Type Here to Get Search Results !

Marcadores

O PREÇO A SE PAGAR - capitulo 54

 



CENA 01/CASA RUFINO/SALA/INT/TARDE

CONTINUAÇÃO DA ÚLTIMA CENA DO CAPÍTULO ANTERIOR. 

RUFINO NÃO SE INTIMIDA DIANTE DA FALA DE EVA. 


RUFINO Nada mais que você faça ou fala me surpreende mais, pecadora 

dos infernos. Só desejo que você queime até torrar nas 

profundezas mais sombrias e dolorosas do inferno. 

EVA Se eu for, vamos juntos, de mãos dadas, querido! Pois você é o 

demônio encarnado na Terra, Rufino. E seu lugar é no inferno, 

onde reina absolutamente. 

RUFINO Desgraçada! Você nunca vai ser feliz, Eva. Nunca! 

EVA Pode xingar e me jogar praga, Rufino. Não ligo! 

RUFINO Deus ainda vai te punir por tudo de ruim que fez. 

EVA Sabe da única coisa que me arrependo na minha vida toda é de ter 

mentido pro Pedro. 

PEDRO (SEM ENTENDER) Mentido pra mim, mãe? 

RUFINO Não falei, meu filho. Essa mulher é uma cobra, que mente, 

engana, desvirtua as pessoas com quem ela cruza. 


EVA DÁ UM TAPA EM RUFINO, QUE AMEAÇA REVIDAR, MAS PATRÍCIO E 

SALATIEL APONTAM SUAS ARMAS PRA ELE. 


PATRÍCIO Nem mais um passo! 


RUFINO OLHA DE SOSLAIO PARA OS DOIS E SE CONTROLA. 


PEDRO Deixa ela se explicar, pai! 

RUFINO Não ouviu, Pedro. Ela acabou de confessar que mentiu pra você e 

ainda vai ficar do lado dela? Querendo ouvir explicações?! 

EVA Além do amor que eu sinto pelo meu filho, sabe o que mais me 

deu força pra continuar enfrentando todas os sofrimentos, dores, 

que você me fez passar, Rufino? Foi saber que o que provoquei 

em você uma dor pior. Algo que nunca vai curar em você. Uma 

marca que deixei pra sempre em sua vida! 

RUFINO Do que está falando, Eva? 

PEDRO Não estou entendendo também não, mãe?


EVA Eu acabei com seu sonho de ser padre quando fiquei grávida de 

você. 

RUFINO Você me seduziu. Aproveitou da minha ingenuidade. (T) Padre 

Januário não permitiu que eu fosse pro seminário, diante desse 

filho que você concebeu através da nossa conjunção carnal. 


CORTA PARA SALATIEL E PATRÍCIO, CONVERSANDO BAIXO. 


SALATIEL (P/PATRÍCIO) O que ele disse? 

PATRÍCIO Sexo, Salatiel! 

SALATIEL Ah, tá! Porque não fala de uma vez que transaram! 


A FALA DE SALATIEL SAÍ MAIS ALTO DO QUE ELE PRETENDIA E RUFINO 

LHE FUZILA COM OS OLHOS. 


EVA Mas eu menti. Eu enganei! 


RUFINO REAGE. 


RUFINO O que está querendo dizer?

EVA Pedro não é seu filho, Rufino! 


REAÇÃO DE SURPRESA DE TODOS. MOMENTO.


CENA 02/CASA TURÍBIO/SALA/INT/TARDE

BASILEU LEVANTA RÁPIDO, SE AFASTANDO DE FILIPA, ASSUSTADO COM 

QUE ELA ACABA DE FAZER. 


BASILEU (CONFUSO) Por que fez isso?

FILIPA Eu sou a mulher certa pra você, Basileu. Não consegue enxergar 

que sou doida com você? 

BASILEU Você é a mulher do meu pai, Filipa. 

FILIPA Gosto do seu pai. Tenho muita gratidão por ele ter me tirado 

daquele lugar pobre que vivia. Daquela vida miserável. Mas 

atração, desejo, sinto é por você! 

BASILEU Nunca que vou ficar com você, Filipa. Me dá nojo, me embrulha 

o estômago, ouvindo você falar.

FILIPA Imagina se seu pai souber que você me agarrou, me beijou a 

força, que tentou fazer coisa pior.... 

