Type Here to Get Search Results !

Marcadores

Vinganças - Capítulo 24

 

Vinganças - Capítulo 24




Cena 1 Casa de Eva/ Interior/ Noite 

Maria está deitada no caixão no meio da sala. Muitas flores estão ao redor da jovem morta. Eva está chorando ao lado do caixão. Pedro e Mário estão abraçados perto da porta, Urso estava ao lado de Pedro. Leão, com dois policiais, estava chorando e olhando para o caixão. Ariela, Robson e Margarida estavam juntos sentados em um banco. Munique se aproxima de Leão. 

Munique - Você ainda vai querer ficar aqui, chorando por causa de uma mulher que te traiu?

Leão - Não venha fazer barraco no velório de quem eu amo.

Munique - Ela te traiu.

Leão - Não! Ela não me traiu. Pedro, venha aqui.

Pedro (se aproximando) - O que foi, irmão?

Leão - A Maria te disse que iria fugir? Me diga... eu estou ficando louco por causa disso!

Pedro (estranhando) - Fugir? Não! Ela iria até ser a nova presidenta da construtora.

Munique - É mentira! Ela iria fugir sim! 

Leão - Saía daqui, agora!

Munique - Mas eu...

Pedro - Se você não sair, eu mesmo te ponho fora daqui.

Munique sai da sala. Pedro abraça Leão. 

Leão - Meu irmão... por que ela se foi?

Pedro - Azar do destino... mas vamos pensar positivo e vida que segue...

Leão - Eu não quero continuar a viver...

Pedro - Viva! Eu vou lutar para te tirar da cadeia e assim você pode continuar sua vida...

Os dois se abraçam novamente.

Corta para/

Cena 2 Crematório/ Dia 

O caixão de Maria é levado. Eva e Mário choram e se abraçam. 

Fagner - Eva e Mário, sigam firmes.

Eva - Eu não aguento mais chorar... minha filha... minha filha amada!

Mário - Minha irmã... eu cresci e vi ela crescendo... tanta coisa que passamos juntos... 

Fagner abraça Eva e Mário. Pedro também chora, ele abraça Urso. Jota vê tudo de longe.

Urso - Você quer ir embora, Pedro?

Pedro - Eu quero ficar um pouco mais... me abraça novamente?

Urso (ri) - É claro...

Enquanto está abraçado com Urso, Pedro vê Jota o olhando.

Pedro - Urso, vamos embora...

Urso - Mudou de opinião assim do nada por quê?

Pedro - Eu estou muito cansado e repensei... e você deve tá cansado.

Urso - Está bem... vamos então. 

Corta para/

Cena 3 Saída do Crematório/ Dia 

Mário saía sozinho, chorando. Thiago o atrevessa.

Thiago (rindo) - Quem te viu, quem te vê. 

Mário (limpando aa lágrimas do rosto) - O que foi?

Thiago - Você... me ajudou a mandar a matar a Maria e agora tá aí chorando... quanto fingimento. 

Mário - Cale a boca, ordinário. 

Mário sai do crematório. Thiago ri.

Corta para/

Cena 4 Prisão/ Dia 

Munique - Eu vou te tirar daqui, Leão. 

Leão - Eu não quero! 

Munique - Escute aqui, eu fiquei sabendo que ela tinha fugido... me perdoe por te falar aquilo...

Leão - Você sempre adora fazer intriga mas se você tá falando a verdade, tudo bem...

Munique - Eu vou te tirar daqui, vamos recomeçar a vida... você precisa.

Leão - Eu não quero...

Munique - Eu vou te ajudar. Pode ter certeza. A Maria, onde estiver, vai querer ver você bem... eu tenho certeza disso... deixa eu te ajudar.

Leão - Está bem... está bem...

Corta para/

Cena 5 Casa de Fátima e Heleno/ Dia 

Fátima está almoçando. Heleno se aproxima. 

Fátima - Você já foi visitar o Fagner?

Heleno - Fui de manhã... coitado dele...

Fátima - É muito difícil perder um filho...

Heleno - No caso, uma filha... e ainda mais que ele descobriu esses dias.

