saber o que ele faz em seguida?

Lia:O que?

Antônio:Tem certeza que você quer saber?

Mirella:O que?

Antônio:Tem certeza mesmo que quer saber?

Kaique:O que?saber o que?


Antônio dá um susto nele.


Antônio(gritando):Ele pega você!


Kaique começou a gritar e Antônio começou a rir muito e Mirella e Lia também.


Lia:Que bela história de terror,viu!

Mirella:Me borrei toda!


Kaique continou gritando de medo.


Antônio:Oh,Kaique era só.


Kaique continou gritando.


Antônio:Era só uma.


Kaique continou gritando.


Antônio:Oh,eu só estava.


Kaique continou gritando.


Antônio:Oh,Kaique estava só brincando.

Kaique:O que?

Antônio:Nada disso é verdade.

Kaique:E não é?

Antônio:Claro que não,ninguém tem mão de espátula era só uma bricandeira,seu idiota!


Kaique:Ahh!


Kaique começou a rir muito e tinha pessoas sentadas na mesa comendo.


Fim do Flashback.


Antônio ri demais.


Antônio:Volte logo,meu amigo.


Corte para a

Cena 07-(Complexo da Mata Escura/Pátio/Externo/Manhã)Trilha Sonora:(Morcheeba-Rome Wasn't Built In A Day)



As mulheres estavam tomando banho de sol e Leila estava deitada.


Leila:Pelo menos,aqui eu posso me bronzear?


Duas presas se aproximam e começam a se provocar.


Presa 2(gritando):Escuta aqui,sua cadela por que você me bateu?

Presa 1(gritando):Bati porque eu quis.


As duas começaram a brigar feio e as policiais tentaram separar e de repente se ouve um explosão.

Leila:E agora.


A parede da cadeia cai e as presas fogem correndo e a sirene do local toca.


Atenção,13 detentas fugiram!


Leila sai correndo do local e elas vão pra o matagal e coloca os óculos escuros.


Leila:Se preparem que vou voltar seus imbecis.


Ela ri maleficamente.


Corte para a

Cena 08-(Casa de Rogério/Sala/Interno/Manhã)

Todos estavam na sala assistindo televisão.


Júlio:Espero que começe logo os desenhos.

Rita:Espero que sim.


A televisão toca a música do plantão e todos se assustam.


Rogério:O que é isso?

Jornalista:Bom dia,agora são 09 horas e 03 minutos e nesse momento uma rebelião aconteceu no complexo feminino da Mata Escura.


Todos ficam chocados.


Marília(deseperada):Ah,meu Deus.

Jornalista:E uma das fugitivas foi a ex mulher do advogado Rogério Bittencourt que estava presa acusada de matar o delegado Marcos Teixeira e também pelos crimes de racismo contra a família de Lincoln Chastinet.


Todos ficam supresos.


Rogério(supreso):Eu não acredito que.

Marília:Sim,minha mãe fugiu da cadeia.


Todos ficam chocados e a câmera foca na cara de Iracy chocada.

A tela congela e passa o pincel.

Corte para a





Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.