BASILEU (SEM ENTENDER) Do que você está falando, Filipa?


FILIPA Tô falando do que você acaba de fazer: me beijou a força!


BASILEU REAGE.


BASILEU Como é? Tá louca? Você quem me beijou!

FILIPA Sou bem convincente quando eu quero ser, Basileu. Não duvide 

do poder de persuasão de uma mulher como eu: jovem, bonita, 

sexy e atraente. 

BASILEU Meu pai não vai acreditar em você. Eu sou filho dele! 

FILIPA (SIMULANDO) Eu fiz apenas consola-lo pelo fim do 

relacionamento. Aí ele começou a me agarrar, me beijar, passar a 

mão em mim... foi horrível, Turíbio. Seu filho se transformou em 

um animal...

BASILEU Chega! Para! 

FILIPA Imagina a dor que seu pai vai sentir em saber do que você fez. 

Que se aproveitou da mulher que ele ama, com quem ele dorme 

juntos e o faz tão feliz? 

BASILEU Vadia! 

FILIPA Xinga, xinga mais que eu gosto... 

BASILEU O que você quer de mim?

FILIPA Sexo, Basileu. Quero que você seja meu. Sentir seu corpo, seu 

cheiro... fazermos loucas. Realizar todas as minhas fantasias, que 

sempre nutri por você. 

BASILEU Tá querendo montar um triangulo amoroso? Se envolver comigo e 

com seu pai ao mesmo tempo? 

FILIPA Modernidade, meu querido! Vai ser bom pra todo mundo!

BASILEU Você é doente, Filipa! Louca! Precisa se tratar!


TURÍBIO APARECE.


TURÍBIO Por que está xingando a Filipa, Basileu? 


CENA 03/CASA MOISÉS/QUARTO REBECA/INT/TARDE

REBECA, DE BANHO TOMADO, SENTA NA CAMA, ONDE BETÂNIA ESTÁ. 


REBECA E o tio já voltou?

BETÂNIA Está cuidando do velório e enterro da Beatriz...

REBECA Um casamento que deu lugar a um enterro! 

BETÂNIA Uma tragédia. Essa é a palavra que define o que aconteceu. 

REBECA Quero esquecer tudo isso viu...

BETÂNIA Como se sente? Quer um chá?

REBECA Tô triste pela morte da Beatriz. Mas aliviada pelo casamento que 

não teve. Por todos saberem dessa verdade, que estava me 

consumindo por dentro. Acabando comigo, me deixando triste, 

infeliz, com vontade até de fazer uma besteira. 

BETÂNIA Uma oportunidade que a vida está te dando de corrigir erros e 

escrever uma nova história entre você, Pedro e esse filho que 

cresce dentro aí dentro! 


REBECA PASSA A MÃO NA BARRIGA. 


REBECA Já consigo sentir ele se mexendo dentro de mim. 


BETÂNIA COLOCA A MÃO NA BARRIGA. ATÉ QUE SENTE. 


BETÂNIA Que lindo, meu Deus! Uma vida que está chegando, pra cair nesse 

mundo louco que estamos vivendo! 

REBECA Vai ser uma criança muito especial, minha irmã. Eu sinto isso, 

sabe. Como se ela tivesse uma missão muito importante a cumprir 

aqui na Terra. 

BETÂNIA Eu não duvido, Rebeca. Não duvido de mais nada nessa vida! 

REBECA Tem alguma notícia sobre o Pedro? 

BETÂNIA A mãe dele está mais viva do que nós. 

REBECA Que loucura, né? Quando todos pensavam que ela estava morta... 

BETÂNIA Parece que o Rufino estava pronto pra atirar nela, quando o Pedro 

e o delegado entraram na casa e impediu o pior. 

REBECA Até quando esse homem vai continuar aprontando, fazendo tantas 

pessoas sofrerem e ficar impune.

BETÂNIA Agora ele não tem como escapar. Foi pego com a mão na massa, 

ou melhor, na arma.

REBECA Uma pena que nesse país quem tem dinheiro não fica preso por 

muito tempo... (T) E o Jeferson?

BETÂNIA Só Deus sabe, viu...


CENA 04/JANDAIA/MAR/EXT/TARDE

JEFERSON ESTÁ NO MAR, ATRAVESSANDO AS ONDAS, INDO CADA VEZ 

MAIS LONGE DA PRAIA. MUITO ABALADO, CONFUSO. INSERT RÁPIDO DO 

MOMENTO EM QUE ELE ATIRA E ACERTA BEATRIZ.