Fátima - Eu vou na casa dele agora de tarde... mas e a sua viagem?

Heleno - Eu vou de jatinho... é rapidinho. Vou de tardinha. Quando você for na casa do Fagner, também irei.

Fátima - O que exatamente você vai fazer nessa viagem?

Heleno - Eu tenho uns negócios para resolver da construtora e de umas casas que eu tinha comprado no mês passado, irei assinar alguns papéis, irei passar um dia curtindo Paraty e depois volto.

Fátima - Ai eu queria tanto... mas estou atolada no trabalho. 

Heleno - Trabalho sempre vem em primeiro lugar né?! Eu mesmo irei passar só a tarde curtindo mesmo.

Fátima - É... é sim...

Corta para /

É visto o Rio de Janeiro, Copacabana. 

Cena 6 Apartamento de Matheus/ Noite 

Thiago (se sentando no sofá) - Me chamou aqui, por quê?

Matheus - Vamos falar sobre o futuro, né?! Agora depois que a Maria não está mais no nosso caminho.

Thiago - Ah, sim, os planos... não vai mudar nada: eu continuarei sendo o presidente e você o cara que cuida das finanças da construtora. Melhor que isso?

Matheus - Claro que pode ficar melhor.

Thiago (estranha) - Como? 

Matheus - Eu sendo o novo presidente, simples assim.

Thiago  (ri) - Você está louco... eu jamais te daria isso.

Matheus - Mesmo eu tendo a prova de que você estava tendo um caso com a Julia e que você passou pelo local que ela foi morta antes e depois da morte dela?

Thiago  (surpreso) - Não... você não fez isso...

Matheus - Não só como investiguei, como eu tenho todas as provas contra você! Você pode ter a arma com as minhas digitais mas eu tenho o vídeo de vocês juntos e mais: tenho a prova de que você passou por aquele local.

Foca em Thiago sem preocupação e ansioso.

Corta para/

Cena 7 Casa de Urso/ Noite 

Pedro está se vestindo, ele está apenas de cueca. Urso está o observando.

Urso (entrando no quarto) - Eu queria... opa... deixa eu sair...

Pedro (veste um short) - Não... que isso... pode entrar... o que você queria?

Urso - Eu ía te pedir para que você me desse uma atenção...

Pedro (estranhando) - Atenção?

Urso (pega nas mãos de Pedro) - Queria que você me beijasse... eu sou louco por você, Pedro... e eu sei que você é por mim...

Pedro  (se afasta de Urso) - Eu não sei...

Urso - Eu tenho total certeza... você só tem medo de demonstrar seus sentimentos... eu não te machuco... eu só te quero ver bem...

Urso abraça Pedro por trás. 

Pedro (se cora) - Eu... eu sentindo algo...

Urso (se afasta de Pedro) - Desculpe... desculpe...

Pedro - Você é tão louco por mim assim?

Urso - Sou... desde quando te vi naquele assalto... quando te vejo... sinto prazer em você... tesão... 

Pedro - Eu... eu... eu te amo, Urso, ou melhor: Erick.

Os dois se beijam. Escuta-se a voz de Gina aos berros na sala.

Urso - Ai meu Deus... essa  mulher justo agora?!

Pedro - Vai lá, deve ser algo importante...

Os dois novamente se beijam.

Corta para/

Cena 8 Casa de Paraty/ Noite 

Mário e Heleno estão aos beijos.

Heleno - Vamos, deixa eu te socar.

Mário - Não sei se deixo... você está muito mal pra mim esses dias...

Mário se levanta, passa a mão sobre as coxas de Heleno.

Heleno - Você sabe que eu fico louco quando você faz isso... senta aqui, meu gostoso... senta...

Mário - Só se você ser bondoso e enfiar até no talo, tá bem?

Heleno - Eu faço o que você quiser, meu amor.

Enquanto isso, Fátima vê e escuta toda a situação. 

Fátima  (chorando) - Eu vou te matar, Heleno!

Heleno e Mário se chocam. A imagem congela no rosto de Fátima nervosa.




Tags

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.