JEFERSON (VOZ) Eu não queria matar ninguém... 


INSERT RÁPIDO DE CENAS DE AMOR, CARINHO, ENTRE JEFERSON E 

REBECA.


JEFERSON (VOZ) Por que você não me ama, Rebeca? Por quê? 


JEFERSON SENTE UMA MOVIMENTAÇÃO VINDA DO FUNDO, COMO SE 

ALGO TIVESSE PASSADO PERTO DE SUAS PERNAS E FICA ASSUSTADO. 

INSTANTES. CAM DETALHA PV DE ALGUÉM, DENTRO DA ÁGUA, 

OBSEVANDO JEFERSON. NESSE MOMENTO, UMA ONDA MAIS FORTE PEGA 

JEFERSON DE SURPRESA, QUE LHE DANDO UM “CALDO”. JEFERSON 

ACABA BATENDO A CABEÇA EM UMA PEDRA E FICA DESACORDADO. 

INSTANTES. 


CENA 05/CASA TURÍBIO/SALA/INT/TARDE

TURÍBIO, FILIPA E BASILEU.


FILIPA Não é nada, Turíbio...

TURÍBIO Como nada, Filipa? Eu ouviu o Basileu te chamando de doente, 

louca. 


BASILEU FICA CONFUSO, SEM SABER O QUE FALAR. 


BASILEU O senhor entendeu errado, pai. 

FILIPA Eu vou contar o que aconteceu, meu amor!


O SANGUE DE BASILEU GELA. ELE OLHA PRA FILIPA DESESPERADO. 

FILIPA PEGA NO BRAÇO DE TURÍBIO E O CONDUZ SENTANDO NO SOFÁ. 


TURÍBIO Você está me assustando assim, Filipa. 

FILIPA O Basileu estava nervoso, dizendo aquelas palavras que você 

ouviu, pois eu propus a ele que...


A CADA PALAVRA DE FILIPA, BASILEU FICA CADA MAIS NERVOSO,

TEMENDO QUE ELA CONTE TUDO PRO PAI. 


FILIPA Que perdoe a Tina. 


BASILEU FICA ALIVIADO. TURÍBIO VIRA-SE PRA BASILEU.


TURÍBIO Mas o que aconteceu, meu filho? Eu achei que vocês estavam 

bem... 

FILIPA Ela o traiu! E além disso, acabou ficando grávida do amante!

TURÍBIO É verdade, meu filho?

BASILEU É sim, pai... 

TURÍBIO Eu sinto muito, meu filho! Poço imaginar como você está. 

Traição é realmente algo terrível. 

FILIPA O Basileu ficou daquele jeito que você viu, pois eu propus que ele 

perdoasse a Tina e voltasse pra ela. 

TURÍBIO Quem trai uma vez, trai duas, três... (T) Pra mim isso é algo 

imperdoável! Eu nem sei o que eu faria.../

FILIPA (CORTA) Eu também nem sei, meu amor. Então nem pense em 

fazer isso comigo, viu...


FILIPA BEIJA TURÍBIO, DE OLHO EM BASILEU, QUE RESPIRA ALIVIADO. 

ELE VAI PRO SEU QUARTO. 


CENA 06/CASA TURÍBIO/QUARTO BASILEU/INT/TARDE

BASILEU FECHA A PORTA E FICA PENSATIVO


BASILEU (BRAVO) Vadia! 


CENA 07/CASA RUFINO/SALA/INT/TARDE

TODOS EM CHOQUE DIANTE DA REVELAÇÃO DE EVA. 


PATRÍCIO Vamos deixar vocês conversarem a sós. 

EVA Obrigado, Patrício. 

PATRÍCIO Estaremos lá fora, pra qualquer eventualidade. É só gritar. 

SALATIEL (BAIXO, P/PATRÍCIO) Não podemos ficar, delegado? Agora 

que as coisas estão ficando boa...

PATRÍCIO (PUXANDO SALATIEL) Vamos logo, Salatiel!


PATRÍCIO E SALATIEL SAEM; PEDRO ENCARA EVA. 


PEDRO O que você está dizendo é verdade, mãe?

EVA É sim, Pedro! Rufino não é seu pai!


Corta para fim do capítulo 54





Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.